terça-feira , 23 julho 2019
Você está aqui: Capa | Arquivos de Tag: usuários

Arquivos de Tag: usuários

18 de maio – Prefeitura promove atividades pelo Dia da Luta Antimanicomial

Programação, feita pelas equipes de Saúde Mental, começa nesta quinta-feira e segue até o dia 22

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promove, a partir desta quinta-feira (16), importantes eventos para lembrar a data de 18 de maio – Dia da Luta Antimanicomial. A programação, preparada pelas equipes de Saúde Mental (Centros de Atenção Psicossocial Adulto, Infantil e Álcool e Drogas – Caps, Capsi e Capsad) do município, são gratuitas e voltadas para os usuários, familiares, trabalhadores da área e toda a comunidade. As atividades seguem até a próxima quarta-feira (22).

De acordo com a gerente dos Caps Adulto e Infantil, Jacira Helena Silva, a programação tem como objetivos principais ressignificar um movimento social com o lema “Por uma sociedade sem manicômios”, propor mudanças no cenário da Atenção à Saúde Mental e questionar as relações de estigma, preconceito e exclusão social para as pessoas que apresentam algum sofrimento psíquico. “É extremamente importante comemorar o dia 18 de maio para que todas as conquistas históricas não vivam retrocessos e prejudiquem o pertencimento social, o direito à cidadania”, afirmou.

Confira a programação:

16 de maio (quinta-feira)

14h – Sarau Poético – Com o tema “Viva a Viva! Viva a Arte!”, o evento contará com a participação de usuários dos serviços de Saúde Mental, familiares, escolas, artistas e instituições itabiranas. O espaço é aberto às pessoas que queiram compartilhar, experimentar, emocionar, sentir e transformar com arte.

Local: Praça do Campestre

20 de maio (segunda-feira)

14h – Cinema na Câmara – Esta edição do programa Cinema na Câmara apresentará o filme “O menino que descobriu o vento”: uma história sensacional, envolvente e de superação, que estimula discussões fundamentais sobre a força que cada um de nós tem dentro de si mesmo para promover mudanças coletivas que impactam na vida do outro. Toda a população está convidada para assistir.

Local: Câmara Municipal de Itabira

21 de maio (terça-feira)

Roda de Conversa Café com Prosa – Uma viagem até o município de São Gonçalo do Rio Abaixo para os serviços de Saúde Mental Caps/Capsad de Itabira e o serviço de Saúde Mental Peixe Vivo. Participarão do encontro usuários, familiares e trabalhadores da área. A proposta é ampliar discussões sobre as políticas de saúde mental, avanços, geração de renda, a construção da cidadania no cotidiano e a convivência familiar.

Local: Espaço Peixe Vivo, São Gonçalo do Rio Abaixo

22 de maio (quarta-feira)

19h – Mesa Redonda – Apresentação da história da Saúde Mental no município, com Marcelo Amorim Amaral Castro. Tema: “Desafios da nova política de Saúde Mental” e os impactos nos nossos serviços. Apresentação de Marta Elizabeth.

Local: Câmara Municipal de Itabira

Usuários do Caps e Capsad visitam Mata do Limoeiro e Museu do Tropeiro

Os usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Capsad) participaram de uma excursão ao Parque Estadual Mata do Limoeiro, no distrito de Ipoema, no dia 28 de março. Acompanhados por servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), eles puderam conhecer uma das unidades de conservação ambiental mais importantes de Minas Gerais. Na oportunidade, os visitantes também conheceram o Museu do Tropeiro.

De acordo com a SMS, os passeios têm o objetivo de valorizar os momentos de lazer e a socialização dos usuários. “Esse tipo de estratégia vem sendo adotada, cada vez mais, para diversificar as atividades terapêuticas”, disse a gerente do Caps, Jacira Helena Silva.

Saiba mais

O Parque Estadual Mata do Limoeiro está localizado na Serra do Espinhaço, a cerca de sete quilômetros do Parque Nacional da Serra do Cipó. Sua área, que é de 2.056,7084 hectares, está situada no distrito de Ipoema. Nela podem ser observados fragmentos de Mata Atlântica e Cerrado.

No local já foram identificadas pelo menos três espécies ameaçadas de extinção: o jacarandá-caviúna, a braúna-preta e o samambaiuçu. Com relação à fauna, existem espécies raras como o rato do mato (típico do Cerrado) e o gambá-de-orelha-branca (presente somente em áreas de Mata Atlântica).

