quarta-feira , 17 janeiro 2018
Você está aqui: Capa | Educação

Arquivo da categoria: Educação

Assinatura dos Feeds

Educação em Itabira/MG

Ronaldo Magalhães e deputados visitam Colégio Tiradentes

Na manhã desta terça-feira (9), o prefeito Ronaldo Magalhães, em companhia dos deputados Reginaldo Lopes (federal) e Cristiano Silveira (Estadual), visitou as dependências do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM) – unidade Doutor José de Grisolia (antiga Escola Estadual Doutor José de Grisolia) – no bairro Novo Amazonas. Também acompanharam a visita, a vice-prefeita Dalma Barcelos, o diretor da Gerência Regional de Saúde, Alexandre Faria Martins da Costa, “Alexandre Banana”, e os secretários municipais Gustavo Milânio (Chefe de Gabinete) e José Gonçalves Moreira (Educação). Em seguida, o prefeito reuniu a imprensa no auditório da Prefeitura, para dar mais detalhes sobre a unidade de ensino militar.

O colégio, que já conta com os serviços da diretoria de ensino da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), se prepara para o início do ano letivo – no próximo dia 5 – desde a semana passada, quando serviços de limpeza e reorganização do espaço estão sendo executados. As inscrições para dependentes de militares (policiais e bombeiros) começam amanhã (10) e para a sociedade civil, na próxima segunda-feira (15). O processo deve ser feito pelo site da PMMG, de acordo com o público-alvo.

Para o secretário de Educação, José Gonçalves Moreira, a unidade do colégio militar é um marco de Itabira para a sociedade. “O Colégio Tiradentes vai mostrar que a escola tem solução e que a escola pública tem qualidade. Além disso, servirá de exemplo para as demais. Vejo um ganho muito grande. É um parceiro novo que teremos e vai beneficiar, não só os filhos de militares, mas toda a comunidade”, ressaltou.

Já o deputado federal, Reginaldo Lopes, disse acreditar que é fundamental para o município que abriga um batalhão da Polícia Militar, “contar com a experiência do Colégio Tiradentes no processo de formação educacional.”. O deputado ressaltou ainda, que o número de alunos filhos de militares será menor na unidade Doutor José de Grisolia, fato que ameniza as críticas de quem considera o CTPM um privilégio para apenas uma parcela da sociedade. “É bom dizer que o colégio vai nascer com mais alunos da sociedade civil. As vezes, as pessoas acham que é um privilégio para um setor ou uma categoria, mas não. É um atendimento justo a uma parte de servidores do Estado que prestam serviços dinâmicos na segurança pública. Mesmo assim, a instituição também atende parte da comunidade civil que deseja estudar lá. Aqui, o colégio já nasce com quase o dobro de alunos da sociedade civil, pois incorporara todos os alunos da antiga escola”, acrescentou Reginaldo Lopes.

O prefeito Ronaldo Magalhães lembrou a todos que Itabira disputou com 14 municípios esta nova unidade do CTPM. “São poucas cidades do estado que conseguiram ter. Nós disputamos com 14 municípios e o Reginaldo (Lopes) me disse ‘é a última oportunidade, não sabemos quando vai ter outro novo Colégio Tiradentes’. Principalmente, levando em consideração a dificuldade financeira que o país, o estado e os municípios estão. Então, trabalhamos muito e todos ajudaram, falo que não é um ou dois, todo mundo colaborou. Reginaldo e Cristiano (deputados) foram, no lado político, muito importantes para esta vitória”, declarou o prefeito.

Escola

Durante a coletiva de imprensa, a sargento Elielma Silva Almeida, representante da diretoria de ensino do CTPM de Itabira, informou que a instituição irá aceitar 540 alunos este ano, sendo uma turma de até 35 alunos para cada ano do ensino fundamental I e II, com exceção do 9º ano que contará com duas turmas, assim como todos os anos do ensino médio. As turmas do 1º ao 5º ano estudarão à tarde e as demais, no período da manhã.

Ainda segundo a sargento, além das vagas reservadas para os filhos de militares, também estarão garantidos os ex-alunos da extinta Escola Estadual Doutor José de Grisolia que queiram estudar na escola militar, o que corresponde a 144 cadeiras. As vagas destinas à sociedade civil, como explicou a sargento, serão sorteadas na Diretoria de Educação Escolar e Assistência Social (Deeas), em Belo Horizonte.

O Colégio Tiradentes da Polícia Militar é uma instituição pública de ensino e, por isso, não cobra mensalidade. No entanto, segundo informação do Deeas, os alunos precisam adquirir os livros didáticos, além do uniforme. Os valores variam de acordo com cada série. Em média, mais de R$ 500 para os livros e acima de R$ 400 para os uniformes.

