quinta-feira , 19 julho 2018
Você está aqui: Capa | Saae | Água

Arquivo da categoria: Água

Assinatura dos Feeds

Saae amplia convênio com bancos para conta de água

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Itabira comunica que a partir desta sexta-feira (22), as contas do SAAE também serão quitadas nas agências dos bancos do Brasil, Mercantil do Brasil e Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicob), além das lotéricas e agências da Caixa Econômica Federal, já credenciadas na autarquia.

É importante ressaltar ainda que, desde o ano passado, o posto de atendimento do Saae (rua Gonzaguinha, nº 28, no bairro Esplanada da Estação) também recebe o pagamento das faturas somente com cartão de débito.

Utilidade pública – Defeito em equipamento de reservatório interrompe abastecimento de água em diversos bairros

Na noite desta quinta-feira (12), o rompimento de uma válvula no reservatório do Milhão, localizado no Juca Batista, interrompeu o abastecimento de água nos bairros Amazonas, Hamilton e João XXIII.

De acordo com informações do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira, apesar de concluir o reparo do equipamento no mesmo dia, a entrada de ar na rede continuou impedindo o abastecimento. Esse segundo problema foi solucionado às 9 horas desta sexta-feira (13) e normalizou o processo. No entanto, segundo o Saae, a rede de água volta a ser “alimentada” gradativamente.

Nova Estação de Tratamento de Água – População do Carmo já recebe água com mais qualidade

Diversos moradores de Senhora do Carmo acompanharam nesta ensolarada manhã de domingo (8), o prefeito Ronaldo Magalhães, em companhia do diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Leonardo Lopes, inaugurar oficialmente a nova Estação de Tratamento de Água (ETA) do distrito. Também participaram da solenidade, a vice-prefeita Dalma Barcelos, os secretários Ilton Magalhães (Governo), Ronaldo Lott (Obras, Transportes e Trânsito), Fernando Muniz (Auditoria), Robson Souza (Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente), José Don Carlos Alves (Desenvolvimento Econômico), José Gonçalves Moreira (Educação) e Marli Rosa (Assistência Social); o assessor Celso Matosinho da Silva (Gestão, Programas e Metas), a superintendente Martha Mousinho (Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade) e o administrador distrital, José Américo Guedes. Marcaram presença ainda, Neidson Freitas, presidente do Legislativo Municipal e Laudívio Carvalho, deputado federal.

No entanto, conforme informação do prefeito, os moradores do distrito já têm acesso a mais quantidade de água, com melhor qualidade desde o dia 22 do mês passado, quando o Saae concluiu os testes na nova ETA. “Já recebemos retorno da comunidade de que a água melhorou em todos os aspectos”, afirmou Ronaldo.

Segundo Leonardo Lopes, diretor-presidente do Saae, a nova estação conta com tecnologia de última geração. “Além de ser um equipamento de maior porte, tem uma tecnologia mais atualizada, sendo o que há de mais moderno na prática do tratamento de água no Brasil e no mundo”. Sobre a capacidade, o presidente da autarquia explicou que a nova ETA produz 15 litros de água por segundo (l/s). “Lembrando que, em média, a ONU (Organização das Nações Unidas) estabelece que um l/s é capaz de atender em torno de 330 pessoas. Então, este empreendimento tem capacidade para abastecer uma população de até seis mil pessoas”.

A diferença desta ETA para a anterior, de acordo com o diretor-técnico do Saae, Jorge Martins Borges, “é a capacidade de tratar a água com variações de turbidez muito mais elevada. No caso da antiga, o tipo de decantador não admitia tanta variação. Além disso, a antiga produzia 8 l/s”. Ainda segundo ele, “Tem que levar em consideração a influência da própria urbanização, ao longo dos 30 anos, que fez a água apresentar variações bruscas de turbidez. Com a nova ETA, conseguimos então, melhorar a qualidade da água”, garantiu Jorge Borges.

