segunda-feira , 27 maio 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: exercícios

Arquivos de Tag: exercícios

Mais qualidade de vida – Prefeitura inicia atividades do projeto Vida Ativa

Proporcionar um envelhecimento ativo e saudável é um dos principais objetivos do projeto Vida Ativa que iniciou, na tarde desta segunda-feira (12), as atividades para o ano de 2018. Promovido pela Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude (SMELJ), o evento aconteceu no clube Ativa e contou com a presença de mais de 300 participantes do projeto.

Em seu discurso, o prefeito Ronaldo Lage Magalhães lembrou aos participantes que “quem chega à terceira idade, independente de sua condição física, deve buscar exercícios que melhorem a flexibilidade, o fortalecimento dos músculos, o equilíbrio. Tudo isso significa uma melhor qualidade de vida para nossa população”. O prefeito disse ainda estar muito contente por iniciar as atividades do projeto para este ano. Segundo ele, o Vida Ativa é um dos programas mais completos proporcionados pelo poder público aos idosos.

Por meio do Vida Ativa, os participantes têm oportunidades de lazer, cultura, turismo, práticas esportivas e muitas outras. E com tudo isso, ganham mais saúde e qualidade de vida. Por isso, fico muito feliz por abrir mais um ano de programação deste projeto”, concluiu Ronaldo Magalhães.

Já para o responsável pela SMELJ, o secretário municipal de Educação José Gonçalves Moreira, o grande mérito do Vida Ativa é trabalhar em grupo, com atividades recreativas, que estimulam a memória, concentração, lateralidade, equilíbrio e cooperação.

É função do projeto Vida Ativa contribuir para que um maior número de pessoas alcancem as idades avançadas com a saúde em melhor estado possível. Este projeto é muito importante para nossa cidade. Acredito que poucos municípios têm um projeto tão bonito quanto este. Então, cabe a nós, e esta é uma determinação do nosso prefeito, implementar, sempre inovar com algo a mais para esta turma bacana da terceira idade. O Vida Ativa, apesar de ser da SMELJ, contribui muito para a saúde dessas pessoas. Porque mente sã é corpo são. Quanto mais ativos eles forem, menos remédios eles tomaram. Estamos aqui combatendo a depressão, o desânimo, o Alzheimer. Colocando a mente para funcionar”.

Participante do núcleo da Arfita há muitos anos, Maria da Piedade Silva Simões acredita que as atividades do projeto mudaram sua vida. “Este projeto veio para somar. Quando entrei para o Vida Ativa, eu não tinha nem idade para participar. Mas para acompanhar minha mãe e por recomendações médicas, comecei a frequentar. Gostei tanto que continuo até hoje. Começamos nossa Vida Ativa no ano de 1993, e estamos completando 25 anos. Vida Ativa é saúde, amizade e compromisso com nós mesmos”, ressaltou a participante.

Durante o evento, foi exibido um vídeo sobre a qualidade de vida do idoso. Em seguida, a terapeuta ocupacional Maria Alves Ferreira ministrou a palestra “A estimulação da memória na terceira idade”. Um vídeo sobre a programação do Vida Ativa para 2018 também foi exibido ao público. Após a solenidade, os participantes tiveram uma hora dançante.

O projeto Vida Ativa acontece por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Itabira e os clubes Ativa, Arfita e Valério Doce, e as associações dos bairros Gabiroba e João XXIII. Outras informações sobre o projeto podem ser adquiridas pelo telefone 3839-2202.

Pacientes têm acesso a práticas terapêuticas que auxiliam no tratamento de doenças

Para auxiliar na prevenção e no tratamento de doenças, a Prefeitura de Itabira oferece aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) as Práticas Integrativas Complementares (PIC). Uma delas é a prática corporal chinesa Lian Gong (cuja pronúncia é Lian Kun). No próximo ano, devem ser disponibilizadas a acupuntura, a homeopatia e o Tai Chi Chuan.

