Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: debate

Arquivos de Tag: debate

Prefeitura realiza 4ª Conferência de Promoção da Igualdade Racial

A 4ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que acontece nesta quinta-feira (13/7), no plenário da Câmara Municipal de Itabira, das 13 às 17 horas, vem com o tema “O Brasil na década dos afrodescendentes – Minas Gerais promovendo a igualdade racial: por nenhum direito a menos”.

Segundo Lena Primo, diretora da Promoção da Igualdade Racial da Secretaria Municipal de Governo (SMG), o evento tem como objetivo analisar a implementação dos princípios e diretrizes aprovados nas conferências anteriores, “além de debater o temário aprovado para a IV Conferência Nacional, bem como eleger os delegados para a conferência estadual”.

Após palestra da subsecretária estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Cleide Hilda de Lima Souza, prevista para acontecer às 14 horas, serão formados os grupos de discussão, finalizando com a eleição dos delegados.

Prefeitura realiza conferências de saúde

Entre os dias 29/05 e 1º/06, a Prefeitura de Itabira realiza no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) – avenida Carlos Drummond de Andrade – três conferências municipais para tratar do tema saúde em diversas vertentes. O principal objetivo é avaliar a situação da pasta e os interesses da comunidade para que, no final, novas diretrizes sejam definidas.

Os trabalhos começam com a I Conferência Municipal de Saúde da Mulher, que trata do tema “saúde da mulher contemporânea”, na segunda-feira (29), das 12h30 às 18h30. Duas palestras – “Saúde física e mental da mulher” e “Doenças que mais acometem as mulheres” – serão ministradas pelas médicas Elza Machado de Melo e Myrian Celani.

De acordo com Marly Procópio, superintendente de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), todas as conferências irão discutir as diretrizes específicas para cada área. “Mas, além do debate das diretrizes da saúde da mulher, também serão eleitos os delegados para representar Itabira na conferência estadual (prevista para agosto) sendo oito representantes dos usuários, quatro dos trabalhadores da área de saúde e quatro dos gestores e prestadores de serviços”.

O mesmo acontece na I Conferência Municipal de Vigilância em Saúde, que aborda o tema “marco norteador da vigilância em saúde”, na terça-feira (30), das 12h30 às 18h30, onde 16 delegados também serão escolhidos para a conferência estadual.

Além das palestras “Vigilância em saúde: paradigma para a organização da rede de atenção do SUS” e “Vigilância sanitária: atuação e cobertura”, que serão ministradas respectivamente por Maria Auxiliadora Christofaro – enfermeira e professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Rilke Públio – superintendente de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, o debate desta conferência, segundo Marly Procópio, “tem como objetivo informar qual o papel na promoção da saúde e na prevenção de doenças, assim como definir a atuação do sistema dentro do município. Outra finalidade é abordar a contribuição da população neste debate”, afirmou a superintendente.

Já a X Conferência Municipal de Saúde, com o tema “aplicar o conhecimento para melhor gerir”, acontece na quarta-feira (31), das 12h30 às 18 horas e na quinta-feira (1º), das 8 às 12h30, com a intenção de discutir políticas públicas e propostas para o município nos próximos quatro anos.

As palestras “Financiamento: limite versus gestão responsável”, “Participação social no SUS”, “Redes de atenção: linhas de cuidados e atenção integral” e “Experiência de sucesso em São José do Monte – MG”, que serão ministradas respectivamente por Paola Soares Mota – coordenadora técnica do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems), Rogers Carvalho – psicólogo e filósofo, Eugênio Vilaça – dentista e Wilmar de Oliveira Filho – médico, irão nortear os trabalhos.

Vamos dividir essa conferência em três temas: rede de atenção, financiamento, ou seja, como será usado o dinheiro que é destinado para a saúde e gestão participativa”, explicou Marly Procópio. Ainda segundo ela, o relatório final – produzido pelos grupos de discussão formados durante a conferência – será encaminhado para a Secretaria de Estado de Saúde, Tribunal de Contas de Minas Gerais, Câmara de Vereadores de Itabira e Conselho Municipal de Saúde, em até 30 dias.

Todas as conferências são abertas ao público, que pode participar com sugestões orais. No entanto, segundo Marly Procópio, apenas os delegados titulares – eleitos em assembleia nas pré-conferências – têm direito a votarem diretrizes, bem como eleger os delegados para as conferências estaduais.

Dia do Apicultor será comemorado neste sábado

Na feira livre dos produtores rurais deste sábado (20) e no auditório da Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita) – ambos na avenida Duque de Caxias, no bairro Esplanada da Estação – a Prefeitura de Itabira, em parceria com a Associação dos Apicultores de Itabira e Região (Aapitar), comemora o Dia do Apicultor (22/05).