Afirmando que esses valores são elevados para as famílias dos alunos da antiga escola estadual, o prefeito Ronaldo Magalhães garantiu o custeio dos kits para esses estudantes. “Eu fiz um compromisso porque parte dos alunos são de famílias mais carentes. Então, fizemos um convênio com a polícia e daremos o uniforme e o material escolar aos alunos renascentes do José de Grisolia. Já estamos trabalhando nisso”, concluiu o prefeito.

Classificação Final – Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Educação – Edital 010/2017.

AUXILIAR DE CRECHE

ARTIFICE DE OBRAS

ASSISTENTE DE VIDA DIARIA

ASSISTENTE TECNICO ADMINISTRATIVO

ESPECIALISTA EM EDUCACAO

MERENDEIRO ESCOLAR

MONITOR DE CRECHE

NUTRICIONISTA

PROFESSOR ED. INF. E SERIES INICIAIS – BRAILLE

PROFESSOR ED. INF. E SERIES INICIAIS – LIBRAS

PROFESSOR SERIES FINAIS – ARTE

PROFESSOR SERIES FINAIS – CIENCIAS

PROFESSOR SERIES FINAIS – ED. FISICA

PROFESSOR SERIES FINAIS – ENSINO RELIGIOSO

PROFESSOR SERIES FINAIS – GEOGRAFIA

PROFESSOR SERIES FINAIS – HISTORIA

PROFESSOR SERIES FINAIS – INFORMATICA

PROFESSOR SERIES FINAIS – INGLES

PROFESSOR SERIES FINAIS – MATEMATICA

PROFESSOR SERIES FINAIS – PORTUGUES

PROFESSOR ED. INF. E SERIES INICIAIS – APOIO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

PROFESSOR SERIES INICIAIS – REGENCIA ED INFANTIL

SERVENTE ESCOLAR

PROFESSOR ED. INF. E SERIES INICIAIS – APOIO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

CLASSIFICACAO – PCD

PROFESSOR SERIES INICIAIS – REGENCIA DE ANOS INICIAIS

 

DECISÃO DOS RECURSOS QUANTO A ANÁLISE DOS TÍTULOS – Processo Seletivo Simplificado da SME- Edital 010/2017

2017 – 12 – 11 – RESULTADO DOS RECURSOS DA ANALISE DE TITULOS

ERRATA – RESULTADO DA ANÁLISE DE TÍTULOS – Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Educação – Edital 010/2017

2017 – 12 – 05 – ERRATA – SERIES FINAIS – INFORMATICA

RESULTADO DA ANÁLISE DE TÍTULOS – Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Educação – Edital 010/2017

2017 – 12 – 04 – ASSISTENTE DE VIDA DIARIA

2017 – 12 – 04 – ASSISTENTE TECNICO ADMINISTRATIVO I

2017 – 12 – 04 – AUXILIAR DE CRECHE

2017 – 12 – 04 – ESPECIALISTA EM EDUCACAO

2017 – 12 – 04 – MERENDEIRO ESCOLAR

2017 – 12 – 04 – MONITOR DE CRECHE

2017 – 12 – 04 – NUTRICIONISTA

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE ED. INFANTIL E SERIES INICIAIS – BRAILLE

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE ED. INFANTIL E SERIES INICIAIS – APOIO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE ED. INFANTIL E SERIES INICIAIS – INTEPRETE E TRADUTOR DE LIBRAS

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE SERIES FINAIS – ARTE

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE SERIES FINAIS – EDUCACAO FISICA

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE SERIES FINAIS – INGLES

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR DE SERIES FINAIS – MATEMATICA

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR ED. INFANTIL E SERIES INICIAIS – REGENCIA ANOS INICIAIS

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR ED. INFANTIL E SERIES INICIAIS – REGENCIA ED. INFANTIL

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR SERIES FINAIS – CIENCIAS

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR SERIES FINAIS – ENSINO RELIGIOSO

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR SERIES FINAIS – GEOGRAFIA

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR SERIES FINAIS – HISTORIA

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR SERIES FINAIS – INFORMATICA

2017 – 12 – 04 – PROFESSOR SERIES FINAIS – PORTUGUES

2017 – 12 – 04 – RESULTADO TITULOS – CANDIDATOS PCD

2017 – 12 – 04 – SERVENTE ESCOLAR

2017 – 12 – 04 – ARTIFICE DE OBRAS

RESULTADO DA ANÁLISE DOS RECURSOS – Homologação das Inscrições – Processo Seletivo da Secretaria Municipal de Educação- Edital 010/2017

2017 – 11 – 17 – RESULTADO DA ANALISE DOS RECURSOS

2017 – 11 – 17 – RESULTADO DA ANALISE DOS RECURSOS

2017 – 12 -05 – HOMOLOGACAO- SUMULA 473-STF

Prefeitura realiza conferência para debater desenvolvimento do Plano Municipal de Educação

Seguindo o cronograma estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC), a Prefeitura de Itabira realizará amanhã (17), a Conferência Municipal de Educação com o tema “A Construção do Sistema Integrado de Educação Pública de Minas Gerais e a Implantação dos Planos de Educação”. O evento acontecerá na Escola Municipal Professora Antonina Moreira – rua Tabelião Hildebrando Martins da Costa. Bairro Água Fresca – a partir das 13 horas.

