segunda-feira , 1 junho 2020
Você está aqui: Capa | Saae (Página 5)

Arquivo da categoria: Saae

Assinatura dos Feeds

Informações relacionadas ao tratamento de água de Itabira

Investimento – Saneamento rural chega à comunidade de Palmital

Programa de modernização das redes de água e esgoto já beneficiou milhares de pessoas

No próximo dia 20, o programa de remodelação do abastecimento de água chega à comunidade de Palmital. Esta ação, implantada pela Prefeitura, começou em 2017 a partir da revisão tarifária determinada pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgoto (Arsae) de Minas Gerais que, já beneficiou também, os moradores das localidades Candidópolis, Estivas, Morro do Chapéu, Turvo, Ribeirão São José de Baixo e Campo de Gordura.

Esse amplo processo de modernização e correção do abastecimento tem como objetivo regulamentar o fornecimento da água em Itabira, começando pela zona rural. E é somente por meio destas ações, de acordo com informações do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), a possibilidade de incluir a região rural no banco de dados e serviços da autarquia.

Para isso, é necessário construir poços artesianos, redes de distribuição, refazer as instalações hidráulicas e elétricas, instalar hidrômetros e, corrigir ainda, o afastamento das redes de esgoto. “A única maneira de prestar serviços de saneamento, tratar a água e fazer o seu controle social nestas localidades é por meio da hidrometração, pois, cada residência passa a arcar com o seu consumo, viabilizando as adequações necessárias de infraestrutura”, explicou Leonardo Ferreira Lopes, diretor-presidente do Saae.

Em vários locais da zona rural, segundo ele, a distribuição de água é injusta. “Por exemplo, residências situadas em vias mais altas ficam sem água quando o morador da rua de baixo tem uma piscina ou represa de peixe no quintal. A hidrometração favorece o uso consciente da água e passa a responsabilidade de todos os serviços para o Saae”, ressaltou Leonardo Lopes.

Outro ponto de atuação da autarquia é a legalização dos terrenos onde estão instalados os poços artesianos. “É necessário corrigir isso também, porque os poços geralmente estão em propriedades privadas. Fizemos cessões de uso ou desapropriações dos locais para construir as redes e adequar os reservatórios”, declarou o diretor-presidente.

Muito mais

Nos bairros Chapada e Boa Esperança, além da hidrometração e da correção de redes de esgoto, a Prefeitura está construindo uma Estação de Tratamento de Água (ETA) para resolver definitivamente o problema da falta d’água. De acordo com informações do Saae, a oferta do produto na região é insuficiente e o problema se agravou com o crescimento populacional do bairro nos últimos 12 anos, que continuou sendo atendida por apenas dois poços artesianos.

Para funcionar, a ETA Chapada irá captar água do córrego que passa pelo bairro, com uma vazão de 10 litros por segundo. “Acrescentando isso aos antigos poços artesianos, a produção será suficiente para atender de forma adequada a população dos bairros Chapada e Boa Esperança, afirmou Leonardo Lopes.

Mais uma ação para garantir a qualidade da água tratada, de acordo com o diretor-presidente, foi a construção de 60 fossas sépticas nas residências acima do local onde será implantada a nova ETA. Essas casas, que não tinham acesso a tratamento de esgoto, despejavam os dejetos no córrego – base da ETA. “Agora, os moradores contam com o benefício de fossas biodigestores e nós podemos garantir água de qualidade, além de gerar economia na saúde pública”, concluiu.

Utilidade Pública – Falta d’água nas ETAs Gatos e Três Fontes

Em função da interligação da nova rede de água do bairro Pedreira, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira comunica que os trabalhos na Estação de Tratamento de Água (ETA) Gatos serão interrompidos até as 16 horas desta quinta-feira (16). A autarquia comunica ainda interrupção da ETA Três Fontes, no mesmo dia e horário, para manutenção preventiva.

É necessário que os moradores dos bairros Campestre, Bela Vista, Nova Vista, Nossa Senhora das Oliveiras, Eldorado, São Francisco, Pedreira, Penha, Santo Antônio, São Pedro, Vila Cisne, Vila Paciência, Cento e Cinco, Cidade Nova e Santa Inês, abastecidos pela ETA Gatos, bem como a população do bairro Pará (ETA Três Fontes), economizem água até que o abastecimento seja normalizado.

Utilidade Pública – Manutenção na ETA Rio de Peixe

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira informa que, devido ao rompimento de uma das linhas de fornecimento de água para a Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio de Peixe, o abastecimento ficará interrompido até as 16 horas desta segunda-feira (13).

É necessário que os moradores dos bairros Santa Ruth, Santa Marta, Monsenhor José Lopes, Valença, Fênix, Belvedere e João XXIII economizem água até que o abastecimento seja normalizado.

