Você está aqui: Capa | Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo | Centro de Atendimento ao Turista

Arquivo da categoria: Centro de Atendimento ao Turista

Assinatura dos Feeds

Confira o funcionamento da Prefeitura na semana santa

Devido ao recesso da semana santa, que começa nesta quinta-feira (13/04 – ponto facultativo) na Prefeitura de Itabira – Unidades Básicas de Saúde (UBS), setor administrativo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e escritório central da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) – retornam às atividades normais, na próxima segunda-feira (17/04).

No caso da Itaurb, o setor de limpeza urbana funciona normalmente, com exceção da sexta-feira (14/04), feriado Paixão de Cristo. O cronograma das coletas orgânica, seletiva, animais mortos e de apoio, bem como o serviço de varrição, retornam às rotas normais, no sábado (15/04). Já o Saae, durante o recesso, mantém sistema de plantão e funcionamento normal do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), pelo número 115.

Turismo

O Centro de Atendimento ao Turista (CAT) – próximo à rodoviária – fecha na sexta-feira da Paixão, mas funciona normalmente amanhã (13), sábado e domingo, das 8 às 18 horas. O Museu do Tropeiro, localizado no centro do distrito Ipoema, só não funcionará na sexta-feira. Estará aberto ao público quinta-feira, sábado e domingo, das 10 às 17 horas, horário normal de funcionamento.

Prefeitura inaugura novo Centro de Atendimento ao Turista

Neste domingo (2), a partir das 9 horas, o prefeito Ronaldo Magalhães inaugura o Centro de Atendimento ao Turista (CAT), no Parque da Água Santa – próximo à rodoviária. O setor funcionará no vagão instalado no parque e ficará aberto de terça a domingo, das 8 às 18 horas.

Para melhorar a localização do CAT e finalmente cumprir com o objetivo original do vagão, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), realizou uma força-tarefa para reformar o vagão e revitalizar o parque. “O que estamos fazendo é levar o CAT para o seu devido local. O vagão foi idealizado para isso”, afirmou José Don Carlos Alves Santos, secretário municipal da SMDECTIT. Ainda segundo ele, “é necessário que o CAT tenha visibilidade e acessibilidade. Por isso, buscamos uma localização mais central, para que de imediato o turista tenha uma visão de onde procurar informações sobre a cidade”.

Sobre a melhoria no local, a Prefeitura determinou ações da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb), que limpou e podou a área do parque e da Secretaria Municipal de Obras (SMO), que readequou a iluminação. O vagão, segundo Don Carlos, continha vazamentos devido a falta de manutenção. “Não tivemos que contratar nenhuma empresa para realocar o CAT. Nós contamos com a colaboração de outras secretarias e do setor de serviços gerais da Prefeitura. Então, o custo foi muito baixo, pois utilizamos recursos próprios.”, revelou o secretário.

Também faz parte do processo de realocação da sede de atendimento ao turista, a manutenção contínua do Parque da Água Santa. “O que estamos fazendo através do CAT é colocando o parque para funcionar. A população espera isso. O parque e o CAT terão vigilância patrimonial”, ressaltou o secretário. Além disso, Don Carlos afirmou que ações de melhorias em todos os pontos turísticos também serão contínuas. “Começando pela sinalização. Nós vamos sinalizar desde a entrada da cidade, direcionando os turistas até o CAT”.

Evento

Para inaugurar o novo CAT, a Prefeitura preparou diversas apresentações culturais. A partir das 9 horas, intervenções dos Drummondzinhos e da Cia Itabirana de Teatro. Em seguida, apresentações de street dance e dança circular. Shows de artistas da cidade – Luiz Reis e Banda Faizo – encerram a programação.

Como atração principal, o vagão que abrigará a nova sede de atendimento aos turistas será grafitado, durante o evento, pela artista itabirana Maria Raquel Couto Ramiro, dona dos famosos bolinhos “cupcakes” espalhados pelo interior do estado, por Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro. “Queremos criar uma referência para o vagão e nada melhor que a arte de uma itabirana de renome. A artista Maria Raquel está doando o seu trabalho para a cidade e vai dar vida ao local. Queremos que ele chame a atenção do turista e seja uma referência mesmo”, explicou Don Carlos. Assim como a grafiteira Maria Raquel, todos os artistas anunciados na programação não cobraram cachê da Prefeitura.

Em tempo

Atualmente, o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) funciona na Casa de Drummond – praça do Centenário, nº 137, no Centro. Segundo Don Carlos, a falta de sinalização do local dificulta ainda mais o acesso. “Talvez por se tratar de um prédio histórico, a administração anterior optou por não sinalizar. No entanto, quase que o turista tem que adivinhar que tem um setor de apoio lá”, criticou o secretário. Ainda de acordo com ele, outro argumento favorável para realocar o CAT, “é o fato de ele estar próximo ao parque, que já é um atrativo que desperta o interesse das pessoas”.

Scroll To Top