De acordo com José Gonçalves Moreira, secretário municipal de Educação, o objetivo da conferência é garantir os direitos conquistados no Plano Municipal de Educação (PME), por meio de um debate com a sociedade itabirana que abordará diversas questões, como por exemplo, economia, piso salarial, valorização da carreira, desafios da educação inclusiva, temas transversais – ecologia, racismo, empreendedorismo etc – e os desafios do ensino no contexto do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Antes dos debates, no entanto, haverá uma palestra com o filósofo e teólogo Alvimar Alves da Rocha, também professor da Fundação Getúlio Vargas.

Estarão presentes, segundo informações da Secretaria Municipal de Educação (SME), gestores das redes municipal e estadual de ensino, profissionais da educação, estudantes, pais e membros do Conselho Municipal de Educação. Os debates serão mediados pelo secretário municipal de Educação.

Saiba mais

Em outubro deste ano, a Prefeitura promoveu o 3º Encontro de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação, evento que reuniu 20 cidades mineiras, além de Itabira, para avaliar o desenvolvimento do Plano Municipal de Educação (PME) de cada município e adequá-los ao Plano Nacional de Educação (PNE).

Visando o avanço na política de atendimento educacional, o PME foi elaborado em 2015 com a participação de representantes de escolas municipais, estaduais, técnicas, faculdades e universidades. No plano, foram definidas metas que devem ser cumpridas pelo Município nos próximos dez anos – até 2025.

Escolas municipais apresentam projetos do programa Cultura Empreendedora

Na próxima terça-feira (14), no Seminário Regional de Educação Empreendedora, os alunos da rede municipal de ensino irão apresentar os projetos criados no programa Cultura Empreendedora nas Escolas. O evento, realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Minas Gerais, será na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), a partir das 8h30.

Esta mostra de resultados, segundo José Gonçalves Moreira, secretário municipal de Educação, também possibilitará que as 18 escolas participantes, ressaltem o processo de criação desenvolvido ao longo do ano letivo, “além da oportunidade que os alunos terão de vivenciar um evento empreendedor com várias atrações interessantes”.

A programação do seminário, de acordo com o Sebrae, tem como objetivo gerar novas ideias e, ainda, dialogar sobre o novo modelo de educação empreendedora com educadores e alunos de vários municípios mineiros. Além da apresentação dos projetos itabiranos, serão realizados espetáculo “Ciência em Show”, palestras com estudantes e professores de outros estados e, o painel “Novos olhares sobre a educação”. O evento será encerrado às 18h30.

Programa

O Cultura Empreendedora nas Escolas faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae, e busca soluções educacionais com professores e alunos, atuando no desenvolvimento de competências empreendedoras e inserção no mercado de trabalho. Para isso, cada escola participante elege uma ideia empreendedora para desenvolver um projeto que seja rentável financeiramente. O programa é trabalhado com alunos dos 1º ao 6º ano do ensino fundamental I.

Parceria com o Inhotim prepara professores para contato com a arte

A Prefeitura de Itabira apresenta amanhã (20), às 16 horas, no auditório do Paço Municipal, a parceria com o Instituto Inhotim para implantar na rede municipal de ensino o projeto educativo Descentralizando o Acesso.

O projeto oferece aos educadores da rede pública um contato abrangente com a arte e tem como objetivo principal preparar os professores que visitam o museu com os seus alunos, para atuarem com autonomia nas galerias, podendo, inclusive, ensinar os temas recorrentes do acervo no ambiente escolar. “Por meio de encontros de formação, visitas com alunos e atividades dentro e fora do Inhotim, os professores poderão desenvolver novas práticas educativas em sala de aula, inspirados nas obras de arte expostas no museu”, explicou Sandra Duarte, coordenadora do projeto em Itabira. Também é proposta do Instituto Inhotim incentivar os educadores a investigarem as escolas onde atuam, bem como a cidade, para que seja possível criar processos de reconhecimento e construção de identidades que valorizem a memória e o patrimônio cultural.

Para José Gonçalves Moreira, secretário municipal de Educação, a Prefeitura pretende com esta parceria, valorizar a arte no ensino fundamental. “Nossa intenção é que professores e alunos tenham acesso aos artistas contemporâneos porque o estudo da arte é importante para a formação dos jovens”, avaliou.

