domingo , 27 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Cultura (Página 3)

Arquivos de Tag: Cultura

“Circuito Bairros” leva cultura e muita animação ao Clóvis Alvim II

Neste domingo (16), o bairro Clóvis Alvim II recebeu a primeira edição do projeto “Circuito Bairros”, realizado pela Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade.  A Rua Virgílio José Gazire foi palco de diversas atrações e atividades para públicos de todas as idades.

Dentro da proposta do projeto, foi construída uma programação pensando na diversificação do público, que teve a oportunidade de apreciar: contação de histórias, espetáculo circense, artes visuais, shows musicais e muita dança. A interação com o público do bairro aconteceu de forma harmoniosa, com a participação do Grupo de Capoeira local “Oficina da Capoeira” e a apresentação do cantor Henrique Silva.

foto1

Outro destaque foi a presença da Biblioteca Pública Luiz Camilo de Oliveira Netto, que levou diversos títulos infantis e adultos por meio do projeto “BibliotecAmiga”. Para Marconi Drummond Lage, superintendente da Fundação Cultural, o evento conseguiu atingir as metas. “O Circuito Bairros trata-se de um importante dispositivo de democratização cultural e reconhecimento da cena artística itabirana. Esse movimento de deslocar o corpo técnico e as atividades artísticas propostas pela Fundação tem a intenção de promover a acessibilidade e descentralização cultural. Além disso, cria um espaço para a difusão da produção cultural local de cada bairro e estabelece um canal aberto com as lideranças comunitárias.

DSC05688

O Projeto
A ideia principal do “Circuito Bairros” é invadir os bairros itabiranos e promover uma programação recheada de cultura, visando descentralizar a produção cultural no município. Assim, as atividades produzidas pela Fundação Cultural se misturam com a efervescência originada nos bairros mais afastados do centro da cidade.

O Projeto “Circuito Bairros” acontecerá um vez por mês, sempre em um bairro diferente. Em abril, ele volta a acontecer com nova programação no Bela Vista.

Sinais de canais de TV são restabelecidos gradativamente em Itabira

Os sinais de alguns canais de TV aberta foram restabelecidos em Itabira nos últimos meses. A Record, no canal 31, e a TV Cultura de São Paulo, no canal 35, são exemplos de que os esforços da Prefeitura de Itabira para regularizar a situação junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem dado bons retornos ao município.

De acordo com o eletrotécnico da Prefeitura, Clécio Rezende, os canais que tiveram os sinais liberados pela Anatel estão funcionando de acordo com as regras da agência. “Ainda estamos aguardando a liberação do sinal dos outros canais de TV. Todo o processo está em Brasília para avaliação. Estamos otimistas com relação a isto”, admitiu.

Outra novidade é que Itabira conta hoje com o sinal digital da Rede Vida. Para sintonizar o canal (44.1) é necessário ter uma televisão com HD ou usar um conversor. Para Clécio Rezende, este é um processo que futuramente abrangerá todos os canais de TV aberta. “Sabemos, por exemplo, que a Rede Globo já está preparando a instalação do seu canal digital aqui em Itabira. Não sabemos, por enquanto, a data da instalação”, disse.

Atualmente, no município a população conta com o restabelecimento dos seguintes canais de televisão: Rede Globo (canal 10), Rede Record (canal 31), TV Cultura de São Paulo (canal 35), Rede Vida (canal 44) e Rede Vida HD (canal 44.1).

Em tempo
Nos dias 04 e 05 de fevereiro, o prefeito Damon Lázaro de Sena esteve em Brasília para tratar de diversos assuntos referentes ao município.

No Ministério das Comunicações, o prefeito participou de uma reunião sobre a reativação dos sinais dos canais de televisão em Itabira e nos distritos. O técnico responsável pelo processo do município, Adilon Vieira de Melo Júnior, se comprometeu a analisar o material e, em breve, contatar a Prefeitura para informar a possível data de restabelecimento dos sinais.

Revista reúne fotografias produzidas por alunos da rede municipal

As imagens de pontos históricos de Itabira, feitas por alunos da rede municipal de ensino, estão reunidas em uma revista que foi lançada na noite de terça-feira (04). O evento no hall da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) contou com a presença do prefeito Damon Lázaro de Sena, da secretária municipal de Educação Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos, do superintendente da FCCDA Marconi Drummond Lage e do representante da Câmara de Vereadores José Luiz dos Santos.