Os trabalhos são desenvolvidos por equipes dos Núcleos de Apoio Saúde da Família (Nasf), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Atendendo à determinação do prefeito Damon Lázaro de Sena, estamos implantando essas práticas integrativas. Elas atuam na promoção, manutenção e recuperação da saúde, baseadas em um modelo de atenção humanizado e centrado na integralidade do indivíduo, contribuindo para o fortalecimento dos princípios fundamentais do SUS”, disse o diretor de PIC da SMS, Lúcio Flávio Santos. Pessoas de qualquer idade podem ser beneficiadas com essas práticas: entretanto, o encaminhamento é feito pelas unidades do Programa Saúde da Família (PSF).

Na ginástica terapêutica Lian Gong em 18 Terapias, os exercícios são divididos em três partes: cada uma contém 18 movimentos harmoniosos que atuam em áreas específicas do corpo. A atividade previne e trata dores pelo corpo, como pescoço, ombros, região lombar, pernas e articulações. Ela busca dissolver as tensões musculares, alongar tendões e ligamentos, corrigir a postura física e estimular a percepção dos sentidos.

A ginástica melhora o funcionamento dos órgãos, aumenta a disposição do paciente, melhora a qualidade do sono, contribui para o controle do diabetes, hipertensão arterial e outras doenças crônicas. Entretanto, é contraindicada aos pacientes que possuem restrição quanto a atividades físicas, gestantes e aqueles que fazem tratamento contra o câncer.

Capacitação em auriculoterapia
Nesta semana, a Prefeitura de Itabira promoverá um curso sobre Auriculoterapia para profissionais da saúde. A capacitação começa amanhã (4) e vai até o dia 6 de novembro, no Centro Viva Vida Hiperdia Dr. Sad. A primeira turma contará com 15 participantes, entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e terapeutas ocupacionais.

A auriculoterapia consiste na estimulação de pontos específicos da orelha para aliviar dores ou tratar diversos problemas físicos ou psicológicos, como ansiedade, enxaqueca, insônia e dores articulares, por exemplo. Podem ser utilizadas pequenas agulhas (auriculopuntura) ou sementes de mostarda (auriculotaping).

Lúcio Santos explicou que a busca pela qualidade de vida, os benefícios proporcionados pela auriculoterapia e a rápida ação analgésica fazem dessa terapia “uma excelente opção para o manejo de doenças de difícil resolução, com o uso de recursos simplificados e eficientes. Atualmente, ela se apresenta como uma possibilidade concreta de redução de gastos públicos na área de saúde, visto que o paciente poderá utilizar menos recursos medicamentosos, evitando também, em muitos casos, o uso dos serviços públicos de emergência e urgência”.

Saiba mais
Confira os locais e horários da prática Lian Gong em Itabira:

1) PSF Campestre, Bela Vista, Eldorado e Nova Vista – terça e quinta-feira, das 7h30 às 9h, na praça do Campestre (próximo à SMS);

2) PSF Praia, Juca Rosa e Jardim das Oliveiras – segunda e quarta-feira, das 7h30 às 9h, na avenida Cristina Gazire (em frente ao centro comercial);

3) PSF Vila Santa Rosa – segunda-feira, das 9h às 10h, na Associação da Vila Santa Rosa;

4) PSF Areão e Amazonas – terça e quinta-feira, das 7h15 às 8h15, na Associação da Vila São Joaquim;

5) PSF Água Fresca – terça-feira, das 8h30 às 9h30, na quadra do bairro Água Fresca;

6) PSF Ipoema – sexta-feira, 8h30 às 9h30, na praça Augusto Guerra (em frente à igreja);

7) Todas as unidades de saúde – segunda e quarta-feira, das 7h30 às 8h30, no estacionamento da Câmara Municipal.

Mais de 7 mil alunos vão participar do Programa Saúde na Escola

Até o dia 15 de agosto, alunos da Escola Municipal Américo Giannetti (Emag) participarão da semana Saúde na Escola. Equipes das secretarias municipais de Educação e Saúde vão ministrar palestras, propor exercícios físicos, orientar sobre saúde bucal e alimentação saudável. A abertura das atividades aconteceu na manhã de segunda-feira (11) e também marcou o início do Programa Saúde na Escola (PSE) 2014/2015, que vai orientar e atender mais de 7 mil alunos da rede municipal.

