sábado , 6 junho 2020
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Saae

Arquivos de Tag: Saae

Concurso Público – Ronaldo Magalhães dá boas-vindas aos novos servidores do Saae

O prefeito Ronaldo Magalhães recebeu na tarde desta sexta-feira (17), em seu gabinete, os novos servidores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira, admitidos por meio do concurso público realizado no ano passado.

Nesse encontro, com a presença do diretor-presidente da autarquia, Leonardo Ferreira Lopes e da vice-prefeita Dalma Barcelos, o prefeito deu boas-vindas aos 19 funcionários presentes.

Eu pedi esse encontro com vocês para reforçar que, em toda a minha vida pública, sempre entendi a necessidade de valorizar o servidor de uma forma clara, objetiva e verdadeira. Nós, prefeito, secretários e diretores, estamos servidores hoje, mas amanhã não. Vocês é que são os verdadeiros comandantes do serviço público, fazem as coisas acontecerem e levam os resultados para toda a comunidade”, declarou Ronaldo Magalhães.

Já o diretor-presidente da autarquia ressaltou que a contratação dos novos funcionários renovou a “força” da empresa. “Depois de anos sem fazer concurso, a mão de obra no Saae ficou escassa, o que enfraqueceu a nossa empresa. A cidade cresceu e trabalhamos com dois itens importantíssimos: água e esgoto, o primeiro não pode faltar e o segundo ninguém quer por perto. Essas são as nossas atividades que desempenhamos cada um em sua função”, salientou Leonardo Lopes.

Nomeados

Adriana Saraiva Souza (contadora); Carlos Alberto Santos Júnior, Elias Henrique Fernandes e Jeferson Franci’s Oliveira (operador de estação de tratamento); Darley Alves Moreira e Joziel dos Reis (mecânico); Délio Bonaparte Ferreira (soldador); Eloíza de Fátima Gonçalves Lopes, Fabrício Silva dos Santos, Welton Cristiano Félix e Wenderson Martins Ferreira (operador de máquinas); Franciele Mariane de Souza (técnico em edificações); Geraldo Pereira Jardim, Júlio Cezar dos Santos, Ronivaldo Lúcio Chaves e Walerson Antônio Veríssimo (artífice I); Júlio Ismael de Assis Saldanha (engenheiro eletricista); Jussara Meireles Deiró (advogado); Marcelo Viana dos Santos (técnico em eletrônica).

Em tempo

O concurso público do Saae foi realizado em maio do ano passado e contou com 1.222 candidatos, que disputaram as 40 vagas oferecidas distribuídas na região urbana e nos distritos Senhora do Carmo e Ipoema. Foram aprovados 37 pessoas e convocadas 22 até o momento.

Utilidade pública – Saae informa paralisação da ETA Rio de Peixe

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio de Peixe está com a produção paralisada. Segundo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira, a operação foi suspensa por problemas na rede de captação que comprometeram a quantidade e a qualidade do recurso. A autarquia e a mineradora Vale trabalham na reparação.

A ETA abastece os bairros Fênix, Santa Ruth, Santa Marta, Monsenhor José Lopes, Ribeira de Cima, Belvedere e Bálsamos.

O Saae solicita a compreensão dos usuários. Para minimizar o transtorno é direcionada água da ETA Pureza à região atingida. No entanto, são necessárias manobras pontuais para equacionar o transtorno.

Licitação – Folha de pagamento da Prefeitura será exclusiva do banco Itaú

Há mais de dez anos com a Caixa Econômica Federal (CEF), o processo licitatório desta tarde de terça-feira (8), realizado no auditório do paço municipal, definiu o banco Itaú como o novo gestor da folha de pagamento da Prefeitura de Itabira, incluindo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e a Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA).

Por meio de um pregão presencial, o banco Itaú ofereceu R$ 8.050.000 milhões para ter exclusividade, durante cinco anos, sobre a folha de pagamento municipal. Para Marcos Alvarenga Duarte, secretário municipal da Fazenda, “a instituição que conquistou o direito de pagar os salários da Prefeitura, certamente oferecerá melhor atendimento e boas condições aos servidores”, declarou. As operações do novo contrato, segundo o secretário, devem começar já em novembro.

70f3dacc-2cb4-4ebf-90e7-e942ed30f6e6

Utilidade Pública – Falta de luz interrompe trabalho do Saae

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira informa que a falta de energia elétrica nesta segunda-feira (8) – interrupção promovida pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) sem aviso prévio – comprometeu os trabalhos da autarquia em todas as instalações situadas no bairro Pará.

