domingo , 20 outubro 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Libras

Arquivos de Tag: Libras

Formatura – Servidores da Prefeitura recebem certificados de conclusão do curso de Libras

A tarde dessa quinta-feira (11) foi especial para 22 servidores da Prefeitura que concluíram o curso de Língua Brasileira de Sinais (libras). Iniciada em março deste ano, a capacitação foi promovida pela Superintendência de Recursos Humanos do Município, por meio da Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DDRH), com o objetivo de facilitar a vivência de pessoas surdas em situações comuns do dia a dia. A entrega dos certificados aconteceu no auditório da Prefeitura. Entre os presentes na solenidade estava a secretária municipal de Administração, Maria Regina Silva Oliveira Camilo.

De acordo com a diretora de Desenvolvimento de Recursos Humanos em exercício, Carlina Cassiane Costa Rodrigues, participaram do curso os servidores itabiranos em contato direto com a população. “Por meio dessa capacitação, esperamos que os servidores não tenham dificuldades em atender deficientes auditivos e, ao mesmo tempo, promover a inclusão das pessoas surdas na sociedade”, disse a diretora.

Para a servidora da Secretaria Municipal de Assistência Social, Bruna Eliana de Souza Teixeira, valeu a penar participar da capacitação. A assistente social contou que nesta semana atendeu a um deficiente auditivo e aproveitou para colocar em práticas as lições que aprendeu no curso.

Nós que estamos na assistência, atendemos a todo tipo de público, principalmente àqueles ligados às questões de vulnerabilidade. E assim, vemos as dificuldades de uma forma geral. Essa semana, por exemplo, atendi a uma pessoa com deficiência auditiva e, se não tivesse feito esse curso, eu teria muita dificuldade para entendê-lo. Então, acredito isso é muito importante. A gente sempre tem que prestar um bom atendimento ao público”, explicou.

Após a entrega dos certificados, os alunos apresentaram mensagens de agradecimento na língua de sinais.

O Curso

É uma formação para nível básico, com carga horária de 40 horas. O treinamento foi ministrado pela professora da rede pública municipal e integrante do projeto Multiplicadores do DDRH, Simone de Oliveira e Silva é pedagoga, especialista em educação especial e intérprete de Libras pelo Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS). Esta é a segunda turma que conclui o curso.

Em tempo

Em 2002, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi legalmente reconhecida e aceita como segunda língua oficial brasileira, por meio da Lei Federal nº 10.436. Em 2005, com o Decreto Federal nº 5.626, a Libras foi regulamentada como disciplina curricular.

Já em Itabira, o prefeito Ronaldo Magalhães sancionou a Lei nº 4.955, em abril de 2017, que reconhece oficialmente a língua de sinais como meio de comunicação objetiva e de uso recorrente no município, estabelecendo ainda, recursos nos orçamentos anuais e plurianuais que possibilitem capacitar professores, servidores e empregados públicos para o uso e difusão da Libras.

Capacitação – Curso de Libras é oferecido a servidores municipais

Em mais uma ação que busca valorizar o servidor municipal, a Prefeitura de Itabira oferece ao funcionalismo o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), nível básico. A iniciativa atende ainda um dos princípios do Governo Municipal: a inclusão. O curso vai abranger 30 servidores, de diversos setores, que fazem atendimento ao público.

Com uma carga horária de 40 horas, as aulas serão ministradas pela professora da rede pública municipal Simone de Oliveira e Silva, às quintas-feiras, das 14 às 17 horas, no auditório da Prefeitura. A capacitação terá início na tarde de hoje.

Em tempo

A capacitação faz parte das políticas de valorização da Superintendência de Recursos Humanos da Prefeitura. Por meio dessas políticas, o Município busca proporcionar ao funcionalismo o aprimoramento do trabalho e do desempenho profissional.

A instrutora Simone Silva, além de professora, faz atendimentos a surdos no Centro Municipal de Apoio Educacional (Cemae) de Itabira. Ela faz parte do programa Instrutor Interno de Treinamento e Desenvolvimento, da Secretaria Municipal de Administração (SMA). O projeto é mais uma atividade de valorização do servidor municipal e é coordenado pela Diretoria de Recursos Humanos.

