quinta-feira , 21 novembro 2019
Você está aqui: Capa | Agricultura e Abastecimento (Página 4)

Arquivo da categoria: Agricultura e Abastecimento

Assinatura dos Feeds

Assuntos relacionados a Área de Agricultura e Abastecimento de Itabira MG

300 quilos – Prefeitura repassa ao Cras Gabiroba alimentos doados pela Relba

O prefeito Damon Lázaro de Sena entregou nessa quarta-feira (18) 300 quilos de alimentos ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Gabiroba. Os alimentos são provenientes do município de Caratinga, integrante da Rede Leste de Banco de Alimentos (Relba).

A Relba tem o objetivo de integrar as atividades dos Bancos de Alimentos, tornando-os mais eficientes, tanto na condução de programas federais, quanto nas captações de doações de alimentos de empresas e produtores rurais. É um programa do Ministério de Desenvolvimento de Combate à Fome. Itabira integra a Rede desde outubro de 2014, composta ainda pelos municípios de Caratinga, Santana do Paraíso, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, Piedade de Caratinga, Entre Folhas, Vargem Alegre, Ubaporanga, Engenheiro Caldas, Tarumirim e Alvarenga.

O Município tem recebido alimentos quinzenalmente e estes estão sendo repassados pela Prefeitura de Itabira a entidades assistenciais e centros de referência. Na última remessa chegaram 6,2 toneladas ao Banco de Alimentos. Destes, 1,5 toneladas foram distribuídos para os o Cras do bairro Gabiroba, Jardim das Oliveiras, Pedreira, Santa Ruth e para o Centro de Referência de Assistência Social (Creas).

Foram entregues no Cras Gabiroba: abacate, alface, banana, berinjela, couve, laranja, mandioca, pimenta e tangerina. Os alimentos serão utilizados no lanche para os usuários do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e também repassados a algumas famílias de maior vulnerabilidade, que são acompanhadas pelo serviço de proteção e atendimento integral às famílias.

A Secretaria Municipal de Ação Social Valquíria Pascoal de Souza Duarte explicou como são recebidos os alimentos doados as famílias e ressaltou que isso só é possível porque a Administração Municipal realmente é comprometida com a população. “Queremos que estes alimentos ajudem a reforçar a mesa de vocês. Lembro também que o Banco de Alimentos tem uma importante participação na construção e instalação do Restaurante Popular. Eles fornecerão grande parte dos alimentos utilizados. Teremos alimentação saudável, equilibrada e acessível a todos”.

O prefeito Damon Lázaro de Sena lembrou que Itabira já recebeu cerca de 20 toneladas de alimentos em aproximadamente de 40 dias. “O trabalho do Banco de Alimentos é muito importante para fornecer alimentos para entidades, creches, escolas e centros de referência. É uma forma de fixar e valorizar o produtor rural. A Prefeitura trabalhar para a população, trazendo mais dignidade e melhores condições de vida”.

Ao final, uma nutricionista explicou as famílias como utilizar da melhor maneira os alimentos e os benefícios nutricionais de cada um.

Doação a entidades – Itabira recebe 4 mil quilos de alimentos da Relba

A Prefeitura de Itabira repassou a entidades assistenciais e escolas municipais 4.000 quilos de alimentos, provenientes de doação do município de Carantinga, integrante da Rede Leste de Banco de Alimentos (Relba). A solenidade de entrega aconteceu nesta terça-feira (13), na Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA).

Foram beneficiadas: Creche Nosso Lar, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Conselho Municipal do Bem Estar do Menor (Combem), Fazenda Esperança, Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Secretaria Municipal de Educação (SME), Hospital Carlos Chagas (HCC), Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), Associação de Proteção à Maternidade e a Infância de Itabira (APMII), Cáritas Diocesana, Creche Bom Pastor, Associação Municipal Assistencial Itabirana (Amai) e Serviço de Obras Sociais (SOS) de Itabira.

