domingo , 27 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Cultura (Página 2)

Arquivos de Tag: Cultura

Troca de experiências – Itabira sedia Encontro de Sistemas Municipais de Cultura

Itabira recebe o Encontro de Sistemas Municipais de Cultura das Cidades Históricas de Minas Gerais nesta quarta (12) e quinta-feira (13). O evento é promovido pela Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACH-MG) e Ministério da Cultura (MinC), com apoio da Prefeitura de Itabira. Uma das propostas do encontro é refletir sobre política e gestão cultural, enfatizando o fortalecimento do Sistema Municipal de Cultura (SMC).

As atividades ocorrem no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA). Na abertura, estiveram presentes o prefeito Damon Lázaro de Sena; a superintendente da FCCDA, Sônia Cristina Magalhães Alves; o coordenador-geral de Institucionalização e Monitoramento do Sistema Nacional de Cultura (SNC)/ MinC, Pedro Sérgio Lima Ortale; a representante da Secretaria de Estado de Cultura, Cesária Macedo; e a secretária-executiva da ACH-MG, Ana Alcântara.

“Ressalto que este encontro representa um marco não somente na gestão do prefeito Damon Lázaro de Sena, mas também na história da cultura itabirana. Pela primeira vez, nosso povo participa com o poder público da definição e implementação do Plano Decenal de Políticas Culturais em Itabira. O trabalho é gigantesco: nessa caminhada, precisaremos sensibilizar a população para que se identifique com esse processo e perceba a importância da participação nas ações em prol da nossa cultura”, afirmou Sônia Alves.

Damon Lázaro de Sena enumerou as riquezas existentes no município e as ações desenvolvidas em seu governo quanto ao setor cultural. “Com muito prazer, empossamos muitos conselhos municipais, como o de Cultura. No último evento realizado aqui no Centro Cultural, autorizei o lançamento do edital do Fundo Municipal de Cultura. Entendemos que criar o ambiente necessário para fomentar nossa diversificação econômica também passa pela cultura, no sentido de agregar valor e de atrair vários empreendimentos para a cidade”, disse.

“Com a troca de experiências quanto à atuação na gestão pública, vamos encontrando e equacionando soluções para os problemas que ocorrem em cada município. Em cada encontro, aprendo que precisamos trabalhar muito para consolidar o SNC para que o país tenha, de fato, um instrumento a serviço da gestão das políticas culturais e da sociedade brasileira”, comentou Pedro Ortale.

Em seguida, houve uma roda de conversa na qual foi apresentada a situação dos municípios de Itabira e São Gonçalo do Rio Abaixo sobre a implantação do SMC. À tarde, Pedro Ortale coordenou uma oficina de capacitação sobre elaboração de Planos Municipais de Cultura. Na quinta-feira, das 9h às 11h, ele ministrará uma palestra sobre processo seletivo e a nova plataforma do SNC.

Fortalecimento do setor – Conferência discute elaboração do Plano Decenal da Cultura

Na manhã desta sexta-feira (31), teve início a 4ª Conferência Municipal de Cultura em Itabira. O evento promovido pelo Conselho Municipal de Política Cultural de Itabira (CMPC), em parceria com a Prefeitura, aconteceu no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) reunindo artistas e representantes da sociedade civil. Os participantes vão discutir a elaboração do Plano Decenal de Cultura. O documento vai propor políticas públicas para melhorar o setor em Itabira nos próximos dez anos.

A conferência também homenageou João Camillo de Oliveira Torres pelo centenário de seu nascimento com o lançamento de um selo comemorativo. Houve ainda a leitura do poema “Alguma Poesia”, de Carlos Drummond de Andrade, pelo Drummonzinho Rafael Madeira e a execução do Hino Nacional pela cantora Rosa Márcia.

O prefeito Damon Lázaro de Sena ressaltou a importância da cultura e das discussões que acontecem durante as conferências. “Itabira inicia hoje mais um passo para o fortalecimento do setor cultural. O Governo Municipal sempre ouviu os artistas e continuará de portas abertas apoiando no que for necessário”.

