domingo , 5 abril 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Hospital Nossa Senhora das Dores

Arquivos de Tag: Hospital Nossa Senhora das Dores

Plano de emergência – Prefeitura de Itabira prepara 148 novos leitos para atender Covid-19

O Governo Municipal amplia medidas para reforçar a assistência hospitalar no enfrentamento ao novo coronavírus. A reorganização da rede municipal já conta, da semana passada até agora, com 34 novos leitos exclusivos para atender à Covid-19 – 11 no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) e 23 no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), que teve todo um andar separado para atender os casos. O número inclui enfermaria e também Unidade de Terapia Intensiva (UTI): todos prevendo isolamento respiratório.

A próxima fase prevê a instalação de mais 114 leitos para o coronavírus nos dois hospitais, totalizando 148 para atender os casos da doença. A previsão é que isso aconteça até o mês de abril e considera uma soma de 23 leitos viabilizados no HNSD e 125 no HMCC, que, inclusive, se tornará referência maior ao Covid-19 na microrregião. A reorganização hospitalar destinou, por exemplo, leitos de cirurgia eletiva, em um plano de emergência montado para garantir atendimento médico aos pacientes.

Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alugou uma estrutura para possibilitar que o primeiro contato da equipe assistencial aos pacientes com sintomas gripais se dê fora da unidade hospitalar. Assim, as pessoas com suspeita de Covid-19 passarão por uma triagem na parte externa do Pronto-Socorro Municipal de Itabira, anexo ao HNSD, antes de seguir para as dependências internas.

O Hospital Nossa Senhora das Dores tem hoje 110 leitos para atender o Sistema Único de Saúde (SUS) como um todo, considerando leitos clínicos, cirúrgicos, maternidade e UTI. O HMCC, por sua vez, tem 74. “Viabilizamos mais de 50% da capacidade do Hospital Municipal Carlos Chagas para atender, exclusivamente e nesse primeiro momento, ao novo coronavírus”, ressalta Rosana Linhares, secretária Municipal de Saúde.

“Temos realizado um trabalho intenso para evitar a propagação da Covid-19 em nossa cidade. Mas, precisamos do apoio e consciência de toda a população, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde, tomando as precauções necessárias para que possamos achatar a curva de contágio e evitar o colapso do setor de saúde”, ressaltou o prefeito Ronaldo Lage Magalhães.

Rosana reiterou a fala de Ronaldo ao dizer que, sem o apoio da sociedade, a saúde pública não tem condições de absorver e tratar os casos. “Sem isso (isolamento social), todo o esforço maciço de novas estruturas assistenciais não irá evitar o colapso do sistema”.

Redução da fila – Mutirão de cirurgias plásticas opera 35 pacientes com apoio do Município

Trinta e cinco pessoas são submetidas a cirurgias plásticas reparadoras, como retirada de tumores de pele, nesta quarta-feira (3) em Itabira. O mutirão atende gratuitamente pacientes encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD).

Mutirões como esse são realizados em ao menos dez cidades do Estado a partir desta quarta, por disposição da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. A iniciativa é uma mobilização que antecede a 23ª jornada mineira da categoria, que ocorre entre 4 e 6 de outubro em Belo Horizonte.

Em Itabira, o mutirão foi colocado em prática graças a um trabalho conjunto. A equipe de cirurgiões plásticos do HNSD propôs realizar os atendimentos em escala na cidade, o que foi apoiado pela direção do hospital e amparado pela Prefeitura, por meio da SMS.

O mutirão permite diminuir o tempo de espera por procedimentos no Sistema Único de Saúde (SUS). A SMS identificou, regulou e encaminhou os pacientes propensos às operações. Hoje, eles são atendidos pelos cirurgiões Dennis Drumond Avelino, André Luiz Miolo e Isabel Camilo de Oliveira.

“Há uma união de esforços que tem demonstrado o cuidado com a população. O movimento é um abraço à comunidade”, destaca Rosana Linhares, secretária Municipal de Saúde.

Dennis Avelino, chefe da Clínica de Cirurgia Plástica do HNSD, explicou que mais de 40 cirurgias estavam previstas. No entanto, após uma triagem foram observados pacientes que carecem de exames complementares.

Foto Felipe Jacome - ASCOM HNSD

Foto Felipe Jacome – ACOM HNSD

Bem-estar

A agente comunitária de saúde Rita de Cássia Moraes Martins, 47, foi uma das beneficiadas. Ela aguardava a retirada de pequenos tumores na pele. “Está sendo muito organizado e com um excelente atendimento. Era um quadro que trazia outros problemas, e, que agora, me dará maior bem-estar”, comentou a moradora do bairro Campestre.