Rio Tanque – Lei de parceria público-privada entra em vigor

Foi publicada hoje (10), no diário oficial, a lei nº 5.123 que autoriza o Executivo Municipal a firmar parcerias público-privadas (PPP) para os empreendimentos relacionados ao abastecimento de água em Itabira.

Com isso, segundo Leonardo Ferreira Lopes, diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), o processo de licitação para a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Rio Tanque será retomado. “Hoje, com a publicação da autorização legislativa, Itabira superou mais um degrau na jornada pelo abastecimento público justo e perfeito. A próxima etapa será a reabertura do edital para finalmente contratar a PPP”, declarou o diretor-presidente.

Nesta licitação, a Prefeitura irá contratar a PPP, na modalidade concessão administrativa – no prazo de 30 anos –, para a construção, manutenção e operação da ETA Rio Tanque. O valor estimado da obra é de R$ 55 milhões.

Em tempo

De acordo com todos os estudos técnicos realizados, a nova ETA é a única solução a longo prazo para o abastecimento municipal, já que serão acrescentados 200 litros por segundo (l/s) ao volume existente hoje. Este aumento garantirá a estabilidade de água, para toda a cidade, pelos próximos 30 anos.

Utilidade Pública – Manutenção na ETA Rio de Peixe

Atenção, moradores! O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira comunica que nesta sexta-feira (10), das 7 às 15 horas, o fornecimento de água na Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio de Peixe será interrompido para manutenção preventiva.

A ETA Rio de Peixe abastece os bairros Santa Ruth, Santa Marta, Monsenhor José Lopes, Valença, Fênix, Belvedere e João XXIII.

Concurso do Saae – Fundep publica gabarito oficial

O concurso do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira foi realizado no último domingo (5). Dos 1.222 inscritos, a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), organizadora do processo seletivo, registrou a ausência de 232 candidatos, ou seja, 18,99%. Ainda segundo a Fundep, até 20% de falta é considerado normal. O concurso foi encerrado às 18 horas sem quaisquer imprevistos.

Para acessar o gabarito oficial, clique aqui.

Em maio – Saae dará início à modernização de hidrômetros na área urbana

No próximo dia 2, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira dará início ao inédito programa de modernização dos hidrômetros ativos na área urbana do município. O objetivo é garantir o registro correto do consumo de água para os clientes e para a autarquia.

A ação, prevista para começar em fevereiro deste ano, foi adiada devido aos atrasos dos fabricantes no fornecimento das peças. No entanto, conforme o cronograma original, que segundo Leonardo Ferreira Lopes, diretor-presidente do Saae, continuará o mesmo, ao longo do ano serão trocados aproximadamente 12 mil hidrômetros.

Nesta mesma ação, o Saae também mudará o local de instalação do equipamento para que a fiscalização dos técnicos não dependa da presença do proprietário. Segundo dados da autarquia, cerca de 600 imóveis contam com o hidrômetro na parte interna.

O programa será executado pela empresa Hura, por meio de profissionais treinados, capacitados, uniformizados e devidamente identificados. É importante ressaltar ainda que a troca do medidor não gera obra e nenhum custo para o cliente. “Além disso, o proprietário será convidado a presenciar a ação e assinar a ordem de serviço sem qualquer gasto”, destacou Leonardo Lopes.

Em tempo

O processo começou com o envio de notificações – entregues pelos servidores do Saae –, divididas em 11 regiões. O primeiro lote contemplará os bairros Centro, Pará, Penha, Vila Paciência, Moinho Velho, Vila das Nações Unidas e Vila Cisne, que totaliza 1.426 aparelhos.

O hidrômetro é um equipamento de precisão utilizado para medir e registrar o consumo de água em um imóvel. Itabira conta com aproximadamente 33 mil aparelhos instalados pelo Saae e aferidos de acordo com as normas do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), o que garante eficiência na medição dos volumes consumidos.

De acordo o diretor-presidente do Saae, o hidrômetro deve ser trocado a cada cinco anos por recomendação do Inmetro. “Porque é a vida útil do equipamento. Depois deste período, sua medição é inferior à realidade. Inclusive, identificamos alguns com mais de 30 anos de uso”, explicou Leonardo Lopes.

Ainda segundo ele, o atual modelo dos hidrômetros instalados na cidade é o velocimétrico, que oferece uma tecnologia desatualizada. A troca será para o modelo volumétrico, “que dará mais precisão aos registros, pois mede o volume preenchido na câmara interna, diferente do antigo, que mede por meio da velocidade do fluido que passa pela turbina”, ressaltou o responsável pela autarquia.