Para Ronaldo Magalhães, a nova estação atende a uma “antiga” reinvindicação da comunidade e promove saúde pública. “Água é saúde e tivemos que fazer uma nova ETA para trazer qualidade, quantidade e conforto para o distrito. Muitas vezes, os administradores públicos se esquecem que a água e o esgoto são fatores importantes para a saúde pública e isso, além de ser nossa preocupação, é também uma responsabilidade, pois temos que levar qualidade de vida para as pessoas”.

A professora Maria Imaculada de Souza, 68 anos, moradora do distrito desde 1976, disse que sempre contou com oscilações na qualidade da água. “Muito preta antigamente. Depois melhorou um pouquinho, mas nunca ficou totalmente boa”. A moradora ressaltou também, que além do acesso à inédita qualidade da água, “a obra melhorou o visual do local, assim como trará mais saúde pra gente”. Já o empresário carmense, João Carlos Coelho de Oliveira, disse acreditar que “qualidade é tudo, porque sempre tivemos muita variação na água e não podíamos fazer nada, a não ser comprar, principalmente a água para consumir. Acho que agora isso acabou”, comemorou.

Novos investimentos

O diretor-presidente do Saae informou que ainda este ano a autarquia irá transformar a antiga ETA de Senhora do Carmo em duas novas estações. “Nos próximos dias vamos retirar a ETA antiga para reformar e ela será readequada em duas grandes unidades, uma será instalada na Serra dos Alves e a outra na região do Chapada”. Leonardo Lopes informou também a estimativa do valor deste serviço. “Como ainda não tiramos o equipamento para fazer a manutenção, eu estimo que será um investimento na ordem de R$ 100 mil”. Sobre o tempo da obra, “vamos trabalhar para que a conclusão dessas instalações ocorra ainda este ano. O que podem ser empecilhos são os procedimentos de licitação, que têm prazos distintos e podem atrasar a nossa vontade”.

Novos investimentos em obras de captação de água em Senhora do Carmo e a construção da Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR) também foram anunciadas, durante a solenidade, pelo prefeito Ronaldo Magalhães e por Leonardo Lopes.  “A UTR permite a recirculação de até 5% da produção da água e, se tudo der certo, será inaugurada ainda no final do ano. Acreditamos que será um investimento de R$ 200 mil”, concluiu o diretor-presidente do Saae.

Água de qualidade – Prefeitura inaugura nova ETA em Senhora do Carmo

Os moradores de Senhora do Carmo terão mais quantidade de água e com mais qualidade a partir deste domingo (8), quando o prefeito Ronaldo Magalhães inaugura a nova Estação de Tratamento de Água (ETA) do distrito, às 10 horas.

A Prefeitura investiu, no total, R$ 708.944,89 neste empreendimento. A nova ETA produz 15 litros de água por segundo, com capacidade para atender a cinco mil habitantes. Para o prefeito, esta obra, iniciada em agosto do ano passado, irá solucionar o problema da qualidade da água em Senhora do Carmo, “já que a atual ETA foi instalada há 30 anos e não comporta mais a demanda”, ressaltou. Ronaldo Magalhães lembrou ainda, que a ETA era uma reivindicação atinga da comunidade, “que agora contará com mais volume de água totalmente tratada. Isso é uma questão de saúde pública, pois o Carmo recebia água de má qualidade há algum tempo”.

Prefeitura irá concluir reservatório de água em dois meses

Uma das soluções encontradas pela Prefeitura para resolver os problemas do abastecimento de água em Itabira será finalizada em 60 dias. A obra do reservatório de água no bairro Alto dos Pinheiros – com capacidade para 2,6 milhões de litros – já concluiu a parte externa do empreendimento.

