sábado , 21 setembro 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: rede pública

Arquivos de Tag: rede pública

Novos procedimentos – HMCC oferece cirurgias pediátricas

A partir deste mês, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), passa a oferecer uma série de procedimentos cirúrgicos pediátricos para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e região. Realizadas no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) pelo conceituado cirurgião pediátrico Renato Rosa de Almeida, as cirurgias contemplam pacientes de herniorrafias, orquidopexia, postectomias, hipospádia, hidrocele, entre outras demandas.

No sábado (7), primeiro dia de realização dos procedimentos, foram realizadas cinco cirurgias e 30 consultas. De outubro em diante serão feitas, mensalmente, 10 cirurgias e 30 consultas.

Em forma de mutirão, as cirurgias são um plano de ação da SMS para satisfazer a demanda na rede pública. O atendimento no HMCC é feito exclusivamente por meio do SUS e o fluxo de atendimento inicia-se pela Unidade Básica de Saúde (UBS).

Sempre que necessário buscar auxílio, o usuário deve procurar primeiro a UBS de referência ao seu domicílio. Ao avaliar e cuidar de cada paciente, as equipes do Programa Saúde da Família (PSF) são responsáveis por direcioná-los para uma consulta com especialista ou exame de diagnóstico mais avançado no hospital, caso seja especializado. O paciente que necessitar de serviços hospitalares, no caso, cirurgias pediátricas eletivas, dará entrada no hospital a partir do encaminhamento do setor de Regulação da SMS, que realizará o agendamento para avaliação do caso.

Cartão SUS é exigido para atendimentos na rede pública de saúde

Usuários das unidades do Programa Saúde da Família (PSF) que ainda não se cadastraram para a confecção do cartão nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) podem ser privados na realização de qualquer tipo de procedimento na rede pública caso não apresentem o documento. A apresentação do cartão é uma exigência do Governo Federal que está em vigor desde o dia 1º de junho deste ano.

Para obter o cartão, o usuário deve procurar sua unidade de saúde com a certidão de nascimento, CPF, carteira de identidade e comprovante de endereço. O documento é confeccionado e entregue em poucos minutos.

O Ministério da Saúde integrou vários sistemas de saúde em um único software, o e-SUS, para melhorar o registro de informações prestadas aos usuários e garantir ações mais efetivas para a população. O cartão do SUS é exigido em todo o país, devendo também ser apresentado por usuários que utilizam os serviços do Tratamento Fora do Domicílio (TFD) e é aconselhável o porte até mesmo por pessoas que possuam plano de saúde particular.

Escolas municipais se preparam para receber alunos e servidores

A partir de terça-feira (04), a rede pública municipal de ensino deve receber 8,5 mil alunos e 1.000 professores, distribuídos em 31 escolas das zonas urbana e rural.

Para todos os anos do ensino fundamental haverá o acolhimento, a chamada e aula em tempo reduzido. Já na educação infantil, cada escola deverá organizar o horário dos alunos para o período de adaptação que é necessário para crianças de quatro e cinco anos.

Assim, neste sábado (1º/02), as equipes das escolas municipais já começam a desenvolver os trabalhos referentes ao ano letivo. Todos os profissionais do magistério devem comparecer em suas respectivas escolas para fazer o planejamento e preparar as atividades para o primeiro dia letivo.

Já na segunda-feira (03), todos os servidores estarão nas unidades de ensino para a conclusão das atividades. Neste dia, cada profissional cumprirá seu horário. Todo o trabalho será feito para melhor receber a comunidade escolar.

A Secretaria Municipal de Educação (SME) já havia iniciado a preparação dos novos diretores. Ainda neste mês, eles participaram do Curso de Gestão Escolar, promovido pela Prefeitura de Itabira na Escola Municipal Cornélio Pena. A carga horária prevista é de 180 horas, das quais foram cumpridas 68 horas entre os dias 15 e 28 de janeiro.

O curso busca atualizar os gestores em temas que englobam as várias áreas de atuação que o diretor escolar deve assumir no dia-a-dia. No programa há quatro assuntos principais: educação e epistemologia, articulação entre conhecimento e vida; a educação como cumprimento de um direito; gestão; e relações com a comunidade.

Para a secretária municipal de Educação, Luciane Maria Ribeiro da Cruz Santos, é importante que todos os temas abordados sejam compartilhados com os demais segmentos das escolas. Assim, ao longo do ano, subgrupos de profissionais terão a oportunidade de participar da formação.

Além dos diretores, 72 professores de anos iniciais e de informática, recém nomeados pelo concurso público, também participaram de um curso de formação inicial que aconteceu em outubro do ano passado. Com carga horária de 20 horas, o curso foi dividido nos seguintes temas: apresentação da SME, ações, objetivos e propostas; concepções de aprendizagem, dificuldades e compromisso profissional; acompanhamento didático pedagógico e programas de intervenção pedagógica; apresentação da Prefeitura de Itabira e intervenção sobre a Dengue; e educação especial.