O expediente na sede, o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e a Estação de Tratamento de Água (ETA) Três Fontes estão temporariamente interrompidos, ocorrendo, portanto, a interrupção do abastecimento de água.

Alto da Gaivota – Prefeitura realiza obras de pavimentação para novo acesso ao bairro Pedreira

Visando melhorar o acesso da população à parte alta do bairro Pedreira, a Prefeitura de Itabira iniciou no mês de março, obras de pavimentação da via que liga o bairro à rodovia MG-434, no trecho conhecido como Corta Madeira. Os trabalhos seguem intensos e devem ser concluídos em até dois meses.

O prefeito Ronaldo Magalhães esteve no local e ressaltou que o principal objetivo da obra é proporcionar mais conforto aos moradores da parte alta do Pedreira, que impossibilita o acesso de automóveis e ônibus. “Esse bairro existe há mais de 50 anos e tive a oportunidade, no passado, de implantar o ensino médio e o PSF (Programa de Saúde da Família), urbanizamos ruas e fizemos redes de esgoto. Fico feliz porque agora tenho novamente a oportunidade de trazer benfeitorias para essa comunidade”.

Ainda segundo Ronaldo Magalhães, “a obra está avançada e acredito que dentro de 60 dias será finalizada. Portanto, as pessoas não terão mais que subir toda essa via a pé, elas serão atendidas pelo transporte público”.

Para Isaías Flávio, produtor rural, a pavimentação das vias contribuirá para a economia local. “Há anos falam em fazer essas ruas e, graças a Deus, chegou o dia. Estou na roça, fazendo a terra produzir para mim e outros mais. É um ganho para o meu trabalho também. Estamos muito felizes e só temos a agradecer”, declarou.

Já o pedreiro Elson Gonçalves da Conceição Santos esperava o asfaltamento desde sua mudança para o bairro. “Tem quatro anos que moramos aqui e esperamos esta obra. Estamos muito satisfeitos com a força dada à nossa comunidade e, com certeza, isso vai mudar a vida de muita gente”.

pedreira_1

Água

A Prefeitura está solucionando também outro problema da parte alta do bairro Pedreira: a constante falta d’água. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira executa a construção de um quilômetro de rede de água, que irá melhorar o abastecimento.

De acordo com Ronaldo Lott, “existe uma tubulação, mas ao longo do tempo os moradores fizeram ligações domiciliares de forma não planejada. Com isso, a pressão da água não é suficiente para encher o reservatório e abastecer todos os moradores. Com o investimento do Saae, a água chegará ao reservatório e terá pressão para resolver o problema”, explicou o secretário.

Segundo Leonardo Ferreira Lopes, diretor-presidente do Saae, a implantação da nova rede de água é prioridade, será concluída ainda este mês e solucionará definitivamente a questão.O esforço do Saae representa o comprometimento, carinho e compromisso do prefeito Ronaldo com Itabira. Esse arruamento, aliado à distribuição de água justa e perfeita, proporcionará desenvolvimento e dignidade àquela comunidade”, garantiu o diretor-presidente da autarquia.

Utilidade pública – Pane elétrica prejudica produção de água na ETA Gatos

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Gatos sofreu uma pane elétrica na noite dessa terça-feira (15), informou o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira. Os bairros atendidos pelo equipamento já registram desabastecimento e a autarquia alerta para o consumo consciente da água. Equipes da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) realizam manutenção no local e o religamento de energia está previsto para as 12h dessa quarta (16).

A ETA Gatos abastece os bairros Campestre, Bela Vista, Nova Vista, Nossa Senhora das Oliveiras, Eldorado, São Francisco, Pedreira, Penha, Santo Antônio, São Pedro, Vila Cisne, Vila Paciência, Cento e Cinco, Cidade Nova e Santa Inês.

A produção de água tratada deve ser normalizada gradualmente no período da tarde, sendo restabelecido o fornecimento aos bairros até o fim do dia.

Utilidade pública – Interrupção de energia prejudica abastecimento de água em bairros de Itabira

Os bairros Alto Pereira, Centro, Moinho Velho, Pará, Vila Amélia, Vila Santa Isabel e Vila São Joaquim estão com o abastecimento de água comprometido nesta segunda-feira (14), informou o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). O problema ocorre por interrupção de energia elétrica no bairro Pará, a partir das 9 horas de hoje, o que impactou a produção da Estação de Tratamento de Água (ETA) Três Fontes.

