sábado , 21 setembro 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: capacitação

Arquivos de Tag: capacitação

3ª Semana do Turismo – Abertas inscrições para workshops gratuitos

A 3ª Semana do Turismo de Itabira segue a todo vapor. Dentro da programação muitas palestras, shows, atividades culturais e esportivas. Para aqueles que buscam opções de capacitação, o evento oferece workshops gratuitos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/MG).

Para participar dos cursos, é necessário efetivar as inscrições, mediante doação de um pacote de fralda geriátrica, na sede do Senac/MG (Praça Dr. Acrísio Alvarenga, 07 – Edifício Praça Sete, Centro), das 9 às 20 horas, nesta quinta-feira (19) e sexta-feira (20). As fraldas arrecadadas serão doadas a instituições itabiranas.

Os workshops acontecem entre os dias 23 e 27 deste mês, no Senac/MG Unidade Itabira, das 13h às 17h30. São oferecidas 20 vagas por turma. A idade mínima para participar é de 16 anos. Cada curso tem carga horária de 9 horas. Confira a programação:

23 e 24/09 (segunda e terça-feira): Excelência no Atendimento ao Cliente

24 e 25/09 (terça e quarta-feira): Técnicas para recepcionistas em meios de hospedagem

26 e 27/09 (quinta e sexta-feira): Empreendendo no Turismo

Capacitação – Servidores municipais fazem treinamento com equipe da Caixa Econômica Federal

Na tarde desta quinta-feira (29), no auditório da prefeitura, gestores das secretarias municipais de Saúde (SMS), Educação (SME), Assistência Social (SMAS); Obras, Transportes e Trânsito (SMOTT); Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), Agricultura e Abastecimento (SMAA), Desenvolvimento Urbano (SMDU), Fazenda (SMF), Planejamento e Gestão (Seplag) e Gabinete do Prefeito receberam técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF) – gerência Governador Valadares –, para uma capacitação de procedimentos operacionais referentes aos contratos que utilizam verbas federais.

Também acompanharam o curso a vice-prefeita Dalma Barcelos, os secretários Deoclécio Fonseca Mafra, Ronaldo Lott Pires, Marcos Alvarenga Duarte, Geraldo Rubens Pereira, José Gonçalves Moreira, Maria Marli de Oliveira Martins Rosa e o assessor de Projetos e Captação de Recursos, José Wilson Campos.

O objetivo do encontro foi apresentar o passo a passo para facilitar a gestão dos recursos originados dos Orçamento Geral da União (OGU) e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), esse, destinado às áreas de habitação, saneamento básico e infraestrutura.

Segundo Ronaldo Lott, o treinamento serviu, principalmente, para atualizar os processos da União e permitir que os contratos sejam desenvolvidos da “melhor maneira possível”. “São operações que sofrem mudanças e o corpo técnico da prefeitura, funcionários comissionados e de carreira, precisam dessa atualização constantemente. As técnicas explicaram hoje como é o processo desde o presidente da república até a conclusão das obras. Além disso, Itabira tem financiamentos e parcerias com o Governo Federal, muitos deles vinculados à Caixa”, explicou o secretário.

Para Cristina Márcia de Oliveira Jesus, assistente de Programas e Projetos Municipais, o curso favoreceu ainda o relacionamento entre as instituições. Tivemos a oportunidade de compreender melhor o fluxo de processos dessa natureza, dirimir dúvidas para facilitar a gestão dos projetos e otimizar a interação entre a Caixa e todas as áreas envolvidas da Prefeitura”, observou.

WhatsApp Image 2019-08-29 at 16.39.48

WhatsApp Image 2019-08-29 at 16.39.48 (1)

Saiba mais

O repasse de recursos federais do OGU é constituído por transferências voluntárias e obrigatórias para estados, municípios, Distrito Federal, instituições públicas e entidades não-governamentais sem fins lucrativos, por meio de programas e ações previstos na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei do Orçamento Anual (LOA), aprovadas todos os anos no Congresso Nacional.

Os atores envolvidos no manuseio dessas verbas são os gestores dos programas de repasse (ministérios), o proponente/tomador (Estado, Distrito Federal, Município ou entidade privada), que é a pessoa jurídica beneficiária do repasse, a CEF na qualidade de mandatária da União e o beneficiário final, que é a grande razão de todo o trabalho.

