segunda-feira , 23 julho 2018
Você está aqui: Capa | Agricultura e Abastecimento

Arquivo da categoria: Agricultura e Abastecimento

Assinatura dos Feeds

Assuntos relacionados a Área de Agricultura e Abastecimento de Itabira MG

Processo Seletivo – Edital nº 006/2018 – Técnico em Agropecuária

A Prefeitura Municipal de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, divulga o Edital do Processo Seletivo Simplificado n. 006/2018, para a contratação de Técnico em Agropecuária. As inscrições serão realizadas de 24 a 26 de julho de 2018, de 9h às 17h, na Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos, localizada à Avenida Carlos de Paula Andrade, nº 135 – 2º andar, Centro, em Itabira/MG.

 

Confira no link abaixo:

006-2018

 

Agricultura – Prefeitura promove a 25ª Semana do Produtor Rural de Itabira

Entre os dias 16 e 20 de julho começa a 25ª Semana do Produtor Rural e 4º Dia da Comunidade Rural de Itabira. Em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater/MG), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Sindicato dos Produtores Rurais de Itabira, a Prefeitura de Itabira oferecerá 20 cursos relacionados ao produtor rural e agricultura familiar, além de palestras e atividades voltadas ao desenvolvimento profissional no âmbito rural.

O objetivo do evento é ampliar os conhecimentos dos participantes, visando a padronização, profissionalização e capacitação para os agricultores e profissionais liberais ligados às áreas ruais, gerando assim, mais uma fonte de renda.

O encerramento da semana será no dia 20, às 17 horas, no Parque de Exposições Virgílio José Gazire, com a entrega de certificados aos alunos participantes dos cursos ministrados.

Cursos

Os 20 cursos serão ministrados no parque de exposições, com aulas teóricas e práticas. Entre os dias 16 e 20/7, serão realizados os cursos de Artesanato em Bambu, peças utilitárias, Artesanato em palha de banana e milho, Defumados, Horta caseira, Proteção e recuperação de nascentes, Queijos, Quitandas e Tratorita. De 19 a 2/7, cursos de Horta caseira, Operação de manutenção de motosserra, Operação de manutenção de roçadeira e Recuperação de Áreas degradadas e alteradas.

Para participar, é necessário se inscrever no Sindicato dos Produtores Rurais de Itabira – praça Dr. Nelson Lima Guimarães, no bairro Pará. O aluno pagará uma taxa de R$ 15 por dia, referente à alimentação. Mais informações pelos telefones: 3831-1380 ou 3839-2262.

Por Marcos Paulo Sá

Banco de alimentos – Itabira sediará 6ª reunião ordinária da Relba

No próximo dia 8, a partir das 8h30, no plenário da Câmara de Vereadores – avenida Carlos Drummond de Andrade, nº 651, no Centro –, a população poderá participar da reunião ordinária da Rede Leste de Banco de Alimentos (Relba) de Minas Gerais. Com a presença de autoridades dos 30 municípios e dos gestores dos bancos de alimentos que integram a rede, as reuniões são itinerantes e acontecem na segunda sexta-feira de cada mês.

Neste encontro, além de fazer um balanço sobre as atividades dos bancos de alimentos no último mês, o principal assunto será a resolução nº 181, normativa que rege o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal.

Para Antônio Adelson de Oliveira Santos, técnico agrícola da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA) e coordenador do Banco de Alimentos de Itabira, o evento é uma oportunidade para as pessoas compreenderem o funcionamento da Relba. “É uma reunião muito motivadora para a população conhecer os bancos de alimentos e como poderá contribuir para que eles funcionem bem. Por isso, gostaríamos de um grande número de pessoas e autoridades participando”, explicou.

Em Itabira, o banco de alimentos funciona desde 2010 com o objetivo de ampliar a segurança alimentar e evitar o desperdício de alimentos. O banco trabalha com projetos, inclusive do Ministério de Desenvolvimento Social que finalizou em abril deste ano. No entanto, segundo Antônio Adelson, a SMAA já enviou proposta de renovação para conseguir novos recursos para o município. Ainda de acordo com ele, a importante atuação da Relba “é justamente quando não estamos recebendo verba federal, pois, as cidades que contam com o PAA repassam a produção excessiva para os bancos que fazem parte da Rede”, destacou Antônio Adelson.

