quinta-feira , 21 novembro 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: produtores

Arquivos de Tag: produtores

De 15 a 19 de julho – 26ª Semana do Produtor Rural conta com 20 cursos de capacitação

Com o objetivo de compartilhar conhecimentos técnicos e profissionais, em busca da melhoria da qualidade de vida e da produtividade, a 26ª Semana do Produtor Rural de Itabira contará com 20 cursos de capacitação relacionados à produção e reaproveitamento de alimentos, artesanato, manuseio de maquinário, entre outros temas. Esta edição acontece entre os dias 15 e 19 de julho, no Parque de Exposições Virgílio José Gazire.

Todos os cursos ofertados contam com as novas exigências legais, tecnológicas e agronegócio. O público-alvo são os produtores rurais, agricultores familiares, trabalhadores e profissionais liberais ligados às áreas rurais. As capacitações serão ministradas no Parque de Exposições Virgílio José Gazire e na Fazenda Palestina.

De acordo com a programação, três cursos serão realizados entre os dias 22 e 26, e 29 e 2 de agosto, ou seja, fora da Semana do Produtor: Apicultura, Boas Práticas de Fabricação/ Agricultura Familiar, e Casqueamento e Ferrageamento. As inscrições foram feitas no Sindicato Rural, no bairro Pará. Com vagas limitadas, grande parte dos cursos já estão com as inscrições encerradas.

Este ano, os interessados podem contar ainda com os seguintes cursos: Cuidados com Ordenhadeira Mecânica, Doces Cristalizados/ Geleias e Doce em Barra, Quitandas, Artesanato em Bambu, Artesanato em Coador de Café (Peças Utilitárias), Tratorista, Defumados, Queijos, Operação e Manutenção de Motosserra, Operação e Manutenção de Roçadeira, Cuidados Básicos com Idoso, Cultivos de Frutas/ Pomar, Cria e Recria de Bezerras, Construção de Fossas Sépticas, Proteção e Recuperação de Nascentes, Saúde da Mulher e Solda.

Após a conclusão, os participantes receberão certificados. A entrega será durante o encerramento, que contará ainda com a comemoração do 5º Dia da Comunidade Rural. Durante toda a sexta-feira (19), haverá culto ecumênico, apresentações culturais, palestras, homenagens e sorteio de brindes.

Ainda durante o encerramento das atividades, o público poderá conferir os estandes da Apafi, Aapitar, IEF, Polícia Ambiental, artesãs de senhora do Carmo, entre outros. Fornecedores de equipamentos e insumos para produtores rurais também estarão presentes com suas mercadorias.

A 26ª Semana do Produtor Rural é promovida pela Prefeitura de Itabira, Sindicato dos Produtores Rurais, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater/MG), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Grande evento de extensão do município, a primeira edição aconteceu em 1985 e, a partir de 1994, a Semana do Produtor Rural passou a ocorrer anualmente, em comemoração ao Dia do Produtor Rural.

Feira itinerante da agricultura familiar começa em maio

A Prefeitura de Itabira inaugura no próximo dia 04/05, das 7 às 12 horas, no bairro Centro, na Rodoviária – próximo à entrada do Parque da Água Santa – a primeira edição da feira Terra Nossa.

De acordo com o decreto regulamentador nº 628 – assinado pelo prefeito Ronaldo Magalhães no dia 28/03 – a feira será realizada uma vez por semana, sempre às quintas-feiras, em um dos sete bairros selecionados da cidade – Bela Vista, na rua Anastácio de Brito; Caminho Novo, na rua Cristal; Praia, avenida Cristina Gazire, na área verde, em frente ao centro comercial do bairro; Gabiroba, na rua Almir Pessoa de Magalhães; João XXIII, avenida Jorge Ferraz, esquina com a rua Humberto Campos; Amazonas, na rua Amapá, entre os cruzamentos das avenidas Brasil e Ipiranga – além dos distritos Ipoema e Senhora do Carmo.

Feira

A feira itinerante é uma parceria entre a Prefeitura de Itabira com a Associação dos Produtores da Agricultura Familiar de Itabira (Apafi) e tem como objetivo escoar a produção da agricultura familiar do município, além de aproximar os produtores dos consumidores. São 15 barracas, com três produtores em cada, comercializando frutas, legumes, verduras, tubérculos, cereais, aves vivas e abatidas, carnes suína e bovina, quitandas, ovos, mel, derivados do leite e do milho, doces e artesanatos. Segundo informação da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), os produtos de origem animal são inspecionados pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM) com o devido selo que garante a qualidade da mercadoria.

Para participar da Terra Nossa, é necessário que o produtor seja, exclusivamente, da agricultura familiar e apresente a Declaração de Aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), emitida pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater/MG).

História

O programa Apoio à Geração e Incremento de Renda (Agir), da Fundação Vale, incentivou a criação da feira itinerante, capacitando os produtores por meio de cursos que ensinaram novas técnicas para aumentar e diversificar a produção.