Educação Multiplicadora em Saúde Pública – Programa de capacitação da Diretoria de Zoonoses continua em Itabira

Com as palestras Educação Ambiental no Controle da Leishmaniose e Guarda Responsável e Bem-Estar Animal, Diretoria de Zoonoses segue capacitando servidores públicos e comunidade sobre os conceitos das principais doenças e infecções transmitidas ao homem pelos animais

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde/ Diretoria de Controle de Zoonoses, continua com as atividades do Programa de Educação Multiplicadora em Saúde, iniciadas em março deste ano. Desta vez, quem assistiu às palestras Educação Ambiental no Controle da Leishmaniose e Guarda Responsável e Bem-Estar Animal foram as equipes dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Itabira. O encontro aconteceu na sexta-feira (9), no auditório da Prefeitura.

Com duração de três horas, a capacitação foi ministrada pela bióloga e mestre em Ciência e Tecnologia Ambiental, Maria Natália Costa e Silva. De acordo com a servidora, o objetivo do programa é consolidar os conceitos das principais zoonoses presentes em Itabira, e de guarda responsável e bem-estar de cães e gatos para controle populacional.

Formatura – Servidores da Prefeitura recebem certificados de conclusão do curso de Libras

A tarde dessa quinta-feira (11) foi especial para 22 servidores da Prefeitura que concluíram o curso de Língua Brasileira de Sinais (libras). Iniciada em março deste ano, a capacitação foi promovida pela Superintendência de Recursos Humanos do Município, por meio da Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DDRH), com o objetivo de facilitar a vivência de pessoas surdas em situações comuns do dia a dia. A entrega dos certificados aconteceu no auditório da Prefeitura. Entre os presentes na solenidade estava a secretária municipal de Administração, Maria Regina Silva Oliveira Camilo.

De acordo com a diretora de Desenvolvimento de Recursos Humanos em exercício, Carlina Cassiane Costa Rodrigues, participaram do curso os servidores itabiranos em contato direto com a população. “Por meio dessa capacitação, esperamos que os servidores não tenham dificuldades em atender deficientes auditivos e, ao mesmo tempo, promover a inclusão das pessoas surdas na sociedade”, disse a diretora.

Para a servidora da Secretaria Municipal de Assistência Social, Bruna Eliana de Souza Teixeira, valeu a penar participar da capacitação. A assistente social contou que nesta semana atendeu a um deficiente auditivo e aproveitou para colocar em práticas as lições que aprendeu no curso.

Nós que estamos na assistência, atendemos a todo tipo de público, principalmente àqueles ligados às questões de vulnerabilidade. E assim, vemos as dificuldades de uma forma geral. Essa semana, por exemplo, atendi a uma pessoa com deficiência auditiva e, se não tivesse feito esse curso, eu teria muita dificuldade para entendê-lo. Então, acredito isso é muito importante. A gente sempre tem que prestar um bom atendimento ao público”, explicou.

Após a entrega dos certificados, os alunos apresentaram mensagens de agradecimento na língua de sinais.

O Curso

É uma formação para nível básico, com carga horária de 40 horas. O treinamento foi ministrado pela professora da rede pública municipal e integrante do projeto Multiplicadores do DDRH, Simone de Oliveira e Silva é pedagoga, especialista em educação especial e intérprete de Libras pelo Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS). Esta é a segunda turma que conclui o curso.

Em tempo

Em 2002, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi legalmente reconhecida e aceita como segunda língua oficial brasileira, por meio da Lei Federal nº 10.436. Em 2005, com o Decreto Federal nº 5.626, a Libras foi regulamentada como disciplina curricular.

Já em Itabira, o prefeito Ronaldo Magalhães sancionou a Lei nº 4.955, em abril de 2017, que reconhece oficialmente a língua de sinais como meio de comunicação objetiva e de uso recorrente no município, estabelecendo ainda, recursos nos orçamentos anuais e plurianuais que possibilitem capacitar professores, servidores e empregados públicos para o uso e difusão da Libras.

Parceria Acita e CDL – Empresários itabiranos serão capacitados para desenvolver economia local

Antes das 8 horas desta quinta-feira (11), o auditório da Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita) já estava ocupado por empresários e gestores municipais. É que a Prefeitura, em parceria com Acita, Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead/UFMG), promoveu o Café Empresarial, uma iniciativa inédita desta gestão para desenvolver a economia itabirana.