A unidade de conservação ambiental possui diversos atrativos turísticos, com destaque para as cacheiras Três Quedas, Paredão, Gabriel e Lagoa do Limoeiro, e abriga, ainda, corredeiras, mirantes e grutas.

Atividade gratuita – Usuários do Caps terão sessão de cinema no dia 15

Com o objetivo de oferecer atividades que melhorem a qualidade de vida dos usuários da rede municipal de saúde, na segunda-feira (15) acontece mais uma edição da Mostra de Cinema promovida pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps). A exibição será às 14 horas, no plenário da Câmara Municipal, para todos os usuários do Caps.

A atividade gratuita é realizada mensalmente. Neste mês, será exibido o filme Fala sério, mãe! (Brasil, 2017). O longa-metragem conta a história da relação entre mãe e filha. Ângela Cristina (Ingrid Guimarães) é mãe da adolescente Maria de Lourdes (Larissa Manoela), que prefere ser chamada de Malu. Enquanto tenta guiar a filha durante uma das fases mais difíceis da vida, passando por um turbilhão de emoções, Malu sofre com os cuidados excessivos da mãe e com seu jeito conservador.

Com 1h18 de duração, Fala sério, mãe! é dirigido por Pedro Vasconcelos. Também fazem parte do elenco os atores Marcelo Lahan, Cristina Pereira e João Guilherme Ávila.

3ª Plenária Municipal – Prefeitura inicia pré-conferências de Saúde

As pré-conferências para discutir sobre a rede pública de saúde foram iniciadas na última segunda-feira (11). As reuniões são abertas à comunidade e acontecem, em sua maioria, nas sedes do Programa Saúde da Família (PSF). Os encontros preparam a pauta para a 3ª Plenária Municipal de Saúde, com data prevista para o dia 11 de abril, e são realizados pela Prefeitura de Itabira e Conselho Municipal de Saúde.

Nas reuniões, a população poderá pontuar todas as questões relacionadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Os levantamentos servirão para avaliar o sistema e propor novas diretrizes para a formulação de políticas públicas do SUS em âmbito estadual e nacional. Durante os encontros também serão eleitos os delegados para participar e votar as propostas na 3ª Plenária Municipal de Saúde, em abril.

A etapa municipal é preparatória para a etapa estadual (de 16 de abril a 15 de junho), em vista da 16ª Conferência Nacional de Saúde, com o tema “Democracia e Saúde: Saúde Como Direito e Consolidação dos Princípios e Financiamento do SUS” (entre os dias 4 e 7 de agosto, em Brasília). A participação nas etapas estaduais e nacional depende da escolha dos delegados nas etapas municipais e estaduais, respectivamente.

Mesmo frágil e em crise, o SUS é a única opção de acesso à assistência à saúde para mais de 75% da população. Infelizmente, a aprovação da Emenda Constitucional (EC 95), que congela por 20 anos os gastos da União, desencadeou um enorme obstáculo de sustentabilidade financeira do sistema público de saúde, que já se encontra subfinanciado há anos. Tudo isso agravou, ainda mais, a manutenção dos direitos sociais em todo país. Como garantir o direito à saúde de toda a população sem os devidos repasses financeiros do Estado e da União? O financiamento da saúde, que, conforme legislação deveria ser tripartite, está recaindo em cima do município. Este é o momento de refletir, discutir e colaborar para a construção de uma saúde melhor em Itabira, Minas Gerais e no Brasil. Por isso é tão importante a participação popular nas conferências e na Plenária Municipal de Saúde: são os usuários da saúde pública os principais beneficiados ou prejudicados por todas essas escolhas”, explicou a secretária municipal de Saúde em exercício, Lauana Matosinho Silva.

Mais acesso à população – Secretaria de Saúde lança Ouvidoria Itinerante nesta terça-feira

Com o objetivo de facilitar a participação popular nas questões da saúde no município, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), lança nesta terça-feira (4) a Ouvidoria Itinerante. A primeira edição do projeto, que segue até abril de 2019, será no Centro de Atenção Especializada (Ceae).

Segundo a ouvidora Municipal de Saúde, Carla Alvarenga Pessoa, a Ouvidoria Itinerante percorrerá as unidades da rede municipal para escutar os usuários e trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS). Toda semana, uma equipe da Ouvidoria Municipal de Saúde se descolocará a uma determinada unidade para atender à população. O cidadão poderá se manifestar: apresentar sugestões, reclamações, elogios ou reivindicações sobre o serviço de saúde oferecido pelo SUS.