Foto de capa: Rita de Cássia Moraes Martins. Acom PMI

Utilidade Pública – Alteração do trânsito na área hospitalar

Como informado pela Transita na última semana, a partir de hoje (4), devido a obra de ampliação do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), a circulação de veículos entre o Pronto-Socorro Municipal de Itabira (PSMI) e o HNSD está proibida.

O trânsito dos veículos para as duas unidades de saúde passa a ter sentido duplo, ou seja, a via de acesso ao PSMI também será a via de saída. Assim, a via de saída do HNSD, será também a de entrada. É importante ressaltar ainda que os veículos saindo do pronto-socorro deverão, obrigatoriamente, convergir à direita, em sentido à Igrejinha do Rosário.

Além disso, é necessário que os usuários evitem se deslocar de carro por causa das vagas, já que o estacionamento se concentrará apenas próximo ao Campo Ivipa. Até a instalação de semáforo, que acontecerá nos próximos dias, os motoristas precisam de atenção redobrada no local. As obras de expansão do Hospital serão concluídas em 10 meses.

Prefeitura garante repasses de convênios e pagamentos ao HNSD

Uma nova reunião com a equipe econômica da Prefeitura de Itabira, representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Irmandade Nossa Senhora das Dores aconteceu na manhã desta sexta-feira (16), na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA). O prefeito Damon Lázaro de Sena garantiu ao presidente da irmandade, bispo dom Marco Aurélio Gubiotti, os pagamentos de convênios firmados com a instituição.

Na oportunidade, também foram discutidas as datas de repasse dos valores para pagamento dos médicos e funcionários do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) e Pronto-Socorro Municipal. A Prefeitura busca, por meio do diálogo, negociar os compromissos firmados com a entidade para garantir a oferta dos serviços de saúde à população.

Conselheiros e prefeito reúnem-se para discutir situação da saúde em Itabira

Na tarde de sexta-feira (2), o prefeito Damon Lázaro de Sena recebeu em seu gabinete membros do Conselho Municipal de Saúde (CMS). A pauta do encontro previa, principalmente, a discussão de repasses financeiros referentes aos convênios com o Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), Pronto-Socorro Municipal e Hospital Carlos Chagas (HCC). A reunião foi motivada diante do receio de comprometimento da assistência médica oferecida a pacientes de Itabira e região.

Na oportunidade, Damon Lázaro de Sena enumerou os investimentos nos setores ligados à saúde e educação, áreas prioritárias do governo municipal. “Investindo muito em educação, conseguiremos reduzir as despesas na saúde, segurança pública, trânsito e em inúmeras outras áreas. Assim, teremos uma população bem educada, consciente de seus direitos e deveres”, explicou.

Também citou os cortes feitos pela Prefeitura diante da contínua queda na arrecadação para ajustar o orçamento diante do atual cenário econômico. “Se não temos dinheiro, faremos o básico. Ressalto que cortamos o mínimo na área da saúde. Estamos caminhando no sentido de obter o equilíbrio econômico”, acrescentou.

A presidente do Conselho, Francisca Lilian Miranda de Sousa, explicou que “os conselheiros têm a responsabilidade de elaborar projetos e propostas, acompanhar e fiscalizar a execução dessas ações”. Ela acrescentou que é necessária essa aproximação com o governo para saber as ações que serão adotadas pelo Município e também auxiliar no processo de gestão da área.

O encontro também contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Reynaldo Damasceno Gonçalves.

Prefeitura negocia manutenção dos serviços do HNSD, Samu e Pronto-Socorro Municipal

Para discutir o pagamento dos profissionais da saúde e manutenção dos serviços oferecidos pelo Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), Pronto-Socorro Municipal e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a Prefeitura de Itabira reuniu-se com representantes das unidades de saúde na tarde de sexta-feira (18). A reunião aconteceu no gabinete do prefeito Damon Lázaro de Sena.

O Chefe do Executivo e o secretário municipal de Saúde, Reynaldo Damasceno Gonçalves, conversaram com o presidente da Irmandade Nossa Senhora das Dores, dom Marco Aurélio Gubiotti; o provedor do HNSD Vaquimar Vaz; o diretor clínico do hospital Caio Seródio; o delegado do Conselho Regional de Medicina (CRM) Roberto Sampaio de Barros, e equipe médica que trabalha nas unidades de saúde.

“A reunião para busca de solução quanto à possibilidade de interrupção ocorreu de maneira muito satisfatória. Há um empenho de todas as partes: do corpo clínico, da direção da irmandade e da equipe da Prefeitura para acertar uma política que seja adequada ao reenquadramento dos pagamentos financeiros, que permita não atrasar o pagamento dos funcionários e dos médicos nas datas combinadas”, afirmou Reynaldo Damasceno.

