sexta-feira , 10 abril 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos do Autor: Gisele Diniz Pacheco (Página 5)

Arquivos do Autor: Gisele Diniz Pacheco

Parceria com Senac – Inscrições para workshops sobre técnicas de garçom e manipulação de alimentos estão abertas

A Prefeitura de Itabira, em busca da preparação e atualização do profissional para um mercado de trabalho cada vez mais exigente, promoverá, neste mês, workshops sobre técnicas básicas de garçom de bares e técnicas de boas práticas na manipulação de alimentos. A ação é realizada por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Social (Senac).

Para participar, os interessados devem ter, no mínimo, 16 anos e se inscreverem na sede do Senac Unidade Itabira, de segunda a sexta-feira, das 9 às 20 horas. Para efetivar a inscrição, é necessário contribuir com um pacote de fralda geriátrica, de qualquer tamanho, que será doado a uma entidade filantrópica do município.

De acordo com o secretário da SMDECTIT, José Don Carlos Alves Santos, o objetivo dos workshops é disseminar e fomentar ações de turismo e comércio em Itabira. “No intuito de fortalecer as vocações e potencialidades locais, bem como diversificar a economia, gerar emprego e renda, a Prefeitura está proporcionando às pessoas desenvolvimento, capacitação e qualificação. Os workshops são voltados, especialmente, para agentes empresariais e empreendimentos (hotéis, restaurantes, bares, entre outros) para que atribuam, ainda mais, uma estrutura adequada ao exercício do turismo”, explicou.

Com carga horária de 9 horas, os cursos acontecerão nos dias 14, 15, 21 e 22 deste mês, no Senac Itabira, das 13 às 17h30. Serão oferecidas 20 vagas por turma. Confira:

14 e 15/10 (segunda e terça-feira): “Técnicas básicas de garçom de bares”

21 e 22/10 (segunda e terça-feira): “Técnicas de boas práticas na manipulação de alimentos”

O Senac em Itabira funciona na praça Acrísio Alvarenga, 7 – Edifício Praça Sete, no Centro. Outras informações pelos telefones 3067-4061 e 3067-4050.

8ª edição do Qualifica-se – Inscrições para programa de qualificação profissional se encerram nesta sexta-feira

Os interessados em participar da oitava edição do Programa Qualifica-se podem se inscrever, até essa sexta-feira (27), na agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Itabira. O curso começa na segunda-feira (30) e segue até o dia 4/10, das 18h50 às 22h, na Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec).

Com o objetivo de potencializar capacidades pessoais e profissionais para uma melhor inserção no mercado de trabalho, o treinamento é composto por 10 palestras sobre marketing, relacionamento pessoal e profissional, ética, empregabilidade, empreendedorismo, inteligência foco temporal, elaboração de currículo, saúde, segurança e higiene, entrevista de emprego, projeto de vida, entre outros temas.

O público-alvo são pessoas acima dos 16 anos a procura do primeiro emprego, e aquelas que buscam reciclagem profissional e mais conhecimento sobre o mercado de trabalho. Ao final da capacitação, o aluno receberá um diploma – constando carga horária e disciplinas ministradas – emitido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

O Programa Qualifica-se é oferecido pela Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT).

Inscrição

Para se inscrever, é necessário apresentar xerox da carteira de identidade, CPF, comprovante de endereço e uma foto 3×4. Para o curso, o participante deve ter, no mínimo, 16 anos e ensino fundamental completo. Outras informações pelo telefone (31) 3831-5188.

Primeira turma de capacitação em Costura, Artesanato Sustentável e Bordado celebra formatura

Curso foi oferecido pela Prefeitura de Itabira por meio de um Termo de Fomento celebrado com Instituto ITI

A noite desta quarta-feira (25) foi muito especial para 80 formandos do curso de Capacitação em Costura, Artesanato Sustentável e Bordado, do Instituto Igualdade, Transformação e Inovação Social (Instituto ITI). O evento aconteceu no teatro do Centro Cultural e contou com a presença de diversas autoridades e familiares dos diplomados.