Relba

Criada em abril de 2014 – ano em que Itabira também se tornou membro (agosto) –, o objetivo é integrar as atividades dos bancos de alimentos municipais, tornando-os mais eficientes, tanto na condução de programas federais, quanto nas captações de doações de alimentos de empresas e produtores rurais. Na prática, a Rede permite que um alimento excedente em uma cidade seja levado para outro banco de alimentos.

A Relba foi criada inicialmente com três municípios. Hoje, conta com 30”, frisou o coordenador do Banco de Alimentos de Itabira. Desse montante, segundo ele, 16 cidades, incluindo Itabira, estão integradas à Rede Brasileira de Banco de Alimentos. “O nosso município faz parte deste contexto em nível nacional. Estamos muito bem quando se fala em segurança alimentar e integração dos bancos. Prova disso é que Itabira também compõe a diretoria da Rede Leste”, destacou Antônio Adelson.

Os bancos contam com 60% de doações originadas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e 40%, da agricultura familiar. No último mês (21/05), conforme informações da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, o banco de alimentos da cidade recebeu, por meio da Relba, 333 caixas de alimentos, o que corresponde a aproximadamente quatro toneladas de produtos. Uma vez no banco, os alimentos são distribuídos para nove entidades assistenciais e quatro centros de referência, além da rede municipal de ensino. “Sem contar a rede escolar, são mais de quatro mil pessoas cadastradas. Outra vantagem é que estamos absorvendo alimentação do agricultor e levando dinheiro para o campo”.

Prefeitura entrega tratores para fomentar a agricultura familiar

A Prefeitura entregou nesta quinta-feira (15), no Parque de Exposições Prefeito Virgílio José Gazire, três tratores 12 implementos agrícolas à Associação dos Produtores da Agricultura Familiar de Itabira (Apafi). No evento, o presidente da Apafi, Aeliton de Almeida, recebeu, em nome da associação, as máquinas para desenvolvimento da agricultura familiar.

Esse acordo de cooperação visa desenvolver e fortalecer a agricultura familiar do município. Além disso, o convênio objetiva fomentar o setor produtivo gerado na área rural e abastecer o banco de alimentos de Itabira. Os equipamentos serão viabilizados para o preparo do solo, plantio e colheita de diversos gêneros alimentícios.

Segundo o prefeito de Itabira, Ronaldo Magalhães, este é um momento importante para a agricultura do município. “É com muita confiança que firmamos esse acordo. Precisamos de pessoas sérias e capacitadas para que projetos dessa natureza dêm certo, e isso a Apafi tem. Vamos continuar dando o apoio e suporte necessário para ajudar o homem do campo”, afirmou o prefeito que explicou ainda.

Hoje a burocracia é enorme. A Prefeitura leva mais de um mês para poder comprar um pneu, por exemplo, ou qualquer peça que estrague. Com a associação, isso pode ser feitos em dias. Essa paralisação tem um prejuízo muito grande, porque o motorista está parado e o serviço por fazer. O objetivo é tornar o processo mais rápido e quem ganha é o produtor rural”, finalizou Ronaldo.

O acordo entre a Prefeitura e a associação tem como finalidade celebrar o termo de cessão de uso dos equipamentos por 60 meses. Contudo, o Município pode revogar a permissão a qualquer momento por descumprimento das regras estabelecidas, por exemplo. Toda a responsabilidade de manutenção das máquinas fica a cargo da Apafi.

Consórcio público – Itabira já faz parte do serviço de inspeção intermunicipal

Visando o desenvolvimento da agroindústria, na última sexta-feira (12), a Prefeitura de Itabira assinou convênio com o Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Médio Piracicaba (Consmepi), implantado pela Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (Amepi), para gerenciar o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) de forma regionalizada.

