domingo , 20 setembro 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Plano Municipal de Educação

Arquivos de Tag: Plano Municipal de Educação

Prefeitura realiza conferência para debater desenvolvimento do Plano Municipal de Educação

Seguindo o cronograma estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC), a Prefeitura de Itabira realizará amanhã (17), a Conferência Municipal de Educação com o tema “A Construção do Sistema Integrado de Educação Pública de Minas Gerais e a Implantação dos Planos de Educação”. O evento acontecerá na Escola Municipal Professora Antonina Moreira – rua Tabelião Hildebrando Martins da Costa. Bairro Água Fresca – a partir das 13 horas.

De acordo com José Gonçalves Moreira, secretário municipal de Educação, o objetivo da conferência é garantir os direitos conquistados no Plano Municipal de Educação (PME), por meio de um debate com a sociedade itabirana que abordará diversas questões, como por exemplo, economia, piso salarial, valorização da carreira, desafios da educação inclusiva, temas transversais – ecologia, racismo, empreendedorismo etc – e os desafios do ensino no contexto do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Antes dos debates, no entanto, haverá uma palestra com o filósofo e teólogo Alvimar Alves da Rocha, também professor da Fundação Getúlio Vargas.

Estarão presentes, segundo informações da Secretaria Municipal de Educação (SME), gestores das redes municipal e estadual de ensino, profissionais da educação, estudantes, pais e membros do Conselho Municipal de Educação. Os debates serão mediados pelo secretário municipal de Educação.

Saiba mais

Em outubro deste ano, a Prefeitura promoveu o 3º Encontro de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação, evento que reuniu 20 cidades mineiras, além de Itabira, para avaliar o desenvolvimento do Plano Municipal de Educação (PME) de cada município e adequá-los ao Plano Nacional de Educação (PNE).

Visando o avanço na política de atendimento educacional, o PME foi elaborado em 2015 com a participação de representantes de escolas municipais, estaduais, técnicas, faculdades e universidades. No plano, foram definidas metas que devem ser cumpridas pelo Município nos próximos dez anos – até 2025.

Ronaldo Magalhães participa do 3º Encontro de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação

O prefeito Ronaldo Magalhães participa amanhã (3), a partir das 9 horas, do encerramento do 3º Encontro de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação, no auditório da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (SMDUMA) – Mata do Intelecto – que acontece das 8 às 17 horas.

O evento, que começou hoje, reúne representantes das redes de ensino municipal, estadual e particular de outras 21 cidades mineiras, além de Itabira, com o objetivo de avaliar o desenvolvimento das metas propostas em audiência pública, no último mês de agosto “e, ainda, planejar outras ações necessárias para atender os anseios da população e consolidar os Plano Municipal de Educação (PME) e o Plano Nacional de Educação (PNE)”, explicou José Gonçalves Moreira, secretário municipal de Educação.

Planejamento

O PME foi elaborado com a participação de representantes de escolas municipais, estaduais, técnicas, faculdades e universidades. Na proposta, foram definidas metas que devem ser cumpridas pelo Município nos próximos dez anos, buscando o avanço na política de atendimento educacional. Assim como o PNE, que é um plano nacional com o objetivo de planejar e consolidar as ações definidas para a Educação, também por um período de dez anos.

Audiência pública – Prefeitura apresenta Plano Municipal de Educação

Na próxima sexta-feira (25), às 15 horas, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), realizará uma audiência pública para apresentar e discutir o Plano Municipal de Educação (PME). O encontro, no auditório da Fundação Itabirana Difusora de Ensino (Fide), será aberto ao público.

O PME foi elaborado com a participação de representantes de escolas municipais, estaduais, técnicas, faculdades e universidades. Na proposta, foram definidas metas que devem ser cumpridas pelo Município nos próximos 10 anos, buscando o avanço na política de atendimento educacional.

Durante a audiência pública, serão apontadas as contribuições populares para a elaboração do plano. Haverá ainda um debate sobre os aspectos e propostas em que não há consenso entre os participantes. De acordo com a SME, após as discussões poderá ocorrer uma votação e/ou deliberação entre os membros da comissão representativa.

Vá lá: Fide – avenida Carlos Drummond de Andrade, nº 549 – Centro.

Vagas para 2017 – Prefeitura realiza I Cadastro da Educação Infantil

Começou nesta terça-feira (17), e segue até o dia 03 de junho, o I Cadastramento da Educação Infantil de Itabira. Realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), é voltado para os alunos da Educação Infantil do município.

