segunda-feira , 21 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos do Autor: Gisele Diniz Pacheco

Arquivos do Autor: Gisele Diniz Pacheco

Influenza – Secretaria Municipal de Saúde divulga cronograma da vacinação contra influenza em Itabira

Com o objetivo de cumprir a meta de vacinação e, ao mesmo tempo, evitar aglomeração nas unidades de saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou o cronograma de imunização contra a influenza (gripe) em Itabira. As fases seguem a programação adotada pelo Ministério da Saúde (MS).

1ª fase

23 a 27/3 – profissionais de saúde (profissionais que estão atuando na Atenção Primária, hospitais, Pronto Socorro, Samu, Pronto Socorro Odontológico e atendentes das farmácias municipais) e idosos acima de 80 anos de idade;

30/3 a 15/4 – demais profissionais de saúde e idosos com idades entre 60 e 79 anos.

2ª fase

16/4 a 8/5 – doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento.

3ª fase

9 a 22/5 – crianças de 6 meses a menores de 6 anos; pessoas com idades entre 55 e 59 anos; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); pessoas com deficiência; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; e população privada de liberdade.

Nesta primeira fase, a SMS solicita ao público-alvo (idosos acima de 80 anos de idade) que não saia de casa antes de ligar para a unidade de saúde na qual é atendido. Isso é necessário para que a equipe informe a condição e horário seguro para o usuário receber a vacina, em razão da pandemia do novo coronavírus.

A SMS ressalta que a vacinação contra a gripe diminui a situação endêmica dos vírus respiratórios no país. No entanto, a vacina não apresenta eficácia contra o coronavírus, mas auxilia os profissionais de saúde a descartar a influenza na triagem e a acelerar o diagnóstico.

Em tempo

Devido à ameaça de infecção pelo novo coronavírus, o MS antecipou a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. A ação é uma estratégia para diminuir a quantidade de pessoas com gripe no inverno e auxiliar os profissionais da área da saúde a descartarem a influenza na triagem de casos de coronavírus, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde.

Se você tem sintomas do COVID-19, antes de procurar sua UBS, tire suas dúvidas pelo telefone 3839-2133.


Utilidade pública – Comunicado Campanha de Vacinação contra Influenza

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) solicita aos usuários do grupo prioritário de vacinação contra a influenza que evitem procurar a unidade de saúde para a imunização. A secretaria ressalta que todos os usuários dos grupos prioritários serão vacinados. Para isso, cada unidade de saúde com sala de vacina estabeleceu um fluxo de atendimento e está divulgando para a sua população. Em caso de dúvida entre em contato com seu PSF.

A medida se faz necessária para evitar a aglomeração e possível infecção por coronavírus. Ressalta-se que o grupo prioritário de vacinação da campanha contra a influenza é o mesmo grupo de risco da Covid-19. Inicialmente, com o quantitativo de vacina disponibilizado pelo Estado, Itabira vai imunizar estrategicamente parte da primeira fase dos grupos prioritários: os trabalhadores da saúde (profissionais atuantes diretamente na Atenção Primária, hospitais, Pronto Socorro e Samu) e idosos acima de 80 anos de idade.

Coronavírus – Comunicado urgente

Devido à necessidade de evitar aglomerações e de priorização dos atendimentos essenciais pelos profissionais de saúde à população, tais como os casos suspeitos de Coronavírus, pacientes com doenças crônicas, de grupos de risco, acamados e gestantes, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que, a partir desta quarta-feira (18), vários serviços serão adequados e reduzidos, principalmente, as cirurgias, consultas, exames e procedimentos eletivos, realizados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), por tempo indeterminado.

A equipe da SMS já iniciou o contato com esses pacientes, via telefone, para comunicar o adiamento. É importante ressaltar que, tão logo a situação seja normalizada, as cirurgias e os procedimentos e exames serão remarcados com prioridade e comunicado a todos.