Dessa forma, além de divulgar o trabalho prestado pela Ouvidoria, conseguiremos aproximar o serviço da população, proporcionando ao usuário a oportunidade de se manifestar e ser ouvido em sua unidade de saúde, fortalecendo assim o controle social”, declarou Carla Pessoa.

Ao final do trabalho, será produzido um relatório gerencial para auxiliar na tomada de decisões da SMS. “Desejamos melhorar continuamente nossos serviços, a partir da visão dos usuários e dos trabalhadores. Por isso, a participação de todos é muito importante”, finalizou a ouvidora de Saúde.

Novembro Azul – Atividades em UBS busca conscientizar sobre câncer de próstata

As atividades desenvolvidas pela Prefeitura de Itabira/ Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBS), para a conscientização sobre o câncer de próstata não param. Desta vez, os moradores dos bairros Santa Marta e Santa Ruth contarão com uma programação especial na UBS Francisco Jacinto Martins da Costa. O evento será nesta sexta-feira (30), das 8h30 às 10h30.

No local haverá aferição de pressão arterial, glicemia capilar, atividade física e palestras sobre o tema com os profissionais da UBS (médico, enfermeiro, odontólogo e psicólogo). Na oportunidade, os usuários poderão tirar todas as suas dúvidas com relação à saúde do homem. Após o evento, haverá uma confraternização entre a equipe e os usuários da UBS.

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens – o primeiro são os tumores de pele. Os fatores de risco para desenvolvimento da doença são: idade (cerca de 62% dos casos registrados ocorrem acima de 65 anos), histórico familiar, raça (maior incidência entre negros), alimentação inadequada e obesidade.

A Sociedade Brasileira de Urologia alerta que a doença pode demorar a se manifestar e, geralmente, não apresenta sintomas na fase inicial. Por isso, é fundamental fazer os exames preventivos constantemente. Com o diagnóstico no início da doença, o paciente tem até 95% de chance de cura.

Vai lá:

UBS Francisco Jacinto Martins da Costa (Santa Ruth/ Santa Marta)

Rua 400, nº 130 – Monsenhor José Lopes

Telefones: 3839-2485 / 3839-2585

CAPA SITE NOVEMBRO AZUL

Mais acessibilidade – Sede do Conselho Tutelar é transferida para área central de Itabira

O Conselho Tutelar de Itabira já está funcionando em novo endereço, desde a semana passada. A sede foi transferida do bairro Caminho Novo para a Rua Dona Modestina, nº 102, bairro Quatorze de Fevereiro – próximo à praça Doutor Acrísio Alvarenga. A mudança busca facilitar o acesso da população aos serviços disponibilizados pelo Conselho Tutelar.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Comunitário, da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), Fabiana Quintão de Sá, a transferência da sede também oferece aos usuários uma melhor estrutura e mais privacidade no atendimento. Além disso, há uma economia dos recursos municipais de mil reais ao mês com as despesas de aluguel.

Com a mudança de imóvel, conseguimos reduzir o preço da locação. No imóvel anterior pagávamos R$ 3 mil. Agora, além de contarmos com uma estrutura melhor, na região central, também conseguimos um aluguel no valor de R$ 2 mil. Com isso, vamos economizar em um ano, somente com esta despesa, R$ 12 mil. O Município poderá utilizar este recurso da melhor maneira possível em favor da população”, explicou.

Lei nº 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente

Na próxima sexta-feira (13), às 9 horas, a Prefeitura de Itabira oferecerá um café às autoridades e população para apresentar a nova sede do Conselho Tutelar. No local também será comemorado o aniversário de 28 anos da instituição da Lei nº 8.069/90, que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), e fundação do Conselho Tutelar.

O ECA dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente e é muito conhecido pela amplitude de seus preceitos e pela forma como protege as crianças. Para grande parte da sociedade brasileira, a instituição do ECA foi um importante avanço para reconhecer crianças e adolescentes como cidadãos com direitos e deveres. Segundo o Estatuto, são consideradas crianças pessoas com até 12 anos de idade incompletos e adolescentes são aqueles com idades entre 12 e 18 anos.

Conselho Tutelar

O Conselho Tutelar foi criado no dia 13 de julho de 1990, junto com o ECA: é um órgão permanente e autônomo, eleito pela sociedade para zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes. Os conselheiros acompanham os menores em situação de risco e decidem, em conjunto, a medida de proteção para cada caso.