Devem ser cadastradas no 1º e 2º período da educação infantil crianças que completam 4 e 5 anos até o dia 30 de junho de 2017. O cadastro atende a Meta 1 do Plano Nacional de Educação (Lei nº 13.005/2014) e a Meta 1 do Plano Municipal de Educação (Lei nº 4.813/2015), que garantem a universalização da educação infantil de 4 e 5 anos até 2016. A ação tem o objetivo de garantir vagas nas escolas públicas municipais para todos os alunos registrados.

O cadastramento escolar deve ser feito pelos pais ou responsáveis pelos alunos na escola municipal mais próxima à residência, mesmo que esta não ofereça o segmento da educação infantil. É necessário apresentar a certidão de nascimento do aluno, uma conta de luz recente (comprovante de endereço) e documento de identidade do responsável pelo candidato. Será exigida a apresentação dos documentos originais e cópias correspondentes.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3839-2602.

cadastro escolar-itabira

Prefeito assina ordem de serviço para construção de Cemei no Gabiroba

Oferecer educação de qualidade às crianças de Itabira é uma prioridade do Governo Municipal. Por isso, o prefeito Damon Lázaro de Sena assinou, na tarde desta segunda-feira (30), a ordem de serviço para a construção de um Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) no bairro Gabiroba. A obra deve começar nesta semana e o prazo de execução é de 10 meses.

A solenidade aconteceu no gabinete do Chefe do Executivo e contou com a presença de secretários municipais, representante do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e imprensa. Também assinaram a ordem de serviço os secretários municipais Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos (Educação) e Sebastião Lourenço Ayres (Obras) e o representante da construtora, Danilo Alvarenga Freitas.

A Cemei será construída na avenida dos Vereadores e, após a conclusão das obras, atenderá crianças de 4 e 5 anos de idade. Os recursos para a obra são provenientes do Governo Federal: o valor do contrato é de R$ 1.968.409,55.

“É muito importante a assinatura desta ordem de serviço, porque possibilitará ao Município o cumprimento de uma meta presente no Plano Municipal de Educação, consoante com as metas do Plano Nacional de Educação. A construção dessas unidades tem sido uma proposta do governo Damon Lázaro de Sena. Foi um processo longo, exaustivo, que contou com o apoio e a participação de vários setores da Prefeitura. O Município poderá atender melhor a Educação Infantil nos aspectos quantitativo e qualitativo”, disse Luciane Santos.

Damon Lázaro de Sena lembrou que o terreno foi desapropriado pela Prefeitura pelo valor de R$ 2,2 milhões. Ele informou ainda que uma creche está em fase de construção no bairro João XXIII (com recursos próprios) e já houve licitação para outras duas unidades: uma no Boa Esperança, outra no Fênix.

“A educação é prioridade número um do governo. A partir do momento em que se tem um cidadão bem educado, economiza-se em tudo: em saúde, trânsito, segurança pública e em várias outras situações. Enquanto gestor público, devo investir pesadamente em educação. Estamos trabalhando as crianças desde os primeiros anos de vida”, ressaltou o prefeito.

Prefeitura discute implementação da educação integral em Itabira

Implementar a educação em tempo integral nas escolas municipais é uma das metas previstas no Plano Municipal de Educação (PME), elaborado pela Prefeitura de Itabira e aprovado em junho deste ano. Até 2020, o Município pretende ampliar a carga horária dos estudantes para sete ou oito horas diárias, abrangendo pelo menos 50% dos alunos da Educação Básica. Por isso, sob orientação do prefeito Damon Lázaro de Sena, as equipes têm se mobilizado para discutir a formulação das diretrizes necessárias para o cumprimento da proposta.

Desde o primeiro semestre, a Secretaria Municipal de Educação (SME) promove encontros para debater o assunto com segmentos da comunidade ligados ao setor educacional. O trabalho é desenvolvido em parceria com a Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Houve reuniões com a equipe técnica da SME, gestores escolares, professores, estudantes do 6º ao 9º ano indicados pelas instituições de ensino e famílias dos alunos. Segundo a secretaria, a construção das diretrizes que vão nortear a implementação da educação integral deve ser feita em rede e, por isso, é necessária a participação de vários segmentos. A minuta do plano será apresentada no próximo mês.

“Quando fizemos o PME, um dos aspectos discutidos foi o da educação integral. O Cenpec e a Fundação Itaú Social são parceiras dessa ação que nos possibilita ouvir vários grupos, de forma que as pessoas fiquem mais à vontade para se expressar e propor ações para o poder público. Isso oferece a construção de um plano muito mais interessante, que faça sentido para todos”, disse a secretária municipal de Educação, Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos.