Também foram interrompidas todas as atividades em grupo, como por exemplo, aquelas realizadas pelas equipes das Unidades Básicas de Saúde (UBS), como Lian Gong e atividades físicas; oficinas oferecidas pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps), e demais atividades coletivas com aglomeração de pessoas, como as ocorridas no centro de convivência. No entanto, seguem as atividades com os grupos de tabagismo que já iniciaram o tratamento.

A medida torna-se necessária considerando o Decreto Municipal nº 3.164/2020, que declara situação de emergência em saúde pública na cidade em razão da pandemia do novo coronavírus. A SMS reafirma que mantém, com horário e fluxo normal de atendimento, os serviços de urgência e emergência: Pronto Socorro Odontológico (PSO); Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); e os atendimentos hospitalares essenciais do Hospital Municipal Carlos Chagas e Hospital Nossa Senhora das Dores, incluindo oncologia e hemodiálise.

Portanto, as unidades de saúde devem ser procuradas preferencialmente em caso de febre maior ou igual a 37.8º associada à tosse ou dificuldade respiratória ou dor de garganta. Os pacientes com sintomas mais simples, iguais ao resfriado comum, devem permanecer em casa. Para sanar dúvidas, o usuário pode ligar nos telefones 3839-2685 / 3839-2784 / 3839-2666.

Prefeito assina decreto com medidas para enfrentamento ao coronavírus em Itabira

Mesmo sem nenhum caso confirmado, Ronaldo Magalhães decreta situação de emergência em saúde pública no município com o objetivo de prevenir a propagação da Covid-19.

O prefeito Ronaldo Magalhães assinou nesta segunda-feira (16) o Decreto nº 3.164/2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento ao coronavírus no município. O documento estabelece que Itabira está em situação de emergência em saúde pública. O decreto considera a importância da prevenção nos estágios iniciais do contágio como forma de controlar a velocidade da propagação do vírus, já comprovada em outros países.

A medida será válida por 120 dias, podendo ser prorrogada caso seja necessário. O documento será publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira (17) e as determinações começam a valer a partir da data da publicação. Na prática, as providências a serem tomadas serão a suspensão de aulas das redes pública e privada entre os dias 18 e 31 de março; suspensão de qualquer tipo de evento com público superior a cem pessoas; suspensão de visitas nos hospitais, asilos, presídio e outras instituições de acolhimento.

O decreto ainda recomenda à iniciativa privada a adoção de trabalho em regime de home office, horários alternativos ou escala. Outro ponto trata da recomendação aos estabelecimentos comerciais, de lazer e entretenimento, na adoção de medidas de higiene, ventilação adequada e não aglomeração de pessoas. Os servidores públicos municipais que retornarem de viagem de locais com transmissão comunitária do coronavírus deverão permanecer em isolamento domiciliar por, no mínimo, sete dias.

Os atendimentos das ouvidorias, Geral e de Saúde, passarão a ser por meio eletrônico ou telefone. A ouvidoria municipal receberá demandas pelo e-mail ouvidoria@itabira.mg.gov.br ou pelo telefone 3839-2150. A ouvidoria de saúde pelo e-mail ouvidoriadesaude@itabira.mg.gov.br ou pelo telefone 3839-2610.

Não há motivo para pânico”

O prefeito de Itabira, Ronaldo Magalhães, enfatizou que não há motivo para que a população entre em pânico e reiterou que o Município está antecipando a aplicação de ações preventivas. “As medidas visam antecipar e diminuir a circulação de pessoas para que, assim, possamos combater a disseminação do vírus. É extremamente importante a prevenção nos estágios iniciais para protegermos nossa população”, reforçou.

Casos

Itabira não possui nenhum caso confirmado do novo coronavírus. Entretanto, no momento, três situações foram detectadas. A primeira é de um homem, 44 anos, com histórico de viagem aos Estados Unidos. Quando retornou ao Brasil deu entrada em hospital de Belo Horizonte que recolheu o material para exame e o resultado foi negativo para Covid-19.