Atendimento inclusivo – Servidores da Prefeitura de Itabira concluem curso de Libras

Vinte e cinco servidores da Prefeitura de Itabira concluíram um curso de 40 horas com conhecimentos básicos acerca da Língua Brasileira de Sinais (Libras). A entrega dos certificados ocorreu na manhã desta quinta-feira (20), no auditório do Paço Municipal. Foram capacitados profissionais que atuam diretamente com atendimento ao público, de seções como Saúde, Assistência Social, Administração e Fazenda.

As aulas, gratuitas, começaram no fim de julho, às quintas-feiras, e foram conduzidas por Simone Oliveira, professora e intérprete de Libras, servidora do Centro Municipal de Apoio Educacional (Cemae). Segundo ela, após a formação os alunos já conseguem se comunicar por meio da língua.

O curso foi promovido pela Secretaria Municipal de Governo (SMG) e Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DDRH), seção da Secretaria Municipal de Administração (SMA). A Prefeitura de Itabira acolheu um pedido feito pela Associação de Pais e Amigos do Surdo de Itabira (Apasita).

A vice-prefeita Dalma Barcelos fez a entrega dos certificados. “O curso é de extrema relevância, uma forma de humanizarmos os atendimentos. A comunidade de pessoas surdas e com deficiência auditiva é grande, e, a dificuldade de comunicação impossibilita um trabalho mais eficaz. Queremos envolver mais pessoas na iniciativa”, disse.

Dayana Nunes, diretora de Desenvolvimento de Recursos Humanos, citou que as aulas são parte do projeto “Multiplicadores – Servidor qualificando servidor”. Assim, os participantes repassam seus conhecimentos no círculo em que estão inseridos. “Podemos adiantar que novas turmas serão criadas”, acrescentou ela.

Capacitação – Prefeitura de Itabira reforça atenção às pessoas com deficiência auditiva

A comunicação entre surdos e ouvintes é um desafio quando o assunto é acessibilidade e promoção de cidadania às pessoas com deficiência auditiva. Para vencer essa barreira, a Prefeitura de Itabira deu início nessa terça-feira (31) a uma capacitação de servidores em Língua Brasileira de Sinais (Libras), para tornar o atendimento público mais receptivo. O curso tem carga horária de 40 horas.

Os alunos aprenderão conceitos de Libras, parâmetros e pontos de articulação, soletração, entre outras atividades de aprendizado, explica Simone de Oliveira e Silva, professora da rede municipal chamada para conduzir as aulas. Simone é pedagoga, especialista em educação especial e intérprete de Libras pelo Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS).

A turma de Libras tem participantes das secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, entre outras seções internas e externas que lidam com o atendimento público. As aulas ocorrem uma vez por semana, no auditório da Prefeitura. “O projeto que começa hoje, com aula inaugural, é de extrema importância. Os surdos poderão chegar a um departamento e serem melhor atendidos. Parte dos profissionais será capacitada e irá multiplicar esse conhecimento”, ressalta Simone.

Projeto piloto

A qualificação é realizada pela Secretaria Municipal de Governo e pela Secretaria Municipal de Administração – por meio da Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos –, sendo resultado de um pedido feito pela Associação de Pais e Amigos do Surdo de Itabira (Apasita).

Ilton Magalhães, secretário de Governo, chamou a iniciativa de “projeto piloto”. Ele citou o intuito do ensino de Libras ser expandido a outros profissionais do município. “É constrangedor um surdo ir a um consultório médico e não ter quem possa ajuda-lo”, pontuou.

Deoclécio Mafra, secretário de Administração, assegurou que cursos de atualização do servidor itabirano permanecerão constantes. “Com esse treinamento eu tenho a certeza de que o atendimento ao nosso munícipe será melhor”.

A aula inaugural teve participação de membros da Apasita, a exemplo do atleta Samuel Dreyfus, um dos principais nomes do Taekwondo de Itabira. Acompanhados de uma intérprete de Libras, usuários da associação agradeceram a Prefeitura por abraçar o projeto de inclusão.

Alunos da primeira turma de Libras recebem certificados

A noite de sexta-feira (18) foi especial para 25 alunos que concluíram o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras). Iniciada em março deste ano, a capacitação foi promovida pela Associação Ocupacional e Assistencial das Pessoas com Deficiência de Itabira (Aoadi) em parceria com a Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi). A entrega dos certificados aconteceu no auditório da instituição de ensino.

Entre os presentes na solenidade, estavam o prefeito Damon Lázaro de Sena, a secretária municipal de Educação Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos, o presidente da Aoadi Juliano Gualberto de Souza, o presidente da Funcesi Rômulo César Martins Rosa, a coordenadora do Centro de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão da Funcesi Débora Aparecida Ianusz de Souza e o presidente do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência Joaquim Teodorino Olímpio.