A Relba tem o objetivo de integrar as atividades dos Bancos de Alimentos, tornando-os mais eficientes, tanto na condução de programas federais, quanto nas captações de doações de alimentos de empresas e produtores rurais. É um programa do Ministério de Desenvolvimento de Combate à Fome. Itabira integra a Rede desde outubro de 2014, composta ainda pelos municípios de Caratinga, Santana do Paraíso, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, Piedade de Caratinga, Entre Folhas, Vargem Alegre, Ubaporanga, Engenheiro Caldas, Tarumirim e Alvarenga.

A secretária Municipal de Ação Social, Valquíria Pascoal de Souza Duarte, ressaltou a importância do trabalho do Banco de Alimentos, principalmente, para famílias com pouco acesso ao que é básico para a sobrevivência. “Fico satisfeita em ver que a dedicação deste Governo Municipal trouxe mais este resultado”.

O prefeito Damon Lázaro de Sena disse que este benefício é o resultado de uma verdadeira governança, com a união do poder público, sociedade privada e sociedade civil organizada. “O dinheiro público precisa ser bem investido. Faço uma análise da nossa administração e afirmo que atendemos a todo o município. Essas quatro toneladas de alimentos demonstram um bom trabalho. Que as entidades beneficiadas façam um excelente uso destes alimentos que serão recebidos quinzenalmente ao nosso Banco de Alimentos. Essa é mais uma conquista de um bom trabalho da nossa gestão”.

Encontro apresenta trabalhos desenvolvidos nas áreas rural e ambiental em Itabira

Para apresentar os trabalhos desenvolvidos em Itabira, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) promoveu o 1º Encontro da Fazenda Experimental para o Desenvolvimento Rural e Ambiental Sustentável. A atividade aconteceu na manhã desta quinta-feira (29) e reuniu representantes de entidades civis, órgãos públicos, empresas e instituições de ensino do município.

O evento contou com a parceria da Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Agricultura e Abastecimento e Meio Ambiente. O prefeito Damon Lázaro de Sena, o vereador Sueliton Cordeiro de Sousa e secretários municipais participaram do encontro.

“A Fazenda Experimental oferece treinamentos, cursos, palestras, desenvolve projetos e pesquisas para levar uma solução tecnológica ao produtor rural. Há 30 fazendas em todo o estado e cada uma trabalha a vocação da região. Esta Epamig foi criada com a intenção de ser o núcleo do leste de Minas Gerais”, explicou o gerente da Fazenda Experimental da Epamig/Itabira, Ivys Marlon Kelles Lage. Criação de gado, cultivo do feijão e de mudas de cana-de-açúcar são algumas atividades desenvolvidas no local.

O secretário de Agricultura e Abastecimento/ Meio Ambiente, Nivaldo Ferreira dos Santos, acrescentou que “um dos objetivos do encontro é trazer os representantes das instituições aqui, para que as pessoas saibam que essa estrutura existe e que podemos desenvolver muitos trabalhos juntos. Parceria e integração são duas palavras essenciais: por isso, é necessário intensificá-las, envolvendo órgãos do município, do Estado e da iniciativa privada para que o trabalho seja expandido”.

Posteriormente, o prefeito Damon Lázaro de Sena enumerou algumas ações desenvolvidas pelo governo municipal, como investimento em captação de água, criação do programa Preservar para não Secar, conservação das estradas rurais, instalação de mata-burros, construção de pontes, implantação do Sistema de Inspeção Municipal (SIM), compra de alimentos fornecidos pelos produtores rurais da cidade, entre outras. “Temos uma população na área rural em torno de 15% e somos uma cidade com histórico essencialmente operário. Por isso, nas discussões sobre diversificação econômica, temos que ampliar as discussões quanto ao setor rural, porque temos uma potencialidade muito grande”, afirmou.

