sábado , 25 maio 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos do Autor: Dalton Gonçalves

Arquivos do Autor: Dalton Gonçalves

O aplicativo de mensagem instantânea será bloqueado, dessa vez em nossa cidade.

Calma, o App vai continuar funcionando normalmente, o que não pode continuar são os acidentes no trânsito de Itabira.

Está no Código de Trânsito Brasileiro (CTB): usar o celular enquanto dirige é proibido. De acordo com o artigo 252, o motorista que for flagrado ao telefone ou mandando mensagens cometerá infração gravíssima, com pagamento de multa no valor de R$ 293,47, além de sete pontos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A situação em Itabira ainda é grave. Embora tenha reduzido o número de infrações pelo uso do celular ou fone de ouvido conectado ao aparelho, de 2017 para 2018, esse ainda é o maior causador de multas na cidade.

No ano passado, a Superintendência de Transportes e Trânsito (Transita) expediu 5.283 multas, sendo 1.026 para condutores flagrados ao telefone enquanto dirigia. Em 2017, esse número foi ainda maior: 2.011 infrações. Houve uma redução de 51%.

Compartilhe essa notícia e ajude a fazer um trânsito melhor!

Materia

Aula inaugural e visita técnica – Primeira turma de capacitação em Costura, Artesanato Sustentável e Bordado inicia atividades em Itabira

 

Na tarde desta sexta-feira (15), aconteceu a aula inaugural da primeira turma do curso de Capacitação em Costura, Artesanato Sustentável e Bordado, oferecido pela Prefeitura de Itabira, em parceria com o Instituto Igualdade, Transformação e Inovação Social (ITI). O prefeito Ronaldo Magalhães esteve presente no evento na sede I do ITI.

O projeto desponta após a assinatura de um Termo de Fomento celebrado entre o Município e o instituto. O documento prevê a criação de um núcleo cooperativo de trabalho voltado para o artesanato sustentável e costura, com a finalidade de desenvolver o empreendedorismo e a economia solidária em Itabira.

A capacitação tem carga horária de 280 horas/ aula de técnicas em costura, trabalhos manuais, bordado, artesanato sustentável, design e criatividade, aulas complementares e empreendedorismo e cooperativismo, e é direcionada para pessoas em condição de vulnerabilidade social (desempregados e famílias de baixa renda, por exemplo). Foram disponibilizadas 160 vagas. No entanto, em parceria com o projeto Costurando Vidas, idealizado pela promotora Giuliana Talamoni Fonoff, outras 20 vagas foram criadas para a qualificação profissional de mães e mulheres de detentos da Comarca de Itabira.

De acordo com o responsável pelo ITI, o estilista Ronaldo Silvestre, o curso é um exemplo onde as três dimensões da sustentabilidade são aplicadas: social, econômico e ambiental. Ele explicou que no aspecto social, os participantes em situação de vulnerabilidade aprendem um novo ofício. O econômico é quando os participantes começam a gerar renda e no que diz respeito ao aspecto ambiental, Silvestre ressaltou que, durante o curso, são reutilizados tecidos e resíduos têxteis que seriam descartados em aterros.

É motivador poder trazer para minha cidade o trabalho que tenho desenvolvido em outras cidades. A expectativa é grande porque em três dias foram preenchidas 80 vagas. E estamos propondo o novo: pelas mãos das mulheres a gente consegue propor soluções para o desemprego, para a crise e para uma série de situações. A gente não para para se perguntar de onde vêm nossas roupas ou quem as produziu. A partir do momento em que começamos a pensar nisso, começamos a entender a realidade do desenvolvimento sustentável”, argumentou.

Para o estilista, o projeto cria oportunidade de inserção no mercado de trabalho e proporciona uma nova perspectiva aos participantes para que eles possam ter mais autonomia e atuar como empreendedores.

Vamos qualificar as alunas no aspecto principal da costura. Elas vão aprender a fazer uma camiseta de malha, uma camisa social, uma calça jeans, uma calça de uniforme, por exemplo, para atender à demanda das empresas de uniforme que existem em Itabira. Temos uma parceria com uma dessas empresas, que já disponibilizou 20 vagas para as mulheres capacitadas pelo instituto. Pretendemos também, no processo de qualificação dentro do artesanato sustentável e do bordado, trazer uma revitalização, um novo frescor e o vigor do designer junto do artesanato para que ele possa ser vendido, não só aqui em Itabira, mas que a gente consiga colocá-lo no Circuito da Liberdade, em museus e espaços culturais, para levar o nome de Itabira”, explicou Ronaldo Silvestre.