O chefe do Executivo citou a adesão do Município ao Sistema Nacional de Cultura (SNC) e a importância da elaboração do Plano Decenal. Ele também autorizou a superintendente da FCCDA, Sônia Cristina Magalhães Alves, a lançar o edital de fomento do Fundo Municipal de Cultura de Itabira. “Vamos trabalhar para que estes recursos capitalizem nossos artistas, aos quais desejo todo o sucesso. Juntos fortaleceremos o setor econômico da cultura, formalizando os empreendimentos, gerando emprego e renda, além de promover uma agenda cultural dinâmica e com o artista itabirano como referência”.

Após a abertura, foram apresentados um diagnóstico do atual cenário itabirano e os trabalhos desenvolvidos pela FCCDA. As atividades terminam neste sábado (1º), às 13h. Os resultados dos trabalhos em grupo e as propostas para a composição do Plano Decenal serão divulgados às 11h, com a plenária final.

Aprovada a lei que institui o Dia Nacional da Poesia em homenagem a Carlos Drummond de Andrade

Publicada na última quarta-feira, 3 de junho, a Lei 13.131/2015 que sanciona o dia 31 de outubro como o Dia Nacional da Poesia. A data foi escolhida pelo senador paranaense Álvaro Dias (PSDB), autor da proposta original e homenageia o dia do nascimento de Carlos Drummond de Andrade, 31 de outubro.

Na justificativa de seu texto inicial no projeto de lei, o senador destaca a importância de se valorizar a cultura de um povo. Diz o texto: “No Brasil, o valor da cultura é reconhecido especialmente no art. 216 de nossa Carta Magna, o qual declara como patrimônio cultural os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, nos quais se incluem as formas de expressão e as criações artísticas. Entre estas, especial destaque merece a literatura, reconhecida e valorizada por nosso povo, e de cujo meio já brotaram alguns de nossos artistas mais estimados, como José de Alencar, Castro Alves, Cruz e Souza, Machado de Assis, Mário de Andrade, Jorge Amado, Manoel Bandeira, Rachel de Queiroz, Clarice Lispector, Cecília Meireles e Carlos Drummond de Andrade, para citar apenas alguns de uma numerosa plêiade.”

O senador explica ainda que a escolha de Drummond como representante nacional da poesia se deu de forma natural, sobretudo em função de sua inegável influência na literatura nacional e celebrado destaque no âmbito internacional. Suas obras foram traduzidas para diversos idiomas, como espanhol, inglês, francês, italiano, alemão, entre outros. Ao mesmo tempo, o poeta itabirano também se mostrou um importante tradutor para o português, de obras de grandes autores mundiais como Marcel Proust, Garcia Lorca e Molière.

Para a Prefeitura Municipal de Itabira a escolha de Drummond, patrono da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), como homenageado no Dia Nacional da Poesia, é motivo de grande orgulho. A FCCDA acredita no papel do poder público como incentivador do fazer cultural e trabalha incansavelmente na busca por mecanismos que consolidem a cultura como carro-chefe na construção da cidadania.

Festival internacional – Meninos de Minas viaja para os Estados Unidos

O grupo de formação musical Meninos de Minas viaja nesta terça-feira (28) para Hartford, capital do estado norte-americano de Connecticut, onde participa da nona edição do Samba Fest. Convidado, o prefeito Damon Lázaro de Sena assistiu ao ensaio do espetáculo que será apresentado nos Estados Unidos.

Para o prefeito, a participação do grupo itabirano num festival internacional, que leva a outros países a nossa cultura, é um orgulho e uma satisfação muito grande. “Além de ser bom para os músicos, que vão agregar conhecimento e voltarão mais ricos culturalmente, é bom para a cidade, pois eles poderão voltar e trazer novidades. É mais uma vez Itabira levando para além das fronteiras brasileiras, seus valores locais”, disse o prefeito ao desejar boa viagem e sucesso ao grupo.

O Meninos de Minas participa do festival a convite da organização.

Itabira pode ganhar título de Capital Nacional da Poesia

Na terça-feira (25), o deputado federal Lincoln Portela apresentou à Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) 8.141/2014, que concede à Itabira o título de Capital Nacional da Poesia, em homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Caso o PL seja aprovado pelo Congresso Nacional, a data comemorativa da concessão do título será 31 de outubro – dia do nascimento do poeta itabirano. No momento, a proposição aguarda despacho do presidente da Câmara dos Deputados.

