sexta-feira , 19 outubro 2018
Você está aqui: Capa | Destaques | Ampliação – Itabira passa a contar com 22 leitos de UTI
Ampliação – Itabira passa a contar com 22 leitos de UTI

Ampliação – Itabira passa a contar com 22 leitos de UTI

Com a inauguração da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Luiza da Silva Ramos, segunda do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), realizada ontem (7), a Prefeitura projeta Itabira para o futuro quase dobrando a capacidade de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) no município.

A ampliação dos leitos de tratamento intensivo, para Ronaldo Magalhães, “abre portas” para outras especialidades. “Fomos a Brasília várias vezes para conseguir essa autorização da nova UTI, como também para a radioterapia, que em breve estará aqui. Também estamos começando o trabalho para avançar na questão da melhoria de estrutura da hemodiálise e do credenciamento da cirurgia cardiovascular, que são demorados infelizmente”, declarou o prefeito.

De acordo com Alexandre Coelho, diretor executivo do HNSD, “a decisão beneficia em muito a população”. O projeto iniciou em 2012, quando a instituição firmou convênio com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Minas Gerais para a construção da unidade, que custou cerca de R$1 milhão e também contou com complementação de recursos do HNSD, além do apoio do Ministério da Saúde para os equipamentos. Após equipada, a Vigilância Sanitária do Estado emitiu o alvará sanitário, que permitiu a abertura dos leitos. “Porém, não tínhamos ainda o credenciamento do Ministério da Saúde, responsável pela autorização e financiamento que possibilitaria o custeio das diárias de cada leito da UTI” que, segundo Alexandre Coelho, surgiu esse ano e mediante a contrapartida do município, tornou possível essa disponibilidade de leitos ao SUS.

Já a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares, salientou que a nova unidade confirma a possibilidade de crescimento do setor de saúde no município. “Trazer 10 novos leitos SUS de UTI é mais que dobrar a capacidade de salvamento para pacientes críticos, sejam clínicos ou cirúrgicos, o que é importantíssimo.” A secretária ressaltou ainda que com esses novos leitos há também uma possibilidade para nova melhoria que beneficiará não só o município. “Como atualmente os pacientes graves da assistência suplementar que adentram ao PSMI têm disputado as vagas dos leitos UTI SUS no município, há um movimento próprio, através da Comissão Intergestores Regional (CIR), para que em breve futuro seja solicitada autorização ao Ministério da Saúde, na intenção de remanejar quatro desses leitos SUS para o Hospital Municipal Carlos Chagas, o que além de otimizar a estrutura existente atual no HMCC, protegerá e conservará os leitos SUS para seus usuários e possibilitará a existência de mais 4 leitos no HNSD para assistência suplementar. A cidade ganhará novamente”, avaliou Rosana Linhares.

UTI_HNSD3

UNIDADE UTI 2

A nova UTI foi batizada com nome de Luiza da Silva Ramos, ex-funcionária do HNSD. A homenagem foi prestada pela Irmandade, por meio do bispo Dom Marco Aurélio e do prefeito Ronaldo Magalhães. Presente na solenidade de ontem, Luiza Ramos, que trabalhou 55 anos no hospital, se emocionou com o reconhecimento. “Não consigo explicar como estou emocionada. Dediquei parte da minha vida aqui e faria tudo novamente”, disse a ex-funcionária visivelmente emocionada.

Para Ronaldo Magalhães, conseguir colocar essa UTI em funcionamento na cidade, em meio a tantos hospitais e Unidades se fechando, significa que “provamos para o Ministério da Saúde que Itabira é uma cidade de referência regional e, por isso, temos que sempre nos preparar para oferecer o melhor. Nós atendemos 29 municípios das três microrregiões. Além disso, tem o SUSfácil que registra o atendimento a pessoas de várias partes do estado. É isso que mostramos em Brasília e por isso conseguimos avançar”, concluiu o prefeito.

UTI_HNSD2

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top