Outra, foi de uma paciente de 29 anos, que participou recentemente de um curso em Belo Horizonte. Ela apresenta sintomas e possui vínculo epidemiológico. A paciente, embora sem gravidade, por estar grávida esteve internada no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC). O quadro é considerado estável e a paciente recebeu alta para isolamento domiciliar.

A terceira é de um paciente do sexo masculino, 46 anos, que esteve na Suíça, de dezembro até março, e apresentou sintomas. Procurou atendimento na rede suplementar nesta segunda-feira (16), à tarde, que o encaminhou para isolamento domiciliar. O quadro é estável.

Ações

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, que assusta grande parte da população mundial, a Prefeitura de Itabira desenvolve ações contra a disseminação da doença em Itabira. Treinamento dos profissionais da saúde, orientação ao público e atuação em vigilância preventiva estão entre as medidas tomadas.

Para evitar a contaminação por Covid-19, são indicadas medidas simples e já conhecidas pela população: higienizar as mãos com água e sabão; utilizar álcool volume 70% para desinfecção das mãos e superfícies; evitar contato das mãos com olhos, boca e nariz; ao tossir, utilizar o antebraço para evitar que vírus e bactérias se espalhem pelo ambiente (etiqueta da gripe); utilizar lenço descartável e, ao excluí-lo, lavar as mãos; evitar locais aglomerados e sem ventilação.

Sintomas da Covid-19

A Covid-19 provoca uma infecção respiratória. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as pessoas que apresentam tosse, febre alta e dificuldade para respirar devem procurar ajuda médica. Porém, aqueles que desenvolvem sintomas respiratórios leves não necessitam ir às unidades de saúde, pois de acordo com a OMS, 80% dos infectados desenvolvem apenas sintomas brandos. Não existe um tratamento específico para curar a Covid-19. Por isso, as pessoas não precisam correr para o Pronto Socorro ou unidades de saúde caso não perceba a gravidade dos sintomas. Neste momento, precisamos de calma e evitar a propagação do vírus a mais pessoas”, disse Rosana Linhares.

Para monitoramento e acompanhamento dos casos a Vigilância Epidemiológica atende pelos telefones 3839-2289 ou 3839-2608, de segunda-feira a sexta feira, das 8 às 18 horas.

Leia na íntegra o decreto: Clique aqui

Coronavírus – Prefeitura realiza capacitação com servidores da Saúde sobre Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu nesta quarta-feira (11) a I Capacitação sobre Coronavírus. O encontro aconteceu no teatro do Centro Cultural e reuniu 307 profissionais da rede municipal de saúde. O objetivo, de acordo com a SMS, é preparar médicos, enfermeiros e técnicos para atender os vários níveis e situações de diagnóstico da doença. Além disso, a proposta é unificar protocolos e metodologias eficazes para o enfrentamento à Covid-19.

Esta capacitação é uma das muitas ações que o Governo Municipal está fazendo para preparar a rede pública de saúde para uma eventual circulação do vírus em Itabira. Também foi criada uma comissão entre o poder público, profissionais e instituições de saúde para discutir melhores estratégias de prevenção”, explicou a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares Assis Figueiredo.

Durante toda a tarde, os servidores participaram de palestras e apresentações sobre fluxo de coleta de material, pela enfermeira Cibele de Oliveira Rosa; fluxo de atendimento nas unidades de saúde, pela médica da Estratégia de Saúde da Família Ticciana Torres; e fluxo de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), com o médico coordenador do Samu Itabira Júlio Lage.

A médica infectologista do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), Andrea Cabral, apresentou conceitos, epidemiologia no Brasil e no mundo, transmissões e manifestações clínicas da Covid-19. Já o médico infectologista do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), Marcello Fontana Monteiro, palestrou sobre diagnóstico, tratamento e prevenção da doença. Ao final do encontro, houve espaço para discussão e esclarecimentos.