Epamig realiza Dia de Campo sobre cultivo do feijão-carioca

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) realizou, na última semana, o Dia de Campo sobre cultivo do feijão-carioca, na comunidade do Engenho. O trabalho foi orientado pelo doutor em Fitotecnia, João Roberto Melo, e contou com a parceria da Prefeitura de Itabira. Durante a atividade, foi utilizada uma variedade do feijão-carioca conhecida como madrepérola.

O evento foi destinado aos produtores que possuem a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que visa estimular a geração de renda e melhorar o uso da mão de obra familiar, por meio do financiamento de atividades e serviços rurais agropecuários e não agropecuários desenvolvidos em estabelecimento rural ou em áreas comunitárias próximas.

De acordo com o gerente da Fazenda Experimental da Epamig em Itabira, Ivys Marlon Lage, o Dia de Campo buscou demonstrar a viabilidade da lavoura que começa com a escolha da variedade certa para cada região, as técnicas variáveis para o cultivo e as condições climáticas específicas.

A atividade contou ainda com a presença dos servidores municipais e técnicos em agropecuária Antônio José Pessoa Nogueira, Gilmar Bretas Martins Cruz, Fábio Lúcio de Oliveira Saez. Segundo Antônio Pessoa, que é membro do Conselho de Segurança Alimentar (Consea), um alimento deve nascer saudável para que se mantenha saudável até a nossa mesa.

“Isso é o que se justifica o Dia de Campo. O evento nada mais é do que um multiplicador de informações agronômicas, sendo uma ferramenta de extrema importância para uma melhor alimentação e um melhor aproveitamento das terras agronomicamente viáveis”, disse Antônio Nogueira.

Para o prefeito Damon Lázaro de Sena “os resultados das pesquisas realizadas pela Epamig podem ser percebidos por meio de vários benefícios, entre eles, a melhoria na qualidade do produto, menores preços, preservação ambiental, racionalidade no uso dos recursos naturais e energéticos, geração de emprego e renda, sustentabilidade e mais conhecimento técnico para os produtores rurais”.

Cultivo de feijao (3) Cultivo de feijao (1)

Damon empossa primeira composição do Conselho de Segurança Alimentar

O prefeito Damon Lázaro de Sena empossou, na manhã de sexta-feira (18), os membros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar. Criado em julho, essa é a primeira composição do conselho que tem 56 membros.

O evento fez parte do encontro de gestores dos municípios que integram a Rede Leste de Banco de Alimentos (Relba). Eles estiveram em Itabira para discutirem “A importância da integração dos Bancos de Alimentos”. O presidente da Relba, João Paulo de Paiva Ramos, fez questão de parabenizar o município. “Itabira está tendo uma evolução muito rápida com as questões agrícolas e, principalmente com a agricultura familiar. A criação e posse do conselho em tempo recorde é uma prova disso. Muitos municípios ainda não conseguiram implantar”, disse. Conforme lembrou João Paulo, a criação do conselho é critério primordial para a liberação de recursos estadual e federal para projetos de segurança alimentar nos municípios.

A conselheira Maria Aparecida de Oliveira fez um discurso emocionado. “Há muitos anos a gente está tentando implantar este conselho, mas não tivemos apoio. Agradeço à Prefeitura que está criando este conselho”, disse a conselheira. Ela lembrou outra ação que irá favorecer a segurança alimentar na cidade: a construção do restaurante popular. “A gente que trabalha na área da saúde sabe da importância, da necessidade deste restaurante. Agradeço à gestão do Damon que está realizando isso também”, disse, fazendo referência à publicação do edital de licitação para contratação da empresa que irá construir o restaurante popular. Maria Aparecida reconheceu a participação do vereador Sebastião Ferreira Leite “Tãozinho” – também presente no evento –, autor do projeto de lei aprovado na Câmara Municipal em 2011, para consolidar o restaurante.