De acordo com a justificação apresentada pelo deputado, Carlos Drummond de Andrade é “uma das mais eloquentes vozes da literatura brasileira e da poesia mundial no século XX”. O texto cita ainda que a cidade é berço do político e historiador Luiz Camillo de Oliveira Netto, do escultor Alfredo Duval e do fotógrafo Brás Martins da Costa. São “nomes que se acrescentam ao do poeta e reforçam a vocação de Itabira para o conhecimento, a cultura e o saber”.

Lincoln Portela menciona ainda que, atualmente, Itabira é um próspero município com 117 mil habitantes, possui um dos melhores Índices de Desenvolvimento Humano de Minas Gerais (0,756) e conta com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 5 bilhões, ou seja, a oitava arrecadação de todo o Estado.

O texto também apresenta as referências culturais do município: Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, mantenedora da Casa de Drummond (prédio histórico em que o poeta viveu parte da infância), Memorial Carlos Drummond de Andrade (projetado por Oscar Niemeyer), Fazenda do Pontal (que pertenceu à família de Drummond) e Casa do Brás (local onde funciona a Escola Livre de Música). O Museu de Território Caminhos Drummondianos, um dos poucos a céu aberto do país, e o Festival de Inverno que em 2014 chegou à 40ª edição ininterrupta, “como um dos mais antigos e mais importantes eventos da cultura e da arte brasileiras”, também são mencionados na justificação.

A esses pontos culturais juntam-se o Museu de Itabira, o Museu do Tropeiro, no distrito de Ipoema, e a Escola Municipal Coronel José Batista, o segundo grupo escolar aberto no Estado de Minas Gerais, em que estudaria o futuro autor de A rosa do povo. Anima-nos o sentimento de que, em nome do povo brasileiro, prestaremos a homenagem devida ao poeta itabirano Carlos Drummond de Andrade, pela obra com que soube fazer o mundo melhor e a vida mais bela”, concluiu.

Para o prefeito Damon Lázaro de Sena o PL 8.141/2014 demonstra a importância cultural do Município em todo o País. Ele agradeceu a iniciativa do deputado e reafirmou o compromisso da Administração Municipal na preservação e divulgação da obra de Drummond.

Prefeito sanciona lei que estabelece o Sistema Municipal de Cultura

O prefeito Damon Lázaro de Sena sancionou, no final da tarde de segunda-feira (29), a lei que estrutura, organiza e estabelece princípios e objetivos do Sistema Municipal de Cultura (SMC) de Itabira. A assinatura, ocorrida no auditório da Prefeitura, teve participação do presidente da Câmara, Rodrigo Alexandre Assis Silva, da superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), Sônia Cristina Magalhães Alves, e do presidente da Associação dos Músicos de Itabira (Amita), José Marçal da Fonseca Filho.

Os vereadores Ilton Araújo Magalhães, Marcela Cristina Lopes da Silva, Antônio Gonçalves Fernandes da Silva, Lúcio Mauro Dias e José Luiz Ferreira dos Santos, além de músicos, escritores, artistas plásticos e associados da Amita, que também acompanharam a solenidade. A lei, de autoria do prefeito, foi aprovada por unanimidade em segundo turno na Câmara no dia 23 de setembro. A publicação no Diário Oficial do Município ocorreu na manhã desta terça-feira (30).

Marçal Filho disse considerar a assinatura do documento um marco na história de Itabira. “Sempre procuramos uma melhor estrutura para o nosso trabalho, mas, antes, ninguém nos ouvia. Hoje é o dia que marca a força da cultura de nosso município e prova o porquê do título de cidade educativa”, afirmou o músico.

Sônia Magalhães também destacou a importância da lei, como instrumento de gestão de todas as ações culturais do município. “Estou muito feliz. Queria muito que todos tivessem a real consciência de que hoje é um marco na história cultural de Itabira”.

