segunda-feira , 10 agosto 2020
Você está aqui: Capa | Destaques | Novembro Azul – Prefeitura de Itabira realiza campanha sobre prevenção do câncer de próstata
Novembro Azul – Prefeitura de Itabira realiza campanha sobre prevenção do câncer de próstata

Novembro Azul – Prefeitura de Itabira realiza campanha sobre prevenção do câncer de próstata

A Prefeitura de Itabira já iniciou a campanha Novembro Azul no município. A ação tem o objetivo de alertar a população sobre o câncer de próstata e a importância dos exames preventivos, que podem identificar a doença no estágio inicial e aumentar a possibilidade de cura. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que, em 2018, 68.220 novos casos foram identificados no país. Em Itabira, durante todo o mês haverá atividades sobre o tema nas unidades do Programa Saúde da Família (PSF) e na Policlínica.

Dentro da programação, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o público poderá participar de palestras e blitz educativa. Haverá também uma intensificação dos exames de ultrassonografia da próstata para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares Assis Figueiredo, todos os exames que estavam aguardando agendamento serão realizados até o fim de dezembro.

Uma novidade para este ano é a oferta de 500 exames de sangue relacionados ao Antígeno Prostático Específico (PSA), disponibilizados pelo Laboratório Silveira. Esta iniciativa ocorrerá no sábado (30), na sede da Acita, das 8 às 12 horas, onde os interessados realizarão os testes gratuitos. Não é necessário agendamento nem estar com pedido médico. Para realização do exame, os homens acima de 45 anos devem comparecer ao local com documento de identificação com foto e fazer 3 dias de abstinência sexual. Não é necessário estar em jejum. Na oportunidade, haverá ainda uma palestra com o médico urologista Christiano Drummond. Rosana Linhares ressalta que a parceria da SMS neste evento do Laboratório Silveira será a garantia de acompanhamento pela rede pública de saúde para os usuários do SUS que tiverem alteração nos exames.

Infelizmente, os homens, em sua grande maioria, não têm a cultura da prevenção. Por isso, é tão importante mobilizá-los para que busquem hábitos de vida mais saudáveis, com alimentação adequada e exercícios físicos e façam seu controle de saúde regularmente. O câncer de próstata, se diagnosticado no estágio inicial, pode-se obter um percentual muito alto de cura. A prevenção é o melhor remédio”, declarou a secretária de Saúde.

Em tempo

A Sociedade Brasileira de Urologia aponta que o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas dos tumores de pele. Os fatores de risco para desenvolvimento da doença são: idade (cerca de 62% dos casos são registrados acima de 65 anos), histórico familiar, raça (maior incidência entre os negros), alimentação inadequada e obesidade.

A instituição alerta que o câncer de próstata pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes. Geralmente, não apresenta sintomas na fase inicial: quando alguns sinais começam a aparecer, aproximadamente 95% dos tumores já estão em estágio avançado. Os principais sintomas são: dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência e presença de sangue na urina e/ou no sêmen. O tratamento da doença é definido conforme a fase do tumor e as características do paciente.

Mesmo com a falta de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir anualmente ao urologista para fazer o exame de toque retal (método indolor e rápido, que permite ao médico avaliar alterações da próstata), além do exame de sangue PSA.

novembro azul

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top