terça-feira , 22 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: levantamento

Arquivos de Tag: levantamento

Utilidade pública – Prefeitura inicia levantamento da cobertura vacinal a partir da próxima semana

A partir desta segunda-feira (7), a Prefeitura de Itabira começará um levantamento da cobertura vacinal da população. O trabalho será realizado por equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na região dos bairros Santa Ruth e Santa Marta.

De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde, Thereza Cristina Oliveira Andrade Horta, os servidores da SMS percorrerão todas as casas dos usuários da UBS Santa Ruth/ Santa Marta para verificar os cartões de vacinação. “É muito importante que a população esteja atenta, com o cartão de vacina em mãos, para facilitar o trabalho das nossas equipes itinerantes”, frisou.

Após a verificação dos dados, a SMS vai identificar a real situação vacinal de cada usuário. “As informações coletadas facilitarão à SMS traçar estratégias para alcançar a cobertura vacinal de 100%”, concluiu Thereza Andrade.

Novo levantamento – Procon informa custo da cesta básica em Itabira

A cesta básica em Itabira atingiu preço médio de R$ 252,61 nesta semana, informa novo levantamento feito pelo Procon do Município. O conjunto de alimentos e itens essenciais variou entre R$ 232,38 e R$ 268,79, em seis supermercados pesquisados nos dias 24 e 25 de setembro.

No comparativo com a pesquisa anterior, feita nos dias 17 e 18 deste mês, o preço médio da cesta básica caiu 0,4% (era R$ 253,64). Foram observados preços de 44 itens de alimentação, como grãos, massas, carnes, frios, frutas e legumes, e produtos de higiene e limpeza.

Clique aqui e veja a pesquisa completa.

Rotina

A Secretaria Executiva de Defesa do Consumidor – Procon Itabira – deu início ao levantamento de preços na semana passada. A sondagem será divulgada semanalmente pelo órgão vinculado à Prefeitura de Itabira.

A iniciativa atende à premissa do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que assegura o direito à informação prévia e adequada sobre preço de produtos e serviços oferecidos no mercado de consumo.

Orientações

O consumidor deve ficar atento a dicas importantes para que na hora da compra esteja ciente dos seus direitos e não seja lesado:

- Nas ofertas e promoções, o consumidor deve ficar atento aos anúncios e encartes publicitários dos supermercados, para que as ofertas sejam rigorosamente cumpridas;

- Alguns supermercados costumam reduzir o valor dos produtos próximos do vencimento. O consumidor deve tomar cuidado para não ser induzido a comprar uma grande quantidade sem necessidade;

- Se a gôndola tiver valor divergente do preço da caixa, passa a valer o menor preço informado;

- O supermercado não pode vender de forma fracionada, produtos que já vem do fabricante em embalagens padronizadas, como embalagem de iogurte ou papel higiênico;

- O supermercado não é obrigado a aceitar cheques, mas precisa avisar o consumidor previamente e de maneira clara, para evitar constrangimentos;

- O consumidor deve observar também a data de fabricação e vencimento dos produtos.

Onde fica?

O Procon de Itabira fica na avenida Mauro Ribeiro Lage, 586, loja 2, no bairro  Esplanada da Estação. O órgão atende nos telefones (31) 3839-2220 e (31) 3839-2943.

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Propostas apresentadas por itabiranos são aprovadas durante encontro em Belo Horizonte

Representantes itabiranos participaram da 2ª rodada do Fórum Regional de Governo – Território Metropolitano, no último sábado (26). O encontro aconteceu na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Entre os participantes, estavam o secretário municipal de Auditoria Interna e Controladoria/ Ouvidor-Geral do Município Gilberto Guerra Fontes, o gerente regional de Saúde Alexandre Faria Martins da Costa e membros do Conselho Municipal de Saúde (CMS).

Durante o encontro, houve a aprovação da proposta de regionalização do Hospital Carlos Chagas (HCC) para que se torne centro de referência a municípios da região. Também foi aprovada a sugestão para que a Defensoria Pública seja instalada em municípios do Território Metropolitano com população superior a 100 mil habitantes.