Segundo o Saae, não houve comunicação prévia do caso pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Procurada pela autarquia, a concessionária disse que a manutenção da rede elétrica deve perdurar até 13 horas. Assim, o abastecimento de água deve ser normalizado de forma gradual no decorrer da tarde.

Balanço – Saae destaca conquistas notórias no panorama hídrico de Itabira em 2018

Apesar do arrocho financeiro sofrido pelo Município, uma de suas principais autarquias, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), teve um ano promissor. As obras entregues e as ações em andamento demonstram um salto em gestão e prestação de serviços à comunidade. “Em termos de saneamento básico, por exemplo, tivemos uma evolução notória”, resumiu o diretor-presidente do Saae, Leonardo Ferreira Lopes.

Em 2018, o Saae construiu interceptores de esgoto sob 13 travessias da cidade, através de método não destrutivo (MND), o que resolve o descarte irregular de esgoto em canais como o do bairro Juca Rosa. Também, empreendeu a construção e remodulação de redes de esgotamento nas regiões do Nossa Senhora das Oliveiras, São Cristóvão, Moinho Velho, Hamilton, João XXIII, Colina da Praia, Ribeira e outras.

Em termos de saneamento, o Município avançou de 44%, no início deste ano, para os atuais 56% de tratamento do esgoto gerado em solo itabirano. O feito abriu caminhos à cidade para reivindicar o ICMS Ecológico, arrecadação que tem como critério ter mais de 50% do esgoto urbano de uma cidade tratado. “Além de propiciar mais saúde à população, estamos gerando renda ao Município”, destacou Leonardo.

Meta

Com obras previstas para o início de 2019, há uma estimativa de superar a marca dos 90% de esgoto tratado até o fim do próximo ano. Dentre as intervenções previstas, uma empresa foi licitada para aprimorar e reformular o saneamento rural; estão em andamento as obras de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do distrito de Ipoema e a implantação de emissários nesse território, que farão a captação dos resíduos. O Saae contratou, para mais, o projeto para construir a futura ETE do bairro Pedreira.

Outra ação foi a compra de equipamento importado capaz de identificar ligações irregulares de esgoto através de uma fumaça não tóxica inserida nos pontos de visitação (PV) das vias públicas. Uma operação “caça-esgoto” deverá ser deflagrada em breve.

“Na conclusão de todas as obras, nós estaremos entre as 30 melhores cidades do país em tratamento de esgoto”, projeta o diretor-presidente da autarquia. De acordo com o Instituto Trata Brasil, apenas 45% do esgoto gerado no Brasil passa por tratamento.

Produção de água

Em abril, o Saae inaugurou a nova Estação de Tratamento de Água (ETA) de Senhora do Carmo. O distrito, aliás, receberá novas obras a partir de janeiro, quando será construída a Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR). Assim, o resíduo líquido (água com lodo) da ETA será destinado à UTR com o objetivo de realizar o tratamento. Através de um processo de filtração, mais água tratada será produzida. A ETA produz hoje 16 litros por segundo, em média, e poderá aumentar a produção em 5% após a conclusão da UTR. “O que é descartado, voltará ao processo, resultando em maior sustentabilidade”, esclarece Leonardo Lopes.

ETE Carmo

O balanço de ações do Saae em 2018 tem também a instalação de válvulas reguladoras de pressão no perímetro urbano da cidade – graças aos equipamentos é possível evitar vazamentos na rede; pôs novos motores elétricos nas ETA’s Senhora do Carmo, Ipoema e Pureza, com redução de consumo e eficiência energética; e substituiu redes subadutoras com um material mais resistente à pressão da água – caso da rua Daniel Jardim de Grisolia.

Obras Saae bairro Hamilton

Conjuntamente, as instalações administrativas do Saae passam por reforma; são construídos muros no entorno de reservatórios; foi feito recadastro dos clientes e atualização de seus dados; credenciamento de outras instituições bancárias e cooperativas de crédito para as contas de água; e investimentos em educação ambiental – vide projeto “Protetores da Água”, desenvolvido com as crianças das escolas municipais Coronel José Batista e Professor Alfredo Sampaio.

Rio Tanque

Foram realizados nos últimos meses audiência e consulta pública para o projeto de captação e tratamento de água no rio Tanque. Dado o custeio da obra, orçada em cifra acima dos R$ 50 milhões, o projeto será executado por meio de parceria público-privada (PPP). Rio Tanque é a saída da crise: a construção da ETA possibilitará a captação de 200 litros de água por segundo (l/s), e, esse volume acrescido ao existente, garantirá uma estabilidade no abastecimento para toda a cidade, pelos próximos 30 anos.