Em tempo

Em Itabira não há nenhum caso de coronavírus. Todavia, nos últimos dias, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) registrou um caso suspeito de itabirano. O paciente retornou dos Estados Unidos recentemente apresentando sintomas de gripe. Após a chegada, procurou um hospital particular em Belo Horizonte para detecção e tratamento, quando foi colhido material para a realização de exames em laboratório privado como também na Fundação Ezequiel Dias (Funed). Pelo laboratório particular, foi descartado o contágio por coronavírus. Apesar disso, ainda é preciso esperar o laudo da Funed, laboratório público validado pela SES/MG, para descartar totalmente a suspeita.

Prestação de contas – Audiência pública da Saúde acontece na sexta-feira

Nesta sexta-feira (28), às 16 horas, no plenário da Câmara de Vereadores, a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares Assis Figueiredo, apresentará à comunidade um relatório detalhado sobre o exercício orçamentário e financeiro do 3º quadrimestre de 2019.

A audiência pública para a prestação de contas na área da saúde acontece regularmente de acordo com as exigências do art. 36 da Lei Complementar Federal 141/12 – trata da transparência e da visibilidade da gestão – uma ferramenta para a população acompanhar as atividades como, por exemplo, investimentos em prevenção, tratamento, obras, pessoal e programas no município.

Audiencia publica saude 2019

Comodidade – Ministério da Economia disponibiliza carteira de trabalho digital gratuita

A versão digital do documento substitui o de papel, no entanto, é recomendado que o trabalhador guarde a carteira física para comprovações dos vínculos empregatícios. As regras para emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) digital está vigente desde setembro do ano passado.

Desde o dia 23 de setembro do ano passado, a partir da publicação da Portaria SEPRT nº 1065/2019, o Ministério da Economia orienta os trabalhadores a substituir a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) física pela versão digital. A regulamentação entra em vigor na agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Itabira a partir do dia 1º de março.

A CTPS deve ser habilitada por meio de aplicativo instalado em telefone celular ou no site www.gov.br/trabalho. No entanto, o Governo Federal (GF) recomenda que o documento físico não seja descartado caso haja necessidade de comprovação dos vínculos empregatícios. Já as empresas que usam o sistema e-Social passam a registrar as informações digitalmente. A medida busca modernizar o acesso às informações da vida laboral do trabalhador.

De acordo com informações do Ministério da Economia, a resolução proporciona benefícios como a agilidade na solicitação do documento, acesso à informação de qualificação civil e de contratos de trabalho por meio da integração de diversos bancos de dados do GF. Todas as experiências profissionais formais estão disponíveis no aplicativo. “Isso facilita a vida dos trabalhadores que terão em mãos o documento sempre que precisarem fazer uma consulta. Já para as empresas, será um grande diferencial, pois não será mais preciso fazer anotações em papel, utilizando apenas a comunicação automática das informações do e-Social para a carteira digital”, acredita o superintendente de Desenvolvimento Industrial da Prefeitura de Itabira, Joran Francisco de Souza.

Outros benefícios esperados a partir da utilização da CTPS digital são: maior aproveitamento das vagas disponíveis, com redução do tempo médio de atendimento; agilidade no acesso às informações trabalhistas consolidadas em um único ambiente, possibilitando ao trabalhador fiscalizar seus vínculos trabalhistas; e integração das bases de dados do Ministério da Economia; além de dificultar fraudes.

A mudança vai assegurar facilidades para trabalhadores e empregadores, com redução da burocracia e custos. Com a CTPS digital não é mais necessário apresentar o documento em mãos, basta informar o número do CPF para o empregador e o registro será realizado diretamente, de forma digital. Todas as anotações serão feitas eletronicamente sem o risco do trabalhador perder seus dados como acontecia com a CTPS física”, explicou Joran de Souza.