Além da cerimônia de formatura da primeira turma do curso, também foram comemorados os 10 anos de história do instituto. Para marcar as duas importantes ocasiões, o palco foi decorado com peças exclusivas produzidas pelos alunos do curso.

O curso foi oferecido pela Prefeitura de Itabira, por meio de um Termo de Fomento celebrado com o Instituto ITI. O documento prevê a criação de um núcleo cooperativo de trabalho voltado para o artesanato sustentável e costura, com a finalidade de desenvolver o empreendedorismo e a economia solidária no município.

Ao longo de cinco meses, os participantes puderam adquirir conhecimentos em técnicas de bordados variados, operação de máquinas industriais de costura, desenvolvimento da criatividade, uso de materiais com foco na sustentabilidade, a importância do empreendedorismo, valorização do artesanato, métodos eficazes de venda, o auxílio das redes sociais na divulgação de produtos e serviços, entre outros.

A capacitação teve carga horária de 280 horas e foi direcionada para pessoas em condição de vulnerabilidade social (desempregados e famílias de baixa renda, por exemplo). Em parceria com o projeto Costurando Vidas, idealizado pela promotora Giuliana Talamoni Fonoff, 20 vagas foram disponibilizadas para a qualificação profissional de mães e mulheres de detentos da Comarca de Itabira.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), José Don Carlos Alves Santos, o objetivo da capacitação é criar um Núcleo Cooperativo de Trabalho focado no empreendedorismo e na economia solidária em Itabira e, assim, possibilitar a geração de emprego, renda e capacitação para a comunidade.

Como gestores públicos, temos que ter políticas públicas que venham realmente atender aos cidadãos. Esse exemplo do Instituto ITI tem que ser perpetuado, ampliado e, se Deus quiser, formar mais pessoas. Apoiamos uma semente que rendeu bons frutos e isso nos dá tranquilidade para novos projetos”, declarou Don Carlos.

Filho de uma costureira, o estilista, idealizador e presidente do Instituto ITI, Ronaldo Silvestre, se comoveu durante a cerimônia. “Me emociona lembrar da minha mãe e toda a dificuldade que ela passou. Hoje, eu poder olhar para vocês e dividir isso, mostra que a simplicidade, esperança e a fé em Deus que minha mãe tinha não foi em vão. A vida não é feita só de dinheiro. Termos o trabalho focado em mães e esposas, nos faz perceber que uma mãe tira da boca para mudar a realidade do filho. Minha mãe, muitas vezes, tirou da boca dela para os filhos terem o que comer. Por isso, hoje, lembrar dela, da minha trajetória e poder dividir com vocês é muito especial, é muito importante”.

A formanda Elizabeth Teixeira da Silva começou a capacitação ao acompanhar uma amiga nas primeiras aulas. Logo, ela se encantou com a possibilidade de aprender uma nova profissão. “Estou me sentindo muito orgulhosa de mim mesma, pois aprendi muitas coisas. Inclusive já fiz algumas coisinhas que dei de presente e até vendi. É muito bom”.

Já para Almerinda Santos, o aprendizado e as amizades feitas durante o curso foram muito importantes. A artesã ressaltou as dificuldades enfrentadas para conseguir concluir o curso. No entanto, ela sabe que todo o esforço empregado na capacitação podem proporcionar um futuro diferente para ela e sua família. “Aprender é muito bom. A intimidade que criamos com as outras pessoas também. Às vezes, passamos por alguma dificuldade em casa, por uma tristeza, e aí chegamos e começamos a conversar com as colegas, e tudo passa. Os professores são ótimos. Tudo o que eu tenho é que agradecer a Deus por esta oportunidade”, disse emocionada.

