segunda-feira , 24 fevereiro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: cirurgias pediátricas

Arquivos de Tag: cirurgias pediátricas

Saúde – Mais um mutirão de cirurgias pediátricas foi realizado em Itabira

Neste fim de semana (5/10), no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), a Prefeitura de Itabira realizou o segundo mutirão de cirurgias pediátricas para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e da região.

Luéli Carolina Silva Souza, mãe do L.V.O.S., de 2 anos, acompanhou o filho no procedimento aguardado há quatro meses. “Ele foi diagnosticado com uma hérnia quando tinha 1,6 anos. O tratamento foi rápido e na semana passada tivemos a última consulta antes da cirurgia”, explicou a moradora do bairro São Pedro. No caso do L., segundo Luéli Souza, o processo começou pelo Pronto Socorro Municipal e, após a avaliação, seguiu para tratamento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Já o garotinho G.A.T.S., de 1,8 anos, recebeu tratamento cirúrgico para hérnia e hipospádia (condição em que a abertura do pênis fica na parte inferior e não na superior). “Foi feito um pedido pelo PSF (Programa de Saúde da Família), que estava encaminhado para Belo Horizonte. Mas, chegou um cirurgião aqui em Itabira, encaixaram ele e a cirurgia foi marcada com menos de dois meses”, contou a mãe do G., Rosana Alcântara da Silva Santos, do bairro Major Lage de Baixo.

O mutirão atende, desde setembro, pacientes de herniorrafias, orquidopexia, postectomias, hipospádia, hidrocele, entre outras demandas. De acordo com o cirurgião pediátrico Renato Rosa de Almeida, foram realizadas, no sábado, 11 cirurgias. “Os (procedimentos) mais comuns foram crianças que nasceram com o testículo fora do lugar e precisaram fazer uma orquidopexia e, hérnias umbilical e inguinal”.

O objetivo dos mutirões, além de satisfazer a demanda na rede pública, é proporcionar, com agilidade, as intervenções cirúrgicas nas crianças. “Algumas cirurgias, como a hérnia inguinal, assim que é diagnosticada tem que operar o quanto antes, porque a hérnia pode complicar, o que a gente chama de encarceramento ou estrangulamento, e deixar o caso pior”, avaliou o médico. No entanto, segundo ele, “começamos a trabalhar em Itabira no mês passado e estamos marcando as cirurgias o mais rápido possível, fazendo os mutirões e operando várias crianças no mesmo dia, atendendo, principalmente, a demanda do município”, declarou o pediatra Renato Rosa.

De acordo com Rosana Linhares, secretária municipal de Saúde, as cirurgias pediátricas em Itabira promovem atendimento humanizado à população. “Um dos benefícios das cirurgias é a realização no próprio município de domicílio da família, o que traz segurança e conforto, pois evita viagens e todo aquele processo de estrada”.

A secretária ressaltou que os mutirões trazem ainda benefício técnico para a cidade. “Por outro lado, tem a segurança técnica dessas cirurgias serem feitas por médico especialista em cirurgia pediátrica e realizadas no nosso hospital, pois temos uma capacidade muito elevada de controle desses procedimentos. Então, isso é uma característica técnica que nos favorece muito, já que a criança chega aqui com menos desgaste e vai ter segurança máxima durante o processo cirúrgico”, salientou Rosana Linhares.

2d814bc9-02e1-43f1-8774-e4de37362439

Luéli Souza, mãe do L.V.O.S., de 2 anos.

Saiba mais

O fluxo de acesso dos pacientes a esses procedimentos começa pela equipe de saúde da família. Após consulta com médico da unidade básica, onde é constatada a necessidade de avaliação por um especialista, que, por sua vez, identificará se o caso é de intervenção cirúrgica. “Às vezes é uma cirurgia urológica e outras uma cirurgia geral. São vários procedimentos cirúrgicos e o médico vai solicitar uma avaliação do especialista”, explicou a secretária.

Em seguida, se solicitado o tratamento cirúrgico, o procedimento volta à secretaria de saúde para o processo de agendamento e realização do pré-operatório/risco cirúrgico da criança. “Após tudo pronto e favorável, a cirurgia é marcada no hospital municipal, onde, uma vez por mês, faremos cirurgias pediátricas”, garantiu Rosana Linhares.

Novos procedimentos – HMCC oferece cirurgias pediátricas

A partir deste mês, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), passa a oferecer uma série de procedimentos cirúrgicos pediátricos para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e região. Realizadas no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) pelo conceituado cirurgião pediátrico Renato Rosa de Almeida, as cirurgias contemplam pacientes de herniorrafias, orquidopexia, postectomias, hipospádia, hidrocele, entre outras demandas.

No sábado (7), primeiro dia de realização dos procedimentos, foram realizadas cinco cirurgias e 30 consultas. De outubro em diante serão feitas, mensalmente, 10 cirurgias e 30 consultas.

Em forma de mutirão, as cirurgias são um plano de ação da SMS para satisfazer a demanda na rede pública. O atendimento no HMCC é feito exclusivamente por meio do SUS e o fluxo de atendimento inicia-se pela Unidade Básica de Saúde (UBS).

Sempre que necessário buscar auxílio, o usuário deve procurar primeiro a UBS de referência ao seu domicílio. Ao avaliar e cuidar de cada paciente, as equipes do Programa Saúde da Família (PSF) são responsáveis por direcioná-los para uma consulta com especialista ou exame de diagnóstico mais avançado no hospital, caso seja especializado. O paciente que necessitar de serviços hospitalares, no caso, cirurgias pediátricas eletivas, dará entrada no hospital a partir do encaminhamento do setor de Regulação da SMS, que realizará o agendamento para avaliação do caso.

Scroll To Top