O prefeito Damon Lázaro de Sena lembrou que o foco de seu governo é preparar a cidade para a diversificação econômica e, por isso, tem investido em vários setores que possam facilitar a sua concretização. Conforme ressaltou, nos últimos anos o município renovou a frota de veículos e máquinas que atendem o produtor rural; investiu no desenvolvimento dos programas Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e de Aquisição de Alimentos (PAA) e criou o programa Preservar pra não secar, que remunera o produtor que conserva áreas importantes para a biodiversidade e preservação dos recursos naturais.

Damon Lázaro de Sena também lembrou que em breve a agricultura poderá ter um grande aporte, com a construção do restaurante popular. “Eu gostaria de lembrar que as discussões para construção do restaurante popular em Itabira começaram em Betim, quando eu e Alexandre Banana estivemos com Patrus Ananias, em 2008. Na época ele era ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Naquele encontro começamos a discutir o restaurante popular. O vereador Tãozinho Leite foi importante nesse processo porque, em 2011, apresentou um projeto de lei. Quando assumimos a Prefeitura descobrimos que os recursos para a obra já estavam depositados em conta desde 2011, mas não houve vontade para levar o projeto adiante. Tivemos um grande trabalho para destravar alguns empecilhos, o Tãozinho sempre nos cobrando e agora, já estamos licitando a obra”, contou o prefeito. Em seu entendimento, a agricultura familiar pode ser uma das grandes beneficiadas com a construção do restaurante, fornecendo produtos para ele. “E o Conselho de Segurança Alimentar terá um papel preponderante, pois uma das atribuições dele é ajudar a definir as diretrizes da política e do plano municipal de segurança alimentar e nutricional a serem implementadas”, finalizou.

Mais atividades Após a posse do Conselho Municipal de Segurança Alimentar, os membros da Relba continuaram o encontro. A delegada federal de Desenvolvimento Agrário em Minas Gerais Adriana Veiga Aranha apresentou a palestra “O programa Banco de Alimentos no Brasil e seu papel no combate à fome. Em seguida houve o debate sobre a importância da integração dos Bancos de Alimentos.

À tarde foi realizado o encontro de gestores municipais do Médio Piracicaba “Elaboração de propostas para a agricultura familiar: as alternativas para enfrentamento da crise econômica que aflige as regiões mineradoras”.

40 mil unidades disponíveis – Produtores rurais de Itabira podem se cadastrar para receber mudas de eucalipto

Os produtores rurais de Itabira interessados em receber mudas de eucalipto já podem fazer a inscrição na Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA). Desta vez, a Prefeitura vai disponibilizar 40 mil mudas para distribuição gratuita. Esta é uma das ações desenvolvidas pelo Município para estimular novas alternativas de renda na cidade.

As plantas são produzidas no Posto Agropecuário. A espécie cultivada é a urofila (Eucalyptus urophylla), indicada por ser tolerante ao cancro do eucalipto (doença causada por fungos), pela grande adaptação e aplicação em diversas finalidades: mourões, móveis, portas, dormentes, celulose e carvão, por exemplo.

As mudas serão distribuídas nos meses de novembro e dezembro. A quantia mínima entregue a cada pessoa será de 50 unidades. Para obter quantidade maior, será necessário conversar com os servidores da SMAA Flávio Jácome (distrito de Ipoema), Fábio Saez (distrito de Senhora do Carmo), Gilmar Cruz ou Antônio Adelson (Itabira) para receber orientações.

No ato da inscrição, é necessário apresentar o Cadastro da Pessoa Física (CPF), informar o telefone de contato e endereço do local onde haverá o plantio das mudas. A SMAA funciona na rua Santana, 426, bairro Penha. Mais informações pelo telefone 3839-2262.

Eucalipto (1)

Eucalipto (2)

Pesquisa agropecuária – Prefeito recebe presidente da Epamig na Fazenda Experimental

O prefeito Damon Lázaro de Sena recebeu, na manhã desta quinta-feira (13), o presidente da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Rui da Silva Verneque. O encontro aconteceu na Fazenda Experimental da Epamig, localizada em Córrego do Meio. Empossado recentemente, o zootecnista veio a Itabira para conhecer o local, as pesquisas em andamento e os benefícios que o trabalho traz à comunidade.