Durante a aula inaugural e visita técnica, Ronaldo Magalhães conversou com as alunas e professores. O prefeito aprovou as instalações e materiais utilizados no curso. Além disso, o prefeito destacou a contribuição social e econômica do programa para o município.

Este é um programa bastante interessante, principalmente no que diz respeito à questão social, onde o Instituto ITI e a Prefeitura se propõem a contribuir no aprendizado dessas mulheres. Nesse momento, em que o desemprego é muito grande em todo o país, é uma oportunidade delas se qualificarem e trabalharem prestando este tipo de serviço. E com isso, vem a melhoria da renda dessas famílias. Então ficamos muito felizes”.

Letícia Porto é desenhista de projetos e está desempregada. No entanto, ela sempre se interessou por costura. Filha de uma costureira, Letícia viu na capacitação a oportunidade de realizar um sonho: o de aprender a costurar. “Já tive um negócio uma vez, mas eu só tratava de cortar a roupa porque era mais fácil para mim. Eu não conseguia costurar. E hoje eu quero costurar. Quero sentar na máquina e produzir. Tenho boas expectativas. Vai dar certo”, disse.

Prefeitura adquire duas ambulâncias e uma van adaptada para atendimento à população

Para proporcionar ainda mais qualidade aos serviços oferecidos à população, o prefeito Ronaldo Lage Magalhães entregou à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) três novos veículos sanitários: duas ambulâncias tipo A e uma Van. A cerimônia aconteceu na manhã desta segunda-feira (11), no Centro de Reabilitações, e contou com a presença de secretários municipais, vereadores, servidores públicos e população.

As ambulâncias para transporte intramunicipal e intermunicipal de pacientes foram adquiridas com recursos municipais provenientes da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM). Cada veículo custou aos cofres públicos R$ 80.800,00, resultando em um total de R$ 161.600,00.

São ambulâncias básicas para transporte de pacientes que não precisam de um aparato além do motorista e do veículo, seja para demanda do transporte da SMS ou do Tratamento Fora do Domicílio (TFD)”, explicou a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares Assis Figueiredo.

Já a Van Renault Master Minibus L3H2, adaptada para transporte intramunicipal e intermunicipal de pacientes com necessidades especiais, foi conquistada por meio de recursos disponibilizados pela Portaria 4099/2017, Emenda Parlamentar do deputado Marcelo Aro, intermediada pelo vereador Reinaldo Lacerda. O valor do automóvel é R$186.100,00.

Não dispúnhamos deste tipo de veículo antes. É um veículo adaptado, com possibilidade de transportar pacientes com necessidades especiais. Hoje já fazemos esse transporte, mas não tínhamos um veículo adaptado na rede de saúde. Com isso, utilizávamos um veículo separado para cada paciente, que tinha que ser carregado para entrar no veículo. Assim, vários veículos saíam por dia para realizar o mesmo serviço. Com a van vamos otimizar a frota. Todos esses veículos serão para atender à comunidade.

Sobre o apoio da Câmara Municipal, a secretária de Saúde foi enfática. “Essa associação do Poder Legislativo com o Poder Executivo faz com que a gente faça a busca de recursos. E esses veículos que buscamos, tanto no ano passado quanto esse ano, para a reposição de frota e para incrementar o serviço, conseguimos com o apoio de emendas parlamentares. Então é muito importante os vereadores estarem engajados com as causas da comunidade, trazendo recursos. E a gente volta para a comunidade esse esforço. Isso é muito importante”.

Ronaldo Magalhães ressaltou que proporcionar mais qualidade aos serviços oferecidos à população é um dos deveres do gestor público. O prefeito lembrou ainda que o Governo Municipal prioriza melhores equipamentos e ferramentas para a saúde, desde 2017.