O programa contribui para o fortalecimento de negócios sociais, respeitando as vocações e criando oportunidades de trabalho e aumento de renda nas comunidades onde atua. O participante recebe capacitações, assessorias, orientações, investimentos e acompanhamento dos projetos de empreendedorismo (incubação ou aceleração). Em Itabira, o Agir conta com a parceria da Prefeitura e da Incubadora Social do Instituto Kairós (Nova Lima/ MG) como entidade técnica executora.

Produtores Rurais – Senar Minas abre inscrições para curso de recuperação e proteção de nascentes

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Minas Gerais (SENAR Minas) está com inscrições abertas para o curso de “Recuperação e Proteção de Nascentes”. O objetivo é capacitar produtores na gestão da água de forma sustentável, com foco na produção e qualidade do recurso. Os interessados podem se inscrever no Sindicato Rural, que fica na Praça Dr. Nelson Guimarães, 10, bairro Pará.

Em Itabira, a capacitação será ministrada em três oportunidades. As primeiras datas são 2,3 e 4 de março; a segunda em 21, 22 e 23 e a terceira em 28,29 e 30 de março. O curso passará conhecimentos teóricos sobre a legislação ambiental estadual e federal, topografia e as características do local onde a nascente se encontra, como construir um ponto de captação e como registrar os dados da nascente recuperada para catalogação.

Maiores informações pelo telefone: 3831-1380

Epamig realiza Dia de Campo sobre cultivo do feijão-carioca

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) realizou, na última semana, o Dia de Campo sobre cultivo do feijão-carioca, na comunidade do Engenho. O trabalho foi orientado pelo doutor em Fitotecnia, João Roberto Melo, e contou com a parceria da Prefeitura de Itabira. Durante a atividade, foi utilizada uma variedade do feijão-carioca conhecida como madrepérola.

O evento foi destinado aos produtores que possuem a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que visa estimular a geração de renda e melhorar o uso da mão de obra familiar, por meio do financiamento de atividades e serviços rurais agropecuários e não agropecuários desenvolvidos em estabelecimento rural ou em áreas comunitárias próximas.

De acordo com o gerente da Fazenda Experimental da Epamig em Itabira, Ivys Marlon Lage, o Dia de Campo buscou demonstrar a viabilidade da lavoura que começa com a escolha da variedade certa para cada região, as técnicas variáveis para o cultivo e as condições climáticas específicas.

A atividade contou ainda com a presença dos servidores municipais e técnicos em agropecuária Antônio José Pessoa Nogueira, Gilmar Bretas Martins Cruz, Fábio Lúcio de Oliveira Saez. Segundo Antônio Pessoa, que é membro do Conselho de Segurança Alimentar (Consea), um alimento deve nascer saudável para que se mantenha saudável até a nossa mesa.

“Isso é o que se justifica o Dia de Campo. O evento nada mais é do que um multiplicador de informações agronômicas, sendo uma ferramenta de extrema importância para uma melhor alimentação e um melhor aproveitamento das terras agronomicamente viáveis”, disse Antônio Nogueira.

Para o prefeito Damon Lázaro de Sena “os resultados das pesquisas realizadas pela Epamig podem ser percebidos por meio de vários benefícios, entre eles, a melhoria na qualidade do produto, menores preços, preservação ambiental, racionalidade no uso dos recursos naturais e energéticos, geração de emprego e renda, sustentabilidade e mais conhecimento técnico para os produtores rurais”.

Cultivo de feijao (3) Cultivo de feijao (1)

Prefeitura inicia visitas técnicas do Serviço de Inspeção Municipal

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), iniciou em janeiro as visitas técnicas do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A estimativa é de que o SIM beneficie cerca de 150 produtores da área urbana e rural, tirando-os da clandestinidade e oferecendo à população produtos de qualidade com segurança garantida.

O SIM controla a qualidade dos produtos de origem animal, como embutidos cárneos, queijo, pescados, ovos, leite, mel e derivados, além de produtos de origem vegetal e subprodutos (cereais, frutas, tubérculos, raízes, legumes, leguminosas e vegetais folhudos). Os alimentos serão inspecionados, assim como o processamento, a comercialização, o local e a higiene da industrialização. Os produtos que apresentarem os padrões higiênicos e sanitários nos parâmetros exigidos receberão um selo de garantia.

O veterinário Roger Limonge de Alvarenga explica que o selo garantirá benefícios para a população e, principalmente, para o produtor. “As pessoas vão consumir um alimento de origem controlada e o produtor trabalhará com segurança, tendo a certeza de que seu produto será comercializado sem problemas. O alimento não terá risco de ser apreendido caso haja uma fiscalização. Todos ganham”.

Aqueles que trabalham com produtos de origem animal já estão sendo visitados pelos técnicos da SMAA. Eles estão sendo orientados sobre o SIM e o que necessitam adequar para receberem o selo de garantia. As inspeções são realizadas pela equipe composta por dois técnicos agropecuários, um veterinário e um nutricionista. O controle será feito pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Superintendência de Vigilância Sanitária em Saúde.