Atualmente, o instituto dá continuidade ao curso de Capacitação Profissional em Costura, Bordado e Artesanato Sustentável. Essa segunda turma conta com 120 alunos. Está prevista para janeiro do ano que vem a abertura de vagas para a terceira turma do curso. As aulas acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 11h30 (manhã) e das 13h30 às 17h (tarde). Outras informações pelo telefone (31) 3840-5707, pelo site www.institutoiti.org.br ou pelos perfis do Instituto ITI no Facebook e no Instagram.

Saúde – Audiência pública para prestação de contas do 2º quadrimestre acontece na próxima segunda-feira

A Prefeitura de Itabira promove na próxima segunda-feira (30) a audiência pública para prestação de contas da Saúde, referente ao segundo quadrimestre deste ano, onde apresenta o Relatório Detalhado do Quadrimestre Anterior (RDQA). A reunião com a comunidade será às 10 horas, no Plenário da Câmara Municipal.

A medida atende à Lei Complementar 141/12, que exige a transparência e a visibilidade da gestão de saúde: deste forma, a população pode acompanhar a destinação dos recursos públicos nessa área. As explicações serão feitas pela secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares Assis Figueiredo, e sua equipe.

Apresentaremos o Consolidado do Exercício Orçamentário e Financeiro do segundo quadrimestre de 2019, bem como as ações realizadas e serviços ofertados. Com a finalidade de garantir o processo de transparência dos gastos públicos da Saúde, esta é uma oportunidade da população acompanhar as ações e gastos no setor”, explicou a secretária municipal.

Itabira Mais Turismo – de 19 a 28 de setembro – Paulo Betti interpreta o monólogo Autobiografia Autorizada neste sábado

Neste sábado (28), o renomado ator global Paulo Betti encenará em Itabira o monólogo Autobiografia Autorizada. A atração faz parte da 3ª Semana do Turismo e será apresentada no teatro do Centro Cultural, às 20 horas. Os interessados poderão retirar os ingressos gratuitamente no dia do evento, a partir das 18 horas. O espaço tem lotação de 416 lugares.

O texto da peça é de autoria do próprio ator. A história conta a saga de sua família: imigrantes pobres italianos que vieram ao Brasil em busca de novas oportunidades. Betti conta como foi ser o 15º filho de uma doméstica analfabeta e um assistente de pedreiro, bem como sua infância e adolescência, em um bairro onde a maioria da população era negra, e de seus brinquedos rústicos e criativos.

Ainda de acordo com o texto, a casa em que Betti foi criado tinha o piso de terra batida e quatro pontos de luz. A peça tem como pano de fundo a mudança do Brasil rural para a cidade industrial, a era do rádio, o cancioneiro popular e as antigas brincadeiras infantis, como pião e jogo da amarelinha.

Para criar este espetáculo, o artista reuniu um rico material: documentos, cartas, fotos do álbum da família e os diários de sua adolescência. Assim, ele chegou à conclusão de que, ao longo do tempo, havia se preparado para mostrar as condições que o levaram a sobreviver e a contar como isso aconteceu.

Minha fixação pela memória da infância e adolescência, passadas num ambiente inóspito e ao mesmo tempo poético, talvez mereça ser compartilhada no intuito de provocar emoção, riso, entretenimento e entendimento”, acredita o ator.

O artista

Paulo Betti, atualmente no elenco da novela global Órfãos da Terra, nasceu em Rafard, interior de São Paulo, em 1952. Com 40 anos de profissão, atuou em inúmeros filmes (entre eles: Lamarca, Infância, Ed Mort, Doida Demais e A Mulher Invisível), novelas e seriados (Império, A Vida da Gente, Os Imigrantes, Os Maias, Tieta, Engraçadinha, Pedra Sobre Pedra e Comédias da Vida Privada), além de peças teatrais (Deus da Carnificina, O Doente Imaginário, O Processo, O Boca de Ouro, Viagem a Forli e Do Fundo do Lago Escuro).