O reservatório vai resolver grande parte o problema da água em nossa cidade. Não é a solução definitiva, mas é muito importante para a população dos bairros Campestre, Bela Vista, Nova Vista, Eldorado e São Francisco, que contará com o abastecimento normal mesmo no período de estiagem”, afirmou Ronaldo Pires Lott, secretário municipal de Obras, Transporte e Trânsito (SMOTT).

Ainda segundo ele, a caixa d’água já se encontra no tamanho definitivo e, no momento, passa pelo processo de impermeabilização interna. “Em seguida, vamos fazer os testes hidráulicos, que é começar a encher com água, tanto a de caminhão pipa como a da chuva, para verificar possíveis vazamentos”, explicou Ronaldo Lott.

O novo reservatório será abastecido com a água tratada da Estação de Tratamento de Água (ETA) Gatos, atualmente em obras de ampliação que permitirão a captação de água do Ribeirão Girau para injetar mais 100 litros por segundo (l/s) no abastecimento do município. “Junto a isso, já estamos fazendo a adutora que vem lá dos Gatos, com uma nova tubulação para trazer essa água para o reservatório”, explicou Ronaldo Lott, que destacou ainda a finalização da obra nos próximos dois meses. “Precisa de muita água para o reservatório, que só ficará plenamente cheio em agosto ou setembro. Mesmo porque, antes disso, temos que fazer testes e no primeiro ciclo vamos encher até a metade”, concluiu o secretário.

Prefeitura inicia testes na nova ETA Senhora do Carmo

A Prefeitura, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira, iniciou ontem (20), testes na nova Estação de Tratamento de Água (ETA) do distrito Senhora do Carmo, com inauguração prevista para o próximo dia 8 de abril.

De acordo com Frederico Sander, gerente de produção do Saae, na tarde de ontem, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) readequou o padrão de energia da ETA, “serviço que não comprometeu o abastecimento de água no distrito, já que o reservatório estava cheio”, explicou. Ainda segundo o gerente, os processos iniciais de tratamento de água serão iniciados nesta sexta-feira (23), ação que interromperá o fornecimento de água em Senhora do Carmo. “Será necessária a paralisação da ETA para realizar a limpeza da adutora de água tratada, que só pode ser feita com o procedimento de corte na rede que interliga a nova ETA ao reservatório”. Possivelmente, segundo Frederico Sander, o serviço será finalizado no final do dia.

Pureza

Também na tarde desta quarta-feira (20), a ETA Pureza interrompeu o fornecimento de água em vários bairros – Gabiroba, Santa Tereza, Hamilton e Jardim dos Ipês – “devido a um serviço da Cemig que não foi programado com o Saae”, ressaltou o gerente Frederico Sander. No entanto, segundo ele, a ETA Pureza já normalizou o bombeamento de água.

Prefeitura recupera poço artesiano do Areão

Conforme anunciado pelo diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira, Leonardo Ferreira Lopes, no final do mês passado, parte da reforma de um dos poços artesianos do Sistema Areão de Abastecimento – paralisado desde janeiro de 2016 – será concluída hoje (27).

A obra, inciada na quinta-feira da semana passada (21/9), tem como objetivo aumentar em até 21 litros por segundo (l/s) a capacidade de produção de água no local. De acordo com Leonardo Lopes, “o poço estava paralisado aguardando manutenção, que estava orçada em R$ 150 mil na gestão passada. Então, fizemos a licitação este ano e vamos executar o serviço por R$ 86 mil”. Ainda segundo ele, o funcionamento do poço estava comprometido devido ao excesso de areia. “Esta etapa da obra resume-se na execução de 168 metros de tubulação de aço de oito polegadas, de 100 metros de filtro galvanizado, sopro e limpeza. Estes serviços estão previstos para terminar hoje”, explicou o presidente da autarquia.

Já na próxima semana, a última etapa da obra será o fornecimento da água, por meio da instalação de uma nova bomba, “que garante os 21 l/s em nossa produção, volume suficiente para atender a cinco mil pessoas”, concluiu Leonardo Lopes.