Damon Lázaro de Sena afirmou que a regulamentação da lei é fruto de um trabalho conjunto. Disse ainda que ela será o principal instrumento para promover o desenvolvimento de projetos culturais e também sociais. As coisas estão acontecendo não pelo trabalho apenas do prefeito, mas de toda uma equipe. É uma atuação conjunta para que as ações aconteçam de forma funcional. Falar de cultura e educação é falar de uma coisa só. A cultura em Itabira tem uma amplitude que talvez eu não conheça de forma profunda, mas agora abriremos as portas para que ela aconteça”, disse o prefeito. Que essa lei seja um mecanismo para a busca de conhecimento e formatação de bons projetos que tragam mais cultura para nossa população”, acrescentou.

Representantes de alguns segmentos culturais receberam, das mãos do prefeito, uma cópia da lei que cria o SMC em Itabira.

Saiba mais
Entre outras disposições previstas na lei, o SMC estabelece o papel do Poder Público Municipal na gestão da cultura, assegura os direitos culturais aos cidadãos itabiranos e fundamenta as políticas públicas, programas, projetos e ações no campo da cultura. O SMC será coordenado pela FCCDA e terá como instâncias de articulação, pactuação e deliberação o Conselho Municipal de Política Cultural e a Conferência Municipal de Cultura. O sistema abrangerá segmentos culturais, tais como música, artesanato, artes cênicas e plásticas, cultura popular e afro-brasileira, entre outras. A lei autoriza a Prefeitura a abrir crédito adicional especial de R$ 50.000,00 para cobrir despesas com o Fundo Municipal da Cultura (FMC), que é um dos instrumentos de gestão do SMC. 

Prefeito recebe integrantes do grupo Perecolândia

Na manhã de sexta-feira (15), o prefeito Damon Lázaro de Sena recebeu em seu gabinete os integrantes da Associação Cultural, Esportiva e Social Perecolândia (Acesp). No início deste mês, eles conquistaram o tricampeonato no Festival Estadual de Quadrilhas, durante o Arraial de Belô 2014. A competição aconteceu no início deste mês na Praça da Estação, em Belo Horizonte: a participação foi custeada por meio de convênio firmado com a Prefeitura.

O Chefe do Executivo Municipal parabenizou a Acesp pelo título conquistado e pelo trabalho social que estão desenvolvendo. “Vejo nesse movimento uma importância muito grande para a cidade, pois ele nasceu para investir nas pessoas. Temos que expandir essas parcerias e acredito que esse projeto também deve ter investimento da iniciativa privada para que, futuramente, o grupo possa caminhar com autonomia. São ações que devem ser reconhecidas, valorizadas e perpetuadas”.

O presidente Carlos Alberto Procópio dos Reis falou sobre os desafios encontrados e o entrosamento entre os 45 integrantes que compõem o grupo. Posteriormente, o integrante Jonathan Almeida agradeceu ao prefeito pelo apoio oferecido. “Apesar das dificuldades, a Prefeitura tem nos tratado com um respeito muito grande. Isso tem sido relevante para nós. Não tem enrolação, não tem falsas promessas. Há sempre uma boa vontade de ser parceira”, destacou.

Na ocasião, o grupo solicitou ao prefeito que seja analisada a possibilidade de disponibilizar um local para os ensaios. Apresentou também a necessidade de espaço para armazenamento adequado de materiais, como por exemplo os figurinos utilizados nas competições.

O Chefe de Gabinete, Jadir Eustáquio do Espírito Santo, afirmou que a Acesp trabalha com uma cultura que deve ser mantida e o envolvimento de todos os integrantes é necessário para alcançar o sucesso.

Inscrições abertas para oficina em Itabira sobre Fundo Estadual de Cultura

A Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG) e a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) promoverá em Itabira uma oficina de capacitação sobre o Fundo Estadual de Cultura (FEC). Os participantes poderão aprender sobre os procedimentos de elaboração, inscrição e avaliação dos projetos culturais. O evento  conta com o apoio da Prefeitura, que vai oferecer suporte logístico por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT).

A oficina será ministrada pelo superintendente de Fomento e Incentivo à Cultura da SEC, Felipe Rodrigues Amado Reis. Ele vai explicar sobre os processos relacionados ao programa que incentiva a atividade cultural em Minas Gerais, abordar sobre o correto preenchimento dos documentos exigidos pelo FEC, além de expor como os projetos são analisados pelas Câmaras Setoriais Paritárias (CSPs), considerando-se os critérios técnicos, financeiros e de fomento, o caráter estritamente artístico-cultural e o interesse público.

