domingo , 27 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Museu de Itabira

Arquivos de Tag: Museu de Itabira

Irmã de Elke, Francisca Grunupp acompanha exposição sobre a artista em Itabira

“Todas estas peças carregam e transmitem uma energia dela”, diz Francisca Grunupp, 67, ao caminhar pela exposição em memória da irmã, Elke Maravilha, em cartaz no Museu de Itabira. À reportagem, Francisca fala de vibrações e da crença de que peças usadas por alguém armazenam reflexos e marcas de uma individualidade. “Elke se mantém viva”, diz, convicta.

Até domingo (7), conforme divulgado pela Prefeitura de Itabira, visitantes podem ter a oportunidade de conversar com Francisca, que ficará hospedada na cidade até a data. Aliás, Francisca é nascida no Município, cidade que acolheu a família Grunupp quando recém-chegada da Rússia na década de 1950. Atualmente, ela mora na França.

Afilhada de Miriam Brandão, ex-secretária de Turismo, Francisca cita que trazer à cidade os adornos e roupas de Elke não foi por acaso. “Há um ciclo”, aponta, em referência ao tempo em que sua família morou em Ipoema, na Fazenda Cubango.

“Quando aconteceu a passagem de Elke, nos preocupamos das roupas, acessórios e todo seu legado ficarem ‘a Deus dará’. Nós, familiares, decidimos manter o legado dela. Elke tinha tamanha devoção ao Brasil, e, a visão que ela tinha precisa continuar”.

 DSCN4743

Em tempo

Elke Maravilha, nome de estrelato para Elke Georgievna Grunnupp, nasceu na Rússia em 1945. Logo após a Segunda Guerra, sua família mudou-se para o Brasil, onde viveu em Itabira na década de 1950. Dos irmãos de Elke, Gregório, Francisca e Waldemar nasceram na cidade. Cornelius Frederico nasceu em Atibaia, interior de São Paulo, e George, na capital paulista.

Elke atuou como modelo, apresentadora, atriz e jurada; deu entrevistas polêmicas e tinha histórias inusitadas. Morreu em 2016, aos 71 anos, no Rio de Janeiro.

No último sábado (29), na reabertura do Museu de Itabira, foi inaugurada a exposição “Uma Maravilha Itabirana: Elke”, com peças de roupas, acessórios e fotos da artista. A exposição permanecerá em cartaz até dezembro.

O público pode conferir a mostra de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 16h30. O Museu de Itabira está localizado na Praça do Centenário. Outras informações pelo telefone (31) 3839-2992.

DSCN4742

Museu de Itabira será reinaugurado neste sábado, com Rui Mourão e exposição sobre Elke Maravilha

Especialistas finalizam detalhes para uma ocasião ímpar ao Município: a reabertura do Museu de Itabira, ponto alto da Semana do Turismo e da Música da cidade. As portas do sobrado histórico da Praça do Centenário serão abertas ao público neste sábado (29), com cerimônia, debate com o romancista e ensaísta Rui Mourão e uma exposição com peças de roupas, acessórios e fotos da atriz Elke Maravilha.

A reinauguração do museu, sob gestão da Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), ocorre a partir das 19 horas. O evento é aberto ao público, com visitação controlada respeitando a lotação máxima do espaço.

O primeiro evento, pontua o titular da SMDECTIT, José Don Carlos, será uma palestra com Rui Mourão, no auditório do prédio histórico. O escritor mineiro tem currículo notório, marcado pela direção do Museu da Inconfidência por mais de quatro décadas. O monumento ouro-pretano é um dos principais do país.

Mourão falará a um público-alvo formado por representantes de setores como os conselhos municipais de Política Cultural (CMPC), de Patrimônio Histórico e Artístico (Comphai); e Turismo (COMTUR). A palestra do escritor abordará o contexto e representação dos espaços históricos.