Prefeitura apresenta avanço nas obras de ampliação e modernização das ETAs

Em visita aos diversos canteiros de obras, que executam melhorias nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) da cidade, o diretor-presidente do Serviço Autônomo da Água e Esgoto (Saae), Leonardo Ferreira Lopes, apresentou a evolução dos trabalhos.

De acordo com ele, a Prefeitura já está em fase de conclusão na construção da Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR) da ETA Pureza, cumprindo a legislação ambiental que determina o reaproveitamento da água utilizada em alguns processos da estação. “Essa obra estava paralisada desde o ano passado, mas com grande esforço do prefeito Ronaldo, retomou seu desenvolvimento e já estamos quase concluindo”, afirmou Leonardo Lopes que, explicou ainda, o objetivo do empreendimento. “A UTR permite recircular a água que utilizamos no processo de limpeza dos filtros que, antes, era eliminada. Com isso, economizamos uma quantidade significativa de água nesse momento de escassez”. Sobre a conclusão da UTR, o secretário municipal de Obras, Ronaldo Pires Lott, afirmou que será em até dois meses.

Já a ETA Gatos, passa por obras de ampliação que irão permitir a captação de água do Ribeirão Girau para injetar mais 100 litros por segundo (l/s) no abastecimento de água tratada no município. Ainda de acordo com o Ronaldo Lott, a construção do reservatório de água, com capacidade para 2,6 milhões de litros, no bairro Alto dos Pinheiros, também está em nível avançado.

Prefeitura alerta população para falta de água nos próximos meses

Diante do período de estiagem entre os meses de junho a setembro, característico do inverno, a Prefeitura de Itabira, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), alerta a população para um possível racionamento do recurso nos próximos meses.

Todos os mananciais reduziram drasticamente a oferta de água”, afirmou Leonardo Lopes, diretor-presidente do Saae. Somente na área urbana, segundo ele, as Estações de Tratamento de Água (ETA) Pureza e Gatos produziam 383 litros de água por segundo (l/s), valor correspondente a 65% da água produzida nesta área – sendo 44% ETA Pureza (168 l/s) e 21% ETA Gatos (90l/s). “Hoje, a ETA Gatos caiu para 41 l/s e a Pureza para 82 l/s, ou seja, estão produzindo em média apenas 47% da capacidade normal”, ressaltou o diretor-presidente da autarquia.

Ações emergenciais serão implantadas pelo Saae para amenizar os efeitos da estiagem. De acordo com Leonardo Lopes, a primeira medida será reforçar os reservatórios, Gatos com a captação emergencial no Jirau de 35 l/s e, Pureza, com um reforço de 50 l/s buscado na região do Candidópolis, ambos por meio de motobombas movidas a gerador. “Assim, Gatos passará de 41 para 76 l/s e Pureza de 82 para 132 l/s. Lembrando que, mesmo com esses reforços, continuamos com valores inferiores à produção nominal”, salientou o diretor-presidente do Saae.

Para a Organização das Nações Unidas (ONU), o consumo ideal de água por habitante é de 110 litros por dia. Em Itabira, segundo Leonardo Lopes, a média é de 180 litros por habitante. “É necessário que todos os itabiranos façam uso consciente da água para que o recurso não falte e que não tenhamos que decretar racionamento em nossa cidade”, alertou.

Outras medidas

Nos próximos dias, segundo informações do Saae, será iniciada a reforma de um dos poços artesianos do Sistema Areão de Abastecimento, que irá aumentar em até 10 l/s a capacidade de produção de água no local. O processo de licitação já foi concluído e o valor do investimento será de R$ 86 mil.

De acordo com Leonardo Lopes, a ampliação e modernização da ETA Gatos, obra em andamento, irá dobrar a produção de água, “já que terá acréscimo de 100 l/s”. A obra será concluída no segundo semestre de 2018. Também em andamento, segundo ele, um estudo sobre a execução do anel hidráulico – construção de seis quilômetros de rede para interligar os sistemas Gatos e Pureza – obra com valor estimado em R$ 4 milhões.