Entenda

Segundo estimativas da Secretaria de Governo Digital (setor que coordena a transformação digital no GF), do Ministério da Economia, o uso da CTPS digital deve gerar uma economia de R$ 888 milhões. O prognóstico é de que a economia para os usuários seja de cerca de R$ 739 milhões, enquanto para o governo seja de R$ 149 milhões. Além disso, em vez de esperar 17 dias, em média, desde a solicitação até a obtenção do documento, o usuário passa a ter acesso à CTPS no mesmo dia. Dados do GF informam que a cada ano, aproximadamente cinco milhões de carteiras de trabalho são solicitadas no Brasil.

Prevista na Lei da Liberdade Econômica, sancionada em 20 de setembro de 2019, a carteira de trabalho digital está previamente emitida para todos os brasileiros e estrangeiros que estejam registrados no Cadastro de Pessoa Física (CPF). Entretanto, cada trabalhador deverá habilitar o documento por meio da criação de uma conta de acesso em www.gov.br/trabalho pou por meio de aplicativo para celulares (App Sore da Apple ou Play Store do Android). O processo é simples: para se cadastrar é necessário informar o nome completo, CPF, data de nascimento, nome completo da mãe, telefone celular, e-mail e o Estado de nascimento.

A CTPS, física ou digital, não tem custo para o trabalhador.

Implantado pela Prefeitura – Interagir oferece espaço de convivência aos usuários da rede de saúde mental

Sede do centro de convivência foi inaugurada na tarde desta quarta-feira (12). O local conta com espaços como recepção, oficinas, salas para atividades coletivas, entre outros.

Como parte da estratégia de proporcionar à população uma saúde pública mais eficaz, a Prefeitura de Itabira inaugurou a sede do Centro de Convivência Interagir, na tarde desta quarta-feira (12). A nova unidade de saúde – um equipamento que compõe a rede de atenção psicossocial – oferece aos cidadãos em situação de sofrimento mental um espaço de convivência, socialização, produção cultural e intervenção na cidade. Assim, o programa busca facilitar a construção de laços sociais e a inclusão dos usuários.

Na oportunidade, também foi inaugurado, no mesmo local, o escritório de representação da Organização das Nações Unidas (ONU) em Itabira. Participaram da solenidade a vice-prefeita Dalma Helena Barcelos Silva, a secretária municipal de Saúde Rosana Linhares de Assis Figueiredo, o diretor de Saúde Mental de Itabira Marcelo Amorim, a coordenadora de Saúde Mental da Prefeitura de Belo Horizonte e terapeuta ocupacional Marta Soares, o presidente do Conselho Municipal de Saúde Danilton Duarte, o vereador Júlio Rodrigues, representantes de entidades sociais, secretários, servidores municipais, familiares e usuários do Interagir.

Este momento é a concretização de mais um equipamento primordial da rede de atenção substitutiva em saúde mental, no município de Itabira. Dentro da política de Saúde Mental do SUS, os Centros de Convivência e Cultura constituem-se como espaços para fomentar atividades coletivas de inclusão social, cultural, geração de renda e socialização voltados para os usuários dos Caps. Entendo como estratégicas e estruturadoras as ações deste equipamento de saúde. Estamos neste momento entregando à comunidade a sede própria do Centro de Convivência Interagir, formalizando e ampliando seu horário de funcionamento – que passa a ser de segunda a sexta-feira – com várias oficinas, nos períodos da manhã e tarde”, declarou Rosana Linhares.

Dalma Barcelos fez um balanço das ações desenvolvidas pelo Governo Municipal na área da saúde. Ela lembrou que, mesmo com a falta de repasses financeiros do Governo do Estado, importantes intervenções foram realizadas como a renovação completa da frota do Samu; inauguração de novas unidades básicas de saúde (UBS), aquisição de 24 novos veículos para atendimento à população; inauguração de nova Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) e ampliação de quatro leitos na UTI do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC); implantação do serviço de diálise de agudos no HMCC; ampliação do número de internações e procedimentos cirúrgicos, além de exames; entre diversas outras.