Divulgar a apicultura em Itabira e consequentemente estimular o consumo dos produtos das abelhas pela população, é um dos principais objetivos que o evento de amanhã pretende alcançar, de acordo com Fábio Saez, superintendente de Fomento Agropecuário. “Queremos também, fortalecer o associativismo e divulgar a associação (Aapitar), além de permitir que os apicultores vendam diretamente ao consumidor e com um preço melhor”.

Durante a feira, das 8 ao meio-dia, uma barraca da Aapitar distribuirá material informativo e sachês de mel para os visitantes. Em seguida, às 14 horas, início do Seminário de Apicultura, no auditório da Acita. Além da apresentação da Aapitar, a palestra “Alimentação artificial de enxames” será ministrada pelo médico veterinário Gil Barreto e, logo depois, uma mesa redonda será formada para o debate sobre furtos de enxames e mel na região.

Troca de experiência profissional – Equipe do Capsad participa de programação do Maio Saudável nesta terça-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Superintendência de Saúde Mental, informa que a equipe do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Capsad), participará da “Roda de Conversa – Que Papo é Esse de Redução de Danos? A Ética do Cuidado”. O encontro será na terça-feira (26), às 13h, na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA).

O evento contará com a participação da terapeuta ocupacional do Centro Mineiro de Toxicomania/ Fhemig (BH) e supervisora clínico-institucional para álcool e outras drogas da Rede de Atenção Psicossocial de Itabira, Raquel Martins Pinheiro; da assistente social do Cersamad Pampulha (BH), assessora técnica do programa “Posso Ajudar” para população em situação de rua (BH) e membro da Associação Brasileira de Redução de Danos, Míriam Vanessa Costa Pacheco; e da psicóloga do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) Vila Santa Rosa (Itabira), Luciana Gonçalves da Silveira.

Por isso, nesta data, não haverá atendimento no Capsad no período da tarde. O público interessado pode comparecer ao debate, que promete fortalecer e articular a rede de atenção psicossocial. A Roda de Conversa faz parte da programação do Maio Saudável: evento realizado pela Prefeitura de Itabira para os servidores municipais com o objetivo de promover uma melhor qualidade de vida no trabalho. Entre as ações, há oficinas, exibição de filme, debate e palestras com conceituados profissionais de diversas áreas.

Saiba Mais

O Capsad foi implantado pela Prefeitura em outubro de 2014 e atende pessoas acima de 18 anos com necessidades decorrentes do uso do álcool e outras drogas. O serviço é oferecido de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

A unidade de saúde possui uma equipe multiprofissional composta por assistente social, enfermeiro, técnicos em enfermagem, médico clínico geral, psiquiatra, psicólogo e terapeuta ocupacional. São desenvolvidas atividades individuais, encontros com famílias dos pacientes, visitas domiciliares, atividades de inserção social, oficinas terapêuticas, entre outras ações.

O Capsad está localizado na rua Santa Maria, 794, Penha. Outras informações podem ser adquiridas pelo telefone 3839-2372.

Debate sobre papel da ciência no desenvolvimento social abre atividades em Itabira

Um debate com o tema “O papel da ciência e tecnologia no desenvolvimento social” abriu a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no município. O evento ocorreu na noite de quinta-feira (16), no auditório da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi), e foi acompanhado por professores e alunos de escolas da cidade. O prefeito Damon Lázaro de Sena foi representado pela secretária de Educação, Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos.

O debate teve como mediadora a professora Marina Pinto de Andrade Alves, assessora da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). Participaram das discussões o presidente da Funcesi Rômulo César Martins Rosa, o vice-presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita) Eugênio Müller, o professor da Funcesi Henrique Carvalho e o professor da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) – campus Itabira Milton Zamboni. Antes das discussões o coral formado por alunos da Escola Municipal Filomena Jardim cantaram o hino Nacional Brasileiro e o hino de Itabira.

Luciane Ribeiro falou sobre o papel da ciência na construção da sociedade. “Quando pensamos na ciência e na tecnologia para o desenvolvimento social, pensamos em pessoas. Sabemos que nosso país, cidade e escolas ainda não são da forma como idealizamos, mas cabe a nós fazermos um trabalho de transformação. Queremos uma sociedade onde o desenvolvimento social realmente aconteça, para que nossas crianças, quando se tornarem adultas, vivam num futuro com equilíbrio social e sustentabilidade”, disse a secretária.

Ela acrescentou que “o conhecimento e a ciência não podem ser estéreis, têm que produzir frutos. Acredito na educação como principal instrumento de popularização da ciência e da tecnologia, e também de construção de uma sociedade melhor”.