Em março deste ano, o Saae lançou a possibilidade de uma Parceria Público-Privada (PPP), onde foi realizado um estudo de viabilidade para a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) do rio Tanque, obra – aproximadamente R$ 80 milhões – que apenas o Município não poderia financiar. Segundo Leonardo Lopes, o estudo tem parecer favorável do Saae e já está em análise na Prefeitura de Itabira.

Indicadores

Além da redução no fornecimento de água das ETAs Pureza e Gatos, de acordo com dados do Saae, não sofreram alterações as produções das ETAs Rio de Peixe, que continua em 30 l/s; Três Fontes com 50 l/s e, Areão, em 45 l/s. Assim como na zona rural do município, Ipoema continua produzindo 18 l/s; Senhora do Carmo 10 l/s e, os poços artesianos dos bairros Chapada, Boa Esperança e Barro Branco seguem fornecendo 6,56 l/s.

Prefeitura assina ordem de serviço para nova ETA em Senhora do Carmo

No final da tarde da última sexta-feira (11), na sede da administração distrital de Senhora do Carmo, o prefeito Ronaldo Magalhães assinou a ordem de serviço para iniciar a obra de instalação da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) de Senhora do Carmo, prevista para começar na próxima semana.

Devido ao embargo judicial do processo de licitação para a nova ETA, iniciado no ano passado, a empresa Arcoverde Engenharia, Consultoria, Treinamento, Fiscalização e Projetos Ltda – vencedora da licitação – ficou impedida de executar os serviços. De acordo com o diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira, Leonardo Lopes, o departamento jurídico a Prefeitura solicitou ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais uma conclusão para o processo. “Por meio de sentença, a empresa Arcoverde foi autorizada a prosseguir com a obra e, a partir de agora, teremos a oportunidade de oferecer uma água de melhor qualidade para o nosso distrito”. Além disso, segundo ele, a nova ETA é uma necessidade para o distrito Senhora do Carmo, “já que a atual não comporta mais a demanda”, esclareceu Leonardo Lopes.

Para o prefeito Ronaldo Magalhães, os distritos precisam da mesma atenção que é dada ao restante do município. “A região rural precisa ser olhada como o centro da cidade é olhado e a água tem um fator especial, pois não é apenas uma obra, é uma questão de saúde pública”. De acordo com o prefeito, no período chuvoso, mesmo com o tratamento “a água em Senhora do Carmo fica turva e sem a qualidade que precisa”, ressaltou.

Na próxima semana, como informou Leonardo Lopes, a construção da nova ETA será iniciada, inclusive a contratação de mão de obra. “O processo de montagem do canteiro de obra será iniciado nos próximos dias e a empresa também começará a contratação de pessoas, exclusivamente de Senhora do Carmo”, revelou o presidente do Saae.

ETA

A Prefeitura investirá R$ 310.576,85 para a construção da nova ETA Senhora do Carmo que, de acordo com informações do Saae, deve ficar pronta em seis meses. O empreendimento produz 15 litros de água por segundo, com capacidade para atender a cinco mil habitantes.

A atual estação de tratamento do distrito, segundo Leonardo Lopes, irá atender, depois da obra, a população dos bairros Chapada, Boa Esperança e Barro Branco que, hoje, contam com poços artesianos. “E a solução definitiva para esses bairros é a construção de uma ETA, inclusive, anseio antigo dos moradores”, avaliou o presidente que, ressaltou ainda, as boas condições da ETA Senhora do Carmo para o número de habitantes dessa região. “A ETA Senhora do Carmo está em perfeitas condições, ela só não atende mais a população do distrito, que cresceu nos últimos 30 anos, quando a ETA foi instalada”.

Scroll To Top