Durante a cerimônia, Marta Soares palestrou sobre a importância dos Centros de Convivência e seus impactos. Ao final do evento, os participantes conheceram as novas instalações e estrutura física do prédio.

Sobre o Interagir

Desde 2010, o Centro de Convivência Interagir é um programa oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), que atualmente acompanha 80 usuários. Esta é a primeira vez que o programa conta com um espaço próprio – até o momento, os usuários se reuniam em vários locais, incluindo a sede da Associação Comunitária do bairro João XXIII.

O Centro de Convivência Interagir possui uma equipe multiprofissional composta por gerente e oficineiros (psicólogos e terapeutas ocupacionais). No novo espaço, serão ofertadas oficinas de culinária, cerâmica, horta/ jardinagem, reciclagem, mandalas, bordado, arte em papel, desenho e pintura, música e movimento. Além disso, haverá momentos para outras atividades como contação de história, meditação, dança circular, jogos cooperativos, Lian Gong, caminhada, tenda do conto, sessão de cinema na Câmara Municipal e visitação aos Caminhos Drummondianos. Os usuários contarão também com educação em saúde, formação para cidadania e reuniões com familiares.

O serviço é oferecido na rua Emídio Alves Ferreira, 794, bairro Penha, de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3839-2192 (Caps).

Mais investimento – Prefeitura oficializa entrega de novos veículos para a Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recebeu mais quatro veículos modelo Sandero Expression 1.6, da marca Renault, ano 2019/2020, na manhã desta sexta-feira (17). O prefeito Ronaldo Magalhães fez a entrega das chaves à secretária municipal Rosana Linhares Assis Figueiredo durante cerimônia na sede da SMS, no bairro Campestre.

Os veículos foram doados por meio das portarias 1087/18 (emenda parlamentar do deputado federal Carlos Melles), no valor de R$ 100 mil, e 1650/17 (emenda parlamentar do deputado federal Mário Heringer), no valor de R$ 249.940,00, e serão utilizados para atender as atividades e equipes da SMS. Rosana Linhares salientou que os veículos vieram em hora oportuna, pois servirão ao setor de transportes da secretaria que centraliza todas as demandas das equipes e profissionais de saúde.

A secretária ressaltou ainda as inúmeras atividades que acontecerão ao longo do ano de 2020. No verão, por exemplo, serão intensificadas as ações para prevenção das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti.

A Secretaria de Saúde vive este momento com o sentimento de que tem trilhado o caminho certo na gestão da saúde pública em Itabira. Assumimos a pasta com mais de um terço da frota de veículos sem condições de uso. Outro terço precisando de importantes manutenções. Hoje, passados três anos de árdua luta e gestão efetiva de uma enorme crise que aos poucos vai sendo resolvida, estamos mais uma vez demonstrando nosso propósito que é trabalhar e prol de entregar melhores serviços à comunidade”, enfatizou Rosana Linhares.

Ronaldo Magalhães lembrou as parcerias feitas junto ao Governo Federal para a área da saúde. Ele destacou que o reconhecimento conquistado por Itabira é resultado das ações desenvolvidas pelo Governo Municipal com parcerias importantes no legislativo.

Várias emendas foram feitas e tivemos em torno de R$ 4 milhões em 2019 para os hospitais e secretaria de saúde. Então, é um trabalho árduo e, para conseguir, não é só chegar em Brasília. Temos que apresentar vários projetos, ir no momento certo, ter orçamento disponível e buscar aquele deputado que realmente se preocupa com a nossa região. Estamos trabalhando com o esforço de todos para que as coisas realmente aconteçam. Quero agradecer e reforçar que 2020 será um ano melhor para a saúde e ainda melhor para Itabira, que vai ser colocada no lugar que realmente merece”, concluiu o prefeito.