Houve ainda a formação do Comitê de Planejamento Territorial (Complete), colegiado composto por representantes da sociedade civil (organizada ou não) que acompanhará a execução das prioridades escolhidas para o Território Metropolitano. Dois itabiranos foram eleitos para o comitê: Sílvio Antônio Lage (titular) e Maria Francisca da Silva Oliveira (suplente) – ambos integrantes do CMS.

Saiba mais
O Fórum Regional de Governo propõe a participação popular na elaboração, execução e avaliação de políticas públicas regionalizadas. Neste primeiro ano, os fóruns estão fazendo o levantamento de prioridades de cada território: os dados serão encaminhados à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) para serem incluídos nos planos de ação do governo.

Minas Gerais foi dividida em 17 Territórios de Desenvolvimento que sediam os Fóruns Regionais. O Território Metropolitano é composto por 90 municípios que foram divididos em 11 microterritórios: Belo Horizonte, Nova Lima, Caeté, Betim, Contagem, Guanhães, Itabira, João Monlevade, Ouro Preto, Sete Lagoas e Vespasiano. O microterritório de Itabira também engloba as cidades de Barão de Cocais, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Ferros, Itambé do Mato Dentro, Morro do Pilar, Passabém, Santa Bárbara, Santa Maria de Itabira, Santo Antônio do Rio Abaixo, São Gonçalo do Rio Abaixo e São Sebastião do Rio Preto.

Educação – Prefeitura realiza levantamento de demanda para Educação Infantil

A Prefeitura de Itabira realiza, entre os dias 22 de abril e 8 de maio, o levantamento de demanda para a Educação Infantil. A ação será executada por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), que fará uma pesquisa sobre a procura por atendimento a crianças de 0 a 5 anos. Com os dados, a SME poderá planejar a oferta e verificar o atendimento da demanda em Itabira.

O processo é rápido: pais ou responsáveis legais das crianças nascidas entre 30/06/2010 e 31/03/2015 deverão comparecer à unidade de educação municipal (escola ou creche) mais próximo à residência, das 7h às 17h30, e informar alguns dados. Será necessário apresentar a certidão de nascimento ou carteira de identidade de cada criança para a conferência e registro das informações.

De acordo com o superintendente Técnico-Pedagógico, Gustavo Alexandre Martins, mesmo se a criança já estiver matriculada em alguma instituição de ensino, seja pública ou privada, os pais devem participar do processo. Com isso, a SME poderá fazer o mapeamento de todo o município, tanto da oferta já existente quanto da demanda. “Além de planejar a adaptação dos espaços mais adequados à idade para as crianças já inseridas na rede pública, é necessário também planejar o possível atendimento àqueles que anualmente migram da rede privada para a pública”, disse.

Segundo a secretária municipal de Educação, Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos, este processo é necessário para contemplar um dos objetivos do Plano Nacional de Educação (PNE), do Ministério da Educação (MEC). “O PNE define como uma das metas a universalização do atendimento às crianças de 4 a 5 anos de idade até 2016 e ampliação para, no mínimo, 50% da oferta para as crianças de até 3 anos até 2022”. Ela também ressaltou que o levantamento não tem como finalidade a garantia de vagas e não substitui o Cadastro Escolar, previsto para acontecer em junho deste ano.

Abaixo, lista de unidades para realização do levantamento da demanda:

Secretaria Municipal de Educação

Rua Jacutinga, 15 – Campestre

Centro M. de Educação Infantil Menino Jesus I

Rua Estrela, 55 – Água Fresca

Centro M. de Educação Infantil Menino Jesus II

Rua Três, 300 – São Francisco

Centro de Ed. Infantil José dos Santos Cruz

Tv. José Basilio Caetano, 785 – São Cristovão

Centro de Educação Infantil Prefeito Li

Rua Érico Domingos Porto, 438 – Fênix

C. M. Apoio Educacional

Beco do Calvario, 41 – Centro

C. M. Profª Didi Andrade

Av. V. Osório Sampaio, 515 – Vila Santa Rosa

Centro M. de Ed. Infantil D. Batistina Pereira

Rua Padre Santos Saez Acha, 292 – Eldorado

E. M. Água Fresca

Rua Dos Poetas, 12 – Água Fresca

E. M. Alice Martins Fontes

Núcleo do Sapé

E. M. Américo Giannetti

Rua Hematita, 211 – Major Lage

E. M. Antônio Camilo Alvim

Rua Cinco, 150 – Barreiro

E. M. Cornélio Penna

Av. Duque de Caxias, s/n° – Esplan. da Estação

E. M. Coronel José Batista

Praça do Centenário, 52 – Centro

E. M. Dona Inês Torres

Tv. João Camilo de O. Torres, 134 – Juca Rosa

E. M. Efigênia Alves Pereira

Rua Levi Ribeiro, 54 – Eldorado

E. M. Ester Pereira Guerra

Rua dos Engenheiros, s/n° – Gabiroba

E. M. Filomena Jardim

Rua Madre Maria de Jesus, s/n° – Clovis Alvim

E. M. José Gomes Vieira

Rua Oito, n. 135 – Santa Ruth

E. M. Maria Torres Horta

Rua da Vargem, s/n°, BR-120 – Pedreira

E. M. Marina Bragança de Mendonça

Rua Guilhermina D. Lage, s/n°- Monsenhor José Lopes

E. M. Matilde Menezes

Rua dos Ingleses, s/n° – Conceição de Baixo

E. M. Nico Andrade

Rua A, s/n° – João XXIII

E. M. Pedreira do Instituto

Rua Juriti, s/n° – Pedreira do Instituto

E. M. Prefeito Virgílio Gazire

Rua Ouro Preto, s/n° – N. S. das Oliveiras

E. M. Profª Antonina Moreira

Rua Hildebrando M. da Costa, s/n° – Água Fresca

E. M. Bom Jardim

Núcleo do Bom Jardim (Carmo)

E. M. Candidópolis

Núcleo de Candidópolis

E. M. Coronel João Lage

Núcleo dos Machados (Itambé)

E. M. Dinorah Alvarenga

Rod. MG-129, 707 – Chapada

E. M. Dona Maria Elias

São José do Macuco (Ipoema)

E. M. José Custódio Costa

Núcleo de São José do Turvo (Carmo)

E. M. Manoel Tomás Figueiredo

Núcleo de Duas Pontes (Ipoema)

E. M. Nonato Azevedo

Rua Domingos Lage – Ipoema

E. M. Odília de Oliveira Costa

Rua Principal – Senhora do Carmo

E. M. Professor Alfredo Sampaio

Rua Principal, s/n – Campo de Gordura (Carmo)

Prefeitura pede apoio de entidades no trabalho de combate à dengue

Representantes de entidades itabiranas participaram de uma reunião promovida pela Prefeitura/ Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na tarde de quinta-feira (26), no auditório do Paço Municipal. Durante o encontro, foi discutido o alto índice de focos do mosquito Aedes aegypti em Itabira, conforme levantamento realizado entre os dias 9 e 14 de março deste ano. Itabira apresentou índice médio de infestação de 8,1%: entretanto, o índice tolerado pelo Ministério da Saúde é de 1%.

O secretário municipal de Saúde, Reynaldo Damasceno Gonçalves, solicitou o apoio das entidades para que atuem como multiplicadores de informação, principalmente sobre os métodos de combate ao mosquito transmissor da dengue e da febre Chikungunya. Ele também explicou os trabalhos desenvolvidos pela Prefeitura: atuação dos Agentes de Combate a Endemias (ACE) contratados pelo Município, mutirões para recolhimento de materiais inservíveis que acumulam água, distribuição de materiais informativos, entre outros.

Estiveram presentes a secretária adjunta da pasta Miriam Lage Fernandes, a diretora de Vigilância Epidemiológica Lumênia de Souza Duarte, servidores da SMS e Secretaria Municipal de Educação (SME). Também compareceram representantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), igrejas, Interassociação dos Bairros de Itabira, entre outras entidades.

Novo Liraa é realizado a partir desta terça-feira

Nesta terça-feira (10), 40 Agentes de Combate a Endemias (ACE) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) começaram o novo Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (Liraa) em Itabira. O trabalho acontecerá em 74 localidades: a previsão é de que as amostras sejam recolhidas até sábado (14).

De acordo com a diretora de Vigilância Epidemiológica, Lumênia Souza Duarte, o levantamento é feito por amostragem. Os bairros, quarteirões e imóveis visitados são escolhidos por meio de sorteio realizado por um sistema específico do Ministério da Saúde.

