quinta-feira , 14 novembro 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: hospital

Arquivos de Tag: hospital

Novos procedimentos – HMCC oferece cirurgias pediátricas

A partir deste mês, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), passa a oferecer uma série de procedimentos cirúrgicos pediátricos para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e região. Realizadas no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) pelo conceituado cirurgião pediátrico Renato Rosa de Almeida, as cirurgias contemplam pacientes de herniorrafias, orquidopexia, postectomias, hipospádia, hidrocele, entre outras demandas.

No sábado (7), primeiro dia de realização dos procedimentos, foram realizadas cinco cirurgias e 30 consultas. De outubro em diante serão feitas, mensalmente, 10 cirurgias e 30 consultas.

Em forma de mutirão, as cirurgias são um plano de ação da SMS para satisfazer a demanda na rede pública. O atendimento no HMCC é feito exclusivamente por meio do SUS e o fluxo de atendimento inicia-se pela Unidade Básica de Saúde (UBS).

Sempre que necessário buscar auxílio, o usuário deve procurar primeiro a UBS de referência ao seu domicílio. Ao avaliar e cuidar de cada paciente, as equipes do Programa Saúde da Família (PSF) são responsáveis por direcioná-los para uma consulta com especialista ou exame de diagnóstico mais avançado no hospital, caso seja especializado. O paciente que necessitar de serviços hospitalares, no caso, cirurgias pediátricas eletivas, dará entrada no hospital a partir do encaminhamento do setor de Regulação da SMS, que realizará o agendamento para avaliação do caso.

FSFX abre novas inscrições para o Hospital Municipal Carlos Chagas

A Fundação São Francisco Xavier abre novo processo de seleção simplificado de profissionais para diversos cargos que irão compor as vagas destinadas ao perfil 81 leitos do Hospital Municipal Carlos Chagas, em Itabira.

Todas as informações necessárias aos candidatos estão disponíveis no Edital de Convocação.

Clique no link abaixo para acessar:

Edital-003-2016-HCC-FSFX

Investimentos em saúde pública – Municipalização e expansão do Hospital Carlos Chagas é destaque na saúde

O sucesso da gestão municipal 2013/2016 é reconhecido na área da saúde pública. Nos últimos três anos, os recursos investidos foram muitos e os resultados podem ser vistos e sentidos por toda a população. Um exemplo disso é a municipalização e expansão do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) neste ano.

Com a municipalização, a unidade de saúde tornou-se pública, com atendimento para todos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), ou seja, 100% SUS. Com apenas um mês à frente das atividades do HMCC, a Fundação São Francisco Xavier (FSFX) apresenta um balanço positivo das principais ações implantadas na instituição de saúde. Além da condução de várias internações, já foram efetuados também quase 1.300 exames de diagnóstico por imagem, que incluem mamografias, raios-x, tomografias, ultrassonografias, colonoscopias, ecocardiografias, eletrocardiografias, endoscopias e testes ergométricos. Destaca-se a realização de 389 mamografias, que foram retomadas após um longo período de paralisação. A partir de junho, passarão a ser disponibilizadas cerca de 500 vagas desse exame por mês.

Ainda em junho, a FSFX já se comprometeu a realizar quase o dobro de exames de diagnóstico, incluindo mamografia (634), raios-x (550), tomografia (280), endoscopia (80), colonoscopia (15), eletrocardiograma (310), teste ergométrico (52) e ultrassom (400). Também está prevista a abertura do Ambulatório para a realização de consultas nas especialidades de Clínica Médica, Anestesiologia, Cirurgia Geral, Reumatologia e Oftalmologia, para os pacientes encaminhados pela Prefeitura. Outra novidade para este mês é o início aos atendimentos de cirurgias de catarata e de glaucoma.

Atualmente, o HMCC adota o sistema de envio de lembrete de consultas e exames por meio de mensagem de texto no celular. Assim, confirmado o agendamento do paciente pela Prefeitura, o usuário recebe uma mensagem com um dia de antecedência do horário previsto, lembrando-o do compromisso. É mais praticidade e comodidade para os usuários.