Juliano Souza agradeceu a parceria da Funcesi com a Aoadi para que esse curso fosse oferecido; à equipe que trabalha na entidade, aos professores e alunos. Rômulo Rosa afirmou que a Funcesi é atuante e se preocupa em oferecer solidariedade. “Sentimo-nos honrados e privilegiados por contribuir nesse trabalho que é uma forma de acesso à cidadania. Em uma sociedade como a nossa, marcada por grandes injustiças e disparidades sociais, propiciar às pessoas o alcance dos direitos é muito gratificante”.

Hoje vocês conquistam um direito para outras pessoas de se comunicarem por meio da Libras. Parabéns a todos e espero que multipliquem esse aprendizado e o utilize para benefício das pessoas que necessitam”, disse Damon Lázaro de Sena, que colocou a Prefeitura à disposição da Aoadi e da Funcesi para discutir outros projetos que agreguem valor à cidade. 

Após a entrega de certificados, os alunos fizeram apresentações de textos e músicas. A maioria trabalha na Prefeitura: agora, esses servidores poderão auxiliar os deficientes auditivos durante os atendimentos nas repartições públicas municipais. Entre os formandos, há também os que possuem deficiência auditiva.

 

Prefeito anuncia destinação de parte do lucro da Expoita à Aoadi

A Associação Ocupacional e Assistencial das Pessoas com Deficiência de Itabira (Aoadi) apresentou à comunidade a primeira turma da Escola de Braille e Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), que está vinculada à entidade. O prefeito Damon Lázaro de Sena esteve presente no evento que aconteceu na noite de segunda-feira (28), no auditório da Prefeitura. O encontro reuniu associados, familiares, secretários municipais e servidores públicos.

Na abertura, o associado José Afonso Madeira cantou o Hino Nacional, que foi traduzido para a Libras pela professora e intérprete Silvana de Sá Ferreira. Em seguida, alunos da turma de Libras apresentaram a música “Velha Infância”, do grupo Tribalistas. A maioria do grupo é composta por servidores da Prefeitura, visando facilitar o atendimento dos deficientes auditivos nas repartições públicas.

O diretor de Comunicação da Aoadi, Vander Lúcio Faustino, falou sobre a necessidade de se preparar pessoas para atender aos deficientes. “É uma honra trazer uma pequena demonstração de que nossa entidade está crescendo. Ela passa a ser também uma instituição de ensino com a inauguração da primeira sala de Libras e Braille. A associação não é mais uma entidade só de pessoas com deficiência. Precisamos preparar pessoas que não têm deficiência para ajudar as que possuem”.

Vander Faustino citou o apoio da Prefeitura quanto à transferência da sede para local com acessibilidade. Acrescentou ainda que o prefeito preocupa-se com a situação das pessoas com deficiência. “Poucos prefeitos nos chamaram e nos ouviram durante o governo. Às vezes, chamavam nos últimos anos, próximo a campanhas. As propostas que eram enviadas não se efetivavam. Vejo uma barreira que está sendo rompida neste momento: a da atitude, quando o senhor se propõe a nos ouvir”, afirmou, dirigindo-se a Damon Lázaro de Sena.

Em seguida, o Chefe do Executivo municipal destacou que a Prefeitura é parceira da Aoadi. Enfatizou também a importância de se desenvolver um trabalho conjunto para que os resultados possam surgir. “As pessoas que têm interesse devem provocar, fazer com que as coisas aconteçam”, afirmou.

Damon Lázaro de Sena anunciou que, na próxima Exposição Agropecuária e Industrial de Itabira (Expoita), parte do lucro que for obtido será destinada à Aoadi. “Sei que às vezes é uma gota de água em relação ao tamanho da necessidade de vocês, mas o governo propõe-se a discutir os problemas para ajudar naquilo que tem condições”.

O prefeito garantiu que o Município está trabalhando para promover inclusão social e dignidade às pessoas. “Com certeza, o dinheiro público é fruto do imposto que pagamos e esse dinheiro tem que retornar em qualidade de vida à população”, finalizou.

A Escola de Braille e Libras funciona em uma das salas da Aoadi, instalada na rua Major Paulo, nº 17, Penha. Mais informações pelo telefone (31) 3834-6098.

Scroll To Top