1 - Discurso do prefeito

O projeto “Educar Itabira: um olhar fotográfico sobre o patrimônio”, proposto pelo Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), foi desenvolvido pela Prefeitura por meio das secretarias municipais de Educação e Desenvolvimento Urbano. Teve o apoio das empresas Enesa Engenharia, Brasil Lau Rent, Sergame e Serra Verde.

As fotos selecionadas pela banca julgadora e publicadas na revista foram produzidas por alunos do 6º ano do ensino fundamental das escolas municipais Professora Antonina Moreira, Antônio Camilo Alvim, José Gomes Vieira, Professora Marina Bragança de Mendonça e Colégio Municipal Professora Didi Andrade. Foram impressos 500 exemplares que estarão disponíveis em espaços públicos e bibliotecas da cidade.

Luciane Santos explicou sobre o projeto de educação patrimonial que foi desenvolvido e destacou a importância de valorizar e investir na cultura itabirana. Damon Lázaro de Sena disse que o projeto proporciona aos alunos a oportunidade de conhecer a cidade com um olhar diferente e estimula a preservação do patrimônio histórico.

Reconhecimento

Durante a solenidade, receberam certificados, medalhas e um exemplar da revista os seguintes estudantes que tiveram as fotos publicadas: Amanda Gabriela Silva, Cecília Aguiar, Fabiana Dias Pires, Iza Mara Silva, Letícia Izabele Dias, Marco Túlio Lender Souza Pessoa, Maria Clara de Moura Oliveira, Matheus Roque Dias Júnior e Sabrina Labiapari (Colégio Municipal Professora Didi Andrade); Deiller Vitor Fonseca, Lettycia F. Gregório Ferreira e Thales Keven de Assis (E. M. Professora Antonina Moreira); Gustavo J. D. V. de Souza e Paulo Henrique de Souza (E. M. José Gomes Vieira); Camila Zeferino, Irene Ellen Ferreira da Silva e Lucas de Oliveira (E. M. Antônio Camilo Alvim); Artur Silva Oliveira, Marcos Aparecido Oliveira e Wanessa Silva Oliveira (E.M. Professora Marina Bragança de Mendonça).

Quatro alunos receberam como prêmio uma câmera fotográfica digital: Deiller Vitor Fonseca (E. M. Professora Antonina Moreira), Letícia Izabele Dias, Marco Túlio Lender Souza Pessoa e Maria Clara de Moura Oliveira (Colégio Municipal Professora Didi Andrade).

9 8 7 6 5 4 - Aluno recebe maquina fotografica 3 - Aluna recebe maquina fotografica 2 - Aluna recebe maquina fotografica 10

Comitiva visita neto de Drummond e busca intercâmbios visando fortalecimento cultural de Itabira

Com o objetivo de estreitar laços com instituições e familiares ligados ao poeta Carlos Drummond de Andrade, uma comitiva da Prefeitura de Itabira foi ao Rio de Janeiro na última sexta-feira (29). Estiveram na cidade carioca o prefeito de Itabira Damon Lázaro de Sena, o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo Reginaldo Calixto de Oliveira e o superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), Marconi Drummond Lage. Ao longo do dia, as autoridades discutiram ideias que podem ser implantadas visando o fortalecimento da cultura, do turismo e do lazer em Itabira.

Pela manhã, a comitiva visitou o Museu Casa de Rui Barbosa, em Botafogo. Construída em 1849, a casa é cercada por um jardim com cerca de 9 mil metros quadrados, onde as famílias fazem piqueniques e as crianças se divertem à sombra das árvores. Nela residiu o jurista Rui Barbosa (1849-1923), considerado um dos mais importantes personagens da história brasileira. O local foi transformado em museu-casa (o primeiro no Brasil) em 1930: na biblioteca há aproximadamente 37 mil volumes; os cômodos permanecem fiéis ao original, com pinturas, lustres e mobiliários da época; na garagem, o visitante pode ver de perto os automóveis antigos. Reginaldo Calixto fez elogios à equipe responsável pela conservação do espaço.

O museu é mantido pela Fundação Casa de Rui Barbosa, que também cuida de um precioso acervo ligado a Carlos Drummond de Andrade. “O intuito é fazer um intercâmbio de projetos culturais na área da literatura entre a Fundação carioca e a FCCDA. Grande parte do acervo documental está sob a guarda da Casa Rui Barbosa e, como temos o Memorial em Itabira, queremos verificar a possibilidade de obter o arquivo digital e disponibilizá-lo para pesquisa”, explicou o superintendente da FCCDA.