Foi acertado que o pagamento referente ao mês de agosto será repassado no dia 5 de outubro (para repasse aos funcionários do hospital no 5º dia útil), tanto para o HNSD como para o Hospital Carlos Chagas (HCC). Também ficou acordado o repasse da verba para pagamento dos médicos do HNSD, HCC, Pronto-Socorro Municipal e Samu no dia 8 do próximo mês.

“O HNSD sempre atendeu bem a comunidade e mantém uma boa parceria com a Prefeitura. Estamos garantindo a continuidade do funcionamento de todos os serviços de saúde, tanto de urgência como dos hospitais. Após o feriado do dia 12 de outubro, uma nova reunião será realizada para que outros encaminhamentos ocorram”, explicou Damon Lázaro de Sena.

Itabira – Treinamento orienta profissionais da saúde sobre aleitamento materno

Profissionais das unidades de saúde de Itabira participaram de um treinamento sobre aleitamento materno na tarde de quarta-feira (12), no auditório do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). A ação faz parte da campanha em prol da amamentação realizada em vários países durante o mês de agosto. No município, as mobilizações são promovidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A atividade contou com a presença de médicos, dentistas e enfermeiros da Atenção Básica. O tema foi abordado por Giovana Gomes (médica do Programa de Saúde da Família – PSF), Márcia Vítor (odontopediatra), Nelvan Camargos (pediatra) e Eva Freitas (enfermeira). Os participantes também receberam materiais informativos sobre o assunto.

 Neste ano, o tema da campanha é “Amamentação e trabalho – para dar certo, o compromisso é de todos”. O Ministério da Saúde recomenda que a criança seja amamentada por até dois anos ou mais e que o leite materno deve ser o único alimento até o sexto mês de vida. Além de proteger o bebê contra doenças, a amamentação reduz as chances de a mulher desenvolver câncer de mama e de ovário.

Qualidade será mantida – Reunião entre Governo Municipal e HNSD define funcionamento do Pronto-Socorro

Na manhã desta terça-feira (30), o prefeito Damon Lázaro de Sena e o secretário municipal de Saúde, Reynaldo Damasceno Gonçalves, reuniram-se com o corpo clínico e as diretorias clínica e técnica do Pronto-Socorro Municipal de Itabira (PSMI) e do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). Na pauta, o funcionamento PSMI após as mudanças propostas pela Administração Pública. O encontro foi realizado no gabinete do prefeito e contou com a presença de secretários municipais, vereadores, médicos e servidores públicos.

Durante o encontro, foi explicado aos representantes do HNSD a preocupação em manter a qualidade dos serviços oferecidos, após as mudanças administrativas propostas. Atualmente, o PSMI conta com uma equipe de 63 médicos em escala presencial (24h) nas especialidades: dois cirurgiões, um ortopedista durante a semana e dois nos fins de semana, dois pediatras, quatro clínicos e uma equipe de anestesistas.

De acordo com Reynaldo Damasceno, com a proposta de restruturação o serviço será melhorado: uma equipe médica (formada por cirurgião, anestesista e ortopedista), que já fica de plantão no PSM, será disponibilizada 24 horas no bloco cirúrgico do HNSD para retaguarda, grandes traumas. Ou seja, além de manter a atividade, ela ainda será melhorada e ampliada. Com isso, a escala do serviço de ortopedia também será expandido e os outros profissionais serão mantidos (dois clínicos, dois pediatras e clínica para sala de urgência).

Ainda segundo Reynaldo Damasceno, a dúvida entre os participantes da reunião era se o HNSD conseguiria montar essa escala com os membros do corpo clínico até a próxima quarta-feira (1º/7), a fim de atender as portarias da Rede de Resposta, Leitos de Retaguarda e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) – do qual o HNSD já é referência. Assim, ficou definido que nenhuma alteração será feita até o dia 10 de julho ou até que o Município ou as partes envolvidas cheguem a um acordo sobre a escala.

O secretário de Saúde foi enfático ao afirmar que “com essa reestruturação serão otimizados os recursos já existentes dos governos Federal e Estadual, proporcionando economia do recurso municipal, sem que com isso haja perda de qualidade no funcionamento do Pronto-Socorro”.

Além do prefeito e do secretário municipal de Saúde, participaram da reunião os secretários Jadir Eustáquio do Espírito Santos (Chefe de Gabinete), Ermiton Machado Gomes (Governo), Alfredo Lage Drummond (Procuradoria-Geral), Gilberto Guerra Fontes (Ouvidoria-Geral/ Auditoria Interna e Controladoria); o provedor do HNSD Vaquimar José Vaz; o diretor clínico do HNSD Caio Seródio; os vereadores Marcela Cristina Lopes da Silva, Rodrigo Alexandre Assis Silva e Pacelli Eustáquio Silveira Moreira.