Na ampliação do HMCC, a Prefeitura de Itabira investiu R$ 10.533.273,40. O valor total da obra foi R$ 17.533.273,40. Além disso, o Governo Federal destinou R$ 2.610.000,00 para equipar os leitos clínicos e os leitos de UTI da instituição.

Com a expansão do HMCC, a capacidade de atendimento do hospital vai quase triplicar: de seis leitos de UTI para 20 leitos de UTI, de 51 leitos de internação para 130 leitos de internação, passando a ter no total 150 leitos disponíveis para a população. Contamos ainda com uma estrutura moderníssima que a FSFX usa em prol da comunidade, não só de Itabira mas de toda a região”, disse o prefeito Damon Lázaro de Sena.

Os investimentos são tantos que, em 2014, a Prefeitura empregou 27,83% da receita própria em ações e serviços públicos de saúde. O valor investido pelo Governo Municipal é quase o dobro do que é estabelecido pela legislação federal, que prevê investimento de, pelo menos, 15% no setor. A aplicação de recursos próprios resultou em um aumento dos atendimentos da saúde no primeiro quadrimestre de 2015, além de manter os indicadores bem avaliados em comparação com o mesmo período dos anos anteriores.

De janeiro a abril de 2015, o Município obteve a receita própria de R$ 104.522.855,36, provenientes de impostos e transferências constitucionais. Desse total, foram investidos R$ 42.516.399,66 na saúde. De acordo com os Sistemas Nacionais de Informações, neste período Itabira conseguiu cumprir, e em alguns casos até superar, os indicadores. Os atendimentos superaram os números apurados em 2014. No primeiro quadrimestre de 2015, foram realizadas 8.710 consultas da Atenção Básica a mais em comparação ao mesmo período do ano anterior. Os procedimentos também aumentaram: em 2014 foram 145.302 e em 2015, 201.763.

Os números também cresceram na Atenção Secundária. No primeiro quadrimestre de 2015, foram 4.662 consultas especializadas a mais em comparação com o mesmo período de 2014. Os exames de alta complexidade passaram de 163.586 em 2014, para 206.165 no ano passado: um aumento de mais de 25%.

Quando assumimos a Prefeitura em 2013, encontramos muitos problemas. Das 29 equipes do Programa Saúde da Família (PSF), metade estava sem médicos. Realizamos um concurso para sanar o problema e atualmente, temos médicos em todas as unidades de saúde. Cinquenta por cento deles possuem especialização em medicina e saúde da família. Além disso, aumentamos o número de equipes de PSF para 31”, acrescentou o prefeito.

O Governo Municipal também reestruturou o Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI), disponibilizando um maior número de profissionais nas áreas de pediatria, clínica, obstetrícia e ortopedia. As unidades básicas de saúde (UBS) também receberam sólidos investimentos, com a reforma e ampliação de seis delas: Praia, Gabiroba de Cima, Água Fresca, Eldorado, Amazonas e o ponto de apoio na localidade de Bateias. E mais: o Governo Municipal está construindo novas UBS nos bairros Praia, Bethânia e Nova Vista, e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Fênix, que funcionará 24 horas.

Já inauguramos uma nova UBS na Vila Santa Rosa, que atende também os usuários do Juca Rosa. A UBS do bairro Amazonas/ Areão foi ampliada com mais 280 metros. Também reestruturamos toda a rede de farmácias. Além da Farmácia de Minas, no Fênix, e da Farmácia Municipal, no Centro, regionalizamos todo o atendimento: hoje, temos farmácia nos bairros Gabiroba e Pedreira e nos distritos de Senhora do Carmo e Ipoema. Passamos a atender 680 pessoas por dia e ampliamos o investimento em medicamentos de R$ 3.800.000,00 para mais de R$ 6.000.000,00 por ano. Tudo isso para cuidar e atender, cada vez melhor, nossa população”, concluiu Damon Lázaro de Sena.