Rui Mourao - Foto Instituto Brasileiro de Museus

FOTO: IBRAM

Na sequência, às 20h30, são esperadas diversas autoridades à solenidade de descerramento da placa e abertura da visitação ao Museu de Itabira. Entre os convidados estão o secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo, figuras políticas da região e representantes da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG).

“A abertura do museu é um resgate da história da nossa cidade. Sobretudo num momento em que vivenciamos a tragédia do Museu Nacional, a reabertura do Museu de Itabira tem grande importância ao patrimônio histórico local e também ao nacional”, destaca José Don Carlos.

Minas ao Luar

Às 21 horas, Itabira recebe o Minas ao Luar, do Sesc, no ambiente externo ao museu. No palco se apresentam Mauro Silva e banda, com repertório marcado pela tradição seresteira. O público terá à disposição barracas com bebidas e pratos diversos.

Exposição

O piso superior do museu inaugura neste sábado a exposição “Uma Maravilha Itabirana; Elke”. A mostra traz à cidade vestimentas e adornos usados pela artista ao longo da carreira e fotografias que lembram sua trajetória.

FOTO: GUILLERMO GIANSANTI/DIVULGAÇÃO

FOTO: GUILLERMO GIANSANTI/DIVULGAÇÃO

Elke Grunnupp nasceu na Rússia, em 1945. Logo após a Segunda Guerra, a família de Elke mudou-se para o Brasil, onde desembarcou em Minas Gerais. Viveram em Itabira na década de 1950, na Fazenda Cubango, distrito de Ipoema. Inclusive, dos irmãos de Elke, Gregório, Francisca e Waldemar nasceram na cidade.

Ela foi uma artista multifacetada: atuou como modelo, apresentadora, atriz e jurada; deu entrevistas polêmicas e tinha histórias inusitadas. Morreu em 2016, aos 71 anos, no Rio de Janeiro. “O Museu de Itabira tem como objetivo prestar homenagem a uma das grandes personalidades itabiranas: a maravilhosa Elke. Ao longo da sua carreira Elke Maravilha sempre enfatizou seu carinho e pertencimento para com o Município de Itabira, além de fazer muitos amigos, fãs e admiradores”, destaca a historiadora Ana Alvarenga.

Em 1962, Elke Maravilha foi escolhida Glamour Girl em Belo Horizonte - Foto Reproducao-Album pessoal

FOTO: REPRODUÇÃO/ÁLBUM PESSOAL

As peças trazidas a Itabira foram cedidas pela família da artista. A exposição estará em cartaz até o mês de dezembro. O público pode conferir a mostra de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 16h30.

Museu

Fechado para o público há aproximadamente seis anos, o museu passou por complexas obras de restauro, conservação de peças e manutenção da infraestrutura, assumidas pela atual gestão da Prefeitura de Itabira. O espaço foi criado na década de 1970.

Serviço: Reinauguração do Museu de Itabira

Data: 29/09

Horário: a partir das 19 horas

Entrada franca

Outras informações: (31) 3839-2992

De 21 a 30 de setembro – Semana do Turismo e da Música de Itabira promete movimentar o município

Oficinas, palestras, roteiros, arte e muita música são as atividades programadas para a Semana do Turismo e 7ª edição da Semana de Música de Itabira. As atrações, que prometem movimentar o município entre os dias 21 e 30 de setembro, são promovidas pela Prefeitura de Itabira e Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA).

No primeiro dia de evento haverá uma reunião com representantes das cidades históricas de Minas Gerais, na Fazenda do Pontal. No sábado (22), a partir das 21 horas, o público poderá conferir uma edição especial da tradicional Roda de Viola.

Uma das atrações mais aguardadas pelo público é a palestra ministrada pelo coronel Leite, militar da Força Aérea Brasileira (FAB) e apresentador dos programas Desafio em Dose Dupla – Brasil e Desafio Celebridades, do canal de TV paga Discovery Channel. O evento acontecerá na quinta-feira (27), às 19 horas, no teatro da FCCDA.