Nós temos nos preocupado, desde o primeiro momento de nosso governo, com a melhoria na qualidade dos atendimentos, tanto na Educação, quanto na Saúde, na Ação Social, no Esporte. Temos feito isso, apesar de toda a dificuldade financeira que o Município tem passado. Já vamos realizando, pouco a pouco, mas com bons resultados. Vamos entregar, em breve, para a Secretaria Municipal de Assistência Social, uma van semelhante a esta da Saúde para o programa Porta a Porta. O que atende hoje é um veículo antigo, com pouca qualidade, que está sempre com defeito, e o consumo de combustível é muito alto. Então conseguimos adquiri-la também com recursos próprios e, com certeza, vai facilitar este trabalho. Mas, acima de tudo, vai proporcionar mais conforto para essas pessoas que precisam de mais qualidade no atendimento”.

xx carros especial

Em tempo

Com esta entrega, o Governo Municipal conquista, em apenas dois anos, treze novos veículos para a saúde de Itabira. No ano passado, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) recebeu cinco ambulâncias. Em janeiro de 2018, o prefeito Ronaldo Magalhães entregou dois novos veículos para o serviço de urgência, conquistados junto ao Governo do Estado. Em julho do mesmo ano, mais um veículo foi entregue, e em novembro, outras duas ambulâncias foram doadas pelo Ministério da Saúde para a renovação da frota do Samu.

Destas ambulâncias, três estão sempre em atendimento (duas unidades básicas e uma avançada); enquanto outras três são destinadas à reserva técnica, para dar suporte quando qualquer outra estiver em manutenção, por exemplo.

Museu de Itabira inaugura mostra “Quem é o Homem do Sudário?”

MuseuO prefeito Ronaldo Lage Magalhães inaugurou na noite dessa sexta-feira (22) a exposição internacional “Quem é o Homem do Sudário?”. A cerimônia aconteceu no Museu de Itabira, onde a mostra está em exibição, e contou com a presença de representantes da Comunidade Olhar Misericordioso – responsável pela exposição -, secretários municipais, servidores e visitantes.

Com curadoria do padre Alexandre Paciolli Moreira de Oliveira, a mostra “Quem é o Homem do Sudário” apresenta 30 painéis explicativos sobre a trajetória de Jesus Cristo. Além disso, integram o acervo da exposição uma réplica do Sudário (em tamanho original), produzida em Turim, na Itália; reprodução dos flagelos, tumbas, coroas de espinho e pregos feitos em Israel; hologramas, em tamanho natural da imagem, elaborados pelo cientista holandês Petrus Soons; ilustrações, painéis e infográficos; moedas originais da época de Pôncio Pilatos; e estudos científicos sobre o tema.

No entanto, o que mais chamou a atenção dos visitantes foi a estátua que reproduz a posição que o Homem do Sudário se encontrava quando foi feita no pano. A obra, em tamanho real, foi executada por Luigi Enzo Mattei, um dos escultores da Porta Santa, que está na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Representante da Comunidade Olhar Misericordioso, Tatiane Pecly explicou que a exposição já percorreu diversas cidades do país para mostrar, por meio da ciência, a história de Cristo a caminho do calvário. “A ciência é feita a partir da análise do pano de linho que envolveu Jesus após a crucificação. Nele ficaram gravadas sinais de seu corpo e manchas de sangue, o que tornou possível identificar detalhes sobre a tortura que ele sofreu antes de sua morte. O Sudário é até hoje um dos objetos mais estudados de toda a humanidade, por várias áreas da ciência. Na mostra as pessoas poderão ver vários painéis que comprovam isso e a autenticidade dele”.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo, José Don Carlos Alves, destacou a importância do acesso da população à cultura. Ele ressaltou também que está empenhado em trazer mais exposições para o Museu de Itabira e mantê-lo sempre atrativo para a comunidade.

A nossa proposta é que este museu, além de ter um acervo permanente, também possa ter um acervo itinerante. Sempre teremos novidades para que possamos fazer deste espaço uma atratividade para toda a população de Itabira e visitantes. Já estamos trabalhando para uma próxima exposição. Agradeço ao prefeito Ronaldo Magalhães por acreditar e nos dar a oportunidade deste trabalho estar acontecendo aqui na nossa cidade”, declarou Don Carlos.

Para Ronaldo Magalhães, exposições como esta proporcionam mais lazer, conhecimento histórico e cultural aos visitantes. O prefeito enfatizou a valorização do patrimônio histórico de Itabira. Foi sua gestão que aconteceu a restauração e a reabertura do Museu de Itabira, como também da Igrejinha do Rosário.