Saiba mais em:

http://www.itabira.mg.gov.br

http://www.facebook.com/prefeituraitabira

http://www.youtube.com/itabiraprefeituramunicipal

FSFX abre processo seletivo para HCC

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX) abre o processo de seleção simplificado de profissionais com interesse em trabalhar no Hospital Municipal Carlos Chagas (HCC). Todas as informações necessárias aos candidatos estão disponíveis no Edital de Convocação. Clique nos links abaixo para acessar:

Edital-001-2016-HMCC-FSFX

Vagas e inscrições

Na página de inscrição, é preciso que o candidato selecione a vaga de interesse e clique no botão Candidatura, para que sua inscrição seja efetuada com sucesso.

As inscrições para o processo seletivo estarão disponíveis até a próxima quarta-feira (13).

Nova administração – Prefeitura recebe Fundação São Francisco Xavier para assinar contrato de gestão do HCC

O prefeito Damon Lázaro de Sena recebeu na tarde dessa segunda-feira (5) os diretores da Fundação São Francisco Xavier (FSFX) para a assinatura do contrato de gestão do Hospital Carlos Chagas (HCC). A solenidade aconteceu em seu gabinete com a presença de vereadores e secretários. O documento contém as especificações técnicas que devem ser cumpridas pela nova administradora.

O contrato foi assinado pelo prefeito Damon Lázaro de Sena, diretor da Fundação São Francisco Xavier Luiz Mário Araújo, o secretário municipal de Saúde Reynaldo Damasceno Gonçalves, o Procurador – Geral do Município Alfredo Lage Drummond e o vereador Sueliton Cordeiro de Sousa. A FSFX administra o renomado Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. Agora gerenciará o HCC, em substituição à Funcesi, no novo modelo da instituição de saúde: 100% do atendimento para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O diretor da entidade, Luiz Mário Araújo, ressaltou que a FSFX está ciente da responsabilidade que tem, e veio para fazer o melhor. “Vamos prestar assistência com qualidade e respeito ao usuário do sistema público de Itabira e região. Fazer uma medicina que possa agregar para todos. Temos disposição e convicção de que criaremos uma referência positiva, e que se traduza em benefícios a população. A Fundação está satisfeita e se sente honrada em administrar este grande hospital”.

Reynaldo Damasceno, enfatizou que a atual administração trabalhou muito para melhorar as condições de atendimento à população nos dois hospitais da cidade. “Pegamos um processo judicial onde não foi cumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Agradeço ao Ministério Publico a condução desse processo, do qual foi o autor e de toda as pessoas que contribuíram para que hoje o HCC passe a ser público com atendimento para todos pelo SUS.”.

O prefeito Damon Lázaro de Sena disse que o objetivo da mudança em transformar o HCC em 100% SUS é atender melhor a maioria das pessoas que mais necessitam e que n~ão tem plano privado. Ressaltou ainda que acredita na eficiência do trabalho que a FSFX prestará em Itabira. “Eu, como médico, sei da qualidade do serviço prestado no Hospital Márcio Cunha. São estes índices de qualidade que buscamos para Itabira e região. O HCC da forma que estava, tinha um sistema injusto para a maior parte da população. É uma estrutura pública e a proposta era de atender 60% SUS e 40% privado. No entanto, isso só acontecia na internação de enfermaria. No ambulatório e bloco cirúrgico essa não era a realidade. Agora, todos tem a mesma oportunidade e atendimento. Esse é um processo construído pela Prefeitura, legislativo, judiciário e sociedade organizada. Praticamos a verdadeira governança e quem ganha com isso é a população”.

Saiba como será a transição da Funcesi para a FSFX:

A Transição é divida em três fases:

  • 1º Fase (21 de janeiro a 30 de março)

O HCC, sob a administração da Funcesi, mantém seu atendimento regular.

  • 2ª Fase (31 de março a 20 de abril):

O HCC, ainda sob administração da Funcesi, inicia o novo perfil, com atendimento exclusivo para os usuários do SUS. Neste 1º momento serão apenas atendimentos internos, ou seja, não haverá mais atendimento para os Planos de Saúde, nem para o Pronto Atendimento. Todos os atendimentos de Urgência e Emergência deverão ir para o Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI).