No entanto, para o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), José Don Carlos Alves dos Santos, o ponto alto de toda a programação é a reabertura do Museu de Itabira, no sábado (29), às 19 horas, na Praça do Centenário. Durante o evento, haverá palestra com Rui Mourão, escritor e diretor do Museu da Inconfidência, em Ouro Preto. Logo após, a partir das 21 horas, o público apreciará o show Itabira ao Luar.

Todo o nosso esforço está também em buscar caminhos à diversificação econômica de Itabira e o turismo é um desses meios. Estamos fazendo parcerias com outros museus do estado, para que nosso museu receba exposições de relevância à cena histórica local”, declarou Don Carlos.

Programação da Semana do Turismo e 7ª edição da Semana da Música de Itabira

Dia 21/09 – Sexta-feira

14h – Reunião das Cidades Históricas de Minas/ Apresentação do Coral da FCCDA e Drummonzinhos

Local: Fazenda do Pontal

Dia 22/09 – Sábado

21h – Roda de Viola

Local: Ipoema

Dia 23/09 – Domingo

17h às 21h – Arena Hip Hop: shows com Manu Máfia NVS, Thiago SKP e Gigante Napalm

Local: Praça Acrísio de Alvarenga

Dia 24/09 – Segunda-feira

14h20 – Workshop A História da Música, com Marquinhos

Local: Casa do Brás

19h – Apresentação dos Drummonzinhos/ Roteiros turísticos para a rede de alimentação e bebidas, com Fernando Guimarães Ottoni (Veredas Consultoria)

Local: Auditório do CDL

Dia 25/09 – Terça-feira

10h e 15h – Roteiros turísticos para calouros

Local: Auditório da Unifei

18h – Drummonzinhos e recital de violão com o professor da Escola Livre de Música de Itabira, Everton/ Circuito do Ouro e palestra Empreendedorismo e Turismo, com Hernani de Castro

LocaL: Auditório da Acita

Dia 26/09 – Quarta-feira

9h e 14h – Oficina de Canto, com Deni Perotti

Local: Casa do Brás

Dia 27/09 – Quinta-feira

8h30 – Café com Turismo (Comtur/ CMPC, Comphai)

Local: Fazenda do Pontal

9h e 15h – Recital de violino e violoncelo, com Rafael Ribeiro e Henrique Toledo

Local: Casa do Brás

13h – Apresentação La Trupe na Feira de Artes

Local: Largo do Batistinha

19h – Palestra com Cel. Leite (Discovery Channel)

Local: Teatro da FCCDA

Dia 28/09 – Sexta-feira

8h – Oficina Arranjos Didáticos – técnicas e Estratégias para Alunos Iniciantes, com Gilmar Iria

Local: Fazenda da Bethânia

14h – Oficinas Projeto Izza: O Corpo Canta e A Voz e a Presença Cênica, com Izza

Local: Casa do Brás

Dia 29/09 – Sábado

12h às 20h – Festival de Arte Tropeira

Local: Largo do Batistinha

19h – Reabertura do Museu de Itabira

20h30 – Palestra com Rui Mourão

21h – Apresentação dos Drummonzinhos e show Itabira ao Luar, com Mauro Silva

Local: Museu de Itabira (Praça do Centenário)

Dia 30/09 – Domingo

20h – Gilmar Iria convida Izza, Orquestras Brasileiras e Orquestra de Câmara da Escola Livre de Música de Itabira

Local: Teatro da FCCDA

Em tempo – As inscrições para as oficinas devem ser feitas na Casa do Brás – Rua Guarda-Mor Custódio, 156, Centro. Outras informações podem ser obtidas no site da FCCDA (www.fccda.com.br) ou pelo telefone (31) 3835-2152.