Também estiveram presentes o diretor de Administração e Finanças Enilson Abrahão, o diretor de Operações Técnicas Trazildo José de Paula Júnior, o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento Nivaldo Ferreira dos Santos, o secretário adjunto Ronildo Andrade de Souza, o gerente da Epamig em Itabira Ivys Lage e o responsável pelo viveiro de mudas de eucalipto Dimas Geraldo de Souza.

A Fazenda Experimental desenvolve pesquisa em melhoria genética do gado leiteiro, criação de gado Gir e, recentemente, iniciou experimentos para o cultivo de feijão, uma leguminosa que tem baixa produção no município, segundo Ivys Lage.

Damon Lázaro de Sena ressaltou o trabalho do Banco de Alimentos, que serve de apoio à comercialização dos produtos vindos da agricultura familiar e atende as entidades filantrópicas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).“Este trabalho valoriza e cria oportunidades de crescimento ao produtor rural. No entanto, precisamos intensificar os projetos na área agropecuária, pois a cidade ainda é voltada para a mineração. Falta, por exemplo, uma produção que supra a merenda escolar. Trabalhamos para a diversificação econômica e fortalecer a agricultura é de extrema relevância e benefício para toda a população”, acrescentou.

Ivys Lage explicou que, após a criação do Banco de Alimentos, os produtores estão procurando pela Epamig em busca de conhecimentos técnicos para ampliar e melhorar a produção. “Muitos estão inclusive investindo em novos alimentos e isso é fantástico. A Administração Municipal tem sido uma importante parceira em nosso trabalho. Após os experimentos com o feijão, temos novas propostas de pesquisas na área agropecuária, como o cultivo de bananas e alguns legumes”.

Redução de despesas – Prefeitura anuncia cancelamento da Expoita

Diante do cenário de crise econômica vivenciado pelos municípios brasileiros, a Prefeitura de Itabira decidiu adotar mais uma medida para reduzir despesas. Neste ano, não haverá a Exposição Agropecuária e Industrial de Itabira (Expoita). O evento estava programado para acontecer em agosto, no Parque de Exposições Virgílio José Gazire.

A exposição agropecuária seria promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA). Com a medida, o governo municipal vai economizar com contratação de artistas e mão de obra, montagem e manutenção da estrutura, limpeza, transporte, divulgação, dentre outros serviços necessários para a realização da festa. Os recursos serão aplicados em outras áreas no município, como saúde e educação.

22ª Semana do Produtor Rural – 150 participantes recebem certificados de conclusão de curso

Após concluírem os cursos e minicursos oferecidos na 22ª Semana do Produtor Rural, 150 pessoas receberam os certificados das mãos do prefeito Damon Lázaro de Sena. A entrega aconteceu na noite desta sexta-feira (10), no Parque de Exposições Virgílio José Gazire, durante o encerramento das atividades. No local, houve degustação dos alimentos produzidos nos cursos.

Realizada entre os dias 6 e 10 de julho, a 22ª Semana do Produtor Rural foi promovida pela Prefeitura de Itabira, Sindicato dos Produtores Rurais, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). A Semana do Produtor Rural de Itabira tem por objetivo compartilhar conhecimentos técnicos e profissionais, visando melhoria da produtividade rural, com desenvolvimento socioambiental do produtor e de toda a sociedade.

Neste ano, foram oferecidos aos produtores rurais 12 cursos ou minicursos: Quitanda, Cultivo e Manutenção de Pomares, Defumados, Fabricação de Queijos, Artesanato em Bambu, Artesanato em Palha de Banana e Milho, Equitação, Manutenção e Operação de Motosserra, Manutenção e Operação de Roçadeira, Vaqueiro, Produção de Doces Cristalizados e Construção de Fossas Sépticas. Todos os programas de formação e qualificação foram ministrados no Parque de Exposições.

