terça-feira , 22 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: cesta básica

Arquivos de Tag: cesta básica

Assistência social – Prefeitura de Itabira concederá cartão-alimentação a famílias carentes

As famílias em vulnerabilidade social que recebem cestas básicas do Município terão, a partir de 2020, o benefício substituído por um cartão magnético para a compra dos alimentos, do tipo vale-alimentação. O Governo Municipal alinha a implantação do serviço com a empresa que venceu a licitação, a Itacard, e a expectativa é que a entrega dos cartões ocorra no mês de fevereiro.

O prefeito Ronaldo Magalhães destaca que a mudança dará autonomia aos usuários e movimentará o comércio local, já que até agora as famílias recebem cestas com itens definidos – comprados por meio de licitações, por vezes vencidas por empresas de fora. No próximo ano, os usuários terão a liberdade de escolher os produtos que melhor atendem suas necessidades.

É mais um avanço em nossa política de assistência social e beneficia sobretudo aqueles que mais precisam. Cada família poderá ir ao mercado com total autonomia de levar o arroz ‘a’ ou ‘b’, por exemplo, ou não levar o arroz, se tiver estoque em casa e comprar outro produto, inclusive verduras e frutas. Dessa forma valorizamos também nossos comerciantes – todos são beneficiados”, reforçou Ronaldo.

Otimização

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Maria Marli de Oliveira, o feito otimiza ainda o trabalho da administração pública. “Para a entrega das cestas básicas existem questões como armazenamento e conferência dos alimentos, logística de entrega e outros desafios”, citou.

O cartão terá valor inicial de R$ 113 por família (a quantia é inclusive maior que o preço médio das cestas básicas, de R$ 95) e sua carga e recarga funcionarão da mesma forma como é gerida a distribuição da cesta. O benefício atende usuários cadastrados e acompanhados por técnicos dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) e Centro de Referência Especializado de Atendimento à Mulher (Cream) – seções da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Aproximadamente 375 famílias (dado flutuante) são assistidas mensalmente com as cestas e receberão os cartões. A mudança do beneficio está amparada por lei autorizativa e decreto de regulamentação.

Novo levantamento – Procon informa custo da cesta básica em Itabira

A cesta básica em Itabira atingiu preço médio de R$ 252,61 nesta semana, informa novo levantamento feito pelo Procon do Município. O conjunto de alimentos e itens essenciais variou entre R$ 232,38 e R$ 268,79, em seis supermercados pesquisados nos dias 24 e 25 de setembro.

No comparativo com a pesquisa anterior, feita nos dias 17 e 18 deste mês, o preço médio da cesta básica caiu 0,4% (era R$ 253,64). Foram observados preços de 44 itens de alimentação, como grãos, massas, carnes, frios, frutas e legumes, e produtos de higiene e limpeza.

Clique aqui e veja a pesquisa completa.

Rotina

A Secretaria Executiva de Defesa do Consumidor – Procon Itabira – deu início ao levantamento de preços na semana passada. A sondagem será divulgada semanalmente pelo órgão vinculado à Prefeitura de Itabira.

A iniciativa atende à premissa do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que assegura o direito à informação prévia e adequada sobre preço de produtos e serviços oferecidos no mercado de consumo.

Orientações

O consumidor deve ficar atento a dicas importantes para que na hora da compra esteja ciente dos seus direitos e não seja lesado:

- Nas ofertas e promoções, o consumidor deve ficar atento aos anúncios e encartes publicitários dos supermercados, para que as ofertas sejam rigorosamente cumpridas;

- Alguns supermercados costumam reduzir o valor dos produtos próximos do vencimento. O consumidor deve tomar cuidado para não ser induzido a comprar uma grande quantidade sem necessidade;

- Se a gôndola tiver valor divergente do preço da caixa, passa a valer o menor preço informado;

- O supermercado não pode vender de forma fracionada, produtos que já vem do fabricante em embalagens padronizadas, como embalagem de iogurte ou papel higiênico;

- O supermercado não é obrigado a aceitar cheques, mas precisa avisar o consumidor previamente e de maneira clara, para evitar constrangimentos;

- O consumidor deve observar também a data de fabricação e vencimento dos produtos.

Onde fica?

O Procon de Itabira fica na avenida Mauro Ribeiro Lage, 586, loja 2, no bairro  Esplanada da Estação. O órgão atende nos telefones (31) 3839-2220 e (31) 3839-2943.

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Mercado de consumo – Procon Itabira lança serviço de divulgação do custo da cesta básica

Nesta semana, entre os dias 17 e 18/9, a Secretaria Executiva de Defesa do Consumidor – Procon Itabira – deu início ao serviço de divulgação do custo da cesta básica nos principais supermercados da cidade.

Pensando em oferecer mais comodidade e economia para os consumidores, a equipe do Procon irá comparar, semanalmente, os preços de 45 itens da alimentação (carnes frios, horta, pomar, granja, higiene pessoal e limpeza doméstica) em oito varejistas.

Por se tratar da primeira divulgação, segundo informações de Fabrício Chaves, secretário executivo do Procon Itabira, ainda não é possível determinar possíveis variações nos preços. “Registraremos alta ou deflação nas próximas semanas”, afirmou.

De acordo com o levantamento, o valor médio da cesta básica em Itabira é de R$ 253,64, sendo a mais barata (R$ 239,50) oferecida pelo supermercado Dia, no bairro Gabiroba, e a mais cara (R$ 262,72) no supermercado Pag Pouco, na região central.

Dicas

Para Talita Guerra, diretora do Procon Itabira, por ser uma rotina comprar em supermercados, as pessoas precisam conhecer seus direitos, “principalmente em determinadas situações”, apontou.

Segundo ela, nas ofertas e promoções o consumidor deve ficar atento aos anúncios e encartes publicitários dos estabelecimentos para que as ofertas sejam rigorosamente cumpridas. “Na hora de pagar tem que ficar atento ao registro, pois se na gôndola tiver valor divergente, prevalece o menor preço informado”.

Outra dica é prestar atenção nos produtos com valores reduzidos e com o vencimento próximo. “Tem que tomar cuidado para não ser induzido a comprar uma grande quantidade sem necessidade”, explicou Talita Guerra.

Além disso, o supermercado não pode vender de forma fracionada itens produzidos pelos fabricantes em embalagens padronizadas, “iogurte ou papel higiênico, por exemplo”. A diretora lembra ainda que na hora do pagamento o comerciante não é obrigado a aceitar cheque, mas precisa avisar o consumidor previamente e de maneira clara, para evitar constrangimentos.

Clique aqui para conferir a lista completa do Procon Itabira.

Scroll To Top