Graduado pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (USP), em 1975, Betti foi professor da Escola de Arte Dramática da Universidade de Campinas (Unicamp), entre 1977 e 1984; presidente e um dos fundadores da Associação Cultural Casa da Gávea, no Rio de Janeiro, de 1993 a 2014; e presidente do Instituto Cultural Vila Leão, em São Paulo, durante três anos. Em 1993, ganhou uma bolsa de estudos, Distinguished Artist Fellowship Fulbright, durante um ano em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e estudou cinema documental na New York University, com o professor George Stoney.

Ao longa de sua carreira, Paulo Betti recebeu diversos prêmios como ator e diretor. Entre eles: Kikito de Melhor Ator Coadjuvante, em Infância; Prêmio Especial no Festival de Gramado, junto com a atriz Eliane Giardini, em 2017, por A Fera na Selva; 17 prêmios e cinco Kikitos, por Cafundó. E ainda:

- Melhor Diretor São Paulo Governador do Estado, por duas vezes (Na Carreira do Divino e Feliz Ano Velho);

- Melhor Ator São Paulo Governador do Estado, em 1971 (O Pagador de Promessas);

- Melhor Diretor Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), por três vezes;

- Melhor Diretor Mambembe, São Paulo, por três vezes (Cerimônia para Um Negro Assassinado, Na Carreira do Divino e Feliz Ano Velho);

- Prêmio Apetesp Melhor Diretor e Melhor Iluminador (Feliz Ano Velho);

- Melhor Ator Shell, Rio de Janeiro, em 1993 (A Fera na Selva);

- Cinema Prêmio de Melhor Ator Cidade de São Paulo, em 1993 (Lamarca); e

- Prêmio Moliere de Melhor Diretor Teatral de São Paulo, por duas vezes, em 1979 e 1984 (Na Carreira do Divino e Feliz Ano Velho).

Meio Ambiente – Secretaria apresenta planos de manejo

Na tarde dessa terça-feira (24), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) lançou os planos de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) Piracicaba, do Parque Natural Municipal do Ribeirão São José e da Reserva Biológica Municipal da Mata do Bispo. O plano é um documento técnico para definir ações, a serem seguidas ao longo do tempo, para gestão de Unidades de Conservação (UC), respeitando a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento da sociedade.

É algo de fundamental importância para as unidades. Ele é que nos dá o subsídio para fazer a nossa gestão territorial. Por meio do plano, a gente conhece as oportunidades e o que é prioridade para investir e alavancar o desenvolvimento da cidade”, explicou Fabrício Milânio, diretor da Unidade de Conservação da SMMA.

Ao longo do lançamento foram apresentadas as etapas do estudo, a equipe técnica e todas as informações e esclarecimentos sobre o tema. Entre outras questões, o engenheiro ambiental Arthur Gândara explicou que o plano de manejo é feito a partir do levantamento e conhecimento do ambiente da UC e região, elaborado por uma equipe de profissionais de diversas áreas. “É importante a participação da comunidade para a construção dos planos de manejo e definição para o futuro da área. Não estamos trabalhando de portas fechadas. Contamos com a colaboração de todos”, afirmou.

A elaboração dos planos de manejo das UC está prevista para terminar em fevereiro do ano que vem. Até lá, haverá encontros com as comunidades, visitas e entrevistas com moradores da região, além de oficinas participativas. “A comunidade pode participar por meio das Oficinas de Planejamento Participativo (OPP). São encontros com atividades criativas para trocar informações e ouvir os principais interessados em construir e preservar um meio ambiente mais sustentável”, concluiu Arthur Gândara.

Oficinas de Planejamento Participativo (OPP)

As OPP são encontros técnicos com atividades dinâmicas, interativas e criativas, para trocar conhecimento e ouvir os interessados na construção e preservação de um meio ambiente mais sustentável. São nesses encontros que a população tem a oportunidade de apresentar sugestões e definir prioridades e ações quantos aos aspectos abrangidos pelos planos de manejo. Os interessados também podem entrar em contato pelos telefones (31) 3835-5926 e (31) 98547-2023, ou pelo e-mail planodemanejo@ecolaboreengenharia.com.br.