O Conselho Tutelar age por meio de denúncia de ameaça ou violação consumada de direitos da criança e do adolescente. Outras vezes, se antecipa à denúncia, age preventivamente quando fiscaliza entidades, mobiliza a sua comunidade para o exercício de direitos assegurados a todo cidadão, cobrando o melhor acompanhamento e o atendimento à criança e ao adolescente, bem como a sua família.

De acordo com o ECA, o exercer a função de conselheiro tutelar constitui serviço público relevante e quem o pratica deve ser pessoa idônea. Ainda de acordo com o Estatuto, deve haver no mínimo um Conselho Tutelar em cada município como órgão integrante da administração pública local.

O Conselho Tutelar é composto por cinco membros escolhidos pela população para um mandato de quatro anos. Para se candidatar ao Conselho, são exigidos os seguintes requisitos: reconhecida idoneidade moral, ser maior de 21 anos e residir na cidade.

Os conselheiros tutelares atuam em parceria com escolas, organizações sociais e serviços públicos. Os casos de suspeita ou confirmação de castigo físico, tratamento cruel ou degradante e maus-tratos contra criança ou adolescente serão obrigatoriamente comunicados ao Conselho Tutelar. Qualquer cidadão pode acionar o órgão e fazer uma denúncia anônima.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3839-2211.

Até 20 de junho – Usuários do Bolsa Família devem cumprir condicionalidades na área de saúde

Até o dia 20 de junho, as famílias inscritas no programa Bolsa Família devem cumprir as condicionalidades previstas na área da saúde. Os beneficiários precisam comparecer à unidade básica de saúde (UBS) a qual pertencem para pesagem e medição. O procedimento é um dos pré-requisitos para que a família receba o auxílio, assim como a matrícula e a frequência escolar dos menores de 18 anos. Caso contrário, o benefício poderá ser suspenso.

O atendimento é feito em crianças de 0 a 7 anos, mulheres com idades entre 14 e 44 anos e gestantes em qualquer idade. É necessário apresentar o cartão de vacina dos menores e o cartão do Bolsa Família para as adultas. De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), pasta responsável pelo Bolsa Família no Município, os mapas de acompanhamento das condicionantes já se encontram em todos as UBS´s.

A pesagem e medição devem ser realizadas duas vezes ao ano. A última ação aconteceu em dezembro do ano passado e, segundo a SMAS, graças ao comprometimento dos beneficiários Itabira alcançou um índice acima da média nacional no cumprimento das condicionantes da saúde.

Entenda

De acordo com o Governo Federal, o Bolsa Família busca proporcionar melhores condições de vida às famílias em situação de vulnerabilidade, além da inclusão das crianças e jovens nas políticas de educação e saúde, evitando, assim, a evasão escolar.

Para receber o auxílio, as famílias devem cumprir as condicionalidades, ou seja, exigências do programa. Elas são compromissos que as famílias assumem junto ao Governo Federal e são fundamentais para a manutenção do Bolsa Família. As condicionalidades são na área de saúde e educação e devem ser cumpridas para que o benefício não seja cancelado, bloqueado ou suspenso. Elas são muito importantes e devem exigir a atenção das famílias beneficiárias.

Em caso de dúvidas, os beneficiários devem procurar a Superintendência de Programas Sociais/ Diretoria do programa Bolsa Família que funciona no prédio da SMAS - avenida Carlos de Paula Andrade, 135 A, Centro e/ou ligar para o telefone 3839-2865.

“Despedida em grande estilo” abre temporada 2018 do Cinema na Câmara

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) exibe, no próximo dia 12, a partir das 14h, na Câmara Municipal, o filme “Despedida em grande estilo”. A apresentação faz parte do projeto Cinema na Câmara e é aberta aos usuários do serviço de saúde mental do Município – Caps, Caps-Ad e Capsi -, aos seus familiares e comunidade em geral.

O projeto é realizado há três anos com o objetivo de ressocializar pessoas com transtorno psiquiátrico em tratamento nas unidades de saúde mental do Município. A programação é desenvolvida de forma colaborativa pelos profissionais e usuários. A escolha dos títulos leva em consideração filmes que promovam debates e reflexões. A proposta para este ano é que a partir de março seja apresentado um novo filme por mês.

