domingo , 22 setembro 2019
Você está aqui: Capa | Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo | 1º coworking público de Minas Gerais – Apresentações encerram celebração do primeiro ano de funcionamento do ItabiraHub
1º coworking público de Minas Gerais – Apresentações encerram celebração do primeiro ano de funcionamento do ItabiraHub

1º coworking público de Minas Gerais – Apresentações encerram celebração do primeiro ano de funcionamento do ItabiraHub

Compartilhar conhecimento foi a atividade do dia no encerramento das comemorações pelo aniversário do ItabiraHub. O evento, que reuniu autoridades, parceiros, empresários, professores e estudantes, foi realizado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), onde também está instalado esse coworking público, o primeiro de Minas Gerais e o segundo do Brasil inaugurado por uma administração pública.

Responsável pela gestão do coworking itabirano, José Don Carlos Alves Santos, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), apresentou a trajetória do empreendimento em seu primeiro ano de vida. “Nós fomos atrás das melhores referências no país para criar o nosso ItabiraHub. Isso, porque precisamos e estamos fomentando as ideias inovadoras que surgiram das startups residentes aqui”. Ainda segundo ele, a Prefeitura também buscou parcerias com as instituições de ensino e com o Governo Estadual para colocar em prática a mentalidade empreendedora no município. “Além das referências, participamos e realizamos eventos que apoiam a criação de startups”, ressaltou o secretário.

Para Ronaldo Magalhães, apesar de Itabira ainda ser dependente da mineração, a criação do ItabiraHub é uma ação do Governo Municipal que incentiva novas atividades. “É nossa obrigação buscar alternativas econômicas e, hoje, com a tecnologia avançando a passos largos, a nossa primeira decisão foi caminhar junto com as startups”. O prefeito disse acreditar também que o ItabiraHub ainda será referência no país. “Estamos comemorando apenas o primeiro ano do coworking, que ainda é um bebê e, devagar, vai crescer. Daqui a pouco seremos um exemplo para o Brasil”, concluiu Ronaldo.

Atividades

A troca de experiências proposta pelo painel Inovação e Desenvolvimento Econômico foi mediado pela professora Lilian Campos, da Universidade Federal de Itajubá e contou com as participações de Guilherme Marinho Elias Silva, coordenador de projetos de biotecnologia da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes); Marcos David, Ceo da startup Dágora; Flávio Calado, analista de Inovação do Grupo Ânima; Emmeline Lucena, gerente regional do Programas Comunitários da Techstars e Júlio Figueiredo, Ceo das startups Timob e Pop Recarga.

As startups residentes do ItabiraHub – Fluent, Insa, Inssert, Cabe+1, Rodoppens, ClubPetro Fidelidade e Compliance – também apresentaram suas atividades e as dependências do coworking municipal.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top