Confira as datas e locais onde serão realizadas as OPP:

28/09 (sábado), das 8 às 12h: Escola Municipal Alice Martins Fontes (Sapé)

03/10 (quinta-feira), das 18 às 21h: Igreja Nossa Senhora Aparecida (Ribeirão São José de Cima)

08/10 (terça-feira), das 14 às 17h: Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA)

Seminário de Atendimento Humanizado – Setores que atendem vítimas de violência sexual e doméstica participam de capacitação em Itabira

Nesta quarta-feira (25), das 8 às 17 horas, no auditório da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi), acontece o seminário de capacitação dos integrantes da Rede de Atenção e Cuidado às Vítimas de Violência Sexual e Doméstica de Itabira. Promovido pela Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Saúde (SMS), Assistência Social (SMAS) e Educação (SME), e pela Comissão Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual e Doméstica, o evento conta com a parceria das polícias Civil e Militar e do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

O objetivo do seminário é transformar atendimento em acolhimento, sensibilizando os profissionais a uma abordagem mais humanizada e encaminhamento das vítimas aos serviços disponíveis na rede de atenção e proteção. Para isso, ao longo de todo o dia, haverá palestras sobre o tema com especialistas.

Este será um momento muito rico de qualificação. Teremos a presença de delegados de polícia, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais envolvidos neste trabalho. A programação é voltada para todos que atuam na rede de atenção e proteção às vítimas. São eles: profissionais dos centros de referência Especializado de Assistência Social (Creas), de Assistência Social (Cras), Centro de Atenção Especializada (Ceae), equipes dos Programas Saúde da Família (PSF), professores do programa Conexão Jovem e profissionais dos hospitais Nossa Senhora das Dores (HNSD) e Municipal Carlos Chagas (HMCC)”, explicou a presidente da Comissão de Enfrentamento à Violência, Margarida Lúcia de Paiva Guerra.

Ainda de acordo com ela, as pessoas que tiverem interesse de participar, devem entrar em contato pelo telefone 3839-2649. No entanto, Margarida Guerra ressalta que a disponibilidade de vagas para o público externo está condicionada à capacidade de lotação do auditório da Funcesi.

Confira a programação:

8h – Abertura com a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares

8h10 – Palestra: “O atendimento adequado como facilitador da prova do processo criminal”, com a juíza de direito, Cibele Mourão

8h50 – Palestra: “Corporeidade e identidade de gênero: reflexões sobre violência e luta por reconhecimento”, com o delegado de polícia, Diogo Luna

9h40 – Café

10h – Palestra: “O atendimento humanizado às vítimas de violência doméstica e sexual: um olhar médico-legal”, com o médico legista, Felipe Bedeschi

10h50 – Palestra: “Atendimento às vítimas de violência sexual: aspectos psicológicos e sociais”, com as psicólogas da SMS, Natércia Aguiar e Tatiana Gavazza

11h30 – Abertura para dúvidas

12h – Encerramento manhã

13h – Abertura com a secretária municipal de Assistência Social, Maria Marli Rosa

13h10 – Palestra: “Uma visão geral sobre a Lei Maria da Penha e as especificidades do atendimento à mulher em situação de violência”, com a delegada de polícia, Amanda Machado

14h – Palestra: “Desafios da rede de atenção à violência”, com a assistente social da SMS, Cláudia Assis, e a enfermeira da SMS, Vanessa Maimone

14h40 – Apresentação da Rede de Atenção e Cuidados, com a presidente da Comissão Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual e Doméstica de Itabira, Margarida Guerra)

15h20 – Lanche

15h40 – Palestra: “As várias faces da violência contra a mulher e micromachismos”, com as psicólogas da SMS, Janaína Ávila e Késsia Guerra

16h20 – Abertura para dúvidas

17h – Encerramento

Itabira Mais Turismo – de 19 a 28 de setembro – Paulo Betti apresenta Projeto Cultural Transmídia na 3ª Semana do Turismo de Itabira

O ator global Paulo Betti, um dos mais talentosos de sua geração, estará em Itabira no próximo sábado (28) para apresentar o Projeto Cultural Transmídia. A atividade faz parte da 3ª Semana do Turismo de Itabira e será realizada na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), das 14 às 18 horas. Serão disponibilizadas 100 vagas para professores, atores, estudantes, e público em geral, de diferentes faixas etárias.