Outras atividades
Até o dia 23 de outubro, a 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia terá em sua programação palestras, apresentações de projetos, minicursos, Café Científico Virtual e outras atividades. O evento é coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. No município, conta com a parceria da Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Educação e de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo. São apoiadores a Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec), Unifei, Funcesi, Universidade Aberta do Brasil (UAB), Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itabira (Inovatec) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Confira a programação:
20 de outubro
18h – Exibição do filme “Césio 137 – O brilho da morte”
Debate sobre o filme com a professora Uende Aparecida Figueiredo Gomes
Local: Auditório do i.Tec (bairro Amazonas)

21 de outubro
18h – Café Científico “Tecnologias voltadas para a educação”
Fabrício Roulin Bittencourt – Professor da Funcesi
Local: Auditório do i.Tec (bairro Amazonas)

22 de outubro
8h – Minicurso “Movie maker”
Coordenação: Kennedy Leocádio Costa – Técnico de tecnologia da informação e comunicação
Local: Casa do Aprender (bairro São Pedro)

14h – Minicurso “Elaboração de projetos de iniciação científica para submissão aos órgãos de fomento”
Coordenação: Priscila Chantal – Professora da Unifei
Local: Polo da UAB – i.Tec (bairro Amazonas)

19h – Minicurso “Tendências da tecnologia e o mercado de trabalho”
Coordenação: Poliana Rodrigues Rocha – Professora do Senac
Local: Uaitec (bairro Esplanada da Estação)

23 de outubro
14h – Minicurso “Edição de imagem”
Coordenador: Kennedy Leocádio Costa – Técnico de tecnologia da informação e comunicação
Local: Casa do Aprender (bairro São Pedro)

16h – Minicurso “Educação financeira para a economia doméstica”
Coordenadora: Ronara Bozi dos Reis – Professora da Unifei e Pedro Mella – Aluno de engenharia da Unifei
Local: Uaitec (bairro Esplanada da Estação)

19h – Palestra “Telecomunicações em Itabira: cenários e tendências”
Emerson Martins dos Reis – Diretor-presidente da Valenet
Local: Auditório do i.Tec (bairro Amazonas)

Atividades paralelas – 22 e 23 de outubro
Seminário “Empreendedorismo”
Local: Funcesi

2 a 30 de outubro
Café Científico Virtual
Palestras por meio de videoconferências
Local: Uaitec (bairro Esplanada da Estação)

Seminário apresenta minuta do Plano Municipal de Acolhimento

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social (SMAS), realiza o Seminário Acolher e Proteger – Conclusão do Plano Municipal de Acolhimento de Crianças e Adolescentes (PMA), nesta sexta-feira (12). O evento será no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, das 8h às 17h. Na oportunidade, será apresentada a minuta do plano e um diagnóstico sobre os serviços de acolhimento no município: Casa Lar, Casa do Pai e Família Acolhedora.

Durante o seminário, haverá palestra com a coordenadora do Fórum de Abrigos de Belo Horizonte, Vânia Sobreira. Ela abordará o tema “Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes”. Após a conferência, os participantes debaterão sobre o assunto. Haverá ainda formação de grupos temáticos para a elaboração de propostas de acolhimento no município. Ao final, serão eleitas quatro orientações prioritárias para serem anexadas no PMA.

Para o seminário, são esperados os representantes das entidades que compõem a rede de atendimento às crianças e adolescentes de Itabira: SMAS – Superintendência de Desenvolvimento Comunitário, Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas); secretarias municipais de Educação e de Saúde; Procuradoria-Geral do Município; Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); Conselho Municipal do Bem-Estar do Menor (Combem); Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae); Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Itabira (APMII); Poder Judiciário; Ministério Público; Defensoria Pública; polícias Civil e Militar; Conselho Tutelar; Câmara Municipal; Serviço de Assistência Judiciária da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (SAJ – Funcesi); pastorais católicas e evangélicas; e Grupo da Fraternidade Espírita Manoel Soares.

Saiba mais

O Plano Municipal de Acolhimento (PMA) cumpre a determinação da Resolução nº 27/2013, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). O documento, que foi desenvolvido pela SMAS, refere-se ao Reordenamento dos Serviços de Acolhimento no município.