Museu de Itabira será reaberto em 29 de setembro

As obras de restauração do Museu de Itabira, na Praça do Centenário, estão em fase conclusiva. Fechado para o público há quase seis anos, o importante patrimônio histórico e cultural da cidade passou por complexas obras de restauro, conservação de peças e manutenção da infraestrutura. A reabertura do imóvel está agendada para o dia 29 de setembro, durante a Semana do Turismo e da Música.

O museu está hoje sob gestão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), que também administra outros imóveis históricos do município, a exemplo do Museu do Tropeiro, no distrito de Ipoema.

Outrora chamado Museu do Ferro, o Museu de Itabira foi criado na década de 1970. Seu último expediente ao público ocorreu em dezembro de 2012, mesmo ano em que o espaço foi reaberto após restaurações. A partir de então o sobrado sofreu deterioração, infiltrações e parte das peças e infraestrutura ficou à mercê dos cupins.

No fim do ano passado, a Prefeitura de Itabira anunciou a reforma do sobrado. À época, a Secretaria Municipal de Obras deu início a um preciso trabalho de troca do forro do salão principal, substituição de pilares, pintura, reforma de esquadrias e outros pontos da estrutura.

Data reagendada

Havia uma estimativa de que a reabertura do museu seria feita em maio deste ano. Titular da SMDECTIT, José Don Carlos esclareceu que após operar o espaço, a seção, que incorporou o museu no primeiro trimestre, observou melhorias complementares a serem feitas, inclusive para garantir a segurança dos visitantes. Um cronograma de obras incluiu, então, reparo da rede elétrica, descupinização de estruturas diversas, raspagem do piso – para retirar camadas de cera antigas e sujeira acumulada – e posterior aplicação de sinteco no assoalho, além de vistoria peça a peça do acervo.

29762828838_b858b3c642_z

Recentemente foi feita a raspagem do piso e aplicação de sinteco no assoalho

“O trabalho tem ocorrido de forma ininterrupta para essa importante preservação do Museu de Itabira. Paralelamente é formada a equipe de especialistas que irá atuar no local, a exemplo de uma historiadora, museóloga e restaurador”, destacou José Don Carlos.

Recuperação do acervo

A SMDECTIT consultou o conservador-restaurador Rangel Vieira, graduado pela Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop), sobre a situação dos exemplares existentes no museu. Segundo o especialista, houve a necessidade de higienizar e estabilizar o processo de degradação de dezenas de peças para que o acervo estivesse adequado à exposição.

Rangel Vieira faz a restauração de exemplares mantidos no espaço

Rangel Vieira faz a restauração de exemplares mantidos no espaço

No entanto, uma parcela significativa das peças foi comprometida por ação do tempo e infestação de insetos. A SMDECTIT realiza ainda uma catalogação do material degradado e recuperável, e, um processo de busca de novas peças às famílias tradicionais da cidade e também às empresas parceiras. Ademais, é adquirido mobiliário para suporte à visitação e exposição de peças no Museu de Itabira.

“Uma cidade sem memória é uma cidade sem história. Sem essa memória, as pessoas não se identificam e não se sentem itabiranas. A função do museu é essa. Minha expectativa após a abertura é que o itabirano venha ao museu, valorize-o, traga conhecidos, tenha esse carinho e também possa ajudar a compor o acervo”, citou, por sua vez, Ana Alvarenga de Souza, historiadora do município.

Semana do Turismo

Iniciativa da SMDECTIT para fomentar o segmento na cidade, a Semana do Turismo e da Música de Itabira terá palestras, apresentações culturais e outras atividades, com personagens da cena artística brasileira. Neste ano, a Semana ocorrerá de 21 a 30 de setembro e a programação será anunciada nos próximos dias, haja vista que os últimos detalhes são acertados.

“Todo o nosso esforço está também em buscar caminhos à diversificação econômica de Itabira e o turismo é um desses meios. Estamos fazendo parcerias com outros museus do estado, para que nosso museu receba exposições de relevância à cena histórica local”, concluiu José Don Carlos.

Scroll To Top