É necessário registrar que foi primeira vez que o Saae avaliou o parque de hidrômetros itabiranos e decidiu investir em um modelo melhor. A autarquia adquiriu também um software para definir o melhor momento e qual equipamento deve ser substituído. Com isso, o Município adotará, anualmente, a política de troca dos hidrômetros.

* imagem ilustrativa

Alto da Gaivota – Prefeitura realiza obras de pavimentação para novo acesso ao bairro Pedreira

Visando melhorar o acesso da população à parte alta do bairro Pedreira, a Prefeitura de Itabira iniciou no mês de março, obras de pavimentação da via que liga o bairro à rodovia MG-434, no trecho conhecido como Corta Madeira. Os trabalhos seguem intensos e devem ser concluídos em até dois meses.

O prefeito Ronaldo Magalhães esteve no local e ressaltou que o principal objetivo da obra é proporcionar mais conforto aos moradores da parte alta do Pedreira, que impossibilita o acesso de automóveis e ônibus. “Esse bairro existe há mais de 50 anos e tive a oportunidade, no passado, de implantar o ensino médio e o PSF (Programa de Saúde da Família), urbanizamos ruas e fizemos redes de esgoto. Fico feliz porque agora tenho novamente a oportunidade de trazer benfeitorias para essa comunidade”.

Ainda segundo Ronaldo Magalhães, “a obra está avançada e acredito que dentro de 60 dias será finalizada. Portanto, as pessoas não terão mais que subir toda essa via a pé, elas serão atendidas pelo transporte público”.

Para Isaías Flávio, produtor rural, a pavimentação das vias contribuirá para a economia local. “Há anos falam em fazer essas ruas e, graças a Deus, chegou o dia. Estou na roça, fazendo a terra produzir para mim e outros mais. É um ganho para o meu trabalho também. Estamos muito felizes e só temos a agradecer”, declarou.

Já o pedreiro Elson Gonçalves da Conceição Santos esperava o asfaltamento desde sua mudança para o bairro. “Tem quatro anos que moramos aqui e esperamos esta obra. Estamos muito satisfeitos com a força dada à nossa comunidade e, com certeza, isso vai mudar a vida de muita gente”.

pedreira_1

Água

A Prefeitura está solucionando também outro problema da parte alta do bairro Pedreira: a constante falta d’água. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira executa a construção de um quilômetro de rede de água, que irá melhorar o abastecimento.

De acordo com Ronaldo Lott, “existe uma tubulação, mas ao longo do tempo os moradores fizeram ligações domiciliares de forma não planejada. Com isso, a pressão da água não é suficiente para encher o reservatório e abastecer todos os moradores. Com o investimento do Saae, a água chegará ao reservatório e terá pressão para resolver o problema”, explicou o secretário.

Segundo Leonardo Ferreira Lopes, diretor-presidente do Saae, a implantação da nova rede de água é prioridade, será concluída ainda este mês e solucionará definitivamente a questão.O esforço do Saae representa o comprometimento, carinho e compromisso do prefeito Ronaldo com Itabira. Esse arruamento, aliado à distribuição de água justa e perfeita, proporcionará desenvolvimento e dignidade àquela comunidade”, garantiu o diretor-presidente da autarquia.

Utilidade Pública – Falta d’água nas ruas W-30 e W-56

Nesta tarde de segunda-feira (1º), devido ao rompimento acidental de uma adutora da Estação de Tratamento de Água (ETA) Pureza, localizada no bairro Gabiroba, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira informa que as ruas W-30 e W-56 estão com o abastecimento comprometido.

No entanto, técnicos da autarquia já atuam no local e o abastecimento será normalizado até amanhã (2).

Emprego – Inscrições para concurso do Saae encerram amanhã

Os interessados em disputar uma vaga no quadro de funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira têm até as 20 horas, desta quarta-feira (27), para participar do processo seletivo.

As inscrições são feitas, exclusivamente, no endereço eletrônico www.gestaodeconcursos.com.br. As taxas são de R$ 40 para os cargos de nível fundamental, R$ 70 para os níveis médio e técnico e R$ 100 para as carreiras superiores.

As provas objetivas – primeira etapa do concurso – serão aplicadas no dia 5 de maio, no turno da tarde, com duração total de três horas para os cargos de nível fundamental e quatro horas para os níveis médio, técnico e superior.

Oportunidade

O Saae oferece 38 vagas, distribuídas na região urbana e nos distritos Senhora do Carmo e Ipoema, para cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior – artífice (16), mecânico (2), soldador (1), operadores de máquinas (4) e de estação de tratamento (6), técnicos em meio ambiente (1), eletrônica (2), edificações (1) e mecânica (1), engenheiros eletricista (1) e sanitarista (1), contador (1) e advogado (1) – além, ainda, de duas vagas para cadastro reserva – topógrafo e engenheiro mecânico.

Scroll To Top