Sinopse – Lançado no ano passado, “Despedida em grande estilo” é um filme que conta a saga de um trio de aposentados que precisam pagar as contas e ajudar seus familiares. Quando suas aposentadorias são canceladas inesperadamente, planejam roubar o mesmo banco que pegou o dinheiro.

Parceria com 26º Batalhão PMMG – Agentes da Transita participam de treinamento

Os agentes da Superintendência de Transportes e Trânsito (Transita)/ Secretaria Municipal de Obras, Transporte e Trânsito (SMOTT) participaram, na manhã desta terça-feira (27), de um treinamento sobre relacionamento interpessoal, segurança jurídica e abordagem. A capacitação, desenvolvida pelo 26º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais (26º BPMMG), aconteceu no auditório do Núcleo de Assistência Integrada à Saúde (Nais), e contou com a presença de 39 agentes.

Segundo a diretora de Educação e Controle de Trânsito da Transita, Edvânia Fernandes, são objetivos do treinamento a atualização de conhecimentos específicos na área de trânsito, a interação, a abordagem na prestação de serviços públicos de maneira inovadora e baseada na padronização de procedimentos, além da melhoria na relação com a comunidade.

Nosso programa de educação no trânsito não está direcionado apenas ao público externo, aos usuários, mas também estamos fazendo esta conscientização com nossos agentes. Entendemos que um treinamento como este, além de capacitar de forma melhor, agrega mais qualidade ao serviço prestado aos usuários. O nosso objetivo é sempre gerir um trânsito com um serviço bem-feito para que tenhamos uma resposta positiva dos usuários das vias. Afinal de contas, os agentes da Transita devem servir de exemplo: pessoas bem treinadas e capacitadas têm a tendência de praticar boas ações e, em consequência, transferi-las para todos”, afirmou Edvânia Fernandes.

Durante o treinamento, a major Naira ministrou uma palestra sobre o relacionamento interpessoal. Entre outros assuntos, a policial abordou o desafio da relação entre o agente e o condutor. Para o subtenente Mauro Sérgio, que auxilia a coordenação da Trânsita desde maio de 2017, esta é uma das grandes dificuldades que o agente de trânsito enfrenta hoje.

Percebemos a falta de autoestima do agente de trânsito, a sensação de abandono, a falta de investimento. O uniforme que eles estavam usando, tinha cinco anos que eles não tinham sequer recebido o coturno. Nós tínhamos agentes que até então estavam trabalhando só com o colete porque não tinham uniforme. Então, essa troca de uniforme deu uma injeção de ânimo aos agentes. Isso nos ajudou a mostrar para eles o valor que eles têm. Com esse treinamento, pretendemos passar informações legais para que o agente entenda que ele está dando uma ordem legal, ou seja, toda baseada no Código de Trânsito Brasileiro, e com isso o agente possa ser respeitado”, declarou.

O subtenente ressaltou ainda a importância do agente de trânsito para a mobilidade urbana, principalmente, para que direitos e deveres de todos os usuários sejam respeitados. “Muitos não percebem a necessidade do serviço que o agente presta à comunidade. Muita gente pensa que ele está ali apenas para aplicar multas. Na verdade, estamos ali para fazer a mobilidade urbana, para fazer com que os direitos dos usuários sejam respeitados. Por isso, o agente de trânsito é muito importante para nossa cidade”, concluiu o subtenente Mauro Sérgio.

A palestra sobre segurança jurídica, ministrada pelo sargento Fabrício Drummond, ofereceu aos participantes informações necessárias para que o trabalho seja realizado de maneira mais segura. O treinamento contou ainda com palestra e aula prática sobre princípios da abordagem, ministrada pelo tenente João Miguel, que incluiu regras de segurança pessoal na atual dos agentes.

A segurança jurídica dá ferramentas para que o agente de trânsito possa ter uma atividade profissional com mais segurança. Buscamos proporcionar elementos para que esses profissionais possam exercer a atividade deles que é muito importante para a sociedade: de garantia da nossa segurança no trânsito que é salvar vidas, e na fiscalização e operacionalização do Trânsito”, explicou o sargento Fabrício.

Para o superintendente de Transportes e Trânsito da SMOTT, Willame Aguiar de Almeida, o curso agregou ainda mais valores aos agentes da Transita. “O curso proporcionou mais conhecimento e trouxe novas possibilidades de reflexão sobre a educação no trânsito. Por meio das palestras, os agentes puderam perceber a importância do trabalho deles para a melhoria da nossa mobilidade”, ressaltou Willame de Almeida.

Scroll To Top