O Liraa acontece todos os anos nos meses de janeiro, março e outubro. O último levantamento, no começo do ano, registrou índice de infestação predial de 4,8%: o tolerável pelo Ministério da Saúde é de 1%. O resultado do Liraa deste mês deve sair na próxima terça-feira (17).

A SMS solicita à população que receba bem os ACE, tendo em vista que as informações recolhidas são necessárias para a avaliação, pelo Governo Municipal, das medidas de combate à dengue. A Secretaria de Saúde também ressalta que todos podem e devem denunciar locais onde há focos do mosquito. Para isso, basta ligar para o Disque Dengue: 3839-2600.

Secretaria de Saúde realiza novo Liraa nesta semana

Começou nessa segunda-feira (17) o novo Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (Liraa) em Itabira. O trabalho será realizado pela Secretaria Municipal de Saúde em todos os bairros e deve ser concluído na próxima sexta-feira (21). As visitas aos imóveis serão feitas por 59 Agentes de Combate a Endemias (ACEs): desses, 19 foram contratados recentemente pela Prefeitura por meio do decreto emergencial.

“O levantamento é feito por amostragem: um programa do Ministério da Saúde faz o sorteio dos bairros, quarteirões e imóveis a serem visitados”, explicou a chefe da seção de Vigilância Epidemiológica, Lumênia Souza Duarte. O primeiro Liraa deste ano aconteceu entre 06 e 10 de janeiro e registrou índice de infestação predial de 7,8%. O índice tolerável pelo Ministério da Saúde é de 1%.

A Secretaria de Saúde solicita à população que receba bem os agentes da SMS, pois as informações são necessárias para avaliação das medidas de combate à dengue adotadas pelo Município.

Em tempo
O prefeito Damon Lázaro de Sena decretou estado de emergência (Decreto nº 1.537, de 24 de janeiro de 2014) devido ao elevado índice de infestação do mosquito transmissor da dengue no município.

Em fevereiro, 49 ACEs cedidos pelo governo estadual auxiliaram a Prefeitura na mobilização contra a dengue em Itabira. Neste mês, a força-tarefa promovida pela Prefeitura está recolhendo entulho e lixo disponibilizados pelos moradores, além de realizar a capina das vias públicas. Os trabalhos estão acontecendo nos bairros Bálsamos, Fênix, Juca Batista, Machado e João XXIII.

A comunidade também pode fazer denúncias sobre locais onde há focos do mosquito por meio do Disque Dengue: 3839-2600.

Governo do Estado reconhece Itabira como importante destino turístico

O Município de Itabira recebeu do Governo do Estado de Minas Gerais uma Menção de Reconhecimento pela importante participação na execução e consolidação do Programa Estadual de Regionalização do Turismo.

O certificado foi expedido em setembro do ano passado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, e atesta a atuação do município, em parceria com a Associação do Circuito do Ouro, em favor do fortalecimento do turismo no Estado.

Em 2013, a Prefeitura de Itabira recebeu um pesquisador da Fundação Getúlio Vargas, enviado pelo Governo do Estado, para fazer um levantamento de todos os dados referentes ao turismo no município. De posse dessas informações, o Governo Estadual fez uma análise e decidiu contemplar Itabira com o certificado. Alguns dados levados em consideração foram os atrativos turísticos e os projetos que o governo municipal pretende desenvolver. Várias cidades passaram pelo mesmo processo, mas nem todas foram agraciadas.

Segundo a chefe da Seção de Fomento ao Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT), Elaine Cristina Linhares Diniz, a atualização dos dados cadastrais por parte do Estado é feita anualmente, por meio do levantamento de inventários e dos cadastros que os municípios fazem para concorrer aos recursos do ICMS turístico. “Comprovamos ao Estado que estamos com todas as obrigações em dia – o que já é uma forma de atualização dos dados levantados em 2013. Com isso, temos direito a percentuais do ICMS turístico. Inclusive, temos até o dia 15 de fevereiro para entregar esse material”, disse.

Ainda de acordo com a chefe de seção, o certificado comprova a capacidade turística de Itabira. “Este certificado é para comprovar que o município de Itabira é reconhecidamente um destino turístico importante para o Estado de Minas Gerais. Além disso, abre portas para buscarmos financiamentos, com maior facilidade, tanto no Estado quanto no Governo Federal”, lembrou Elaine Diniz.

Scroll To Top