Investir no setor educacional é uma das prioridades da gestão de Damon Lázaro de Sena. Elaboração do PME, entrega de novo mobiliário e material didático, reforma de escolas e capacitação dos profissionais da educação são algumas ações desenvolvidas pelo governo municipal.

Revisão do PPP
A SME está aproveitando os dados coletados durante as reuniões sobre educação integral para preparar as equipes das escolas quanto à revisão do Projeto Político-Pedagógico (PPP). O documento orienta a gestão escolar e sintetiza as ações a serem adotadas em cada instituição de ensino. O processo de revisão é contínuo, dinâmico e permite que as escolas formulem avanços na qualidade da educação.

Diretrizes – Audiência Pública discute estratégias para o Plano Municipal de Educação

A audiência pública sobre o Plano Municipal de Educação (PME) encheu o auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), nesta segunda-feira (18). Educadores, diretores, pais de alunos e outros representantes da sociedade civil se reuniram para discutir as metas e estratégias da minuta do PME. Também estiveram presentes o prefeito Damon Lázaro de Sena, o vice-prefeito Reginaldo Calixto de Oliveira, secretários municipais e represente da Câmara Municipal.

O PME é o documento onde constam as diretrizes da educação no município para os próximos 10 anos. A elaboração envolve o levantamento de dados, informações, estudos, análises e consultas públicas. A população está participando da sua construção. Por meio de link disponibilizado no site da Prefeitura, o cidadão teve acesso à minuta, enviou sugestões e opiniões. As escolas – técnicas, estaduais, municipais –, a Comissão de Educação da Câmara Municipal e o Conselho Municipal de Educação também participaram da elaboração do Plano.

O prefeito Damon Lázaro de Sena ressaltou a importância do documento no levantamento das necessidades educacionais da população. “Este plano propiciará o encontro de soluções específicas para ampliar a qualidade da educação na cidade. É preciso investir pesado neste setor, porque tudo passa por ele. Uma sociedade educada, consciente e conhecedora de seus valores e deveres viverá e terá um processo organizacional melhor. Por isso a Prefeitura de Itabira trabalha, arduamente, para ampliar o acesso ao ensino, valorizar os educadores e melhorar a educação”.

A secretária municipal de Educação Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos explicou que o trabalho para elaborar a minuta do PME vem sendo desenvolvido desde 2013. O primeiro passo foi o mapeamento da rede municipal. Por meio dos dados e utilizando os indicadores nacionais foi elaborado o primeiro diagnóstico. Também foram utilizados como instrumento o Plano Municipal da Infância e da Adolescência, de atendimentos da Secretaria Municipal de Ação Social (SMAS), os estudos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Censo e pesquisas nacionais.

Os presentes se reuniram para discutir a minuta do PME e propor alterações. Após a elaboração do plano, o prefeito fará um Projeto de Lei que será encaminhado à Câmara Municipal. Depois de votado, o PME deverá ser sancionado por Damon Lázaro de Sena, até junho deste ano.

Participação popular – Prefeitura elabora minuta do Plano Municipal de Educação

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), elaborou a minuta do Plano Municipal de Educação (PME), com a participação de representantes de segmentos das escolas municipais, estaduais, técnicas, faculdades e universidades. Na proposta, foram definidas 14 metas que devem ser cumpridas pelo Município nos próximos 10 anos, buscando o avanço na política de atendimento educacional.

Toda a população deve participar da concepção do PME. Ele é a diretriz da educação municipal para a próxima década. A elaboração do PME envolve o levantamento de dados e informações, estudos, análises e consultas públicas. A participação popular é muito importante: o PME é de todos que moram na cidade, por isso, todas as necessidades educacionais da população devem constar no Plano.

Para que a população participe das discussões e possa opinar, o Governo Municipal disponibilizou a minuta do PME no site da Prefeitura de Itabira. Na página oficial, que estará disponível até o dia 15 para sugestões, o cidadão terá a chance de contribuir com o PME. Veja mais no link:  http://www.itabira.mg.gov.br/portal/?page_id=31865

Na segunda-feira (18), das 8h às 16h, haverá uma audiência pública para discutir as metas e estratégias da minuta. O encontro, no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), é aberto ao público. A participação de todos é muito importante para as discussões. Após a aprovação popular, o prefeito fará um Projeto de Lei que será encaminhado à Câmara. Depois de votado, o PME deverá ser sancionado por Damon Lázaro de Sena, até junho deste ano.

Scroll To Top