Segundo Fernando Muniz da Neiva, secretário municipal de Auditoria Interna e Controladoria, o evento pode ser considerado um movimento para fortalecer o empresariado local. “Estamos criando condições para que os fornecedores itabiranos vendam mais para a Prefeitura, o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e Itaurb (Empresa de Desenvolvimento de Itabira)”.

Ainda de acordo com o secretário, cerca de R$ 100 milhões que o Município compra por ano, pouco mais de R$ 30 milhões são de fornecedores locais. “Ou seja, mais de 65% são empresas de fora da cidade. Nós precisamos equilibrar essa balança, esse é o nosso objetivo”, avaliou Fernando Muniz.

WhatsApp Image 2019-07-11 at 08.29.32

Evento

Para ampliar as compras locais e aumentar a competitividade das empresas, a equipe da Coordenadoria de Contratos da Prefeitura apresentou um indicativo e quantitativo de compras e prestação de serviços, explicando também a metodologia do cadastro para se tornar um fornecedor apto.

O importante é que o Município compre com qualidade e preço, mas nós queremos que seja, prioritariamente, de fornecedores locais. É importante que dinheiro circule na cidade para gerarmos outros movimentos: emprego e imposto local”, explicou Fernando Muniz.

Na próxima etapa, de acordo com ele, a Prefeitura irá trabalhar com os empresários na formação e preparação, “apresentando as diferentes modalidades de licitação para que eles possam conhecer melhor as regras do jogo e participar efetivamente. Nós vamos acertar um calendário com a Acita para realizar oficinas de capacitação”, finalizou o secretário.

Sala Mineira do Empreendedor – Capacitação sobre empreendedorismo e redes sociais

A Sala Mineira do Empreendedor oferece palestras gratuitas na próxima semana sobre empreendedorismo e redes sociais. Os eventos acontecem na terça-feira (25) e quinta-feira (27), das 19h às 21h, na sede da Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec Lab).

A palestra “Como utilizar as redes sociais para promover seu negócio” é uma oportunidade para aprender a gerenciar as ferramentas digitais da empresa e de se atualizar às novas tendências. Além disso, as plataformas estabelecem um diálogo constante com as pessoas, o que pode ser muito importante para conquistar clientes de confiança.

Para o superintendente de Controle, Estatística e Empreendedorismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), Lúcio Costa, fazer a gestão das redes sociais envolve muito mais que fazer publicações. “Pesquisas apontam que mais de 1 bilhão de pessoas no mundo utilizam as redes sociais e o brasileiro lidera o ranking. Consequentemente, o cliente também está presente nas redes e, mais importante que isso, ele espera que sua empresa também esteja”, acredita.

Já a palestra “Como se tornar um microempreendedor individual – MEI”, busca, entre outras coisas, apresentar e esclarecer aos interessados os benefícios de se tornar um microempreendedor individual (MEI), ou seja, aquele que trabalha por conta própria, tem registro de pequeno empresário e exerce uma das mais de 400 modalidades de serviços, comércio ou indústria.

A figura do MEI surgiu em 2008, com a Lei Complementar nº 128, buscando formalizar trabalhadores brasileiros que, até então, desempenhavam diversas atividades sem nenhum amparo legal ou segurança jurídica. Com a legislação em vigor desde 2009, mais de sete milhões de pessoas já se formalizaram como MEI”, explicou Lúcio Costa.

As atividades são abertas ao público e especialmente voltadas para empreendedores. Cada palestra será ministrada para um público de, aproximadamente, 25 pessoas. Os interessados podem obter os ingressos gratuitamente por meio da plataforma digital sympla (www.sympla.com.br).

A Uaitec Lab fica na avenida Duque de Caxias, 1240, bairro Esplanada da Estação. Outras informações pelos telefones 3839-2528, 3839-2531 e 3839-2522, ou pelo e-mail: salamineiraitabira@gmail.com.

Sala Mineira do Empreendedor

A Sala Mineira do Empreendedor é um espaço da Prefeitura de Itabira, coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT). O objetivo do local é oferecer orientações, informações e todo o conhecimento necessário para o desenvolvimento profissional do empreendedor.

Saúde na terceira idade – Sine Itabira capacita cuidador de idosos

Entrega de certificados aos participantes aconteceu na última quinta-feira (11)

Dezessete cuidadores de idosos, formados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com a agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Itabira, receberam treinamento pós-técnico na última quinta-feira (11). A capacitação aconteceu na sala de treinamentos do Sine.