O projeto reúne livro, teatro e cinema, com o objetivo de incentivar a literatura e o pensamento crítico, além de mostrar o processo da adaptação da literatura para o cinema e o teatro por meio da narrativa transmídia, na qual é criada uma experiência utilizando diferentes plataformas e formatos. Para participar, é preciso ler o livro A Fera na Selva, um clássico do escritor inglês Henry James, e traduzido pelo mineiro Fernando Sabino. Após a leitura, o interessado deverá ler também o roteiro do filme homônimo, assinado por Paulo Betti. No sábado (28), será realizada uma sessão do filme, que conta com a participação da também global Eliane Giardini. A abertura da sessão será feita por Paulo Betti. No final, o ator dará um curso de roteiro, responderá às perguntas do público e entregará certificado para os participantes.

As inscrições devem ser feitas no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) – Parque Municipal da Água Santa – avenida João Pinheiro, 5, Centro -, até o dia 28. O livro e o roteiro serão disponibilizados no ato da inscrição.

O artista

Paulo Betti, atualmente no elenco da novela da Rede Globo Órfãos da Terra, nasceu em Rafard, interior de São Paulo, em 1952. Com 40 anos de profissão, atuou em inúmeros filmes (entre eles: Lamarca, Infância, Ed Mort, Doida Demais e A Mulher Invisível), novelas e seriados (Império, A Vida da Gente, Os Imigrantes, Os Maias, Tieta, Engraçadinha, Pedra Sobre Pedra e Comédias da Vida Privada), além de peças teatrais (Deus da Carnificina, O Doente Imaginário, O Processo, O Boca de Ouro, Viagem a Forli e Do Fundo do Lago Escuro).

Graduado pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (USP), em 1975, Betti foi professor da Escola de Arte Dramática da Universidade de Campinas (Unicamp), entre 1977 e 1984; presidente e um dos fundadores da Associação Cultural Casa da Gávea, no Rio de Janeiro, de 1993 a 2014; e presidente do Instituto Cultural Vila Leão, em São Paulo, durante três anos. Em 1993, ganhou uma bolsa de estudos, Distinguished Artist Fellowship Fulbright, durante um ano em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e estudou cinema documental na New York University, com o professor George Stoney.

Ao longa de sua carreira, Paulo Betti recebeu diversos prêmios como ator e diretor. Entre eles: Kikito de Melhor Ator Coadjuvante, em Infância; Prêmio Especial no Festival de Gramado, junto com a atriz Eliane Giardini, em 2017, por A Fera na Selva; 17 prêmios e cinco Kikitos, por Cafundó. E ainda:

- Melhor Diretor São Paulo Governador do Estado, por duas vezes (Na Carreira do Divino e Feliz Ano Velho);

- Melhor Ator São Paulo Governador do Estado, em 1971 (O Pagador de Promessas);

- Melhor Diretor Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), por três vezes;

- Melhor Diretor Mambembe, São Paulo, por três vezes (Cerimônia para Um Negro Assassinado, Na Carreira do Divino e Feliz Ano Velho);

- Prêmio Apetesp Melhor Diretor e Melhor Iluminador (Feliz Ano Velho);

- Melhor Ator Shell, Rio de Janeiro, em 1993 (A Fera na Selva);

- Cinema Prêmio de Melhor Ator Cidade de São Paulo, em 1993 (Lamarca); e

- Prêmio Moliere de Melhor Diretor Teatral de São Paulo, por duas vezes, em 1979 e 1984 (Na Carreira do Divino e Feliz Ano Velho).