Reginaldo Calixto e Marconi Drummond comentaram sobre a ideia de transformar a Casa de Drummond em um museu semelhante, no qual o visitante tenha contato com ambientes que retratem, de forma contemporânea, o estilo de vida daquela época. Damon Lázaro de Sena também comentou sobre a necessidade de recuperar parques e jardins de Itabira e instalar sistemas de vigilância, para que a população tenha espaços de lazer com segurança.

A parada seguinte aconteceu no restaurante Americana, em Copacabana, local frequentado por Drummond aos domingos. Foi o ponto de encontro marcado com o neto de CDA, Pedro Augusto Graña Drummond, que cuida dos direitos autorais do avô. Entre os assuntos abordados, estavam as atividades culturais desenvolvidas em Itabira, o interesse de ampliar o acervo bibliográfico do Memorial CDA com edições autografadas e a aquisição recente da coleção de cartas escritas pelo poeta. “É importante resgatar histórias ligadas a Itabira e recuperar valores que a sociedade está perdendo”, disse o prefeito.

Pedro Augusto afirmou que “há uma demanda natural pela obra de Carlos. Sempre há interesse e, em Itabira, é fundamental que seja contada a história ligada a ele”. Disse ainda que, no próximo ano, algumas edições escritas pelo poeta serão relançadas. Sobre a ideia de transformar a Casa de Drummond em um museu, sugeriu que o espaço seja interativo e dinâmico. “Uma casa onde as pessoas possam tocar nos objetos. Pode-se reconstruir ambientes onde Carlos viveu, trazendo a participação do visitante de forma física ou intelectual”.

A viagem foi encerrada com a visita ao apartamento onde Drummond morou, no mesmo bairro, e que hoje pertence ao neto. Em uma das paredes, há o quadro em que Drummond aparece em sua cidade natal, com o Pico do Cauê ao fundo. Em outra, está retrato da filha, Maria Julieta, quando criança – pintado por Cândido Portinari. Na sala, também há a antiga cadeira de balanço de madeira – objeto que deu nome a um dos livros do poeta. Outras raridades guardadas por Pedro Augusto são os talheres que pertenceram aos bisavós, Julieta Augusta e Carlos de Paula Andrade, e as pequenas imagens esculpidas pelo famoso santeiro Alfredo Duval.

Pedro Augusto demonstrou interesse em contribuir na doação de peças e mobiliários que pertencem à família, para que seja instalado o museu-casa em terras itabiranas.

Prefeito recebe Maurício Tizumba

O prefeito Damon Lázaro de Sena recebeu na tarde de terça-feira (05), em seu gabinete, a visita do músico, ator, cantor e compositor mineiro Maurício Tizumba.

Tizumba esteve em Itabira para visitar o projeto Meninos de Minas, do qual é coordenador artístico, e aproveitou a oportunidade para conhecer o prefeito municipal.

DSC01384

Durante o encontro, o artista falou sobre sua relação com a cidade e lembrou do tempo em que trabalhava por aqui. “Eu tenho uma história e um carinho muito grande por Itabira. Há anos eu venho à cidade. Eu vinha para trabalhar com construção de estradas. Eu trabalhei com isso na década de 1970 e já tocava e cantava nessa época”, relembrou Tizumba que iniciou a carreira artística em 1966, em Belo Horizonte. “Depois, em 1986, eu passei a frequentar a cidade por causa da escola de samba ‘9 de Outubro’. Foi um período muito bom na minha vida”.

Damon de Sena relatou a importância dos eventos culturais para a cidade e ressaltou a diminuição da violência durante as últimas festas promovidas pela Prefeitura. “Recentemente nós promovemos o Festival de Inverno e a Expoita. Durante este período, percebemos um clima de mais harmonia na cidade. Por isso, nosso governo busca levar atrações culturais para toda a população”, disse o prefeito. Maurício Tizumba concordou. “A arte minimiza a violência. Eu acredito muito na arte e na cultura como um dos caminhos contra toda essa violência que está acontecendo nos dias de hoje”, concluiu o artista.