Na ocasião, os profissionais participaram de diversas palestras: “Ética profissional e comportamento” (ministrada por Vivian Marques), “Relacionamento interpessoal e excelência profissional” (Cristiano Menezes), “Saúde e segurança – higiene profissional” (Eunice Félix) e “Como se tornar um MEI e microempreendedorismo” (Lúcio Henrique). Após o treinamento, palestrantes e formandos receberam certificados expedidos pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) – parceira do Sine Itabira em cursos de capacitação.

Saiba mais

O Sine Itabira promoveu, nos dias 14 e 15 de março, um programa de inserção no mercado de trabalho com o curso de Cuidador de Idosos, que foi direcionado aos recém-formados de uma escola técnica de enfermagem do município, captados por meio do Senar.

O objetivo do curso era especializar os alunos na atividade que está cada vez mais procurada no mercado de trabalho. Além disso, após a formação, o Sine disponibilizou os currículos dos participantes para os interessados em contratá-los. “Queremos que as pessoas tomem ciência de que no Sine de Itabira existe mão de obra qualificada e autorizada a atender a demanda da função de cuidador de idosos”, explicou, na época o gerente de projetos do Sine, Cristiano Menezes.

Ele ressaltou ainda que o contato será realizado por meio do cadastro do empregador feito por telefone ou na própria agência. São parceiros da Prefeitura de Itabira nesta ação, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Sindicato Rural de Itabira e Senar. Outras informações pelo telefone 3831-5188.

Capacitação – Curso de Libras é oferecido a servidores municipais

Em mais uma ação que busca valorizar o servidor municipal, a Prefeitura de Itabira oferece ao funcionalismo o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), nível básico. A iniciativa atende ainda um dos princípios do Governo Municipal: a inclusão. O curso vai abranger 30 servidores, de diversos setores, que fazem atendimento ao público.

Com uma carga horária de 40 horas, as aulas serão ministradas pela professora da rede pública municipal Simone de Oliveira e Silva, às quintas-feiras, das 14 às 17 horas, no auditório da Prefeitura. A capacitação terá início na tarde de hoje.

Em tempo

A capacitação faz parte das políticas de valorização da Superintendência de Recursos Humanos da Prefeitura. Por meio dessas políticas, o Município busca proporcionar ao funcionalismo o aprimoramento do trabalho e do desempenho profissional.

A instrutora Simone Silva, além de professora, faz atendimentos a surdos no Centro Municipal de Apoio Educacional (Cemae) de Itabira. Ela faz parte do programa Instrutor Interno de Treinamento e Desenvolvimento, da Secretaria Municipal de Administração (SMA). O projeto é mais uma atividade de valorização do servidor municipal e é coordenado pela Diretoria de Recursos Humanos.

Aula inaugural e visita técnica – Primeira turma de capacitação em Costura, Artesanato Sustentável e Bordado inicia atividades em Itabira

 

Na tarde desta sexta-feira (15), aconteceu a aula inaugural da primeira turma do curso de Capacitação em Costura, Artesanato Sustentável e Bordado, oferecido pela Prefeitura de Itabira, em parceria com o Instituto Igualdade, Transformação e Inovação Social (ITI). O prefeito Ronaldo Magalhães esteve presente no evento na sede I do ITI.

O projeto desponta após a assinatura de um Termo de Fomento celebrado entre o Município e o instituto. O documento prevê a criação de um núcleo cooperativo de trabalho voltado para o artesanato sustentável e costura, com a finalidade de desenvolver o empreendedorismo e a economia solidária em Itabira.

A capacitação tem carga horária de 280 horas/ aula de técnicas em costura, trabalhos manuais, bordado, artesanato sustentável, design e criatividade, aulas complementares e empreendedorismo e cooperativismo, e é direcionada para pessoas em condição de vulnerabilidade social (desempregados e famílias de baixa renda, por exemplo). Foram disponibilizadas 160 vagas. No entanto, em parceria com o projeto Costurando Vidas, idealizado pela promotora Giuliana Talamoni Fonoff, outras 20 vagas foram criadas para a qualificação profissional de mães e mulheres de detentos da Comarca de Itabira.