Saude na Escola (2)

Na abertura, estiveram presentes o prefeito Damon Lázaro de Sena, a secretária Municipal de Educação Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos, a secretária-adjunta de Saúde Miriam Lage Fernandes, a diretora da Emag Rita de Cássia Fontes Santana, professores, funcionários e pais de alunos. Os estudantes cantaram música de boas-vindas e também apresentaram uma dança relacionada à cultura da paz nas escolas.

Saude na Escola (4) Saude na Escola (5)

Rita Santana comentou sobre a responsabilidade dos educadores na formação das crianças. “Temos o dever de trabalhar o desenvolvimento do pensamento crítico do aluno, além de contribuir para que as crianças adotem comportamentos favoráveis à saúde, estimulando a conscientização em relação aos cuidados com seu próprio corpo, alimentação saudável, importância da atividade física, respeito ao outro, solidariedade, a cultura da paz, equidade e cidadania”.

Estamos aqui porque temos ternura por vocês e achamos importante que cresçam saudáveis, mas cada um tem que fazer a sua parte. Alimentaram-se direitinho? Estão respeitando as orientações dos pais?”, perguntou Luciane Santos aos alunos. Posteriormente, ela agradeceu aos profissionais envolvidos nas ações voltadas à saúde na escola e afirmou que a educação oferecida na infância é importante para haver adultos mais comprometidos com a saúde no futuro.

Damon Lázaro de Sena deu alguns conselhos às crianças: seguir as recomendações dos pais e professores, comer frutas e verduras, beber a quantidade de água necessária e participar de atividades físicas, por exemplo. “Queremos saúde boa para todo mundo. Vocês, crianças, serão responsáveis pelo mundo no futuro e é importante que tenham essa consciência de que saúde é prioridade. As informações que forem passadas a vocês devem ser levadas para casa. Os professores e profissionais da área da saúde estão aí para orientá-los”, comentou.

Saude na Escola (3)

Sobre o PSE
Promovido pelos ministérios da Educação e da Saúde, o Programa Saúde na Escola (PSE) promove a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. A Prefeitura de Itabira aderiu ao programa que, na edição 2014/2015, vai abranger 7.263 estudantes de 39 escolas da rede municipal. Equipes dos PSFs, Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e profissionais que trabalham na SME vão oferecer o suporte necessário aos trabalhos desenvolvidos nas escolas.

Profissionais vão abordar sobre saúde bucal e promover a escovação supervisionada. Alunos da educação infantil e ensino fundamental serão submetidos à avaliação antropométrica: por meio do peso e da estatura, os profissionais acompanharão a situação nutricional das crianças para verificar se há obesidade ou desnutrição. Estudantes entre 6 e 14 anos também farão exames oftalmológicos: caso algum problema visual seja identificado, o aluno será encaminhado ao médico oftalmologista para receber o tratamento necessário. Os estudantes também participarão de palestras com temáticas relacionadas à saúde, como prevenção do uso de drogas, sexualidade, alimentação saudável, entre outras.

Saude na Escola (6)

Prefeitura instala mais 10 academias ao ar livre

A Prefeitura de Itabira está instalando novas academias ao ar livre. Os moradores de diversas regiões terão a oportunidade de se exercitar gratuitamente e, assim, melhorar a qualidade de vida. Seis novas academias já foram instaladas nas últimas semanas no bairro Gabiroba (ao lado do ginásio poliesportivo e na praça da rua W-9), na praça de esportes entre os bairros Bethânia e Madre Maria de Jesus, no bairro Amazonas (praça do Rotary), na Vila Amélia (ao lado da quadra) e no bairro Praia (próximo ao centro esportivo). Até o dia 20 de abril, outras quatro academias serão instaladas na Vila Conceição de Baixo (ao lado da quadra), Bela Vista (ao lado do ginásio poliesportivo), Pedreira do Instituto (ao lado da associação) e no distrito de Ipoema (próximo à quadra).

Madre Maria de Jesus Gabiroba proximo poliesportivo Gabiroba rua W9O investimento nas 10 novas academias, feito pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, é de R$ 200 mil. De acordo com o secretário Elson Ferreira de Sá, o prefeito Damon Lázaro de Sena solicitou que a secretaria estude a possibilidade de implantar os equipamentos em outras regiões da cidade, pois estimular a prática do exercício físico é uma forma de promover a saúde.

Scroll To Top