Neste ano, segundo a Secretaria Municipal de Educação (SME), 23 professores irão participar do programa e alunos das escolas municipais Coronel José Batista, Cornélio Penna, Américo Giannetti e Água Fresca, do 2º ao 4º ano, visitarão Inhotim. No ano que vem, como informou a SME, todos os professores da rede municipal irão participar do processo de formação. Desde 2008, de acordo com o Instituto Inhotim, o projeto já atuou em 17 municípios mineiros, recebeu a visita de 73.193 alunos e, formou 4.273 professores.

Saiba mais

O Instituto Inhotim abriga um complexo museológico com uma série de pavilhões e galerias com obras de arte e esculturas expostas ao ar livre, em um modelo diferente dos museus urbanos. Além disso, é a única instituição brasileira que exibe continuamente um acervo de excelência internacional de arte contemporânea.

A principal característica do Inhotim é a relação entre arte e natureza, que possibilita aos artistas criarem e exibirem suas obras em condições únicas. Já o espectador, percorre os jardins, as paisagens de florestas e os ambientes rurais para vivenciar as obras de arte, que estão em constante transformação.

Prefeitura conclui evento que avalia o Plano Municipal de Educação

O 3º Encontro de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação, realizado desde ontem (2) no auditório da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (SMDUMA) – Mata do Intelecto –, foi encerrado hoje com a participação do prefeito Ronaldo Magalhães.

O evento reuniu 20 cidades mineiras – Dionísio, Ferros, Itambé, João Monlevade, Passabém, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Maria de Itabira, Santo Antônio do Rio Abaixo, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal, São Sebastião do Rio Preto, Marliéria, Jaguaraçu, Bela Vista de Minas, Santana do Paraíso, Braúnas, Mesquita e Joanésia – além de Itabira, com o objetivo de avaliar o desenvolvimento do Plano Municipal de Educação (PME) de cada município. De acordo com o secretário municipal de Educação, José Gonçalves Moreira, o Ministério da Educação (MEC) dividiu o país em áreas para monitorar o cumprimento dos planos educacionais. “Cada um tem o seu plano, que varia de acordo com a realidade de cada município. Mas, o PME precisa se adequar ao Plano Nacional de Educação (PNE). Por isso, os encontros são coordenados por um representante do MEC, que é o responsável por conferir o desempenho de cada equipe”.

Esta é, inclusive, uma determinação da Lei Federal 13.005/2015”, afirmou Glória Giúdice, avaliadora educacional do MEC, que definiu o encontro como uma ferramenta para auxiliar os Municípios a implementarem o PME. “Ontem e hoje, nós trabalhamos a questão da consonância do plano municipal com o plano nacional. Verificamos todos os pontos, principalmente os que deveriam ter para estar em consonância com o PNE”, explicou a avaliadora. Ainda segundo ela, desde a criação dos planos municipais, em 2015, o monitoramento é contínuo, feito por meio dos encontros, internet e conferências.

O PME tem o prazo de dez anos para ser cumprido e, segundo José Gonçalves, todas as questões relacionadas à Educação são estabelecidas pelo plano. “É nele que tratamos o aumento do número de vagas nas creches, questões da educação infantil, salário de professor, eleição direta para diretor etc. Enfim, o nosso foi estabelecido em 2015 e será cumprido até 2025”.

Sobre o desempenho das 21 cidades, Glória Giúdice garantiu que “praticamente” 100% estão em fase adiantada na avaliação. “Praticamente todos deste grupo estão adiantados nos trabalhos que realizamos em cima dos desafios propostos, além de 100% de presença nos municípios”, frisou. Já o secretário municipal, afirmou que o desempenho

do plano de Itabira está adiantado. “Nós prestamos conta dos últimos dois anos na audiência pública (realizada em agosto) e posso dizer que estamos bem na fita, ou seja, estamos cumprindo com as vagas nas creches, na educação infantil e na universalização do ensino, onde mais pessoas podem concluir o primeiro e o segundo grau”. O próximo passo, segundo ele, é realizar uma conferência municipal sobre o PME até dezembro deste ano.

Para o prefeito Ronaldo Magalhães, apoiar medidas estaduais e federais, contribui indiretamente para o PME. “Quando apoiamos as escolas estaduais, para que mais alunos tenham segundo grau e, apoiamos ainda a criação de novos cursos técnicos e superiores, isso também faz parte, indiretamente, do plano municipal de educação”. O prefeito disse ainda, que devido à complexidade da Educação no país, “muitas vezes os governos Estadual e Federal não conseguem acompanhar os pequenos detalhes de cada Município. Portanto, é papel do Município fazer a sua parte bem-feita, principalmente na Educação, que nos permite, juntos, buscar uma condição melhor para a sociedade”, concluiu Ronaldo Magalhães.

Scroll To Top