“É muito gostoso, para nós administradores públicos, poder realizar ações. Itabira é uma cidade com mais de trezentos anos de história, com uma cultura riquíssima. Por acreditar que nossa população tem o direito de acesso a tudo isso, nos esforçamos muito a fim de valorizar nossa história e cultura. O Museu de Itabira ficou fechado por seis anos. Conseguimos reformá-lo e o reabrimos para a comunidade. Também restauramos a Igrejinha do Rosário e estamos em processo para a reforma do Museu do Tropeiro. Nossos esforços são para resgatar toda a cultura de nossa cidade”, disse o prefeito.

A exposição poderá ser visitada no Museu de Itabira (Praça do Centenário, Centro) até 30 de abril, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 16h30. As visitas são guiadas por monitores do museu. Outras informações pelo telefone (31) 3839-2992.

INVENTÁRIO DE PROTEÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE ITABIRA

BENS INVENTARIADOS ATUALIZADOS 2018
ESTRUTURAS ARQUITETÔNICAS E URBANÍSTICAS

INVENTÁRIO DE PROTEÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE ITABIRA

Ouro na OBA – Aluna prodígio da rede municipal de Itabira busca vaga nas olimpíadas internacionais de astronomia

Jucilene dos Santos, 14 anos, não se dava conta do quanto era boa em ciências do espaço até que, por insistência da professora Maria Kleire Mendes, do Colégio Municipal Professora Didi Andrade, decidiu participar da 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Ela conquistou nota 9,75 na competição nacional, ganhou medalha de ouro, e mais: foi chamada para a seleção daqueles que vão representar o Brasil nas olimpíadas internacionais de astronomia de 2019 – a Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA, em inglês) e a Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA).

A adolescente orgulha a Secretaria Municipal de Educação (SME). Segundo seus professores, a dedicação e esforço de Jucilene sempre se destacaram. Faça sol ou faça chuva, a aluna do nono ano sai todos os dias da comunidade rural de Ribeirão São José de Cima para assistir às aulas no Didi Andrade, na avenida Osório Sampaio.

“Eu sempre gostei mais de matemática. Ciências nunca despertou tanto meu interesse, mas, depois da Olimpíada, passou a chamar mais minha atenção”, narra a menina, de uma família de quatro filhos, que faz planos de ser economista no futuro. “Minha família me apoia bastante. Eles se esforçam para me trazer à escola, principalmente quando preciso estudar ou fazer uma consulta, já que não temos computador”, continuou.

Para a seleção que irá às olimpíadas internacionais, Jucilene já passou por duas etapas on-line. Haverá outra prova eletrônica em dezembro e uma etapa presencial no início de 2019.

Jucilene dos Santos3

Empoderamento

Com uma aula dinâmica, a professora de ciências de Jucilene, Maria Kleire, motiva os estudantes todos os anos a participarem de competições e a olharem para as ciências com outros olhos. A conquista de sua aluna é tida com fonte de inspiração para os outros colegas.

“A conquista dela e de outros alunos representa muito, principalmente para a consciência de que estudar vale a pena. Há um empoderamento do aluno, ele ganha mais confiança, autoestima,  acredita em seus potenciais”, diz Kleire.

Maria Kleire e Jucilene

Outros medalhistas

A 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica foi realizada em maio deste ano. A avaliação teve dez perguntas em cada etapa: três de astronáutica e sete de astronomia. A maioria delas exigiu raciocínio lógico. A OBA é organizada pela Agência Espacial Brasileira, em colaboração com a Sociedade Astronômica Brasileira.

Ao todo, oito alunos do Colégio Municipal Didi Andrade conquistaram medalhas na OBA – duas medalhas de ouro, uma de prata e cinco de bronze -, sendo Jucilene chamada à seleção internacional por seu desempenho maior.

16 dias de ativismo – Prefeitura e parceiros somam forças para enfrentamento à violência contra mulheres

Não foi fácil para a médica Paula Veloso, de Belo Horizonte, romper o silêncio e se libertar de um relacionamento abusivo. Depois de sofrer agressões físicas e psicológicas do ex-marido, ela deu um basta ao casamento de quase uma década e pediu à Justiça uma medida protetiva. “Agora eu pretendo falar do assunto. A gente pode evitar que isso aconteça. Todo mundo pode fazer alguma coisa. Tem que meter a colher sim”, disse ela, hoje responsável pelo projeto Colheres de Ouro, que pode ser acompanhado pelo Instagram(@colheresdeouro).

Paula falou da dolorosa experiência dela a uma plateia que lotou o teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) nesta segunda-feira, ocasião do lançamento, em âmbito municipal, da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher.