De acordo com William Gazire, secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, por meio do consórcio foi criado um selo de qualidade para regulamentar a comercialização dos produtos de origem animal – derivados de carnes, ovos e leite – e ampliar o mercado para os produtores. “Esse certificado oferece uma garantia ao consumidor e permite que os alimentos sejam vendidos em vários municípios da região. Se hoje o produtor de Itabira tem um público de 100 mil pessoas, o produto dele passa a ser oferecido para cerca de 400 mil pessoas.”. Para isso, segundo o secretário, foi nomeada uma equipe de inspeção para liberar ou não o selo. “O coordenador técnico da equipe é o veterinário de Itabira, Roger Alvarenga. Inclusive, o consórcio já disponibilizou os elementos necessários para ele trabalhar, que são os assessores e o carro. Sendo assim, o serviço já está operando.”.

Entre os nove municípios que fazem parte do Consmepi/Amepi – Bom Jesus do Amparo, Ferros, João Monlevade, Santa Bárbara, Santa Maria de Itabira, Santo Antônio do Rio Abaixo, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo – Itabira é o único que já tinha um SIM estabelecido, “com técnicos treinados e, principalmente, com um veterinário de carreira, que atende aos requisitos para ser o coordenador técnico do serviço”, explicou William.

Selo

O SIM emite certificado de qualidade a empresas e empreendedores que atendam às exigências sanitárias vigentes em legislação específica e que também possuam qualidade e higiene em seu processo de produção. Controla ainda, a qualidade dos produtos de origem animal, como embutidos, queijo, mel e doces, além de monitorar e inspecionar a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização.

Inicialmente, segundo William Gazire, a inspeção nos produtos terá validade de um ano. “Posteriormente, ela será feita a cada cinco anos. Neste primeiro momento, todos poderão se familiarizar com o processo.”.

Para fazer parte do serviço de inspeção, cada município – dependendo do porte – paga de R$ 3,5 a R$ 5,5 mil. No entanto, segundo o secretário, Itabira não terá esse custo, já que cedeu o veterinário para o consórcio.

700 quilos disponíveis – Prefeitura distribui sementes de milho para produtores rurais e urbanos

A Prefeitura de Itabira está distribuindo 700 quilos de semente de milho, do tipo variedade para grão, aos produtores rurais e urbanos do município a fim de incentivar o plantio do cereal na região. Esta é uma das ações desenvolvidas pelo Governo Municipal para estimular novas alternativas de renda na cidade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), pasta responsável pelo fornecimento dos grãos, a ação busca ainda incentivar o cultivo agroecológico do milho, ou seja, sem utilização de agrotóxicos. As sementes podem ser adquiridas nas sedes da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), Emater e administrações distritais de Ipoema e Senhora do Carmo. Cada produtor rural poderá obter até 10 quilos do grão. Já aos munícipes urbanos será distribuído a quantidade máxima de 2 quilos por pessoa.

O quilo tem o custo de R$ 1,00 ao interessado. O valor arrecadado será revertido ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável para que possamos adquirir novas sementes”, disse o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, William Sampaio Gazire.

São parceiros da iniciativa o Sindicato dos Produtores Rurais de Itabira e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3839-2262.

Vá lá:

SMAA – Rua Santana, 426, bairro Penha.

Emater – Rua Trajano Procópio, 10, bairro Pará.

Égua de itabirano é premiada em exposição nacional

Na tarde de hoje (24), a égua Xica da Gabiroba, do Haras Gabiroba, foi consagrada campeã na 36ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte.

Segundo Nelson Joanes Gomes, criador de cavalos da raça mangalarga marchador, o título reservada campeã nacional de marcha, na categoria égua, é o primeiro título nacional do haras, “fruto de muito trabalho, investimento em genética de ponta e profissionalismo da equipe que treina a tropa”. A égua Xica, que disputou o título com outras 29 éguas de diversos estados do país, tem quatro anos e meio de idade e vale, aproximadamente, R$ 1 milhão. Ainda segundo o criador, a égua campeã continuará participando das competições estaduais e nacionais.

Há mais de 30 anos criando cavalos da raça, atualmente, o Haras Gabiroba conta com mais de 100 marchadores de ponta e centenas de títulos estaduais. “E o principal detalhe disso são as ações simples que fazemos com os animais no dia a dia. Temos a rotina de fazer as provas funcionais em casa”, concluiu Nelson Gomes.

Evento

A maior exposição de equinos de uma mesma raça da América Latina, segundo os organizadores, reúne cerca de 1,6 mil animais da raça mangalarga marchador, de todo o país, até o próximo dia 29/7. O evento é aberto ao público e, além dos campeonatos, oferece diversas atrações culturais, recreativas e gastronômicas.