Também estiveram presentes os médicos Marco Antônio Gomes, Urutã Pereira de Lucena, Edson Pereira Lima, Jackson Alberto de Pinho Tavares, Dilson Rezende Buzzati Filho e Graziela Rodrigues Vítor; os servidores Clícia Peter Andrade Felisberto (coordenadora de Atenção às Urgências e Emergências da SMS), Miriam Lage Fernandes (secretária adjunta de Saúde) e Chinayd Luiz Cruz Menezes (Auditoria Interna e Controladoria).

Prefeitura conquista recurso para equipar bloco cirúrgico do HNSD

Na manhã desta quarta-feira (3), o provedor do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), Vaquimar José Vaz reuniu-se com o prefeito Damon Lázaro de Sena. No encontro, o representante da instituição de saúde assinou a ordem de compra para aquisição de novos equipamentos para o bloco cirúrgico, no valor de R$ 500 mil. O recurso foi conquistado mediante um convênio entre a Prefeitura de Itabira e o Governo do Estado.

Participaram do ato o vice-prefeito Reginaldo Calixto de Oliveira, secretários municipais, os vereadores José Luiz Ferreira dos Santos e Carlos Henrique da Silva, representantes do HNSD, o vice-prefeito de Santa Maria de Itabira Israel Oliveira e a secretária municipal de Saúde de Santa Maria de Itabira Viviana da Silva.

Vaquimar Vaz agradeceu ao Chefe do Executivo pelo constante empenho na busca de recursos que contribuem de forma significativa para melhorar a estrutura do hospital e proporcionar atendimento de qualidade à população. “Sua dedicação e competência política tem nos ajudado muito. Este valor será utilizado para a aquisição de novas mesas cirúrgicas, respiradores, instrumentos e tudo que é necessário para otimizar o serviço de nossos profissionais durante as cirurgias. Agradecemos muito pela parceria”.

O prefeito Damon Lázaro de Sena ressaltou que o compromisso do Governo Municipal é com melhores resultados a cada dia. “Trabalhamos em parceria com o HNSD e com o Hospital Carlos Chagas. O nosso objetivo é sempre atender a população com qualidade e eficiência. Por isso, buscamos parcerias com os governos Estadual e Federal para ampliar a estrutura dos dois hospitais”.

O prefeito disse ainda que é muito importante investir também na saúde primária. “Queremos que o doente não precise chegar à internação, pois muitas doenças podem ser controladas na saúde básica, evitando os gastos na saúde secundária e terciária. Por isso, também estamos investindo muito neste setor. Seguiremos nesse caminho, aumentando a quantidade de médicos, medicamentos e, principalmente, no controle dos doentes crônicos”.

Em tempo
No dia 25 de abril, o provedor do HNSD também esteve no gabinete do prefeito e assinou a ordem de compra para a aquisição de equipamentos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta, no valor de R$ 1.144.350,00. Desta vez, os recursos foram provenientes do Governo Federal, também conquistados por intermédio da Prefeitura.

Damon e Nozinho visitam instalações do HNSD

Na manhã desta sexta-feira (13), o prefeito Damon Lázaro de Sena e o deputado estadual Raimundo Nonato Barcelos (Nozinho), visitaram o Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) para conhecer as obras de melhoria no local. Eles estavam acompanhados pelo secretário municipal de Saúde Reynaldo Damasceno Gonçalves e assessores.

Antes de percorrerem as instalações, a comitiva participou de um encontro com o provedor da instituição Vaquimar Vaz; o diretor técnico e médico nefrologista do HNSD, Urutan Pereira de Lucena; o diretor clínico do HNSD e diretor técnico responsável pela terapia renal substitutiva/ hemodiálise, Marco Antônio Gomes; e o médico coordenador do Pronto Socorro Municipal de Itabira, Caio Seródio.

Vaquimar Vaz apresentou um breve relato sobre a história do HNSD e futuros projetos da entidade. Ele lembrou que a construção das novas alas e reforma de alguns setores só foram possíveis devido às verbas dos governos estadual e federal. Em 2013, o prefeito Damon Lázaro de Sena buscou recursos junto ao Governo de Minas para o HNSD. Na ocasião, foram firmados dois convênios que resultaram em um valor total de R$ 3.537.587,00. Os convênios previam a aquisição de equipamentos e materiais permanentes para equipar as novas instalações do bloco cirúrgico, por exemplo.

Ao final da explanação, Damon Lázaro de Sena e Nozinho reafirmaram o compromisso com o HNSD e colocaram-se à disposição da entidade para buscar novos recursos para a melhoria e ampliação do hospital. Em seguida, as autoridades visitaram a recém-construída Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e unidade coronariana, alas de internação (enfermaria e apartamento), a nova área de apartamento com dez leitos, a agência transfusional, o novo bloco cirúrgico, novo ambulatório e a hemodiálise.

Scroll To Top