De acordo com o responsável pelo ITI, o estilista Ronaldo Silvestre, o curso é um exemplo onde as três dimensões da sustentabilidade são aplicadas: social, econômico e ambiental. Ele explicou que no aspecto social, os participantes em situação de vulnerabilidade aprendem um novo ofício. O econômico é quando os participantes começam a gerar renda e no que diz respeito ao aspecto ambiental, Silvestre ressaltou que, durante o curso, são reutilizados tecidos e resíduos têxteis que seriam descartados em aterros.

É motivador poder trazer para minha cidade o trabalho que tenho desenvolvido em outras cidades. A expectativa é grande porque em três dias foram preenchidas 80 vagas. E estamos propondo o novo: pelas mãos das mulheres a gente consegue propor soluções para o desemprego, para a crise e para uma série de situações. A gente não para para se perguntar de onde vêm nossas roupas ou quem as produziu. A partir do momento em que começamos a pensar nisso, começamos a entender a realidade do desenvolvimento sustentável”, argumentou.

Para o estilista, o projeto cria oportunidade de inserção no mercado de trabalho e proporciona uma nova perspectiva aos participantes para que eles possam ter mais autonomia e atuar como empreendedores.

Vamos qualificar as alunas no aspecto principal da costura. Elas vão aprender a fazer uma camiseta de malha, uma camisa social, uma calça jeans, uma calça de uniforme, por exemplo, para atender à demanda das empresas de uniforme que existem em Itabira. Temos uma parceria com uma dessas empresas, que já disponibilizou 20 vagas para as mulheres capacitadas pelo instituto. Pretendemos também, no processo de qualificação dentro do artesanato sustentável e do bordado, trazer uma revitalização, um novo frescor e o vigor do designer junto do artesanato para que ele possa ser vendido, não só aqui em Itabira, mas que a gente consiga colocá-lo no Circuito da Liberdade, em museus e espaços culturais, para levar o nome de Itabira”, explicou Ronaldo Silvestre.

Durante a aula inaugural e visita técnica, Ronaldo Magalhães conversou com as alunas e professores. O prefeito aprovou as instalações e materiais utilizados no curso. Além disso, o prefeito destacou a contribuição social e econômica do programa para o município.

Este é um programa bastante interessante, principalmente no que diz respeito à questão social, onde o Instituto ITI e a Prefeitura se propõem a contribuir no aprendizado dessas mulheres. Nesse momento, em que o desemprego é muito grande em todo o país, é uma oportunidade delas se qualificarem e trabalharem prestando este tipo de serviço. E com isso, vem a melhoria da renda dessas famílias. Então ficamos muito felizes”.

Letícia Porto é desenhista de projetos e está desempregada. No entanto, ela sempre se interessou por costura. Filha de uma costureira, Letícia viu na capacitação a oportunidade de realizar um sonho: o de aprender a costurar. “Já tive um negócio uma vez, mas eu só tratava de cortar a roupa porque era mais fácil para mim. Eu não conseguia costurar. E hoje eu quero costurar. Quero sentar na máquina e produzir. Tenho boas expectativas. Vai dar certo”, disse.

Dias 14 e 15 – Programa Cuidador de Idosos é tema de curso oferecido pelo Sine Itabira

A agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Itabira promoverá o programa de inserção no mercado de trabalho com o curso de Cuidador de Idosos. Ele é direcionado aos recém-formados de uma escola técnica de enfermagem do município, captados por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

A proposta tem como objetivo especializar os alunos nesta atividade cada vez mais procurada no mercado de trabalho. Além disso, após a formação, o Sine disponibilizará os currículos dos participantes para os interessados em contratá-los. “Queremos que as pessoas tomem ciência de que no Sine de Itabira existe mão de obra qualificada e autorizada a atender a demanda da função de cuidador de idosos”, explicou o gerente de projetos do Sine, Cristiano Menezes. Ele ressaltou ainda que o contato será realizado por meio do cadastro do empregador feito por telefone ou na própria agência.

Durante a formação, os alunos estudarão temas como Saúde e Segurança, Ética Profissional, Relacionamento Interpessoal e Como se Tornar Microempreendedor Individual (MEI). O curso acontecerá nos dias 14 e 15 deste mês, das 14h às 17h, na sala de treinamentos do Sine, que funciona na avenida das Rosas, 410, bairro São Pedro.

São parceiros da Prefeitura de Itabira nesta ação, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Sindicato Rural de Itabira e Senar. Outras informações pelo telefone 3831-5188.

Scroll To Top