  • 3ª Fase (Início em 21 de abril):

O HCC passa para a administração da FSFX. Os atendimentos ainda serão apenas internos para pacientes do SUS. A mudança do perfil de atendimento, bem como a abertura de novos leitos (expansão dos atuais 51 leitos SUS para 130 leitos), ocorrerá gradativamente com o acompanhamento da Secretaria Estadual de Saúde e do Ministério da Saúde.

Qualidade será mantida – Reunião entre Governo Municipal e HNSD define funcionamento do Pronto-Socorro

Na manhã desta terça-feira (30), o prefeito Damon Lázaro de Sena e o secretário municipal de Saúde, Reynaldo Damasceno Gonçalves, reuniram-se com o corpo clínico e as diretorias clínica e técnica do Pronto-Socorro Municipal de Itabira (PSMI) e do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). Na pauta, o funcionamento PSMI após as mudanças propostas pela Administração Pública. O encontro foi realizado no gabinete do prefeito e contou com a presença de secretários municipais, vereadores, médicos e servidores públicos.

Durante o encontro, foi explicado aos representantes do HNSD a preocupação em manter a qualidade dos serviços oferecidos, após as mudanças administrativas propostas. Atualmente, o PSMI conta com uma equipe de 63 médicos em escala presencial (24h) nas especialidades: dois cirurgiões, um ortopedista durante a semana e dois nos fins de semana, dois pediatras, quatro clínicos e uma equipe de anestesistas.

De acordo com Reynaldo Damasceno, com a proposta de restruturação o serviço será melhorado: uma equipe médica (formada por cirurgião, anestesista e ortopedista), que já fica de plantão no PSM, será disponibilizada 24 horas no bloco cirúrgico do HNSD para retaguarda, grandes traumas. Ou seja, além de manter a atividade, ela ainda será melhorada e ampliada. Com isso, a escala do serviço de ortopedia também será expandido e os outros profissionais serão mantidos (dois clínicos, dois pediatras e clínica para sala de urgência).

Ainda segundo Reynaldo Damasceno, a dúvida entre os participantes da reunião era se o HNSD conseguiria montar essa escala com os membros do corpo clínico até a próxima quarta-feira (1º/7), a fim de atender as portarias da Rede de Resposta, Leitos de Retaguarda e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) – do qual o HNSD já é referência. Assim, ficou definido que nenhuma alteração será feita até o dia 10 de julho ou até que o Município ou as partes envolvidas cheguem a um acordo sobre a escala.

O secretário de Saúde foi enfático ao afirmar que “com essa reestruturação serão otimizados os recursos já existentes dos governos Federal e Estadual, proporcionando economia do recurso municipal, sem que com isso haja perda de qualidade no funcionamento do Pronto-Socorro”.

Além do prefeito e do secretário municipal de Saúde, participaram da reunião os secretários Jadir Eustáquio do Espírito Santos (Chefe de Gabinete), Ermiton Machado Gomes (Governo), Alfredo Lage Drummond (Procuradoria-Geral), Gilberto Guerra Fontes (Ouvidoria-Geral/ Auditoria Interna e Controladoria); o provedor do HNSD Vaquimar José Vaz; o diretor clínico do HNSD Caio Seródio; os vereadores Marcela Cristina Lopes da Silva, Rodrigo Alexandre Assis Silva e Pacelli Eustáquio Silveira Moreira.

Também estiveram presentes os médicos Marco Antônio Gomes, Urutã Pereira de Lucena, Edson Pereira Lima, Jackson Alberto de Pinho Tavares, Dilson Rezende Buzzati Filho e Graziela Rodrigues Vítor; os servidores Clícia Peter Andrade Felisberto (coordenadora de Atenção às Urgências e Emergências da SMS), Miriam Lage Fernandes (secretária adjunta de Saúde) e Chinayd Luiz Cruz Menezes (Auditoria Interna e Controladoria).

Casarão que abrigou antigo hospital passa por revitalização

A Prefeitura de Itabira está reformando o casarão que abrigou o antigo Hospital Nossa Senhora das Dores, na rua Major Paulo, bairro Penha. Tombado como patrimônio histórico e cultural do município, na década de 1980, o casarão será restaurado e receberá instalação de elevador para garantir melhor acessibilidade. Após o término das obras, previsto para meados de abril de 2015, o prédio funcionará como espaço multifuncional.