Alexandre Tárcia, participante do curso de Defumados, pretende fazer um defumador em sua propriedade, para fins comerciais. Segundo ele, a capacitação foi muito importante para que os alunos conseguissem atingir a qualidade na fabricação e conquistassem o certificado para a venda dos produtos. “O curso abrange bem a área profissionalizante, nos capacita a fazer um produto de boa qualidade, artesanal, sem conservante. O curso abriu os horizontes, não só para mim, mas para muitas pessoas. Foi muito bom. Eu indico”, declarou.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Itabira, Evandro Lage Avelar, ressaltou a importância da parceria do Governo Municipal para a realização da 22ª Semana do Produtor Rural. “Com este evento, buscamos a melhoria socioambiental da região e proporcionar meios de melhorar a renda do produtor. A parceria da Prefeitura é fundamental: é por meio dela que trazemos todos os produtores para participar”.

Para o prefeito Damon Lázaro de Sena é necessário investir na capacitação dos produtores rurais como uma maneira de diversificação econômica para Itabira. “As pessoas tiveram a oportunidade de aprender muito. Serão empreendedores felizes para construir um município e uma região melhor para todos nós. Este atendimento, feito em parceria com diversas entidades, proporcionará aos produtores rurais que eles fiquem mais tempo no campo e produzam alimentos de qualidade para todos nós. Então, é uma grande satisfação participar desse processo e contribuir com dias melhores para nossos produtores e para nossa população, que terá alimentos de excelente procedência”, disse.

Também participaram da cerimônia o vereador José Mauro de Oliveira, o representante da Epamig Ivys Lage, o representante da Emater Lúcio Mauro, secretários municipais, instrutores, participantes dos cursos e familiares.

De 6 a 10 de julho – Vagas disponíveis para cursos da 22ª Semana do Produtor Rural de Itabira

Os interessados em adquirir mais conhecimento e qualidade em produção rural ainda podem se inscrever em três cursos que serão oferecidos durante a 22ª Semana do Produtor Rural de Itabira: Fabricação de Queijos (R$ 60,00), Construção de Fossas Sépticas (R$ 40,00) e Vaqueiro (R$ 60,00). As matrículas podem ser feitas até sexta-feira (3/7), das 8h às 17h, no Sindicato Rural de Itabira – praça Dr. Nelson Lima Guimarães, 10, Pará.

A Semana do Produtor Rural será realizada entre os dias 6 e 10 de julho no Parque de Exposições Virgílio José Gazire, local onde também serão ministrados os cursos. Para a inscrição, é necessário apresentar a carteira de identidade, CPF e documento comprovante de atividade rural como, por exemplo, a certidão do terreno ou o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR).

Ao todo, serão 12 participantes em cada programa de formação e qualificação. De acordo com o Sindicato Rural de Itabira, os interessados podem se inscrever até mesmo nos cursos em que as vagas já estão esgotadas. Nesses casos, a instituição vai elaborar uma lista de espera para, posteriormente, formar novas turmas.

Neste ano, são oferecidos nove cursos com duração de três a cinco dias, e quatro minicursos com duração de um e dois dias. Todas as aulas serão lecionadas das 8h às 17h. Entre os temas, serão abordados assuntos relacionados ao meio ambiente, alimentação, artesanato e manutenção de maquinário. Haverá ainda palestras e mostra de produtos da região. Entre os cursos oferecidos estão: Defumados, Equitação, Casqueamento e Ferrageamento, Doces Cristalizados, Artesanato em Palha de Banana e Milho, Artesanato em Bambu/ Peças Pequenas e Operação e Manutenção de Motosserra.

A Semana do Produtor Rural é promovida pela Prefeitura de Itabira/ Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), Sindicato Rural de Itabira, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

Scroll To Top