Troca de hidrômetros

O novo ano que se inicia contempla um feito fundamental ao Saae: a substituição de hidrômetros na cidade. Segundo o diretor da autarquia há equipamentos que datam de 30 anos e que já não fazem uma medição precisa do consumo do usuário. O ideal é trocá-lo a cada cinco anos. “Hoje Itabira possui 33 mil hidrômetros. Vamos substituir inicialmente 12 mil deles”, disse. O processo está em trâmite de licitação.

A questão é tida como fundamental porque a perda de água é um dos pontos mais frágeis do sistema de saneamento. O Saae registra hoje 36% de perda de água. Em 2017 esse percentual era de 42%. Após a troca dos hidrômetros, o índice pode cair para 28%. Para se ter uma ideia, a média de perda do recurso no estado, conforme Leonardo Lopes, é de 40%. “Se atingirmos a meta prevista, entraremos para o seleto rol das mais eficientes empresas de abastecimento e saneamento do país”.

Justiça social

À frente estão as obras do anel hidráulico da cidade, com pleito de financiamento aprovado pelo Legislativo municipal. Com a intervenção, o Saae poderá comunicar o reservatório do Alto dos Pinheiros ao do Areão e Juca Batista. Em trâmite de busca de recursos, o sistema poderá ser uma realidade em médio prazo. “Tornaremos, enfim, o abastecimento de água em Itabira democrático, de fato”, avalia o diretor-presidente.

O ano vigente, concluiu o gestor, para além dos desafios enfrentados, trouxe conquistas e alento ao saneamento itabirano. “Apesar da crise da qual o município vivencia, em termos de saneamento básico tivemos uma evolução gritante. Também registramos uma redução expressiva das reclamações da população em casos de falta d’água e qualidade do recurso”, encerrou.

 Reservatorio Alto dos Pinheiros

Concurso público

Para reforçar o quadro de profissionais, o Saae publicou edital de concurso público para o preenchimento de 38 vagas de nível fundamental, médio e superior. As inscrições terão início em 25 de fevereiro. Outras informações constam no site www.gestaodeconcursos.com.br.

Utilidade Pública – Roubo de cabos prejudica abastecimento de água no Fênix

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira informa que, devido a vandalismo, a região abastecida pela Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio de Peixe – bairros Santa Ruth, Santa Marta, Monsenhor José Lopes, Valença, Fênix, Belvedere e João XXIII – ficou sem água nas últimas horas.

Diversos cabos de energia foram furtados nesta madrugada (7/12), fato que impossibilitou o processo de abastecimento. O Saae informou ainda que o problema foi solucionado no final da tarde de hoje, mas a normalização do abastecimento deverá ocorrer somente nas próximas horas. Portanto, é necessário que a população atendida pela ETA Rio de Peixe mantenha o uso consciente da água.

Educação ambiental – Prefeitura de Itabira encerra edição do Protetores da Água com apresentações culturais e lançamento de livro

A edição de 2018 do projeto “Protetores da Água”, ação de educação ambiental da Prefeitura de Itabira, foi encerrada nesta quarta-feira (4). O evento reuniu o público-alvo do projeto no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) – crianças das escolas municipais Coronel José Batista e Professor Alfredo Sampaio. Na ocasião, a casa de cultura sediou apresentações, entrega de certificados e prêmios aos participantes, além de lançamento de livro com poesias e ilustrações alusivas ao tema produzidas pelas crianças.

O Protetores da Água foi desenvolvido durante o período letivo deste ano pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) – entidades mantidas pelo Executivo Municipal – com escolas locais, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME). Nesta edição, 77 estudantes aprenderam sobre o uso consciente e a preservação da água, descarte de materiais e outras ações de sustentabilidade, com visitas supervisionadas às estações de trabalho do SAAE.

Autoridades municipais participaram do evento desta quarta e falaram sobre resultados satisfatórios alcançados com os estudantes. Prefeita em exercício, Dalma Barcelos citou que o projeto orgulha a administração, uma vez que, a seu ver, os gestores públicos estão preocupados com o futuro das novas gerações e o comportamento que elas irão assumir para a preservação dos ecossistemas. “Caso contrário, não teremos um futuro sadio e promissor às novas gerações. Essa é uma preocupação pertinente e tudo passa pela educação”, defendeu.

Scroll To Top