Ainda para garantir mais qualidade e assegurar o melhor atendimento aos alunos e servidores, dois motoristas que prestam atendimento à SME participaram do “Curso de Transporte de Passageiros e Escolar”. O curso habilita os profissionais a realizar transporte intermunicipal em veículos maiores, como vans e micro-ônibus. O curso, com carga horária de 50 horas aconteceu entre os dias 06 e 10 deste mês, em João Monlevade.

As aulas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) começam no dia 10 de fevereiro.

Prefeitura entrega 650 óculos para população

A Prefeitura de Itabira entregou na manhã de quinta-feira (19), 650 óculos de grau para os usuários da rede municipal de saúde. A ação aconteceu por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no teatro do Centro Cultural.

DSC_0178

O prefeito Damon Lázaro de Sena disse que esta ação atende a uma grande demanda da sociedade. “Hoje, estamos entregando 650 óculos, mas nós pretendemos atender a toda a população que necessita do produto. Além disso, a ótica que nos atende agora possuiu produtos de excelente qualidade. E nós vamos cobrar para que esta qualidade seja mantida. Este é um trabalho que nós procuramos fazer para atender a toda a população”, declarou o prefeito.

DSC_0191

De acordo com a chefe do departamento de Policlínica, Lídia Morais de Lima Pena, a meta para o ano que vem é atender a necessidade da população e distribuir, aproximadamente, 200 óculos por mês. “São óculos para pacientes da rede pública e particular que serão confeccionados de acordo com a receita de cada usuário, independente do grau ou do tipo da lente”.  Os pacientes também podem escolher o tipo de armação e o modelo que proporcione maior conforto e adaptação a cada usuário.

Representando o secretário municipal de Saúde, Reynaldo Damasceno, a secretária-adjunta Mirian Lage Fernandes anunciou que algumas cirurgias oftalmológicas já estão disponíveis na rede municipal de saúde. “Nós já estamos realizando as cirurgias de baixa e média complexidade. No entanto, as cirurgias de alta complexidade ainda são encaminhadas para Belo Horizonte. A nossa intenção é realizar todos os procedimentos cirúrgicos aqui no município, uma vez que já contamos com profissionais para isso. O que falta agora é resolver a questão do espaço físico para a realização das cirurgias”, disse Mirian Lage. O planejamento realizado pelo governo municipal, segundo a secretária-adjunta de Saúde, é de que no próximo ano todas as cirurgias sejam realizadas em Itabira.

DSC_0168

Como proceder
A Prefeitura de Itabira distribui os óculos, de acordo com a prescrição do oftalmologista, para todos os usuários da rede pública ou particular de saúde.

As pessoas que possuem algum problema de visão devem procurar as unidades de saúde para agendar uma consulta com um oftalmologista que deverá prescrever a receita para a confecção dos óculos. Depois da consulta, o interessado deve entregar a receita no PSF da sua região que a encaminhará para a Policlínica. “Assim, depois que os óculos forem confeccionados, são encaminhados para o PSF de origem para que o paciente possa buscá-lo”, esclareceu Lídia Pena.

Entenda mais
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, em janeiro deste ano um grande número de receitas de óculos, referentes a 2012, estavam vencidas. Ainda em janeiro, a Prefeitura de Itabira realizou uma nova licitação para a contratação de uma ótica para confecção dos óculos. A partir daí, houve mobilização dos servidores da SMS para que todos os pacientes portadores de receitas vencidas fossem novamente atendidos para a validação das receitas oftalmológicas.

A rede municipal de saúde possui hoje um grupo de oftalmologistas que prestam atendimentos ambulatoriais no Hospital Carlos Chagas (HCC) e na sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Centro-Leste (Ciscel). As cirurgias oftalmológicas realizadas no município, acontecem no HCC. Os procedimentos cirúrgicos a serem realizados na sede do Ciscel, estão previstos para começar no início de 2014.

Neste ano, a SMS conseguiu a adesão do município ao programa do Governo Federal “Olhar Brasil”. Por este programa, são realizadas triagens oftalmológicas em crianças, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e em idosos a partir do primeiro atendimento nos PSF´s. Todo atendimento sequencial é realizado no HCC e no Ciscel.

Outro ganho para o município foi a adesão ao Programa Glaucoma. Os pacientes com suspeita da doença são atendidos no HCC e têm acesso à toda medicação prescrita pelo médico. Até agosto de 2013, data da adesão do município ao programa, este atendimento era realizado em Belo Horizonte.

Scroll To Top