São feitos serviços de reforma total do assoalho, telhado, fachada e banheiros, substituição da estrutura do prédio e de instalações elétricas e hidráulicas, novo reboco interno e externo, restauração de escadas, portas e janelas e pintura completa. Cerca de 25% da obra está concluída. O custo estimado é da ordem de R$ 3,2 milhões, provenientes de recursos do Município.

A Prefeitura também está restaurando um casarão na praça do Centenário. Toda a sua estrutura (paredes, assoalho, telhado, porão, escadas e instalações elétricas e hidráulicas) está sendo reformada. Um terceiro casarão, na rua Monsenhor Júlio Engrácia, que pertenceu ao santeiro Alfredo Duval, também será recuperado. A previsão é de que as obras sejam iniciadas nos próximos dias. Os três imóveis são os primeiros a receber reformas por correrem risco de desabamento.

A reforma de casarões tombados como patrimônio histórico e cultural e que fazem parte do sítio histórico do município é uma determinação do prefeito Damon Lázaro de Sena. Os projetos e o planejamento das obras acontecem por meio de parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) e Secretaria Municipal de Obras (SMO). A execução é de responsabilidade da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb). A Prefeitura planeja restaurar outros 15 imóveis.

Parceria – Equipe do HNSD visita Prefeito de Itabira

Uma equipe do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), formada pelo bispo da Diocese Itabira – Coronel Fabriciano Dom Marco Aurélio Gubiotti, que é o presidente da Irmandade Nossa Senhora das Dores, mantenedora do hospital, a diretora administrativa Rosana Linhares, o provedor Vaquimar Vaz e a assessora de comunicação Pauline Campos, esteve na tarde de quinta-feira (19) no gabinete do prefeito Damon Lázaro de Sena para agradecer a parceria entre a Prefeitura de Itabira e o HNSD.

2

Durante o ano de 2013, o governo municipal liberou diversos recursos para a instituição de saúde. De acordo com Vaquimar Vaz, as verbas destinadas ao hospital foram primordiais para a aquisição de materiais médicos hospitalar, rouparia e outros custeios. “Este foi um ano de realizações no HNSD. Todas as ações só foram possíveis devido ao apoio dado pela Prefeitura. Nós agradecemos a parceria e o empenho do governo municipal”, disse o provedor que apresentou ao prefeito slides com todas as ações e obras realizadas no HNSD ao longo do ano.

Segundo o HNSD, diversos convênios foram firmados por meio da Prefeitura. Outros convênios foram firmados com o Estado de Minas Gerais tendo o apoio do município, dentre eles, o convênio para futura construção de nova unidade da Hemodiálise, para novos equipamentos para unidade de urgência (equipamentos de ultrassonografia e respiradores), convênio para construção e equipamentos da terapia intensiva para as pacientes de neonatal; inauguração da Casa de Apoio à Gestante; entre tantas outras melhorias.

O hospital ainda está com algumas obras em fase final, como por exemplo: nova unidade de internação, novo bloco cirúrgico e término da ampliação da Hemodiálise com a aquisição de mais oito máquinas de diálise. A previsão é de que tudo seja entregue à população nos primeiros meses de 2014.

Outra novidade é a mudança da agência transfusional para um novo espaço. O prefeito Damon Lázaro de Sena lembrou da importância da implantação de um hemocentro no município. “Precisamos acelerar os trabalhos para a implantação de um hemocentro (banco de sangue) aqui em Itabira, pois temos doadores suficientes e demanda para isso. Poderemos até fornecer hemoderivados ao Hemominas”, disse o prefeito que é médico.

O HNSD está se preparando para novos serviços e credenciamentos em alta complexidade como os de oncologia e cardiologia, a partir do ano que vem.

Damon Lázaro de Sena garantiu a Dom Marco Aurélio Gubiotti e aos demais diretores do HNSD que a Prefeitura continuará apoiando e investindo na instituição: “É uma entidade que merece respeito, merece atenção, sobretudo porque não tem fins lucrativos, e é isso que ela vai ter no nosso governo”, finalizou.

Scroll To Top