O encontro acontecerá na quinta-feira (17), das 14h às 18h, no Centro Experimental de Educação Ambiental/Secretaria Municipal de Meio Ambiente – bairro Santo Antônio. Serão abrangidas as cidades de Barão de Cocais, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Itabira, Nova Era, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo, que fazem parte da chamada Região das Riquezas.

Podem se inscrever representantes dos municípios que integram a ACHMG, além de entidades culturais locais. No entanto, demais interessados pelo tema também podem participar da oficina caso haja vagas disponíveis, conforme informou a diretora de Fomento ao Turismo da SMDECTIT, Elaine Cristina Linhares Diniz. Ela acrescentou que haverá 40 vagas para a oficina em Itabira e as inscrições gratuitas (para pessoas das cidades associadas) podem ser feitas até terça-feira (15) pelo e-mail  cidadeshistoricasdeminas@gmail.com. A ficha de inscrição está disponível no site www.cidadeshistoricasdeminas.com.br.

c

Crédito da Imagem: Site Viva Itabira

Fundação Cultural oferece oficina para adolescentes na Casa de Drummond

A Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade traz a Itabira o renomado escritor Ronald Claver com a oficina “O tapete mágico”. A oficina acontece na Casa de Drummond, dia 17 de maio, das 13h às 19h.

 Voltada para adolescentes entre os 13 e 18 anos, a oficina integra o Projeto “Livro da vez” que abrange duas áreas de atuação: oficinas de artes visuais e de literatura. Assim, Ronald Claver fala sobre a escrita criativa, a produção de textos e o estudo da poesia por meio dos livros “Escrever e brincar”, “A arte de escrever com arte” e “Pitada de poesia em cada dedo de prosa”.

 Mineiro de Belo Horizonte, Ronald Claver se formou em Letras (Português e Latim) pela Universidade Federal de Minas Gerais. Leitor voraz, logo começou a se dedicar à poesia e ainda na faculdade ingressou em inúmeros concursos literários. Seu primeiro livro, aliás, é fruto de um concurso que ganhou no Rio de Janeiro. De lá, para cá publicou mais de 20 livros e ganhou prêmios importantes de literatura como o Prêmio Bienal Nestlé de Literatura, o Prêmio Casa das Américas (Cuba) e dois prêmios do Instituto Nacional do Livro.

 As inscrições são gratuitas, já podem ser feitas na Casa de Drummond na Praça do Centenário, 137, Centro ou pelo telefone 3835-3894.

 Outras informações:  3835-2102 ou site www.fccda.mg.gov.br.

ronald claver

12ª Semana de Museus – Fundação Cultural promove feira de escambo no próximo sábado e convida itabiranos a participar

No dicionário, “escambo” significa “troca direta em que cada uma das partes entrega um bem ou presta um serviço para receber um bem ou serviço sem que seja monetariamente”. Isto quer dizer que essa troca não envolve o uso de dinheiro. Essa foi uma prática largamente utilizada em antigas civilizações. No Brasil, em tempos de colonização, portugueses e índios se entendiam por meio do escambo. Trocava-se peixes por sacos de grãos, cavalos por tecidos, ferramentas por galões de água.

 A Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade vai relembrar esse antigo costume no próximo sábado, dia 17 de maio, a partir das 9h, promovendo o Escambo Cultural “Toma lá, dá cá”. A ideia é que cada pessoa interessada busque em casa itens que não usa mais e que gostaria de trocar por outros. Além da troca de coisas que não querem mais em casa, as pessoas poderão ainda aproveitar a manhã de sábado trocando também experiências, conversas e casos.

 Vale de tudo um pouco: peças de vestuário, móveis, bijuterias, objetos de decoração, livros, discos, revistas, filmes, figurinhas, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e o que mais a criatividade e a necessidade permitirem. IMPORTANTE: os itens colocados a disposição para serem trocados têm que estar em bom estado de conservação!

 Fica o contive!

 Venha até a Avenida Carlos Drummond de Andrade, 666, no sábado de manhã, e participe do “Toma lá, dá cá”!

 Outras informações e dúvidas, basta ligar 3835-2102 ou acessar o site www.fccda.mg.gov.br.

escambo cultural

Scroll To Top