segunda-feira , 21 janeiro 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: Tratamento de esgoto

Arquivos de Tag: Tratamento de esgoto

Chapada e Serra dos Alves – Prefeitura inicia construção de novas estações de água

Duas importantes regiões do município receberão, ainda no primeiro semestre deste ano, novas Estações de Tratamento de Água (ETA). Nesta semana, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itabira deu início às obras civis no bairro Chapada e, na localidade rural Serra dos Alves, técnicos da autarquia definirão, nos próximos dias, o terreno da ETA para os trabalhos estruturais começarem ainda este mês.

No bairro Chapada o problema é “crônico”. De acordo com Leonardo Ferreira Lopes, diretor-presidente do Saae, a oferta de água é insuficiente. “O abastecimento é realizado por meio de poço artesiano e o sistema não suportou o crescimento populacional do bairro nos últimos 12 anos. Acompanhando a situação e a necessidade dos moradores, o prefeito Ronaldo (Magalhães) determinou a construção desta estação”.

Já na Serra dos Alves, região turística do distrito Senhora do Carmo, Leonardo Lopes explicou que a água utilizada pela comunidade é imprópria. “É proveniente de uma nascente, não é tratada e eu oriento a qualquer um que estiver lá, a consumir água mineral”. Para o presidente, no entanto, o empreendimento atende a duas questões: saúde pública e diversificação econômica. “Lá o problema é desde sempre e a necessidade de uma ETA é questão de saúde. Além disso, por ser um local de turismo, o Governo Municipal entende como um investimento na área econômica. Por essas razões, o prefeito também determinou a construção da ETA, que vai proporcionar abastecimento público digno e adequado àquela população”, avaliou Leonardo Lopes.

Nos dois locais a capacidade de fornecimento de água das estações – adquiridas ainda no ano passado – será de 10 litros por segundo (l/s) que, como explicou o diretor-presidente do Saae, é suficiente para atender a mais de três mil habitantes. “Em média, um litro por segundo atende a 350 pessoas. Inclusive, na Serra dos Alves, por ser uma localidade turística, a ETA estará dimensionada para o fluxo de visitantes nos períodos de festa, como carnaval por exemplo”.

Esgoto

Durante as obras de instalação da ETA Chapada o Saae implantará também um sistema de esgoto para minimizar o risco de contaminação da água. Segundo Leonardo Lopes, serão necessárias 40 fossas sépticas. “Acima da ETA, onde está o pequeno rio, teremos que colocar fossas nas residências para que não ocorra sua contaminação, pois essa será a água tratada e fornecida pela ETA”. Leonardo Lopes explicou ainda que técnicos da autarquia irão se reunir com os moradores para explicar a situação. “As residências que receberem fossas terão que contribuir com uma pequena tarifa, chamada esgoto estacionário”.

Já no distrito Ipoema, obras de modernização e ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) estão a todo vapor. Com a construção de novas redes coletoras e interceptores, o distrito, de acordo com o Saae, terá 100% de esgoto coletado e tratado ainda no primeiro semestre de 2019.

Foto: ETA Senhora do Carmo

Tratamento de esgoto – Licença para ampliação da ETE Laboreaux é aprovada pelo Copam

Representantes do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e do Escritório de Projetos da Prefeitura de Itabira participaram de uma reunião do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam), em Governador Valadares, no início desta semana. A equipe acompanhou a aprovação da licença ambiental para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Laboreaux. O pedido de licença havia sido encaminhado para análise do conselho pela Superintendência Regional de Regularização Ambiental do Leste Mineiro (Supram/Leste).

Para construir a segunda etapa da ETE Laboreaux, serão aplicados R$ 13.873.220,48. Já a aquisição dos equipamentos deve custar cerca de R$ 3,5 milhões. O prefeito Damon Lázaro de Sena esteve em Brasília para obter os recursos junto ao Ministério das Cidades, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Com a segunda etapa concluída, a estação poderá tratar 340 litros de esgoto por segundo (l/s) – a capacidade atual é de 100 l/s. Hoje, 40% dos dejetos são tratados e a ampliação vai proporcionar o tratamento de 100% do esgoto gerado pela área urbana.

Após a publicação da autorização pela Supram/Leste, a Prefeitura poderá assinar a ordem de serviço para início dos trabalhos. A empresa responsável pela execução das obras já foi licitada pelo Município.

Unidade de Tratamento de Resíduos

O diretor-presidente do Saae, Jacir Primo, informou que também está em trâmite o processo para construção da Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR) na Estação de Tratamento de Água (ETA) Pureza. Segundo ele, a licença ambiental já foi obtida junto ao Conselho Municipal de Meio Ambiente (Codema). O valor do contrato para a construção da UTR é de R$ 1.747.785,96.

Scroll To Top