Utilidade Pública – Confira o calendário da feira itinerante Terra Nossa

As próximas edições da feira itinerante Terra Nossa – produtos da agricultura familiar – acontecem nos bairros João XXIII (6/7) – praça Nico Andrade (em frente à Escola Municipal Nico Andrade); Gabiroba (13/7) – avenida Almir Pessoa Magalhães (esquina com avenida Pedro Guerra); Amazonas (20/7) – avenida Brasil (praça do Rotary) e no Centro (27/7) – na Rodoviária (próximo à entrada do Parque da Água Santa).

Prefeitura promove a 24ª Semana do Produtor Rural de Itabira

Começa nesta segunda-feira (3), a 24ª Semana do Produtor Rural de Itabira. Em parceria com os Sindicato dos Produtores Rurais de Itabira, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater/MG), a Prefeitura de Itabira oferecerá 16 cursos para a produção de alimentos e artesanatos e, uso de equipamentos agrícolas, além de palestras e atividades voltadas ao desenvolvimento profissional no âmbito rural.

O objetivo, segundo William Gazire, secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, é levar conhecimento específico aos participantes. “Nossa intenção é que os participantes conciliem a teoria adquirida com a prática diária, transformando isso em fonte de renda”. Para o secretário, a semana do produtor fomenta a valorização das atividades rurais, “já que ganharão visibilidade, expansão e possibilidades de novos negócios”, ressaltou.

O encerramento da semana será no dia 14, às 17 horas, no Parque de Exposições Virgílio José Gazire, com a participação de Valmir Roza Lima em palestra show “Rebecas e Violas”.

Cursos

Os 16 cursos serão ministrados no parque de exposições, com aulas teóricas e práticas. Entre os dias 3 e 7/7, serão realizados os cursos de Doces Cristalizados e Casqueamento, ambos com as vagas esgotadas. De 10 a 14/7, cursos de Defumados, Derivados do Leite – queijos, Tapeçaria – aproveitamento de malha, Artesanato com Bambu – móveis, Equitação, nova turma para Casqueamento, Tratorista, Proteção e Recuperação de Nascentes e Motosserra. Entre os dias 11 e 14/7, curso de Jardineiro e de 12 a 14/7, Apicultura.

Já entre os dias 13 e 15/7, cursos de Roçadeira, Recuperação de Áreas Degradadas e Produção de Frutas – Emater. No dia 14, curso de Saneamento Básico Rural – Emater. De 17 a 21/7, outra turma para o curso de Equitação.

Para participar, é necessário se inscrever na Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento – rua Santana, no bairro Penha – ou no Sindicato dos Produtores Rurais de Itabira – praça Dr. Nelson Lima Guimarães, no bairro Pará. O participante terá que pagar R$ 15 por dia, referente à taxa de alimentação. Mais informações pelos telefones: 3831-1380 ou 3839-2262.

Dia do Apicultor será comemorado neste sábado

Na feira livre dos produtores rurais deste sábado (20) e no auditório da Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita) – ambos na avenida Duque de Caxias, no bairro Esplanada da Estação – a Prefeitura de Itabira, em parceria com a Associação dos Apicultores de Itabira e Região (Aapitar), comemora o Dia do Apicultor (22/05).

Divulgar a apicultura em Itabira e consequentemente estimular o consumo dos produtos das abelhas pela população, é um dos principais objetivos que o evento de amanhã pretende alcançar, de acordo com Fábio Saez, superintendente de Fomento Agropecuário. “Queremos também, fortalecer o associativismo e divulgar a associação (Aapitar), além de permitir que os apicultores vendam diretamente ao consumidor e com um preço melhor”.

Durante a feira, das 8 ao meio-dia, uma barraca da Aapitar distribuirá material informativo e sachês de mel para os visitantes. Em seguida, às 14 horas, início do Seminário de Apicultura, no auditório da Acita. Além da apresentação da Aapitar, a palestra “Alimentação artificial de enxames” será ministrada pelo médico veterinário Gil Barreto e, logo depois, uma mesa redonda será formada para o debate sobre furtos de enxames e mel na região.

Scroll To Top