O encontro envolveu diversos assuntos como o estudo do Plano Diretor do município, o turismo, a preservação das guardas de congado, o relacionamento entre governo municipal e as comunidades negras e os quilombos históricos de Itabira. Damon apresentou o Ouvir Você, um programa permanente do Governo Municipal, que foi muito elogiado por Maurício Tizumba.

Outro assunto importante discutido no gabinete foi o apoio da Prefeitura para a negociação de uma sede para o Meninos de Minas. Idealizador do projeto, o produtor cultural Cléber Camargo Rodrigues lembrou que “o Meninos de Minas é um projeto social que, por meio da música, das oficinas e das viagens para Serpa, em Portugal, mudou a vida de muitos adolescentes”. O prefeito garantiu o empenho do governo municipal para apoiar o projeto no que for necessário.

DSC01404

Também participaram do encontro a primeira-dama Áurea Aparecida Cardoso Marques de Sena, o chefe de Gabinete, Edilson de Magalhães Lopes, a chefe da Seção para Assuntos da Comunidade Negra, Marinete Nunes Pereira, e as servidoras Ana Maria Gonzaga e Carolina Peixoto Magalhães.

Itabira realiza a 3ª Conferência Municipal de Cultura

A 3ª Conferência Municipal de Cultura da Cidade de Itabira, convocada pelo Decreto nº 0768 de 09 de julho de 2013, promovida pela Prefeitura Municipal de Itabira (PMI), por meio da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) será realizada no dia 9 de agosto, das 08h às 17h, no Centro Cultural.

Com o tema “Uma política de Estado para a cultura: desafios do Sistema Nacional de Cultura” e baseada nos quatro eixos: “Implementação do sistema nacional de cultura”; “Produção simbólica e diversidade cultural”;  “Cidadania e direitos culturais” e “Cultura e desenvolvimento”, a FCCDA espera reunir vários representantes da cultura, na elaboração das propostas e na eleição dos delegados para a plenária estadual em setembro de 2013, em Belo Horizonte.

A Conferência Municipal é uma etapa preparatória para as Conferências Estadual e Nacional de Cultura, que têm como objetivos:

1) – Propor estratégias de articulação e cooperação institucional com demais entes públicos municipais e destes com a sociedade civil, povos indígenas e povos e comunidades tradicionais que dinamizem a participação e controle social na gestão das políticas públicas de cultura para implementação e consolidação do Sistema Municipal de Cultura envolvendo os respectivos componentes;

2) – Debater experiências de elaboração e implementação de Planos Municipais de Cultura ao socializar metodologias e conhecimentos; discutir a cultura local nos seus aspectos de identidade, da memória, da produção simbólica, da gestão, da sua proteção e salvaguarda, da participação social e da plena cidadania; propor estratégias para reconhecimento e fortalecimento da cultura como um dos fatores determinantes do desenvolvimento sustentável;

3) – Promover o debate, intercâmbio e compartilhamento de conhecimentos, linguagens e práticas, valorizar o fomento, a formação, a criação, a divulgação e preservação da diversidade das expressões e o pluralismo das opiniões;

4) – Propor estratégias para proporcionar aos fazedores de cultura locais o acesso aos meios de produção, assim como propor estratégias para universalizar seu acesso à produção e à fruição dos bens, serviços e espaços culturais;

5) – Fortalecer e facilitar a formação e o funcionamento de fóruns e redes locais em prol da Cultura;

6) – Contribuir para a integração das políticas públicas locais que apresentam interface com a cultura;

7) – Avaliar os resultados obtidos nas Conferências Municipais de Cultura anteriores.

Podem participar da Conferência, representantes de órgãos públicos, da sociedade civil e do setor empresarial.

As inscrições podem ser feitas no período de 2 a 9 de agosto, das 8h às 17h, na Fundação Cultural, pelo e-mail iiicmcitabira@gmail.com ou pelo telefone 3835 2102. O formulário de inscrição também será disponibilizado no site www.culturaemitabira.com.br A pessoa interessada poderá preenchê-lo e encaminhá-lo ou entregá-lo pessoalmente na Fundação.  No ato da inscrição o interessado deverá informar o segmento e a entidade que ele representará e também o eixo temático de seu interesse.

Após a discussão dos temas e anseios da classe cultural, serão elaboradas propostas de ações prioritárias que serão encaminhadas para a Conferência Estadual e eleitos os delegados para representar o município na etapa estadual.

Scroll To Top