A médica Paula Veloso falou ao público sobre a experiência que teve em um relacionamento abusivo

A médica Paula Veloso falou ao público sobre a experiência que teve em um relacionamento abusivo

A Prefeitura de Itabira abraça a iniciativa pelo quarto ano consecutivo e participa, com representantes de diversas secretarias, da Comissão Municipal de Enfrentamento da Violência Sexual e Doméstica. O grupo engloba também o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Ministério Público, polícias Civil e Militar, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e o Legislativo Municipal.

Na esfera pública local, reflexos da mobilização podem ser observados, por exemplo, nas secretarias municipais de Educação (SME) e Assistência Social (SMAS). Os titulares das duas seções – José Gonçalves Moreira e Marly Oliveira, respectivamente – mostraram aos espectadores o que é feito para combater a violência de gênero no Executivo: a tratativa do tema com crianças e adolescentes em sala de aula, por meio do programa Conexão Jovem, e o fortalecimento da rede de apoio – o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) teve equipes de atenção à mulher ampliadas, com atendimento ora individual, ora em grupo, e encaminhamento aos órgãos de apoio.

16 dias de ativismo3

Itabira por Eles

A campanha dos 16 dias de ativismo ocorre em Itabira até o dia 10 de dezembro, com palestras, rodas de conversa e panfletagem. O principal alvo da conscientização é o público masculino – a campanha traz o tema “Homens pelo fim da violência contra a mulher”.

O prefeito Ronaldo Magalhães, inclusive, assinou termo de cooperação técnica com o TJMG para a implantação do projeto “Itabira por Eles”. Homens, agressores, serão encaminhados e supervisionados pela Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Itabira a grupos reflexivos, dirigidos por psicólogos e assistente social do Município, para se tratarem.

Cada grupo terá entre 15 e 20 homens, autores de violência contra mulheres, que frequentarão 12 encontros por três meses. A estimativa é que o projeto atenda até 80 participantes em um prazo de um ano.

“Há muito pela frente”

Vice-prefeita, Dalma Barcelos é a primeira mulher a ocupar o posto na cidade de 170 anos de emancipação político-administrativa. Ao subir ao palco, ela conclamou união de homens e mulheres em prol da descontração da cultura do machismo. “Se hoje nós estamos aqui, foi graças àquelas que lutaram para que nós tivéssemos o que temos hoje. Nada foi de graça, tudo foi por luta”, discursou.

16 dias de ativismo - Dalma Barcelos

Em tempo

Os 16 dias de ativismocomeçaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo, segundo a ONU Mulheres Brasil.

No Brasil, a Campanha ocorre desde 2003. A mobilização termina em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. Cerca de 130 países participam da campanha.

A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas” e assassinadas em 1960 por fazerem oposição ao governo do ditador Rafael Trujillo, que presidiu a República Dominicana de 1930 a 1961, quando foi deposto.

Utilidade pública – Via será interditada no bairro Jardim das Oliveiras

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Transita) comunica que a travessa Caratinga, no bairro Jardim das Oliveiras, será interditada a partir de terça-feira (27), em função de obras de drenagem da mineradora Vale. A previsão é que o bloqueio dure quatro semanas.

A Transita pede atenção e compreensão de condutores e pedestres. O departamento da Prefeitura de Itabira esclarece que “a interdição se faz necessária para garantir a segurança de quem circula pelo local”.

Aberto ao público – Prefeitura realiza Festival de Ginástica de Trampolim neste domingo

A comunidade é convidada a participar, neste domingo (25), do Festival de Ginástica de Trampolim da Prefeitura de Itabira. O evento será realizado das 9h às 11h30, no ginásio do Valério Esporte Clube, no bairro Campestre. Aproximadamente 70 crianças e adolescentes farão apresentações de acrobacias nas modalidades mini-trampolim, duplo mini-trampolim, tumbling e trampolim.

O evento é realizado pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude (SMELJ), seção vinculada à Secretaria Municipal de Educação (SME) e que mantém viva a ginástica de trampolim na cidade. Segundo a SMELJ, a proposta do evento é difundir a modalidade esportiva e seus benefícios aos participantes.

O festival tem apoio do Valério e da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb).

Serviço

Festival de Ginástica de Trampolim

Data: 25/11

Horário: 9h às 11h30

Local: Ginásio 1 do Valério Esporte Clube

Entrada franca

Scroll To Top