domingo , 17 dezembro 2017
Você está aqui: Capa | Destaques | Prefeitura anuncia volta do projeto Empreendedorismo na Escola
Prefeitura anuncia volta do projeto Empreendedorismo na Escola

Prefeitura anuncia volta do projeto Empreendedorismo na Escola

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), apresentou nesta manhã (17), no auditório da secretaria, o projeto Empreendedorismo na Escola, que será reimplantado, este ano, na rede municipal de ensino.

O secretário municipal de Educação, José Gonçalves Moreira, reuniu os professores para apresentar a metodologia do projeto que, foi explicada por Winícius Freitas, analista técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da unidade Itabira.

De acordo com José Gonçalves, esse foi o primeiro encontro para dar início aos preparativos do projeto. “A partir de hoje, começamos a organizar cursos e treinamentos para os professores trabalharem o conceito empreendedorismo nas escolas”, explicou o secretário. Ainda segundo ele, o objetivo do projeto é preparar as crianças para o mercado de trabalho. “As crianças de seis a nove anos ainda não pensam no futuro, mas nós, educadores, temos que pensar para elas. Queremos despertar um espírito de competitividade saudável nos alunos, para, no futuro, as empresas disputarem esses funcionários e não o contrário”.

Programa

O projeto Empreendedorismo na Escola faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae. Segundo Winícius Freitas, “o programa busca soluções educacionais com professores e alunos, atuando no desenvolvimento de competências empreendedoras e inserção no mercado de trabalho”, afirmou o analista.

Para isso, cada escola participante elege uma ideia empreendedora para desenvolver um projeto que seja rentável financeiramente. “Os próprios alunos definem um projeto e começam a trabalhar. As crianças pensam junto com os professores de cada disciplina, mas a matéria que estiver mais contextualidade com o projeto, será a aula principal para desenvolver os trabalhos”, explicou José Gonçalves.

O programa será trabalhado com os alunos do primeiro ano do ensino fundamental I, hoje com seis anos de idade e, nas séries seguintes, ao longo dos anos. “O projeto começa com as crianças do primeiro ano, mas dará sequência até o 9º ano, quando elas estarão com 11 anos de idade. Cada etapa terá um novo projeto e, claro, com maior complexidade de acordo com a faixa etária”, ressaltou o secretário que, também explicou sobre a premiação interna e externa dos projetos. “Isso termina com uma grande feira anual organizada pela Prefeitura, onde premiaremos os melhores projetos, além da feira Jovem Empreendedor, prevista para o final do ano de 2018, em Belo Horizonte, em que concorreremos aos prêmios ”Cidade Empreendedora” e “Prefeito Empreendedor”, finalizou José Gonçalves.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top