Itabira Mais Turismo – de 20 a 28 de setembro – Jardineira Turística Cultural é atração na Semana do Turismo

A partir desta segunda-feira (23), a população poderá explorar Itabira na Jardineira Turística Cultural, uma atração oferecida gratuitamente na 3ª Semana do Turismo.

Serão quatro turmas, saindo às 8, 10, 16 e 18 horas. No dia 23, a Jardineira partirá do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), no Parque da Água Santa, com exceção da turma das 16 horas, que sairá do Museu de Itabira, na praça do Centenário. Já no dia 24, o ponto de partida para todos os horários será o CAT. É importante ressaltar que às 16 horas, o ônibus estará reservado para a Associação Ocupacional e Assistencial dos Deficientes de Itabira (AOADI).

Nos dias 25 e 26, servidores municipais e participantes do programa Novos Caminhos terão horários especiais – 9 e 14 horas – para circular na Jardineira e, às 18 horas, o passeio poderá ser feito pelo público geral, saindo do CAT.

No último dia de passeios (27), os interessados terão as saídas de 8, 14 e 18 horas, no CAT e, às 10 horas, membros dos conselhos municipais de Turismo (Comtur); Patrimônio Histórico e Artístico de Itabira (Comphai) e Política Cultural de Itabira (CMPC) farão o roteiro no veículo especial.

Rota

Ao longo do passeio, que dura pouco mais de uma hora, os passageiros contemplarão os pontos turísticos e culturais da cidade: Caminhos Drummondianos, Igrejinha do Rosário, Museu de Itabira, Casa de Drummond e todo o centro histórico.

Itabira Mais Turismo – de 20 a 28 de setembro – Semana do Turismo começa nesta sexta-feira com encontro de motociclistas e muita música

Começa nesta sexta-feira (20) a 3ª Semana do Turismo de Itabira. Com o tema Itabira Mais Turismo, o Município oferece à população diversas atividades culturais e esportivas. Logo na abertura, o público poderá conferir o 2º Itamotorock – Encontro Nacional de Motociclistas e Triciclistas, a partir das 18 horas, na Praça do Expedicionário (praça da Eemza), no Centro. Os amantes da boa música terão a oportunidade de curtir a programação ao som de André Kats e Guilherme Salty (rock clássico) e Arena Hard Rock (clássicos lado A).

O evento conta com área de camping coberta e com chuveiro quente, praça de alimentação com chopp e cervejas artesanais, além de comidas variadas. Haverá ainda área para expositores, sorteio de brindes e troféus para moto clubes. O 2º Itamotorock segue até o domingo (22).

Confira a programação:

Sexta-feira (20)

18h – Abertura oficial

19h – Show André Katz e Guilherme Salt (rock clássico)

21h30 – Arena Hard Rock (clássicos lado A)

Sábado (21)

12h – Início das atividades (som mecânico)

13h – Fernando Cotonete (voz e violão)

14h – Banda Curta Metragem (João Monlevade)

16h30 – Wolf Machine (clássicos do rock)

19h – Paranoia (tributo a Raul Seixas)

21h30 – Led III (Led Zeppelin Cover)

Domingo (22)

7h – Super café da manhã para os motociclistas

3ª Semana do Turismo de Itabira – Itabira Mais Turismo

A 3ª Semana do Turismo de Itabira, de 20 a 28/9, é uma realização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), com o objetivo de promover eventos e atividades para difundir as políticas públicas do turismo no município. A programação conta com palestras, oficinas, espetáculo teatral, workshops, shows e atrações esportivas e culturais.

Por meio do programa Itabira Mais Turismo, o Município está em consonância com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e com a meta 8.9 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): até 2030, conceber e implementar políticas para promover o turismo sustentável, que gera empregos, promove a cultura e os produtos locais.

Scroll To Top