Mais avanço na saúde – HMCC apresenta equipamentos do novo consultório oftalmológico e hospitalares

O prefeito de Itabira Ronaldo Lage Magalhães e a secretária municipal de saúde Rosana Linhares Assis Figueiredo estiveram na tarde desta quarta-feira (15) no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) para conhecer os equipamentos adquiridos para equipar o novo consultório oftalmológico da instituição. No espaço, serão atendidos todos os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com problemas de visão.

Os aparelhos, de alta tecnologia, foram adquiridos com recursos provenientes da Portaria 2638/2017 – Emenda Parlamentar nº 29380006, do ex-senador Zezé Perrella (R$ 200 mil), e Emenda Parlamentar nº 35950007, do deputado federal Lincoln Portela (R$ 349.943,00). Ao todo, foram disponibilizados R$ 549.943,00 para a compra de campimetro, oftalmoscópio binocular indireto, topógrafo de córnea, projetor oftalmológico, coluna oftalmológica, biometro ultrassônico/ecobiometro, cadeira oftalmológica e cadeira fixa, mesa ginecologica elétrica e facoemulsificador. Estão em processo de compra equipamentos como lâmpada de fenda, tonômetro de aplanação, cardioversor, eletrocardiógrafo digital e bisturi eletrônico.

Rosana Linhares destacou a importância das novas ferramentas para a qualidade do atendimento aos usuários do hospital. “Essa aquisição vem consolidar a qualidade da assistência do Centro Oftalmológico deste hospital e nos possibilitará ampliar os serviços cirúrgicos à comunidade”.

A aquisição dos equipamentos também representa a ampliação da agenda de exames, consultas e cirurgias oftalmológicas e melhoria na prestação de serviços hospitalares, e, consequentemente, o investimento do Governo Municipal na área da saúde. Apenas no hospital municipal, a Prefeitura de Itabira investe, por ano, mais de R$ 30 milhões na maternidade, UTI Adulto, internações e exames laboratoriais e de imagem. Além disso, nos últimos três anos, foram realizados vários mutirões de cirurgias oftalmológicas nos seguintes procedimentos: catarata, pterígio, trabeculectomia, calázio, estrabismo e blefaroplastia.

Entre os anos de 2017 e 2019, ofertamos uma média mensal de 469 consultas oftalmológicas, o que representa um aumento significativo na oferta do serviço. Apenas em nossa gestão ofertamos 16.908 consultas oftalmológicas. Em 2019, após esforços contínuos, conseguimos dobrar a capacidade de atendimentos do Centro Oftalmológico do HMCC. Um crescimento responsável, viabilizado por meio de recursos próprios do Município. Soma-se ainda, aproximadamente, mais três mil atendimentos aos usuários de diagnóstico com glaucoma que, no ano passado, totalizaram 6.786 consultas no Programa de Glaucoma”, explicou a secretária de saúde.

Rosana Linhares ressaltou ainda que, com a implantação dos novos equipamentos e o novo consultório oftalmológico, o Município está preparado para ampliar a oferta para mais de 1.300 consultas por mês, sendo 800 atendimentos de refração e outras patologias e 500 consultas para o Programa de Glaucoma. “Temos orgulho de fazer parte deste momento e desta gestão. É importante frisar que existe um plano de ação, já em execução, para acabar com a demanda reprimida por consultas em oftalmologia e vamos manter o ritmo dos serviços já desenvolvidos”, garantiu.

Para o prefeito Ronaldo Magalhães, “o investimento em saúde é uma das prioridades da nossa gestão. Mesmo com a dificuldade em receber os repasses estaduais, conseguimos aplicar mais de 30% do orçamento municipal na saúde. Ressalto que o investimento mínimo de recursos a serem aplicados na saúde é de 15% da receita do município. Os avanços conquistados nesses últimos anos, principalmente na saúde primária, podem ser percebidos pela população”.

Logo após a apresentação, pacientes foram atendidos pelos oftalmologistas do corpo clínico do HMCC. A partir de agora, estão previstos, mensalmente, 220 exames e 90 cirurgias, além de 1300 consultas, entre atendimentos de refração e glaucoma.

Scroll To Top