quinta-feira , 4 junho 2020
Você está aqui: Capa | Destaques | Nova administração – Prefeitura recebe Fundação São Francisco Xavier para assinar contrato de gestão do HCC
Nova administração – Prefeitura recebe Fundação São Francisco Xavier para assinar contrato de gestão do HCC

Nova administração – Prefeitura recebe Fundação São Francisco Xavier para assinar contrato de gestão do HCC

O prefeito Damon Lázaro de Sena recebeu na tarde dessa segunda-feira (5) os diretores da Fundação São Francisco Xavier (FSFX) para a assinatura do contrato de gestão do Hospital Carlos Chagas (HCC). A solenidade aconteceu em seu gabinete com a presença de vereadores e secretários. O documento contém as especificações técnicas que devem ser cumpridas pela nova administradora.

O contrato foi assinado pelo prefeito Damon Lázaro de Sena, diretor da Fundação São Francisco Xavier Luiz Mário Araújo, o secretário municipal de Saúde Reynaldo Damasceno Gonçalves, o Procurador – Geral do Município Alfredo Lage Drummond e o vereador Sueliton Cordeiro de Sousa. A FSFX administra o renomado Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. Agora gerenciará o HCC, em substituição à Funcesi, no novo modelo da instituição de saúde: 100% do atendimento para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O diretor da entidade, Luiz Mário Araújo, ressaltou que a FSFX está ciente da responsabilidade que tem, e veio para fazer o melhor. “Vamos prestar assistência com qualidade e respeito ao usuário do sistema público de Itabira e região. Fazer uma medicina que possa agregar para todos. Temos disposição e convicção de que criaremos uma referência positiva, e que se traduza em benefícios a população. A Fundação está satisfeita e se sente honrada em administrar este grande hospital”.

Reynaldo Damasceno, enfatizou que a atual administração trabalhou muito para melhorar as condições de atendimento à população nos dois hospitais da cidade. “Pegamos um processo judicial onde não foi cumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Agradeço ao Ministério Publico a condução desse processo, do qual foi o autor e de toda as pessoas que contribuíram para que hoje o HCC passe a ser público com atendimento para todos pelo SUS.”.

O prefeito Damon Lázaro de Sena disse que o objetivo da mudança em transformar o HCC em 100% SUS é atender melhor a maioria das pessoas que mais necessitam e que n~ão tem plano privado. Ressaltou ainda que acredita na eficiência do trabalho que a FSFX prestará em Itabira. “Eu, como médico, sei da qualidade do serviço prestado no Hospital Márcio Cunha. São estes índices de qualidade que buscamos para Itabira e região. O HCC da forma que estava, tinha um sistema injusto para a maior parte da população. É uma estrutura pública e a proposta era de atender 60% SUS e 40% privado. No entanto, isso só acontecia na internação de enfermaria. No ambulatório e bloco cirúrgico essa não era a realidade. Agora, todos tem a mesma oportunidade e atendimento. Esse é um processo construído pela Prefeitura, legislativo, judiciário e sociedade organizada. Praticamos a verdadeira governança e quem ganha com isso é a população”.

Saiba como será a transição da Funcesi para a FSFX:

A Transição é divida em três fases:

  • 1º Fase (21 de janeiro a 30 de março)

O HCC, sob a administração da Funcesi, mantém seu atendimento regular.

  • 2ª Fase (31 de março a 20 de abril):

O HCC, ainda sob administração da Funcesi, inicia o novo perfil, com atendimento exclusivo para os usuários do SUS. Neste 1º momento serão apenas atendimentos internos, ou seja, não haverá mais atendimento para os Planos de Saúde, nem para o Pronto Atendimento. Todos os atendimentos de Urgência e Emergência deverão ir para o Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI).

  • 3ª Fase (Início em 21 de abril):

O HCC passa para a administração da FSFX. Os atendimentos ainda serão apenas internos para pacientes do SUS. A mudança do perfil de atendimento, bem como a abertura de novos leitos (expansão dos atuais 51 leitos SUS para 130 leitos), ocorrerá gradativamente com o acompanhamento da Secretaria Estadual de Saúde e do Ministério da Saúde.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top