Os produtos só poderão ser comercializados após o recebimento do selo do SIM. Pequenos, médios e grandes produtores do município devem se cadastrar para receberem uma visita técnica. Basta ligar para a SMAA pelo telefone 3839-2261.

A lei que estabelece a criação do SIM foi sancionada pelo prefeito Damon Lázaro de Sena em abril do ano passado (Lei Municipal 4667/2014).

Câmara de Climatização de Bananas é entregue à Associação dos Produtores da Agricultura Familiar

A comunidade da localidade rural de Macuco recebeu, na tarde desta segunda-feira (6), anova Câmara de Climatização de Bananas Pedro Sérvulo de Oliveira. A entrega, após obras de reforma, foi feita pelo prefeito Damon Lázaro de Sena à presidente da Associação de Produtores da Agricultura Familiar de Itabira (Apafi), Beatriz Gonçalves Coelho da Silva. A modernizaçãoe ampliação foi uma solicitação da população, registrada em uma das edições do programa governamental Ouvir Você.

As obras de ampliação, cercamento e pintura, além da substituição do sistema de refrigeração da câmara foram feitas pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA).Com a reforma, a capacidade de armazenamento de bananas duplicou de seis para 12 toneladas (600 caixas de 20 kg) por período e a maturação da fruta passou a ocorrer de forma uniforme, num mesmo período e em menor tempo.

Construída na década de 1990, a câmara nunca havia passado por reforma. Por vários anos os equipamentos ficaram sem receber manutenção para atender adequadamente os produtores. Além da obra, a Prefeitura realizou treinamento de capacitação para os funcionários.

Assim como a disponibilização da câmara para todos os produtores rurais do município, a Prefeitura fornece o transporte do produto, da propriedade ou comércio, até o Macuco. O transporte de volta é feito logo após a maturação, que leva em torno de cinco dias, dependendo do tipo de banana. Para receber o serviço, é necessário que o produtor faça um agendamento na SMAA. Aprodução atenderá prioritariamente ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Damon Lázaro de Sena pediu a atenção da população para o meio ambiente e anunciou para breve, obras de urbanização das ruas do Macuco. O conserto em um reservatório de água e a melhoria no fornecimento para a localidade também serão iniciados nos próximos dias. “É muito importante que voltemos nossa atenção para o meio ambiente, da qual fazemos parte, para que a terra continue nos fornecendo a qualidade de vida que merecemos. Temos que deixar um ambiente melhor para as nossas crianças e gerações do futuro”.

O prefeito concluiu destacando o esforço da equipe de governo na busca de soluções para os problemas do município. “Temos trabalhado muito pela população. A reforma desta câmara de climatização foi um pedido do programa Ouvir Você. Tivemos a informação de que a estrutura da Câmara estava abandonada a muito tempo. O Macuco tem uma grande importância para o município e já ocupou o primeiro lugar na produção de bananas no estado de Minas Gerais. Vamos trabalhar para melhorar a autoestima das pessoas desta comunidade e recuperar esta condição de grandes produtores”.

Participaram da entrega da câmara, os secretários municipais de Agricultura e Abastecimento Geraldo Roberto Ferreira da Silva e de Governo Edilson de Magalhães Lopes, o vereador Sebastião Ferreira Leite, o gerente da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) Ivys Lage, o administrador do Distrito de Ipoema Luiz Carlos de Souza, além de servidores públicos municipais. O produtor de bananas Raimundo Arsênio representou os demais produtores da região.

Produção Rural – Prefeitura implanta Serviço de Inspeção Municipal

A Prefeitura de Itabira está implantando o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) com o objetivo de garantir a qualidade e a padronização dos produtos de origem animal e vegetal que são produzidos e comercializados dentro do município. A estimativa é de que a implantação beneficie aproximadamente 150 produtores da área urbana e rural, tirando-os da clandestinidade e oferecendo produtos seguros à população.

A implantação do SIM teve início logo após o sancionamento, pelo prefeito Damon Lázaro de Sena, da Lei nº 4.667 que estabelece e regulamenta a criação do serviço. O SIM será executado por meio das secretarias municipais de Agricultura e Abastecimento e de Saúde e passará a ser referência para os consumidores que adquirirem produtos locais, ao garantir que os mesmos sejam produzidos de forma segura, observando rigorosamente os parâmetros higiênicos e sanitários e com certificado emitido pelas duas secretarias.

organic-gardening

O SIM inspecionará a obtenção, o processamento, a comercialização e a industrialização dos produtos lácteos (leite, queijos, doces, manteiga, iogurte e bebida láctea), produtos cárneos (carnes in natura, embutidos frescos e cozidos, defumados, salgados, e carne seca), pescados, ovos, mel e seus derivados, além dos produtos de origem vegetal e subprodutos (cereais, frutas, tubérculos, raízes, legumes, leguminosas e vegetais folhudos).

A Vigilância Sanitária solicita aos pequenos, médios e grandes produtores do município interessados que façam o cadastramento e recebam as orientações. Outras informações podem ser adquiridas pelo telefone 3839-2675.

Scroll To Top