As ações de amparo a crianças e adolescentes integram a Proteção Social Especial de Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Elas devem ser organizadas de acordo com orientações normativas e políticas nacionais, especialmente aquelas que são diretamente ligadas ao assunto, como Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); “Orientações Técnicas: Serviços de Acolhimento para Crianças e Adolescentes” – Resolução Conjunta Nº 1/2009, do CNAS e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda); Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes à Convivência Familiar e Comunitária; Diretrizes Internacionais para Cuidados Alternativos a Crianças Sem Cuidados Parentais; entre outras.

cartaz - seminario acolhimento

Prefeitura realiza I Encontro de Formação de Conselheiros Escolares

Para proporcionar a interação entre os conselheiros e a comunidade escolar, a Prefeitura de Itabira realizou na última semana o I Encontro Municipal de Formação de Conselheiros Escolares. O evento aconteceu no auditório do i.Tec e contou com a participação dos membros empossados em maio e abril deste ano no município, além dos técnicos das secretarias municipais de Educação de Itabira, Belo Horizonte e Ribeirão das Neves – cidades que compõem o Grupo Articulador de Fortalecimento dos Conselhos Escolares (GAFCE Minas).

Durante a reunião, a secretária municipal de Educação Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos apresentou o tema “Educação de Qualidade nas Escolas Municipais” e falou sobre a importância da participação dos conselheiros na vida escolar dos alunos. Ela também mostrou os resultados das avaliações externas e os custos investidos na rede municipal de ensino. Enquanto discutiam sobre o assunto, os conselheiros tiveram acesso aos computadores para responder perguntas sobre a educação atual e a idealizada por todos.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Outro tema que chamou a atenção dos participantes foi a apresentação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) e a experiência do município na construção das habilidades leitoras. A professora Josiane Rodrigues explicou sobre as capacitações oferecidas pelo PNAIC aos profissionais da educação. Ela ressaltou que o pacto é de grande importância para o desenvolvimento da habilidade leitora entre os alunos e enfatizou a necessidade do acompanhamento dos conselheiros para a efetivação do PNAIC.

O professor José Geraldo de Araújo, da cidade mineira de Ubá, expôs sobre a aplicação de recursos públicos na educação. Com irreverência, ele ensinou como aplicar os recursos financeiros do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Governo Federal. Em sua palestra, o professor também explicou sobre as diferenças entre custo e capital e apresentou aos participantes o site do Ministério da Educação (MEC), que é alimentado com informações pelas escolas públicas.

Já Ione da Silva Rodrigues, da secretaria de Educação de Itabira, apresentou o Programa Prefeito Amigo da Criança. A professora contou sobre o avanço e perspectivas do programa na região, além das ações realizadas e planejadas em Itabira e João Monlevade.

Para encerrar o ciclo de palestras e debates, Neusa Aparecida Costa, integrante da GAFCE Itabira, apresentou as funções Deliberativas, Consultivas, Fiscais e Mobilizadoras que competem aos conselheiros escolares. Para exemplificar as funções, a conselheira Edilene Martins compartilhou suas experiências com os demais presentes.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Prefeitura de Itabira promove encontro regional dos secretários de Educação

Secretários municipais de Educação participaram de um encontro regional na manhã desta segunda-feira (16), no auditório da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita). O evento promovido pela Prefeitura de Itabira teve o intuito de discutir a necessidade da formação contínua dos professores. Estiveram presentes gestores das cidades de Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Catas Altas, Itabira, Itambé do Mato Dentro, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, Santa Maria de Itabira e Santo Antônio do Rio Abaixo.

A secretária de Educação de Itabira, Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos, representou o prefeito Damon Lázaro de Sena (ele estava em uma reunião em Belo Horizonte). Ela ressaltou que um dos objetivos desse encontro promovido pelo governo municipal é aproximar os gestores do setor para fomentar políticas públicas na região. “É extremamente importante essa oportunidade de reunir, conversar sobre os problemas e articular ideias comuns. Esse compromisso nos une e nos faz responsáveis por articular situações para alcance dos objetivos”.

1 - Secretaria de Educacao de Itabira, Luciane Santos

Ela comentou sobre os aspectos desafiantes, como, por exemplo, a reduzida parcela dos recursos da União que é encaminhada aos municípios. “A única possibilidade de reverter essa situação é consolidar forças e formar uma rede integrada”, apontou. Sobre a contínua capacitação dos professores, Luciane Santos disse que os profissionais geralmente trabalham em mais de uma escola e “é um desafio muito grande equilibrar o processo de formação que não considere sua realidade de trabalho. Mas, se não pensarmos o professor como pessoa que sempre aprende, a meta na qualidade da educação vai ficar comprometida”.

Em seguida, houve a palestra “O desafio da formação de professores – o que dizem as pesquisas”, ministrada pela analista de responsabilidade social da Fundação Vale e doutoranda em Educação na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Anna Cláudia D’Andrea. Depois, os gestores municipais participaram de um debate, no qual puderam trocar experiências sobre os desafios do setor educacional.

3 - Palestra com Anna Claudia DAndrea

Scroll To Top